299 - V.PTA.: A BANCADA DO PT, A EDUCAÇÃO E O CONSTRANGIMENTO

19/03/2014 10:30

 Durante a semana foi postado nas redes sociais que a secretaria da educação comprou de forma irregular, e até suspeita, DVDs para uso nas escolas da rede pública de ensino. Mas, aqui está o detalhe, quem postou foi o sr. vereador Luciano Brás de Marques, lider da bancada do PT no legislativo,  talvez insinuando que "tinha alguma coisa de errado nisso". Até aí tudo bem, mas acontece que ele foi também secretário da educação do governo anterior do PT, e aconteceu de, durante a sessão de ontem, parecer ficar evidente que o buraco é do outro lado... 

 Vejamos:

O Secretário da Educação, Esportes e Lazer aqui de Várzea Paulista, e também vice-prefeito, se apresentou na sessão da Câmara Municipal de ontem, 18/03, para dar explicações sobre a compra de DVDs supostamente feita de forma inadequada, e talvez superfaturada. Teve 10 minutos para isso ao subir na tribuna.

 Aparentando calma e firmeza, o atual secretario da educação, Prof. Rodolfo, comentou sobre o Fundeb e merenda escolar, e que a questão dos DVDs não estava enquadrado nesses ítens, pois cada verba da educação é destinada a um fim especifico. A seguir entrou no ponto que todos estavam aguardando com certa ansiedade: a questão da compra dos DVDs...

 A partir de então discorreu sobre a questão, explicando que foi uma recomendação de compra feita pela equipe da programação didática da rede pública de ensino fundamental municipal. Comentou que foi aplicado o mesmo critério usado por várias cidades, inclusive pelo Sesi, e feito através de pregão público. A compra foi de cerca de 11660 unidades, onde a maior parte foi entregue para alunos e outra para o corpo docente. O preço pago pelos DVDs foi o mesmo pago pelo Sesi e outras cidades, ou seja: cerca de R$ 58,50 por unidade na média geral.

  Até aí pareceu ser convincente e, ao encerrar para as perguntas dos srs. vereadores, o vereador prof. Luciano, lider da bancada do PT no legislativo, tomou a palavra informando que a bancada apresentou Requerimento à mesa para questionar os gastos da secretaria da educação no atual mandato, coisa de cerca de 1 milhão e seissentos mil reais, incluindo a compra dos DVDs, pedindo que já fosse lido, ao que o atual secretario respondeu que se o governo ainda não comprou uniformes é porque não estava conseguindo licitar junto aos fornecedores tradicionais da prefeitura, porque o governo anterior não pagou as compras de uniformes quando ele, prof. Luciano, era o secretário da educação. 

  Depois desse revés inesperado, o vereador e prof. Luciano ainda questionou sobre o valor pago por cada DVD... na resposta o atual secretario comentou sobre a compra também de DVDs em 2011, na gestão do vereador prof. Luciano na pasta, no valor de cerca de R$ 49,90 por unidade... o vereador parece ter sido pego de surpresa de novo, e perguntou quais foram. O secretario atual então mencionou cada titulo de DVD comprado por ele, que hoje estaria custando cerca de R$ 100,00 cada unidade, seguindo o mesmo procedimento que ele havia usado na administração dele...

  Ora, o clima ficou aparentemente tenso, e uma certa sensação de constrangimento e desconforto, por parte do lider da bancada do PT, passou a ser notado pelo plenário. Também o prof. vereador Demércio, que estava presidindo a sessão, questionou duramente o atual secretario que, com aparente irritação, respondeu as questões formuladas deixando a sessão ainda mais constrangedora para a bancada PT.

  Prof. Rodolfo foi muito aplaudido pelo plenario, principalmente pelos professores presentes ao dizer que pegou a secretaria da educação deixada pelo PT com indice da Fundeb muito baixo e que o governo estava se empenhando para reequilibrar tudo.

  A sessão parecia que ia continuar sem maiores tensões, mas o lider da bancada passou a defender a aprovação do Requerimento pelos pares. Seguiu-se criticas dos dois srs. vereadores do PT dirigidas ao atual secretário. Foi quando outros dois vereadores sugeriram que fosse retirado da pauta para evitar seja encaminhado para "algo não muito claro" (tipo jogar "coisas" no ventilador ?). 

  Foi feita a votação para apreciação do Requerimento do PT, mas teve que ser refeita porque um dos vereador votou errado, que ficou empatada com 4 votos a favor (PT), 2 abstenções e 4 votos contra. Com o empate, o presidente do legislativo votou SIM, aprovando.

  Seguiu-se o intervalo regimental, e ficaram no plenário apenas os vereadores prof. Luciano e Demércio, enquanto os demais conversavam muito nos bastidores. Voltaram, e com excessão da lei dos cidadãos varzinos, o restante foi retirado da pauta.

  De qualquer forma, sentiu-se que tem alguma coisa a ser revista no legislativo segundo a opinião pública...

  Com a palavra os eleitores que colocaram os srs. vereadores para representa-los no legislativo...

 

  

Voltar
free web counter