311 - SOBRE O ROLEZINHO EM V.PTA.

04/04/2014 08:46

 Publicamos hoje o texto enviado por Daniel Andrade, comentando o “rolezinho” na Praça Castro Alves...

“Me chegou a noticia de que a PM e a GM ocuparam a Praça Castro Alves, que pra quem não sabe, fica atrás do Russi (da prefeitura).

Quem já passou ali na frente de quarta já observou a grande concentração de jovens que ali permanecem, alguns ligam os sons de seus carros, alguns grupos se formam, mas o que chama bastante atenção é a quantidade de bebidas e o forte cheiro de maconha que fica impregnado no local.

Por sorte nunca precisei de drogas para me divertir, graças às responsabilidades que meus pais me deram logo cedo, porém hoje trabalho com a juventude e sei o quanto as drogas estão presentes no cotidiano deles e o quanto o ambiente familiar, ou a falta dele, contribui para isso. Não podemos olhar a juventude de hoje, como olhávamos a juventude de vinte anos atrás, a realidade é diferente e a atuação do estado/governo também precisa ser diferente.

Então pergunto: será que ocupar a praça com a policia resolve o problema?

Para responder isso não posso deixar de pensar e citar a ação (Nova Luz) feita em São Paulo no inicio de 2012, a fim de acabar com a cracolândia, onde a policia ocupou as principais ruas do centro velho e que, quando os policiais iam para um lado os dependentes químicos iam para outro, ficando por dias nesse verdadeiro jogo de gato e rato que não trouxe nenhum resultado concreto.

Por que ao invés de ocupar a praça com a policia o governo não aproveita essa juventude reunida e começa a fazer ali algumas atividades?

Por que não ocupa esse espaço e aproveita essa concentração de jovens para promover campanhas contra o HIV, conscientização sobre o uso de drogas, gravidez na adolescência e tantas outras coisas que podem ser discutidas? Enquanto a administração usa de força, o tráfico usa o “xaveco” para atrair cada vez mais jovens.

A polícia ficou na praça e os jovens ocuparam o estacionamento do Russi. Daqui uns dias a policia ou o próprio supermercado vai ocupar aquele espaço com seguranças, aí esses jovens vão se dirigir para outro lugar, não tenham dúvidas disso.

A questão é: fazer com que eles mudem de lugar não resolve o problema, só o faz ficar pior!

 

 

Voltar
free web counter