294 - O BLOG E A POLÍTICA DE VÁRZEA PAULISTA !

11/03/2014 07:45

   Reeditamos esta Opinião!, atualizada, que publicamos em 01/08/2012, por ser oportuno. 

   Iniciado em 21/04/12, o Blog tem na linha do tempo procurado fazer oposição de forma consciente, irreverente em boa dose e responsável, o que lhe confere credibilidade junto aos leitores, opinião pública e eleitores. Isso nos permite estar no patamar da responsabilidade social e formação de opinião. Sabemos o quanto isso nos torna vulneráveis e suscetíveis ao êrro. Entendemos que todo cuidado, que já não é pouco, deve ser redobrado, mesmo porque nunca foi nosso objetivo dizer às pessoas o que elas devem pensar mas, sobretudo, a pensar por si mesmas.

   Vamos comentar brevemente sobre o Blog:

   Desenvolvido com a idéia de levar informação aos cidadãos de Várzea Paulista de forma simples, objetiva e clara, o Blog entende que quanto mais informações se tiver, menor a chance de errar ao fazer uma avaliação, cobrar ou tomar uma decisão. Com essa premissa, um dos objetivos é o de mostrar a todos como é o processo político da cidade em seus muitos e variados aspectos e implicações, principalmente nos bastidores. Isso vale para a política em particular, porque afeta diretamente a vida de todos no que tange a melhor qualidade de vida e ao bem estar comum e geral da população desta cidade onde vivemos.

   Todos temos conhecimento da corrupção instalada no país, em todos os setores, não só na política, mas também na sociedade como um todo, nos negócios e empreendimentos, sejam sociais, economicos e/ou tecnológicos. A corrupção é um mal com o qual convivemos com um sentimento de quase passividade e complacencia, principalmente quando elegemos nossos representantes que alimentam e até garantem a impunidade da corrupção. Exemplos não faltam para confirmar isso, temos todos os dias amostras da corrupção em todos os níveis, e mesmo a justiça por vezes nos parece contaminada por ela. Oras, o que fazer ?

1º - Tomar consciência de que somos responsáveis por isso, que temos nossa parcela de participação na existência da corrupção, e não é pouca. Começando pelo desprezo pelos direitos do outro, muitos de nós aceita, permite e pratica o “jeitinho brasileiro” de resolver a coisas, de “quebrar o galho”, de querer “levar vantagem” e/ou de “se dar bem”, mesmo quando contrarie a lei ou os bons costumes. Isso está instalado no modo de ser da maioria das pessoas. Está na nossa cultura e, para corrigir isso, temos que começar a remover pela raiz.

       Corrigir isso em nós mesmos é o maior desafio, e não é nada fácil.

2º - Saber fazer a escolha certa de nossos representantes no poder público. Difícil ? Muito, pois não nos damos ao trabalho de conhecer de perto quem devemos colocar no poder, muito das vezes apenas por acreditar nas palavras deles, e a maioria mente para ser eleito e depois não se lembrar do que disse e nem de nós. Muitas das escolhas são por simpatia e por recomendação, e raramente por saber quem é o candidato na vida da comunidade, seus antecedentes e seu histórico social/político na cidade. Aqui está o segundo maior erro que cometemos, não fazer a escolha que nos represente com dignidade e imparcialidade no governo. Aqui é onde também somos os maiores responsáveis pela existência da corrupção e impunidade, porque são quem elegemos que fazem a leis que os protegem, e os garantem de nós mesmos.

3º - Outro ponto está nas autoridades jurídicas que cumprem as leis, as vezes parece ser por conveniência política outras por brechas na jurisprudência que os impede de fazer a devida justiça. Lembramos que as leis são feitas pelos nossos representantes no poder público, aqueles em que votamos, elegemos e estão no governo, seja federal, estadual ou municipal, e que se revela as vezes um entrave praticamente intransponível para remover.

    Portanto, temos procurado nestes quase dois anos mostrar aos visitantes como é o processo político em Várzea Paulista, e o que se consegue observar por “detrás das cortinas” da política, os bastidores, levando ao conhecimento de todos o que deve ser público para ajudar na escolha consciente dos nossos representantes no governo. Se estamos incomodando uns e outros ? Sim, sabemos que estamos. Principalmente para aqueles que se esforçam para manter tudo “escondidinho” do conhecimento público, como sempre fizeram e gostariam de continuar fazendo. Mas estamos atentos !  Fique você também, nos ajude denunciando, fazendo oposição consciente e responsável, e se ajude fazendo as escolhas certas dos nossos representantes nesta eleições 2014 ! Nossa qualidade de vida e uma cidade melhor depende disso, da sua escolha ! 

 

Voltar
free web counter