273 - POLÍTICA E HONESTIDADE

08/01/2014 08:05

  Quem age dentro dos princípios da honestidade sempre terá consigo o desejo e capacidade de enxergar o que realmente importa, não para si, mas para todos. Afinal a honestidade do homem solitário só tem uso no que tange o individual. Já ao homem público se aplica ao coletivo, comunitário, em prol do progresso e bem estar social de sua comunidade.

  Apenas o homem agraciado por Deus com este dom, a honestidade, é capaz de tornar-se o líder ideal. Saber quem é o afortunado detentor de tal dom depende mesmo de conhecer e vislumbrar, honestamente, seus atos, comportamentos e costumes, bem como seus ideais, opiniões e propostas.

  Este ano, 2014, é um ano de eleições e os eleitores vai ser novamente alvo dos candidatos à presidência da republica, governo do estado, camara legislativa e senado. Eles devem ter em conta que os eleitores participaram dos movimentos sociais de junho/2013, e que estão atentos o que fizeram nestes últimos anos previlegiando a si mesmos. Vai ser difícil se reelegerem para continuarem a fazer a mesma perversidade que sempre fizeram, que continuem a mentir e trair os que os elegeram acreditando em suas promessas. Certamente novos nomes terão a vez e a oportunidade de fazer uma política, honesta e transparente, o eleitor assim o quer, o eleitor assim reivindicou em junho/2013...

  O eleitor não quer mais o mesmo, manjado e desonesto político participando do governo no seu país, no seu estado, na sua cidade, no seu bairro e na sua vida.

  Vejamos o texto abaixo de Alê Youssef

  Fonte: http://revistatrip.uol.com.br/revista/182/colunas/manual-do-politico-honesto.html

  O político honesto é antes de qualquer coisa 100% transparente. Como já enfatizamos neste espaço, o homem público decente não teme que todos os seus atos no exercício do cargo sejam absolutamente explícitos. E a tecnologia nos dá infinitas possibilidades para isso. Um mandato transmitido em tempo real via web – com câmeras espalhadas pelos gabinetes e acompanhando todos os passos do mandatário –, por exemplo, é algo realmente fácil de conseguir hoje em dia. Seria a máxima de George Orwell ao contrário: o povo de olho em quem votou.

  Político honesto é totalmente 2.0. Também utilizando as novas tecnologias, o mandato deve estar absolutamente conectado com a realidade das redes colaborativas da internet. Cada eleitor que queira imediatamente interferir em um projeto de lei ou sugerir ações para seu representante poderá entrar no site do político e editar suas ações. Tudo muito rápido, sem burocracia nem intermediários. Conexão direta e honesta.

  No plano ideológico, o político honesto é fiel às suas convicções. Durante a campanha, deve aprofundar as discussões sobre suas propostas, divulgá-las exaustivamente e se comprometer publicamente a trabalhar duro pela efetivação delas, sob pena de perder seu mandato. Não existe honestidade se o discurso é um e a prática é outra. E, num ambiente transparente e acessível, o acompanhamento e a cobrança vão existir sempre por parte dos eleitores.

  Coisas impossíveis
 No que diz respeito aos valores da sociedade, o político honesto deve estar inserido no seu tempo, ou seja, não pode ludibriar a população com causas e discursos presos ao passado enquanto trabalha por interesses próprios, para si mesmo. Deve olhar para o futuro, se distanciar de radicalismos e verdades absolutas, buscar a atuação eficiente do Estado e não cair em bobagens populistas. Honestidade é também saber o que se pode de fato fazer e não prometer coisas impossíveis em busca de votos ou popularidade.

  É absolutamente compreensível o descrédito geral em relação à política. Mas, ao mesmo tempo, percebam que enquadrar nossos representantes em um universo de honestidade – o que mudaria toda a lógica de nossa sociedade – não é tão complicado assim.

  Nas próximas eleições, tenhamos em mãos o manual do político honesto para lembrarmos na hora do voto que político bom é político transparente, acessível, fiel a suas ideias e ciente de suas possibilidades.

 

 

Voltar
free web counter