77 - PRIMEIROS LANCES DOS BASTIDORES PÓS ELEIÇÕES

10/10/2012 05:53

   Os primeiros movimentos pós eleições dão conta de várias peculiaridades, próprias dos dias seguintes e futuros. A mais evidente é a chateação dos "comissionados" que deverão sair, acompanhadas sobre quem vai entrar no governo e quem do atual governo vai apoiar o novo governo. Neste último movimento já começa a ficar visivel o que rola nos bastidores dos que perderam as eleições, e querem continuar no governo de uma forma ou outra, e que pode ser antes ou logo após janeiro 2013. Alguns comentam que até receberam convite, que foram devidamente recusados, e que outros estão "conversando". Política é isso ? Bom, tudo o que sabemos é que o povo tem memória curta, que a história é sempre contada e registrada pelos vencedores, a corrupção é sempre apontada pelos adversários e os acordos e acertos a portas fechadas as vezes acabam vazando por denúncias e terminam em "pizza".

   Sobre "denúncias", são muitas as de compra de votos por R$ 50,00 ou R$ 100,00, tem até testemunhas que não se comprometem ou nunca aparecem, inclusive comenta-se de festas de véspera de eleições com tudo pago por candidatos, mas tudo isso não muda o resultado das urnas, com compra ou não de votos, e os eleitos vão assumir. Reclamar depois que o momento passou de que serve ou o que muda ? Não tem sido sempre assim ? É a cultura política feita por quem depende disso, de ambas as partes: candidatos e eleitores.

   Informações de primeira mão indicam que o prefeito Eduardo vai terminar e entregar à população, até o fim do mandato, as obras: Pró-infancia, CRAS Norte, Maternidade e ampliação da Escola Erick Becker.

   As obras do Córrego Bertioga vai continuar até o fim do governo, quando depois o novo prefeito deverá decidir o que fazer. Sabe-se que a obra do Córrego Bertioga está sendo realizada por etapas, e a verba do PAC liberada para a etapa seguinte quando estiver pronta a anterior, e assim sucessivamente.

   Nem bem começou as reuniões para compor o novo governo e já temos uma primeira especulação de quem vai participar do secretariado, mas que não é confirmado ainda: Melo, Dr. Cláudio Miranda (de Jundiaí), Laércio Bifanni, Jaime ex-GM, Emerson Afonso, Biro, Josenildo, Nenê Nivoloni e outros.

   Da parte do PSDB, Clemente está dando atenção à familia e deve ser reunir com seus partidários na próxima semana.

   Jr. Aprillanti deve estar se dedicando à campanha do Pedro Bigardi em Jundiaí

   Tudo indica que a publicação da enquete do Blog pelo jornal Correio, mencionada no Facebook, no grupo Democracia na Política de Várzea Paulista, não agradou uns e outros "democráticos". Realmente, a Enquete não tem nenhum valor de pesquisa, trata-se apenas de sondagem de opinião sem pretensões de indução dos eleitores, feito de acordo com a Lei Eleitoral e isso foi devidamente explicado na divulgação. Se a Lei Eleitoral que permite é falha ou não, não sabemos avaliar porque não somos juristas, apenas seguimos ela.

   Dizer que foi tendenciosa é leviandade de quem diz uma coisa dessas. Mostrar-se“indignado” com a declaração da chefe do Cartório Eleitoral é pressupor que tenha conhecimento juridico das leis eleitorais, superior ao que a chefe e a Justiça Eleitoral possam ter. Oras, se a pesquisa do jornal Noticia é motivo de suspeita, foi o próprio pesquisador que levantou a questão no depoimento judicial, portanto, se envolveu nomes do PV, então que representem judicialmente contra o mesmo. Se a pesquisa publicada no jornal é verdadeira então que seja requerida a suspensão da sentença, para depois sair acusando, criticando e se indispondo com fundamento.

   Por outro lado, a Enquete foi publicada ANTES de ser anunciada a impugnação do Clemente pelo TRE/SP no dia seguinte, e só esse fato mudou todo o cenário político da cidade e a Enquete pode ter perdido toda a validade do contexto em que foi feita. Se o jornal Correio publicou a do Blog é porque entendeu ser uma opinião política válida, e antes de publicar foi conferir se foi dentro da Lei Eleitoral no orgão competente para isso. E onde está escrito que não podia ser publicado ou que esteja errado publicar ?

   Por favor gente, esta faltando coerência no estado emocional pós eleições, e querem achar o que não tem onde não existe.

   E mais, porque isso agora que as eleições terminaram no domingo? Que relevância isso tem ?

    São comentários e posicionamentos como esse que dão motivação e força para uma oposição, que não só irá fiscalizar, mostrar e cobrar o futuro governo no que possa deixar a desejar, mas de ser contra simplesmente por antipatia ! É essa a democracia que se deseja na cidade ? Se não houver respeito pela opinião dos adversários não existirá democracia, de jeito nenhum!

  

 

 

 

Voltar