2 - JOÃO PAULO SOUZA: POLÍTICA, UM TEMA EM DESCRÉDITO, PORÉM FUNDAMENTAL

08/04/2016 08:30

  Artigo do Engº João Paulo Souza

  Quando o assunto é política, poucos se interessam, pois a maioria da sociedade evita esse tema, talvez por achar que isso é responsabilidade de quem está no poder, mas não sabem, ou ignoram que isso fortalece ainda mais a chance de os desonestos se corromperem com facilidade e continuarem enganando o povo.

  A política é fundamental, pois através dela se constrói grande parte do que é necessário para a vida da população. Não podemos ingenuamente nos abster, cabendo a cada de nós a discussão e pressão aos governantes.

  Nas próximas eleições NÃO devemos anular nossa responsabilidade, devemos sim acompanhar e comparar os candidatos, buscando os que tenham capacidade de realizar ações que surtam efeito a curto, médio e longo prazo.

  É fato que administrar uma cidade tendo como meta atender os interesses e necessidades da população tornou-se algo relativamente difícil na política atual. Hoje se faz necessário políticos com grande habilidade e capazes de equacionar conflitos.

  A receita para uma boa administração pública, que resumo logo abaixo, a maioria conhece, mas poucos conseguem colocá-la em prática.

  O mínimo que um governo precisa ter são secretarias e equipes profissionais, porém muitos se vêem obrigados a distribuir cargos aos amigos e apoiadores de campanha, que nem sempre estão aptos a desempenhar tal papel.

  Mapear as prioridades e necessidades do município, pois dificilmente existe verba para realizar tudo e de uma só vez. Planejar as ações, detalhar a execução, ser transparente no uso do dinheiro público, e buscar incessantemente recursos federais, estaduais, de organismos internacionais e do setor privado, são atitudes básicas para o sucesso.

  Os problemas da nossa cidade, Várzea Paulista, todos conhecem bem. Nossa densidade demográfica é a maior da região e uma das maiores do estado, e nossa renda per capita, uma das menores do estado. Temos ainda, problemas de infraestrutura, de moradia onde algumas áreas precisam ser urbanizadas, problemas de segurança, saúde, educação, etc e etc...

  Os problemas estão ai, agora só falta resolvê-los. A população clama por ações que tragam qualidade de vida acessível a todos, de forma social ampla, eliminando carências e exceções. Fica o alerta, poucos têm a capacidade de realizar as mudanças necessárias e de administrar os conflitos que elas geram.

 

 

Voltar