7 - JUNIOR LIKE COMENTA SOBRE O JOVEM E O PARADIGMA POLÍTICO

27/04/2016 08:39

   Marcos Trindade Almeida Junior (Junior Like)

   https://www.facebook.com/juniorlike/

  Observando o atual cenário político brasileiro, consigo entender o porquê o jovem está cada vez mais desacreditado e desinteressado quando o assunto é política, e não é diferente com jovens de Várzea Paulista.

  Assistimos nas últimas semanas, a aprovação para seguir com o processo de Impeachment da Presidente da República e pudemos, de fato, comprovar que a maioria destes velhos políticos não nos representa e o porquê realmente os jovens estão desconectados deste mundo.

  Apesar de ser favorável, o Impeachment é um processo triste e doloroso para o país e que pode levar anos para que possamos recuperar, mas o que se viu foi festa, zombaria e nunca em nome da nossa família, da família brasileira.

  O que se via nas redes sociais, eram os “formadores de opiniões” analfabetos politicamente. Opiniões vazias e desconexas de pessoas que não têm compromisso com a política brasileira que proferiam debates sem argumentos aceitáveis. O botão de desfazer amizades sangrou.

  É um processo caótico que me entristece, mas a política é um paradigma do qual precisamos quebrar e formar a nossa própria opinião, não podendo abster-se, pois é parte fundamental no processo de construção de nosso futuro e nossos planos caminham lado a lado.

  O jovem varzino carece de incentivos, pois aqui, também, sempre existiu uma classe política que não representa os anseios da população, principalmente dos mais novos, que precisam deste amparo para que se interessem por esta política.

  Várzea Paulista precisa de novas opções, precisa de um novo espelho para que os jovens possam olhar e dizer que, enfim, existe alguém em quem acreditar e depositar a confiança. Alguém que ela possa dizer que o representa.

  O que acontece no Brasil, reflete não só em Várzea Paulista, mas em todos os municípios. O jovem parece estar acordando, mas ainda falta um pequeno empurrão.

  Jovem, varzino, vamos defender nossos interesses, vamos defender a ideia de que precisamos mudar nossa cidade, mudar nosso país. Acredite, juntos, nós somos imbatíveis. Isso é defender a democracia.

  Defender a democracia é, também, fazer a nova política, dar oportunidade para novos rostos, ideias e projetos.

  Defender a democracia é viver a política e saber debatê-la.

  Defender a democracia é saber que devemos estudar mais, viver política, principalmente nós, jovens, que somos o futuro da nação.

  Defender a democracia é votar com consciência, analisando cada candidato.

  Pelo fim deste paradigma de que jovem não combina com política!

 

 

Voltar