462 - V.PTA: COMO ANDA A SAÚDE PÚBLICA - Parte 1

27/05/2015 11:23

  Bom, com a saúde pública sendo o alvo permanente de críticas e acusações de péssimo atendimento, onde a falta de medicamentos é inexplicável até o momento, temos que nada mudou desde o governo anterior, ou seja: a falta de medicamentos é crônica, atingindo picos de insatisfação maiores ainda que no governo anterior do PT, e isso é péssimo para as pretensões do atual prefeito em ser reeleito. Porque? Experts em política sabem que inaugurar obras, asfaltar ruas e tapar buracos, reformar escolas e vielas, etc., não dá a segurança que o eleitor quer quanto à sua saúde, principalmente a imensa maioria que não tem recursos para pagar planos de saúde.  

   O que se ouve hoje na opinião pública ? "Não voto mais no Juvenal"... As criticas são muitas, mas a principal delas, e que pode derrotar sua pretensões de reeleição em 2016, é a falta de medicamentos nas farmácias das UBS. Mas o governo municipal parece estar atento, e sabe que isso vai ser usado contra ele na campanha eleitoral para derrotá-lo como ele mesmo derrotou o candidato do PT nas eleições 2012, incluindo: Hospital precário, não cumprir a promessa da Maternidade e ainda o risco de não cumprir a promessa do Poupatempo Saúde.

   Com esse quadro adverso na saúde pública aqui de Várzea Paulista, depois de várias tentativas conseguimos ser atendidos pela Dra. Monica Rodrigues Carvalho, segunda na hierarquia, para verificar como anda a secretaria de saúde quanto aos problemas existentes. Vejamos:

1 - Zoonose: Mudanças foram feitas no comando do setor para dar novo impulso e maior atuação nas ações, com o técnico Eder passando a coordenar a equipe.

Quanto à Dengue, a fiscalização e atenção está sendo casa-a-casa na Vila Sta. Terezinha, Vila Real e Vila Popular, onde os focos são mais preocupantes. De modo geral estão atuando em todas as áreas de risco.

Referente ao canil municipal o projeto não foi descartado, mas aguardando verba para dar andamento.

Após a 1ª atividade de Castração na Cidade Nova, em abril/2015, a continuidade depende agora de liberação de recursos e a próxima etapa será no Jd. Promeca.

Referente ao recolhimento de animais abandonados nas ruas, está sendo estudado junto a ONG o Projeto Bem estar Animal, já que a Zoonose não recolhe animais por não ser sua função, mas tem como premissa cuidar da prevenção de doenças animais em seres humanos.

2 -  Consultas médicas: Segundo a Dra. Monica, TODAS as UBS já contam com: Clinico Geral, Ginecologista e Pediatra. Algumas unidades contam com dentistas, mas a previsão é todas terem após a contratação de novos profissionais.

No caso de especialidades, o paciente deve passar inicialmente pelo Clinico Geral da UBS para ser encaminhado ao especialista conforme o caso, que será atendido em cerca de 3 meses, de acordo com a agenda. Entretanto, sabe-se que o agendamento pode ser demorado conforme a cultura local dos funcionários. De qualquer forma, os gerentes das UBS foram orientados, e os novos tem se mostrado mais interativo com os pacientes quanto às reclamações, mas tudo depende da recepção encaminhar, e a secretaria está atenta a isso.

 

Continuaremos, no próximo Opinião, com: Poupatempo Saúde, Hospital, Caps, Odontologia, Ambulatório de Especialidades e falta de medicamentos...

 

 

Voltar