116 - PORQUE EXISTE A POLÍTICA ?

02/12/2012 10:49

 

    Abimael Nascimento 

    Fonte: http://abimaelnascimento.blogspot.com.br/2012/03/porque-existe-politica.html

   O termo “política” é muito abrangente. Usamos a palavra em diversos sentidos: quando um amigo age de maneira mais impulsiva e inadequada, recomendamos que seja mais político.

Muitas referências são feitas a política da boa vizinhança e centenas de outras políticas poderiam ser mencionadas.

No nosso caso, vamos nos restringir a falar de política, no sentido de exercitar a cidadania, pelo qual os homens podem se tornar mais participantes da “coisa pública”.

   “O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não houve, não fala nem participa dos acontecimentos políticos.
   Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão…. do aluguel, dependem de decisões políticas.

   O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia política. Não sabe o imbecil que da sua ignorância política nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, corrupto “ ( Texto de Bertolt Brechet ´- Poeta e dramaturgo alemão – ( 1.898 / 1.956 )

   Muito embora haja um sentido pejorativo de política, dado por pessoas desencantadas diante da corrupção, podemos falar de política como o ato ( ou arte ) de governar, de gerir o destino das cidades, lembrando que o político é aquele que atua na vida pública, e é por nós investido de um “ poder “ para definir um certo rumo para a sociedade.

   Como vivemos uma democracia representativa, o poder se torna possível pela criação de instituições, baseada na pluralidade de opiniões e na elaboração de leis, para orientar a ação do cidadão, garantindo seus direitos e evitando o arbítrio. Quando escolhemos nossos dirigentes políticos, o “poder” se torna legítimo, porque emana do povo. 
 
 

 

Voltar