COMO SER O MELHOR DO MUNDO

29/12/2012 12:39

    Abordagem de Millor Machado (o melhor Millor Machado do mundo)

   A ideia básica é que se você quer o sucesso, você precisa ser o melhor do mundo no que faz. Se você não acha que vale a pena o esforço para ser o melhor do mundo em algo, o melhor a fazer é desistir e direcionar os esforços para algo em que você possa ser o melhor do mundo.

   Ou você é o melhor do mundo ou será esquecido

   Na vida, todos nós fazemos escolhas o tempo todo. Se você pode escolher entre o melhor do mundo ou o segundo melhor, por que escolher o segundo?

   Não é à toa que quando um filme se torna o mais assistido, mais pessoas o assistem. Quanto mais rico alguém é, mais fácil é ganhar dinheiro. E por aí vai.

   Como diria a canção Xibom bombom: o de cima sobe e o de baixo desce.

   Escolha para quem você será o melhor do mundo
   Ser o melhor do mundo significa ser a escolha óbvia na hora de alguém te contratar, comprar seu serviço, ser seu amigo, ler seu artigo, etc. Entre fazer qualquer outra coisa, a pessoa escolheu dedicar o tempo dela a você, justamente por você ser o melhor do mundo para ela, naquele momento.

   Obviamente, não é possível ser o melhor do mundo para todos e em todos os aspectos, por isso você precisa escolher muito bem seu público-alvo. Querer agradar a todos é o caminho certo para a mediocridade.

   Ser o melhor do mundo não é pra qualquer um, só pro melhor do mundo
   Quando você está começando uma nova atividade, tudo é muito bacana. Os resultados começam a vir rápido e a empolgação come solta. Depois de um tempo, barreiras aparecem, a atividade começa a ficar chata e os resultados não vêm com a mesma facilidade. Acabou-se o que era doce.

   É nesse momento que a maioria das pessoas desiste. Esse é o chamado Vão.

   A grande questão é que para ser o melhor do mundo, você precisa atravessar o Vão. Poucas são as pessoas que continuam trabalhando apesar da monotonia, cansaço e desmotivação. Poucas são as pessoas que colhem os verdadeiros frutos de ser o melhor do mundo.

   Conclusão: “Faça ou desista, não existe tentar”
   Não há problema algum em desistir, desde que libere recursos para te tornar o melhor do mundo em outra coisa.

   A mediocridade é uma adversária poderosíssima, você precisa ter foco total para enfrentá-la. Por isso, o melhor a fazer é escolher onde você quer ser o melhor do mundo e desistir do resto.

   Para finalizar: lembre-se que nosso desafio diário não é ser melhor que os outros, é ser melhor do que nós mesmos.

 

 

 

Voltar