600 - MANUAL PRÁTICO PARA SER O PIOR POLÍTICO DA HISTÓRIA

10/06/2016 08:48

   Baseado na abordagem de João Paulo Guma

   Fonte: https://palavrasdoguma.wordpress.com/2012/12/28/manual-pratico-de-como-ser-o-pior-prefeito-da-historia/

 

  1 – Seja arrogante. Arrogância impõe respeito. Este é o mandamento inicial.

  2 – Centralize. Você é que foi eleito, não os seus assessores, secretários, comissionados ou prestadores de serviços “diversos”. Você é que será julgado pelo povo. Não que você deva ligar para esse julgamento.

  3 – Ser humano? Não caia nessa balela pseudo-humanista. Não ligue para ninguém. Ou eles seguem tua cartilha ou são descartados. Não importam os serviços prestados pelos outros, muito menos a competência óbvia. Inclusive, se for competente demais pode ser um concorrente. Elimine-o.

  4 – Não dialogue com o seu partido, muito menos com a base aliada. Faça de tudo para abrir precedentes que o levem a ser considerado um pequeno ditador.

  5 – O povo? Não importa o que o povo diz. Você foi eleito por eles, mas não quer dizer que deve governar para eles. Onde está a sua personalidade? No ano de eleições é só inaugurar ou posar nas fotos de duas ou três obras e tudo certo. Você será o Bam-Bam-Bam do povo novamente.

  6 – Não se preocupe em mostrar serviço ou saber delegar funções. Você tem que “pagar” os votos que recebeu, não é? Aliás, isso pode ficar por conta de seu fiel escudeiro que o ajudou a se eleger.

  7 – Aja como se seu mandato fosse uma ilha. Deixe ela isolada dos partidos vizinhos e crie a sensação de que não tem nenhuma necessidade de fazer parcerias. Transforme seu mandato num principado, e diga sempre que está a serviço de “deus”.

  8 – Se você venceu uma eleição para ser como qualquer outro político e governo anterior, avançar pra quê? Se diferenciar pra quê? Não se arrisque. Vai que o povo descobre que você é só um farsante no poder sem saber o que fazer.

  9 – Venda o mandato para quem der mais. Quanto mais próximo ao fim do mandato, melhor. Estética? História? Isso é pura frescura. Como uma cidade pode avançar sem alguém muito rico lucrando? Espaços de lazer? Isso é uma cidade ou um parque de diversões? Reivindicações do povo? O povo tem é que trabalhar! E voce pode ficar nas promessas de sempre, não é? Quem sabe pode até se reeleger prometendo de novo Saúde, Educação, Transporte, Esportes, Maternidade, construção de shopping e obras indefinidas, etc.

 10 – Acima de tudo, não se apegue aos processos éticos. Ética só atrapalha a política. Ninguém vai lembrar de você por fazer uma falcatrua qualquer, ou fingir que não sabe. Por certo os jornais que te apoiam nunca farão reportagens que retratam a sua falta de caráter, não é? Então homem! A “história” é de quem a faz por si mesmo, ou pelo que dizem a seu respeito!

  Obs.: Qualquer semelhança, mesmo que sutil, subjetiva ou não, com qualquer político eleito ou nomeado aqui da cidade, é mera especulação de quem não tem o que fazer. E, certamente, não deve existir qualquer possível probabilidade de coincidência, claro...

 

 

Voltar