265 - V.PTA: POR DENTRO DO HOSPITAL DA CIDADE

14/12/2013 07:40

   Talvez por "azar" da equipe do setor, enfermagem e médica, da ala de pacientes internados no Hospital da Cidade, mas certamente por "sorte" dos pacientes, o editor do Blog "descobriu" como o H.C. estava funcionando "por dentro" ao acompanhar familiar internado. Não apuramos se foi sempre assim, mas o fato é que ontem viu-se como é deprimente ver pacientes serem tratados com o minimo de cuidados básicos, falta de atenção e humanidade, com descaso mesmo.

   Estivemos no HC para acompanhar os cuidados dispensados a paciente internado para tratamento hospitalar de emergencia, paciente este complicado por estágio avançado de cancer, portanto com baixa imunidade devido tratamento quimioterápico. Era para ser um tratamento simples e sem muitas exigencias médicas, mas o paciente estando muito desidratado não permitia continuidade nas aplicações intravenosa de antibiótico em função da fragilidade fisica existente. Então passou ser indispensável e urgente reformular o procedimento do tratamento, coisa que só o médico podia fazer. Então foi quando observou-se como as coisas estavam funcionando na parte de "dentro" do H.C., ou seja: na ala dos pacientes internados.

  Como nenhum médico compareceu pela manhã, foi acionado o chefe da enfermagem para ajudar na solução do tratamento. Ele fez uma tentativa de aplicação injetável do medicamento e viu a impossibilidade de realizar o procedimento. Solicitou então que aguardasse a chegada do médico para rever o método de tratamento intravenoso para oral. 

  Já eram 09:00h da manhã e nenhum médico se apresentava. Nem às 10:00h, nem as 11:00h, nem ao meio dia. Várias vezes o chefe da enfermagem foi procurado e ele respondia que tinha que aguardar o médico. Um dos secretários do governo foi informado do que estava ocorrendo, por duas vezes. A equipe de enfermagem "as vezes" aparecia no local, mas não se viu cuidando dos pacientes, exceto quando eram chamadas quando lá estavam.

  As 13:00h o chefe da enfermagem foi questionado porque nenhum médico, que atendia os casos de pacientes que procuravam a recepção do hospital, visitava os que estavam internados. Ele respondeu que o setor de internados tinha médico "visitador", que não tinha horário definido para as visitas e que até as 16:00h ele estaria no hospital.

   As 13:30h o chefe da enfermagem foi questionado novamente porque o paciente estava com fortes dores, então ele ligou para o médico chefe do corpo clinico e nos disse que já "estava  vindo".

   As 14:30h foi questionado de novo e respondeu que era para aguardar que o médico "estava vindo". Não ajudou em nada, e resolvemos então tornar público na rede social (facebook) o que estava acontecendo. Abaixo o resumo, com correções no texto e sem os comentários dos visitantes, a partir das 14:30h de ontem até hoje 07:00h, publicados via celular (pode ser visto na integra no mural do Silvio Queiroz):

· Medico "vindo" de jundiai desde 1330h para "ver" os pacientes internados... 1535h e nada... deve estar vindo a pé

· Seria bom o governo emprestar ao menos uma bicicleta pro dr alex chegar mais rapido...

· As fotos são  do hospital da varzea funcionando

· Tempo reconstrução, talvez seja assim por aqui

· Estou aqui desde 0900h...

· Pouco caso ou desrespeito mesmo ?

· Representante ouvidoria aqui "surpreso" com o acontece...

· Medico da "frente" chega, olha fichas e vai embora sem olhar nenhum paciente internado

· O medico da "frente" resolveu ver o paciente com cancer

· Medico da frente visitando todos pacientes internados... nem sinal dr Alex... certamente alguem se mexeu... mas são tres realidades aqui no hospital de varzea.... a da frente para todos verem, a de dentro que ninguem vê e a do governo que não sabe o que se passa...

· dr. Alex chegou (quase 16:00h)

· Finalmente, desde 0700h, medico deu atenção aos pacientes... e, sim, o paciente com cancer é meu irmão, poderia ser qualquer um outro... o problema no HC é na ala dos pacientes internados... tem que dar tratamento humanizado e não vi isso aqui desde 0900h, só depois de reclamar muito

· Favor resolver isso sr prefeito, dê atenção ao lado "de dentro" do hospital

· Enfermaria começou a funcionar

· Paciente finalmente medicado

· Ninguem merece

· Enfermagem da noite assume... não causou boa impressão, mas vamos ver como é a noite por aqui

· Aparentemente tem 4 enfermeiras do lado de "dentro"... na ala dos internados

·  Tudo parece ter transcorrido bem durante a noite, com enfermagem atenta aos pacientes internados.. hoje por volta das 06h já tinha medico visitando e atendendo os pacientes... É, o corpo clinico começou a funcionar "dentro" do hospital... espera-se que seja sempre assim doravante...

   Hoje pela manhã observamos que o médico, dr. André (diretor do hospital) chegou por volta das 06:00h e visitou todos os pacientes. Conversamos com ele, que concordou ter havido falha de atendimento da enfermagem e corpo clinico, de responsabilidade do dr. Alex, no setor dos pacientes internados que, só depois de ter tornado público como era o descaso e falta de humanidade para com os pacientes, o setor começou a funcionar como deveria. Inclusive fomos informados que um dos secretários de governo foi pessoalmente verificar tudo isso.

    Na nossa avaliação, como foi mencionado nas postagem na rede social, temos que:

    1 - O hospital prestando atendimento bem melhor que antes na recepção, todos podem ver isso,

    2 - O setor mais sensível, que é o dos pacientes internados para tratamento hospitalar não estava funcionando como devia, descaso e desumano mesmo,

   3 -  O governo aparentemente não sabia que isso estava acontecendo, pois lhe informavam que "tudo estava bem" no hospital.

    Nossa opinião, de leigo, é que o corpo do hospital, seja que de que setor fosse, deveria providenciar um médico para visitar os pacientes internados a cada 2 ou 3 horas, e que a equipe de enfermagem permanecesse no local.

   Então sr. prefeito, vai dar um jeito nisso ? 

  Um minimo de dignidade e humanidade se espera no Hospital da Cidade... não vimos nenhum voluntário de enfermagem ou médico trabalhando de graça lá... 

   Tem quem garante que nenhum dos vereadores sabia disso, mesmo ganhando R$ 10 mil por mes para representar seus eleitores que também precisam do hospital... 

  Concluindo: Isso é uma pouca vergonha ! diria Boris Casoy...

Abaixo as fotos de como estava ontem à tarde o "funcionamento" do setor dos pacientes internados em boa parte do tempo:

 

 

 

Voltar
free web counter