192 - MARKETING POLÍTICO NAS ESCOLAS MUNICIPAIS ?

01/05/2013 07:26

O Blog tem recebido informações de descontentamento sobre ação do governo de Várzea Paulista na rede de ensino público municipal. O que é informado se trata da apresentação do vídeo dos primeiros 100 dias do governo aos alunos, e distribuição de panfletos com aparente marketing político assinado pelo prefeito e secretário da educação. A estratégia parece ser muito simples: insistem na questão da divida herdada do governo anterior, e que estão inaugurando e realizando ações como se fossem todas as obras iniciadas neste governo.

    Mas não é bem assim como parece ser.

   Uma rápida análise do que os jornais publicaram e que foram distribuídos na cidade, na semana dos primeiros 100 dias, aparentemente todos com o mesmo conteúdo, se lê que o governo municipal "realizou" as seguintes ações nestes primeiros 100 dias:

   1 - Retomada das obras do corrégo Bertioga: sim, o projeto e a verba é herdada da gestão anterior que conseguiu os recursos federais do PAC para realização da obra. Até o momento tem-se visto a limpeza das margens do córrego.

   2 - Inauguração do CRAS Norte: sim, obra que também teve inicio na gestão anterior.

   3 - Reforma do Ginásio da Vila Popular: sim, fizeram a pintura e revitalização do local. 

   4 - Negociação para pagamento da divida dos medicamentos, deixada pelo governo anterior: sim, dizem ter concluido as negociações dia 05/04, mas o fornecimento dos medicamentos só apresentou indicações de normalização depois do dia 20/04.  O fornecimento atingiu níveis muito criticos nestes primeiros 100 dias, inclusive falta de material de higiene e limpeza.

   5 - Prorrogação do desconto do IPTU: sim, foi feito.

   6 - Operação tapa-buracos, recapeamentos, novos asfaltamentos e revitalização de vielas: sim, mas isso não é "novidade", é obrigação permanente de qualquer prefeitura no cuidado das vias públicas.

   7 - Várzea mais Bonita: sim, mas é a continuidade do que a administração anterior chamava de operação Várzea Limpa.

   8 - CORRIGIDO - Praça de Esportes e Cultura: sim, a obra já iniciou, fica nas proximidades do Spazzio Baco. Há uma controvérsia quanto a obra, de um lado a gestão da prefeitura diz que é um projeto de iniciativa do novo governo, do outro lado o pessoal do governo anterior diz que já era um projeto pronto para execução.

   9 - Viola com Feijão: sim, para levar Cultura em todas as regiões com a Orquestra de Violeiros Flor da Várzea. Teve inicio na Cruz Alta no começo de abril segundo a prefeitura.

   Ações ainda na fase das intenções, estudos e projetos:

   a - Mais médicos: o governo anunciou que vai fazer novas contratações,

   b - Nova creche no Residencial São Victor: projeto do governo anterior, em parceria junto ao governo Estadual, ainda está no papel mas a prefeitura diz que já foi assinado o Termo de Adesão, e deve indicar um terreno  de 2000 m2 para a construção.

   c - Orientação Educacional: em fase de adequação.

   d - Unidade Avançada do Senai: parceria a ser implementada ao longo do ano.

   e - Melhorias no Transito: através de estudo elaborado por técnicos da Detran/SP.

   f - Defesa Civil: A prefeitura informa ter adquirido equipamentos de monitoramento do clima na região, mas não diz quando foi feito a licitação.

   g - Operação Cidade Segura: nada de novo e é obrigação do governo.

   h - SOS Cristão: Foi criado o Conselho de Lideranças Crstãs para Fins Sociais, e a prefeitura diz que já foi alugada uma chácara no Jd. São Guido para esse fim. Não informa quando irá entrar em operação.

   i - Reflorestamento: Uma equipe providenciando projeto voltado para a melhora ambiental do parque Chico Mendes, e reflorestamento de vários pontos da cidade.

   j - Campo da Cruz Alta: em fase de conclusão da reforma iniciada no governo anterior.

   l - Ciclovia: A prefeitura está estudando realizar o projeto do governo anterior.

   Obs.: Está em andamento uma reforma na antiga escola do Rocha para uso do setor de zoonose no atendimento da população da cidade, e há projeto em andamento para atendimento veterinário e castração no Jd. Promeca. A região mais necessitada deste serviço público, a zona norte, ainda não tem previsão de unidade fixa da zoonose.

   

   Portanto, a ação nas escolas parece conter todos os ingredientes de propaganda politica para o governo se auto-promover junto as familias dos alunos. Se há cerca de 11.000 alunos, e se cada familia for de 3 pessoas, então o alcande passa para um minimo de 33.000 pessoas, que pode se estender ainda mais, procurando transmitir a imagem de um governo realizador, como qualquer um outro sempre fez. 

 Não se deve observar só a estratégia, mas os procedimentos e o objetivo a ser alcançado, e pode-se perfeitamente especular a construção do capital político desejado a longo prazo, usando das mesmas técnicas do Marketing eleitoral só que com propósitos muito mais amplos, participando assim ativamente do processo de transição pelo qual passa a população no momento atual com o novo governo municipal, com as mãos nos recursos públicos para formar uma imagem positiva junto à população. Pode-se também dizer que buscam fazer com que as obras municipais tenham metas políticas, que é fazer com que a população admita uma eficácia do governo, desenvolvendo assim uma imagem favorável para si mesmo.

   Assim é em qualquer cidade, mas fazer isso em escola pública do ensino básico pode até parecer ser um tanto apelativo, e também dar margem a várias interpretações como, por exemplo, o governo sendo criticado e com a urgente necessidade de se produzir feitos tangíveis e imediatos (principalmente na saúde pública), ou ainda procurar desviar a atenção dos tropeços que tornam a opinião pública desfavorável (ao cumprir a obrigação dos cuidados com as vias públicas), etc.

   E estamos ainda no 4º mês do mandato de 4 anos do novo governo neste início de maio/2013...

 

 
 

 

Voltar