8 - Eleições 2012 - PMDB, Fiel da Balança nos 3 minutos !

08/07/2012 09:42

8 - Eleições 2012 - Várzea Paulista

     PMDB, Fiel da Balança !

     As 3 ATAs e os 3 minutos de Radio e TV l !

      08.07.2012

    A questão do PMDB é coisa muito séria, pois vai fazer a Balança do Tempo de Rádio e TV definir a estratégia tanto do PT como do PV, dependendo do resultado a ser decidido pela Justiça Eleitoral na questão das 3 ATAs registradas no Cartório Eleitoral.

    As 3 ATAs foram registradas: dia 12/06 e dias 04/07 e 05/07.

    Como a do dia 04/07 ratifica a do dia 12/06, então são 2 as ATAs que estão em disputa:

    - a do dia 04/07 que contém a assinatura do João Victor de Souza Sobrinho, vereador do PMDB, e

    - a do dia 05/07, que não contém a assinatura dele na documentação.

    E é aqui que está o impasse nos interesses envolvidos para a Justiça Eleitoral decidir qual dessas ATAs, a do dia 04/07 ou do dia 05/07 será a válida.

    Mas, o que realmente está em disputa ?

    É o tempo de 3 minutos, 2 segundos e 45 centésimos no proporcional que o PMDB dispõe para propaganda eleitoral no Rádio e a TV.

    Pouco não ? Parece, mas faz muita diferença, e por isso a luta do PMDB, e por isso o esforço imenso do PV para ter esse tempo a seu dispor ! Isso tudo está causando mal estar no vereador João Victor, o Bé, que se vê como o único prejudicado nesta questão. Também pudera !

       Vamos entender melhor isso:

       O PMDB tem = 3’ 2” 45   (sozinho)

       O PV tem     = 2’ 48” 39 (soma de todos os partidos na aliança)

       Obs.: Clique aqui para ver a tabela dos tempos de TV.

       Pode ser observado que o PMDB tem, por si só, mais tempo do que a soma de todos os partidos na coligação do PV, o que deixa claramente entendido o motivo pelo qual o PV quer esse tempo.

  

   As Coligações registradas são:

- PT + PDT + PTB + PTN + PR + PTdoB + PSDC + PP + PMDB

- PV + PRB + PPS + PTC + PRP + PSB + PMDB

- PSDB + DEM + PRTB + PMN + PSC

- PCdoB + PHS + PSD + PSL

           Obs.: Pode ser conferido no site a seguir: http://divulgacand2012.tse.jus.br/divulgacand2012/FramesetPrincipal.action?siglaUFSelecionada=SP

  

    O inesperado nesta disputa é a ingerência do Dr. Cláudio Miranda ao fomentar a mudança na Comissão Provisória do PMDB de Várzea Paulista, e assim atender os interesses do PV, provavelmente para ter o apoio em 2014 na disputa para Deputado Federal. 

    Portanto, se vereador João Victor tem ou não razão em sua demanda contra o PV, isso é a Justiça Eleitoral quem vai decidir. Por outro lado, está evidente o que está em jogo, e justamente onde o vereador nos parece, a todos, estar sendo vitima dos interesses do PV !

    Não temos o direito de emitir juízo nesta questão, mesmo porque as conversas foram particulares entre os diretamente envolvidos, e o que sabemos nos foi transmitido parcialmente. Tentamos por várias vezes entrar em contato com o Jurídico do PV para examinar essa questão do ponto de vista deles, mas não obtivemos sucesso.

    Entendemos que a Justiça Eleitoral vai avaliar a partir do contexto do Estatuto do PMDB, que é soberano nesta questão, e se existir algum ponto a ser verificado, as partes serão chamadas para esclarecimentos. O Cartório Eleitoral está ainda na fase de verificação e preparação de toda a documentação entregue pelos partidos, e informa que há ainda a possibilidade de pedidos de impugnação, previsto de ambas as partes, que se encerra dia 13/07, sexta-feira. Existindo pedido(s), essa questão terá um outro tratamento judicial.

    A sorte está lançada !

    Nesta acirrada e emocionante disputa, temos que:

    - se o PV sair vencedor, estará com animo redobrado na disputa das eleições.

    - se o PV sair perdedor, o revés certamente trará intranqüilidade na coligação, e a Síndrome do Serra estará mais presente do que nunca !

     Vamos ver como isso termina !

     Em tempo: Para não deixar nenhuma duvida quanto ao interesse do Blog nesta questão, esclarecemos que qualquer outro candidato e partido que sofresse o mesmo processo do PMDB, qualquer um, receberia a mesma atenção !


 

 

Voltar