287 - V.PTA.: PV E PT SÃO OS QUE TEM GRUPOS FORTE SEGUNDO O PREFEITO ?

10/02/2014 09:16

  Sexta-feira, dia 07/02, após a reunião na parte da manhã com o pessoal da secretaria da saúde, reunião para ser esquecida (ou não) pelos funcionários pela forma como foram mal tratados pelo sr. prefeito, segundo os presentes (vide Sinal de Fumaça de hoje), temos mais um outro momento contraditório na parte da tarde, desta vez no legislativo. 

  Em certo momento, entre a sala do presidente da câmara municipal e a copa, teve quem ouviu o prefeito, em conversa com um vereador do PT, dizer claramente que só o PV e o PT tem grupo forte aqui na cidade

  Antes, vamos considerar uma análise superficial da trajetória do PV aqui na cidade, partido inexpressivo no cenário nacional e local até 2010. Nas eleições 2008, começou a ter um pouco de visibilidade ao se aliar ao PSDB com apoio do Clemente. Não foi suficiente, quando perceberam que não ia vencer a eleição tentaram uma "jogada" que todos conhecem: a tal "bomba", que implodiu neles mesmos perdendo as eleições para o PT. Já em 2010 a chance melhorou, o PV ganhou expressão nacional quando Marina Silva se candidatou à presidencia, dando certa condição política ao PV e estufando o ego da executiva nacional do partido a ponto de Marina deixá-lo após eleições. 

  Com a "importância" do PV ante a opinião pública, conquistado pela Marina Silva, o PV local partiu para nova investida de conquista do poder, sonho pessoal do atual prefeito. Em 2012 foi para uma disputa onde conseguiram demonizar o PT, prometendo coisas que talvez até Deus tenha duvidado conseguirem cumprir. Mas "tinham" que vencer as eleições a qualquer custo para chegar ao poder. Fizeram o diabo para mostrar que o ex-governo tratava com descaso a falta de remédios nas farmacias das UBS. Venceu as eleições e depois de um ano de governo NÃO CONSEGUEM  SOLUCIONAR O PROBLEMA, E A FALTA DE MEDICAMENTOS CONTINUA IGUAL... estão mordendo a lingua por tudo o que o disseram, acusaram tanto e não fizeram melhor, estão fazendo pior, muito pior, a ponto do eleitor sentir que errou na escolha e que deviam ter continuado com o PT governando, porque pelo menos com eles teria-se a garantia de verbas para a cidade e o que teria que ser feito estaria sendo feito.

  Com a inépcia indisfarcável, onde o secretariado vivem de reuniões e mais reuniões intermináveis, e as questões continuam pendentes  depois de um ano de (des)governo atual, questões que eles acusaram estar ao descaso no governo anterior. Isso faz o eleitor pensar que ele só queria mesmo é ser prefeito, governar é coisa que ainda está aprendendo e um mandato parece não que será suficiente para fazer a administração funcionar, a começar pela forma como trata as pessoas, todos eleitores... Contratou gente sem preparo técnico para assumir cargos de responsabilidade para cumprir acordos de campanha, inchou a folha de pagamento e não cumpre a promessa de reduzir o quadro de pessoal.

  Tem-se muitas coisas a serem questionadas pelo que disseram na campanha, como o córrego do Bertioga, mais um viaduto, o poupatempo saude, etc., mas vamos retornar ao ponto em que ele disse na sexta-feira, 07/02, quando comentou que o PV e PT são os únicos partidos com força na cidade. Ora, esse comentário desconsidera e despreza as demais forças partidárias como o PSDB, PTB, PSB, etc...

 Ora, essa abordagem partindo do próprio prefeito revela o quanto o governo se acha "dominante" na política local, certamente contando com o apoio do PT, na típica formação melancia que todos na opinião pública sabe que existe mesmo. O que pode haver por detrás deste comentário ? Uma "confissão" que desvela a incapacidade do governo em atrair investimentos, empresas para a cidade e verbas estaduais e federais ? Isso pode estar deixando claro que, para conseguirem governar com um minimo de eficiência, terão que ceder participação ao PT no governo, em pastas e cargos de primeiro e segundo escalão ?

  Já se comenta nos bastidores que o lider da "bancadinha do PT" (retribuindo o comentário "bloguinho qualquer" feito pelo lider atual da "bancadinha"), dita bancada melancia, já está se preparando e se movimentando para reivindicar a secretaria da educação, ouvidoria e, talvez, mais uma outra, em troca de assistência do governo federal no quesito verbas para a cidade... O lider da bancadinha petista teria cacife para isso ? Ninguém parece acreditar, pois pode estar blefando...

  Se o que publicamos acima é verdade ou não, isso é o de menos, o que importa é que o prefeito parece mesmo viver o sonho de ser prefeito, de ter chegado ao poder... é um direito dele e de todos que tem ambição de servir à população, mas governar a cidade é outra coisa, diferente do que o governo está fazendo hoje.

  Vamos comentar também, rapidamente, baseado nas informações que chegaram ao Blog, o que se tratou na reunião entre o prefeito e vereadores. Foi na sala do presidente da camara municipal, que não participou. Um dos vereadores chegou no final da reunião pelo que se sabe, e estiveram presentes também dois assessores da base aliada (PSB). Na pauta constou, entre outros assuntos, o apoio solicitado pelo governo para o projeto do transporte publico municipal a ser apresentado em breve, supostas irregularidades nos convenios feitos pelo governo anterior com possíveis desvio de aplicação de recursos, etc.

  Resumindo o que se diz nos bastidores: o secretário de governo parece estar convencido que precisam do PT para o governo funcionar, e que o lider da bancadinha melancia está de bote armado para se aproveitar do óbvio hoje, segundo o que se sabe... ou seja: falta de verba, verba que o PV disse que teria durante a campanha... e sem precisar do PT.

  

 

  

 

 

Voltar
free web counter