262 - OS VELHINHOS DA ADVANCE

09/12/2013 12:21

      

  Entre acusações da opinião pública, incluindo defesa ao governo municipal, a questão da derrubada do barraco onde moravam dois velhinhos próximos a Advance não deixa de ser um alerta às ações sociais do governo municipal. Acompanhamos os comentários que estão "fervendo" no Facebook, e vamos reproduzir uma avaliação interessante:

    “Então, não se sabe de governo nenhum no mundo que conseguiu resolver isso, que tem ou teve um projeto de sucesso para servir de modelo ou que fosse referencia mundial... Nenhuma igreja de qualquer credo conseguiu... nem ONGs, nenhum governo, nem ninguém...

   Por outro lado, tem quem diz que enquanto tiver gente ajudando eles com comida, roupa, etc, (alguns deles até escolhem ou reclamam da comida, roupas, etc.), isso aparentemente nunca vai acabar... isso existe desde tempos imemoriais, desde os tempos antes da Bíblia...

   Mas uma coisa é certa, quando chega época de eleições quase todos os políticos garante que tem a solução para esse problema social, que vai fazer isso ou aquilo... inclusive o atual governo disse isso no palanque durante as eleições...

   No governo anterior a Igreja da Piedade começou a distribuir comida feita por voluntários. No começo eram poucos, uns 6, mas logo virou um tormento para quase toda a vizinhança da Praça Liberdade, pois começou a aparecer gente de todo lugar, incluindo prostitutas, travestis e drogados.

   A igreja se deu conta do problema criado e deixou de fornecer comida. Passou então a ser problema do governo anterior, que teve que remodelar a praça para que deixasse de ser usada por esse pessoal, sob pesada critica da opinião pública (uns defendendo, outros atacando).

   Não estamos julgando qualquer um deles, mas enquanto se tratar de um problema social a ser minimizado com uma ação política séria e responsável o problema continua.

   Essa questão NUNCA foi resolvida em tempo ou lugar algum, digam o que disserem seja quem for.

   Isso de vir com citações bíblicas ou usar de religião e conceitos políticos para justificar inação é típico de quem só sabe apontar o problema mas não consegue resolver. Pergunta-se: Deus tem mesmo alguma a ver com as escolhas desse pessoal sem teto ?

   O planeta tem bilhões de pessoas, uma pequena parcela delas tem poder e dinheiro, inclusive as igrejas, muito poucas pessoas tem boa vontade para ajudar... mas quem tem a solução se, inclusive eles maioria dos sem teto, não querem ser ajudados e ainda reclamam da ajuda que recebe ?"

    Sim, todo cidadão aprendeu nas escolas e nas familias que todos devem ser caridoso para com os desafortunados e mendigos, mas não ensinam ou explicam porque eles existem e como resolver essa questão social que persiste insolúvel desde o início da humanidade... nem os sociólogos, políticos, governos, igrejas e/ou religião, quaisquer que sejam.

 

 

 

 

Voltar
free web counter