173 - O GOVERNO MUNICIPAL E O SOCIAL

25/03/2013 07:40

   Os governos municipais constituem parte de um sistema social complexo onde fazem constantes trocas de recursos e energias. A manutenção desse sistema é condição necessária para sua sobrevivência.

  Mais do que isso, no atual ambiente político, as ações de responsabilidade social podem representar vantagens valiosas para o atendimento das expectativas da população, e isso tem um valor político mensurável ímpar. Entre outros aspectos, podemos citar:

- Maior valor agregado à imagem do governo e serviços públicos. O governo passa a ser mais admirado pelos cidadãos e pela comunidade, que desenvolvem atitudes favoráveis em relação à sua administração e serviços. Em muitos casos, as decisões políticas podem ser definidas a partir dessa atitude;

- Maior motivação de seus funcionários. Os funcionários percebem que trabalham para um governo que se preocupa realmente com o bem-estar social e onde podem ampliar a sua cidadania. Os funcionários beneficiados pelas ações sociais do governo e, principalmente, os que delas participam são mais motivados, melhoram seu desempenho, e são mais aderentes aos programas municipais. E possuir funcionários motivados e que vistam e suem a camisa é uma importante fonte de vantagens políticas/sociais;

- Maior capacidade de obter recursos necessários e conhecimento. O governo que investe em ações sociais são mais admirados também pelos funcionários públicos. As pessoas desejam trabalhar em governos deste tipo. Conseqüentemente, essas administrações públicas são mais capazes de atrair melhores funcionários. Além disso, ao se aproximar da comunidade, os governos municipais tornam-se mais aptos a obter informações e conhecimentos sobre as necessidades da população e sobre si próprio. As atividades de cunho social também funcionam como locais de aprendizado para seus funcionários em assuntos como liderança, trabalho em equipe, alocação de recursos etc.

   Uma das grandes dificuldades na implementação de ações sociais está em mensurar precisamente seus resultados. É preciso perceber que eles, normalmente, são indiretos. Por exemplo, um aumento na satisfação pública pode ser oriundo da atitude mais favorável dos cidadãos ou a menor incidência de erros nas decisões e retrabalho pode ser oriunda da maior motivação dos funcionários. Como, então, medir a influência das ações sociais na atitude da população e na motivação dos funcionários? Contudo, os indicadores citados, aumento da satisfação social e diminuição de erros, mais objetivos, podem servir para balizar e avaliar as ações do governo..

   Outro caminho é acreditar que a administração pública deve tornar-se mais responsável pelo alcance das aspirações dos diversos segmentos da população e que, em contrapartida, eles sentir-se-ão também responsáveis pelo alcance das aspirações do governo. Afinal, vale a pena investir em responsabilidade social.

 

 

Voltar