224 - E AÍ SR. PREFEITO E VEREADORES - 2 ?

30/07/2013 13:19

   Baseado no Texto de Peter Hakim

   PARTE 2: A OPINIÃO PÚBLICA QUER AS MUDANÇAS PROMETIDAS PARA ONTEM !

   Vimos e estamos vendo os manifestantes comuns fazendo suas cobranças. Mostram seu descontentamento e pedem amplas mudanças, todas razoáveis e justificadas. Agora, cabe à liderança do governo e legislativo elaborar as alternativas, propor prioridades e deixar clara a necessidade de chegar a determinados resultados. Não há divulgação pública do que está em curso para ser realizado, e pelo menos nisso o PT era transparente ! Até o momento, a omissão do legislativo tem sido evidente e os resultados do governo têm sido desencorajadores.
   O principal ônus da responsabilidade cabe ao prefeito, ele demora excessivamente para responder aos protestos e, quando finalmente começou a querer fazer, aparentemente achou que seria suficiente concordar com a lista de reivindicações dos manifestantes, e adotá-la. Ele prometeu ações políticas para aplacar as queixas, principalmente dos políticos que não arcam com suas responsabilidades e não há transparência no governo. Parece ter atentado aos apelos por melhor educação escolar, saúde pública e transportes com a promessa de mais atenção. Ao que tudo indica, a opinão pública não considera as respostas aceitáveis ou convincentes, e os índices de aprovação do governo e legislativo despencam rapidamente e as criticas nas redes sociais aumentam consideravelmente e diariamente.
  Instintivamente os eleitores parecem concluir que o prefeito não está mostrando a capacidade de liderança necessária, ao contrário, sua mensagem é populista, e mesmo sem consistência. Ao eleitorado que queria mudança, ele insinuou e prometeu que teria. O prefeito deixou entrever que daria mais atenção e soluções para quase todas as reivindicações, mas sem indicar quais os gastos a serem reduzidos, os compromissos a serem cumpridos e quem pagaria a conta. Deixa de responder a questões fundamentais, como de que modo o desperdício do governo poderia ser reduzido se continua a fazer contratações de comissionados, ao mesmo tempo que teria de ser feito novas e decisivas medidas corretivas nos serviços públicos. Ele não demonstra ter plena consciência do compromisso que assumiu para implementação das mudanças que prometeu na campanha, e que estão sendo cobradas. Apesar de semanas de manifestações criticando o funcionamento do governo, ele não demonstrou tomar qualquer medida sobre um único representante da administração. Mas o prefeito talvez não seja o único culpado pelas falhas, com seus
secretários e chefes departamentais, mas é o chefe do governo municipal.

   Os nobres vereadores não apresentam propostas consistentes, não oferecem oposição para não perder as benesses concedidas pelo governo municipal. O que se vê é um "acordo" entre governo e legislativo, perverso para a população que os elegeu. Só eles ganham, e vivem da mentira do sonho que o povo não está vendo o que se passa.
   Até os manifestantes irem às ruas, parecia que o prefeito e legislativo tinha tudo sob controle. Precisará mostrar, inclusive e principalmente os nobres vereadores, que está sendo traçado um novo curso para Várzea Paulista, e que terão de fato mostrar capacidade de responder efetivamente às reivindicações que são exigidas pelos eleitores.

   Se forem feitas boas leis e demonstrar capacidade de liderança, ninguém poderá criticar o prefeito. Decisões erradas ou falta de decisão poderão acabar com sua carreira política. Por exemplo, talvez esteja na hora de considerar a renovação do gabinete, assinalando um compromisso com a mudança e estabelecendo sua independência.
   O protesto deve ser visto como uma evolução animadora e tornar as pessoas mais otimistas com o futuro da cidade. Os manifestantes escolheram as questões certas, todas fundamentais para avançar rumo a uma economia política desenvolvida e uma sociedade mais justa e segura.

   A manifestação também aumentou a importância política dos problemas apontados, fazendo com que seja impossível continuar a ignorá-los. O mais importante é talvez o fato de que os eleitores em um novo papel: o de fiscais do governo. Como contribuintes, eles têm o direito e a responsabilidade de supervisionar as ações e o uso que o governo faz do dinheiro público.
   Evidentemente, muitas vezes a mudança acaba provocando conflitos partidários e ideológicos, e isso poderá ocorrer na política local. Será difícil planejar e implementar as reformas necessárias, políticas, econômicas e sociais, talvez o governo não tenha bases suficientemente fortes, e leais para com eleitores, que funcionem na prática. Entretanto, os eleitores deram uma extraordinária oportunidade ao prefeito que prometeu mudanças para se eleger, e realizar um momento histórico de mudanças políticas e governo de grande envergadura. Os eleitores acreditaram e legitimaram um programa de transformação municipal  que exige completa responsabilidade. E agora os manifestantes eleitores acabaram com o longo período de passividade e estão dando a ele a oportunidade de se tornar um grande prefeito.

   E os nobres vereadores ? Mesmo estando desacreditados, cada um eleitor tem sua visão pessoal do que se espera de cada um deles, e serão julgados nas eleições de 2016. A opinião pública deixou de ficar inerte e omissa, disso eles todos podem ter certeza, e vão pagar pelo descaso todos os que acham que o povo só é importante na eleição. A população cansou de ser e não é mais massa de manobra, admitam ou não.

   Oposição na Câmara, porque não tem ? Porque cada nobre vereador tem muito a perder do governo se fizerem oposição, e nesse caso a população é quem pode estar perdendo hoje, mas em 2016 quem perde são eles ! Principalmente o PT, até agora uma decepção completa que, se não mudarem a postura de imediato, não devem mais voltar ao poder ! É obrigação do PT ser oposição, mas não são e não querem ser sob o "argumento" que é para "ajudar" a população (?) mas ninguém acredita nisso, e eles sabem e fingem que não é com eles.

    Pode o prefeito e equipe de governo, principalmente o gabinete e comunicação, continuar querendo fazer parecer que está tudo bem, que tudo vai melhorar, que estão "avaliando e estudando", buscando recursos, etc., mas a saúde pública em particular está pagando muito caro o preço das promessas não cumpridas e todos estão vendo o que não dá para esconder.

   Também os nobres vereadores descartam baixar salários, acham que Rodeio é bom para a população, tiram fotos e postam nas Redes Sociais mostrando que estão visitando locais na cidade, que conversam com o povo, que são bonzinhos, que estão preocupados com a cidade, que buscam idéias para melhorar a cidade, que fazem moções e moções de aplausos nas sessões públicas, que fazem projetos de última hora e aprovam em regime de urgência (?), etc., mas se vê que todos tem como principal ocupação na Camara Municipal a luta pelos seus próprios interesses pessoais. Querem continuar assim ? É uma escolha deles... mas a opinião pública já fez a dela, é totalmente contrária ao que vemos e temos hoje, pode não reeleger nenhum deles e colocar novos representantes que realmente façam o que se espera que façam !

   E aí sr. prefeito e nobres vereadores...

 

 

 

 

 

Voltar
Free Hit Counter