584 - V.PTA.: PROMESSAS, AÇÕES E REELEIÇÃO

16/05/2016 09:35

  Passado a “ressaca” do impeachment da presidente Dilma, a política aqui de Várzea Paulista já retoma as eleições 2016 com as investidas dos pré-candidatos na conquista dos votos dos eleitores que querem MUDANÇA, segundo o desejo dos bastidores e opinião pública. Com isso, os eleitores certamente não devem reeleger a maior parte dos vereadores e nem o prefeito. Isso deve-se muito mais pelo que prometeram e não fizeram como também pelo que dizem que fizeram mas não fizeram, ou dão a entender que foram eles fizeram o que outros fizeram, tanto vereadores como o prefeito atual. Exemplos não faltam.

  Dos vereadores, somente o vereador Mauro, presidente da câmara, o vereador Demércio remanescente da bancada inicial do PT e o vereador Ivan que fez e aprovou o Projeto de Lei do Pregão da câmara quando presidiu a câmara municipal, são os que tem chance de serem reeleitos. Até as eleições provavelmente 8 vagas deverão estar em aberto para os novos que deverão ter a OBRIGAÇÃO de refazer a política que hoje ainda é praticada aqui na cidade, e estabelecer uma política democrática que seja voltada para a população e cidade, e não para atender os interesses dos vereadores e do prefeito. Não será uma tarefa fácil se novos vereadores assumirem a câmara, como também não será fácil para um novo prefeito, pois o governo municipal AINDA é cheios de vícios, trapalhadas e ações nunca explicadas, tanto por incompetência quanto por não permitir a divulgação do que não querem que sejam do conhecimento público.

   A lista de incoerências, êrros e inépcias do governo é enorme, e pode-se citar as Licitações “emperradas” nas “análises” do governo em ano eleitoral e a poucos meses das eleições, como exemplo, e também: 

  - a contratação de comissionados desde 22/08, aparentemente para fins eleitorais e reeleição do prefeito,

  - a presidência da Associação dos Orquidófilos por quem não é do meio dos produtores,

  - o fechamento da UBS do Jd. Paulista para reforma que sequer começaram,

  - a ciclovia da Mursa parada em seus quase 4 km da extensão,

  - a “negociação travada” do reajuste do funcionalismo público em função do governo tentar não aplicar o índice de inflação oficial,

  - e por vai...

  O atual governo era para ser um governo de MUDANÇA, de RECONSTRUÇÃO como ele mesmo se autodenominou, um jeito novo de fazer política, de governar e estar junto à população, e que foi essa foi a PROMESSA do hoje prefeito eleito na confiança dos eleitores, mas só agora neste ano eleitoral é que o prefeito se dispôs a se aproximar dos eleitores para tentar a reeleição em suas “Rodas de Conversa”, além de posar em fotos para mostrar que está fazendo alguma coisa na cidade como, por exemplo:

  - na colocação das defensas da marginal,

  - nas festas e comemorações das escolas municipais,

  - na colocação da placa com o nome do dr. Alcipio no Hospital Municipal,

  - nas várias vezes que vai nas obras do córrego do Bertioga,

  - na plantação da mudas de reflorestamento de um pequeno trecho da marginal,

  - no Poupatempo do governo do Estado (como se fosse iniciativa da prefeitura),

  - na ciclovia ainda inacabada,

  - nas obras em andamento do viaduto da Ponte Seca,

  - nos asfaltamentos, 

  - nas propagandas favoráveis nos jornais, 

  - etc. etc. etc..

  Mas não posa em fotos:

  -  no atendimento do Hospital Municipal,

  - nas farmácias das UBS, 

  - na frente da UBS fechada no Jd. Paulista,

  - nas manifestações e nas ocupações dos reivindicantes de casa própria,

  - nas manifestações e greve dos funcionários públicos,

  - e outras.

  Vale destacar como é a Roda de Conversa. Os participantes da região tomam assento no local, e aqueles que desejarem fazer perguntas devem previamente preencher um formulário para o secretário de governo e comunicação “selecionar” as perguntas que o prefeito deve responder. O que ainda chama a atenção dos moradores nessas reuniões é a insistência do prefeito em dizer que pegou uma prefeitura falida e cheia de dividas, mas que com Deus no comando está conseguindo conduzir o governo da melhor forma possível. No final da conversa, que mais parece uma pré-campanha, o prefeito interage rapidamente com os presentes em conversas quase que particulares. Ele poderia ter feito isso desde o inicio do governo, inclusive prometeu na campanha eleitoral 2012 que faria, mas não fez. Como está em ano eleitoral e quer tentar se reeleger, então só agora é que deu inicio às Rodas de Conversa para tentar se reaproximar dos eleitores.

  A questão da reeleição do prefeito hoje, faltando pouco mais de 4 meses do dia das eleições, é tentar conseguir reverter a rejeição e a péssima imagem que tem no eleitorado. Aparentemente só algumas fotos de tapa buracos nas vias públicas, capinagem, novo prédio da UBS Cruz Alta em substituição ao da pça Castro Alves, reforma de UBS, inauguração do CEU, obra do córrego Bertioga e o viaduto Ponte Seca, é que parecem ser os melhores “trunfos” do governo, cujas e que poderão não ser suficientes para o prefeito se reeleger...

 

Voltar
http://www.blogvarzeapaulista.com/news/a584/