212 - A 20ª SESSÃO DA CÂMARA MUNICIPAL PÓS PROTESTOS

26/06/2013 17:32

   

  Muita água passou por baixo da ponte nas conversas entre os nobres vereadores e governo no pós Manifestação do dia 21/06, sexta-feira p.p.. Certamente o que mais deixou os nobres vereadores com a orelha em pé foi a reivindicação popular para baixar os salários, e com isso eles foram apreensivos para a 20ª sessão pública da Câmara Municipal.

  Na entrada da Câmara, logo no inicio da sessão, viu-se forte presença da Guarda Municipal e Polícia Militar com aparato para enfrentamento de tumultos caso fosse necessário. Impôs respeito sim, mas foi uma audiência pacifica, exaltada apenas pela oratória no uso da Tribuna.

  1. Na abertura da sessão o nobre presidente da Câmara fez discurso inflamado em reconhecimento e em pról da Guarda Municipal, que se comportou exemplarmente no dia da manifestação. Reconheceu também que a G.M. precisa de mais apoio e atenção do governo, e que vai cobrar isso do prefeito.

   2. Seguiu-se a leitura do requerimento de reversão do veto do prefeito ao projeto 23/2013  do nobre vereador que pretendeu fosse colocado placas de informação referente ARTESP, para que os usuários pudessem fiscalizar e reclamar dos onibus públicos, a serem afixadas nos pontos de onibus. Mas com os argumentos apresentados no veto do prefeito (muito bem justificado juridicamente) a reversão não deverá ser aprovada e o veto mantido. A seguir a leitura do projeto de lei do 35/2013 do prefeito municipal, que cria o Programa de Creche Comunitária.

   3. Na sequencia foi feito a leitura de 2 moções: Apelo de reformada quadra E.E. Idoroti de Souza alvarez e de Aplausos à G.M. pela defesa do patrimonio no dia da manifestação.

   4. Leitura e aprovação do Requerimento de Licença não remunerada dos vereadores Prof. Demércio e Prof. Luciano.

   5. As Indicações dos nobres vereadores não foram lidas (42 ítens).

   6. Na Ordem do dia foram lidos 3 Projetos de Lei: o nº 32/2013 que dispõe sobre a obrigatoriedade de ligação da canalização do esgoto à rede coletora pública, o de nº 33/2013 que autoriza o chefe do executivo a instituir a Campanha Anual Eucativa "Visite seu imóvel", e o de nº 34/2013 que dispõe sobre a criação do Conselho de Transparência e Controle Social no Municipio.

   7. No final, o momento mais aguardado da sessão: a palavra dos inscritos para falar na Tribuna. Foram 6 os vereadores inscritos, 5 falaram e 1 abriu mão da palavra, e 2 na Tribuna Livre, concedido ao Blog e à Rayellen Oliver.

   8. O Blog abordou sobre os organizadores da Manifestação do dia 21/06, o protocolamento dos Oficios na Câmara, Prefeitura e G.M., e sobre as reivindicações do Movimento, pedindo aos nobres vereadores como prioridade:

       - Redução dos salários (vencimentos), acompanhando as que serão promovidas exemplarmente pelo governo para prefeito, vice-prefeito e secretários, já que todos afirmam que o governo está sem dinheiro no caixa para cumprir suas obrigações e fazer o que precisa ser feito na cidade, inclusive o Poupa Tempo Saúde e melhor recursos à G.M. e demais áreas de saúde e Terminal de Ônibus,

       - Revogação integral do Projeto de Resolução 03/2013, restaurando o direito pleno de cada vereador fiscalizar as ações do governo, sem necessidade  da aprovação dos demais, 

       - Exigir do governo a instalação e funcionamento do Poupa Tempo Saúde e da Maternidade, conforme prometido na Campanha e no Plano de Governo,

       - Construção de Terminal de ônibus para integração de todas as linhas urbanas/interurbanas, como em Campo Limpo Paulista, bem como a redução da tarifa para R$ 1,90,

       - Divulgar no site da Câmara dos vereadores, www.camaravarzea.sp.gov.br, o Regimento Interno na integra e atualizado (a administração da Câmara informou que até dia 28/06 estará no site)...

       - Permitir que a Tribuna Livre fosse apresentada logo no inicio da sessão, para evitar as manobras de cansar e esvaziar o público presente, como aconteceu ontem e em todas as vezes anteriores. 

       O Blog recomendou que os nobres vereadores que dessem atenção ao povo, abandonando as práticas existentes no legislativo que não atendem os interesses da população...

   9.  A sessão foi encerrada logo após a fala da Rayellen, que fez um discurso contundente contra os desmandos observados no legislativo, contra os discursos dos nobre vereadores sobre as criticas quanto ao "vandalismo", que não houve por parte dos organizadores, e sobre a licença médica de 2 vereadores já substituidos pelos respectivos suplentes na sessão, questionou sobre vários aspectos do Regimento Interno desconhecido do público, etc

   Tanto o Blog quanto ela foram aplaudidos pelo público...

    O Blog destaca a atuação do nobre Presidente da Câmara Municipal, que tem demonstrado publicamente disposição em moralizar a Casa do Povo, e tem o respeito e admiração dos organizadores da Manifestação, bem como parabeniza a Guarda Municipal de Varzea Paulista e Polícia Militar pela atuação no dia do Movimento e presença na sessão pública de ontem. 

 

 

 

Voltar