316 - A PASSEATA DOS REIVINDICANTES DE MORADIA EM V.PTA.

17/04/2014 09:31

  

  Ontem, 16/04, em Várzea Paulista teve a passeata dos reivindicantes por moradia, cerca de 300 pessoas, no centro da cidade. Com saída a partir da ocupação do Jd. Paulista, os manifestantes desceram a Av. Pacaembu e chegaram na portaria da prefeitura por volta das 15:40h. Com gritos de “Juvenal, cadê voce, aqui viemos só prá te ver”, o pessoal, liderados por Sulinar J. Oliveira, tentou entrar na prefeitura mas foram impedidos pela Guarda Municipal e Policia Militar.

  Por mais que o líder insistisse em ser a prefeitura um local público, que a passeata era pacifica e que se responsabilizaria judicialmente por qualquer problema que ocorresse a partir dos participantes dentro da prefeitura, ainda assim lhe foi negado o acesso. Inclusive ao Blog entrar para fotografar de dentro para fora da portaria, mesmo em horário de expediente público. Em nenhum momento se viu qualquer ato de vandalismo ou tentativa de confronto dos manifestantes, apenas um coro de palavras de ordem, oração do pai-nosso e até mesmo cantarem o Hino Nacional. Ninguem do governo municipal apareceu para diálogo com os reivindicantes.

  Por volta das 16h se retiram e se dirigiram até a rotatória da praça do ginásio Ayrton Sena, pela av. Fernão Dias, onde se ajoelharam e rezaram o pai-nosso, sempre acompanhados pela PM e viaturas do Transito. Após retornaram e pararam na rotatória em frente à av. Projetada (S.M. Russi), se ajoelharam e rezaram novamente o pai-nosso. Em frente à prefeitura, ajoelharam mais uma vez e rezaram o pai-nosso em intenção de sensibilizar ecumenicamente o prefeito quanto à questão social reivindicada por moradia popular.

  A seguir foram para o viaduto. Lá chegaram se sentaram e impediram o transito em todos os sentidos, sob os olhares atentos e respeitosos da policia militar. O líder fez a chamada de todos os reivindicantes com lotes na ocupação, para conferir quem participou da passeata. No final, 17:25h, o líder agradeceu a Policia Militar e Secretaria de Transito pelo suporte na passeata, e se desculpou com a população pelo transtorno que possam ter provocado, bem como se desculpou da mesma forma com os motoristas que pacientemente tiveram que ficar esperando.

  Também estiveram fazendo a cobertura de toda a passeata os jornais JJ, Bom Dia e o produtor independente Carlo Nanni para a TVB Record Campinas. As fotos são nossas.

 

Voltar
free web counter