COMO SER UMA MULHER PODEROSA! - Parte 2

26/10/2012 08:23

 

Parte 2: Sobre os homens

Abordagem de Lygya Maia

Fonte: http://www.planetanews.com/news/2009/10997  


   Continuando o assunto, se você é uma mulher que se sente vitima de um relacionamento com um homem abusivo, você pode escolher “mudar” agora mesmo a interpretação ultrapassada de vitima ou continuar interpretando o abuso como sendo somente a culpa do homem. Mas não se esqueça que ninguém esta te acorrentando aquele homem a você. Sua escolha de continuar com ele é sua e consciente, assuma sua preferência e pare de somente reclamar do homem. Afinal de contas o que e mais fácil? Mudar a si mesma ou um cabra macho atrasado? 
   Muita mulher fica anos e anos, com o homem que ela mesma reclama por conveniência financeira, e/ou psicológica, qualquer que seja o caso a opção é nossa, e nossa também é a responsabilidade de continuar com uma relação nociva ao nosso bem estar emocional.
   Sugiro como solução imediata, cuidar do próprio emocional traumatizado por tantas decepções passadas, nosso desafio é grande porque muitas de nós nos sentimos dormentes de tanta dor emocional através dos anos, e é justamente por essa dormência que deixamos de nos tratar emocionalmente anulando qualquer possibilidade de melhoria a cura. Acho que a solução é revidar qualquer abuso com amor próprio, nos fortificar com educação emocional aprendendo assim a nos cuidar com carinho maternal. O amor-próprio é muito importante para a felicidade individual e conjugal. 
   Meu sonho é nos unirmos mais e combater o atraso destrutivo, a mediocridade e a ignorância com a beleza do poder de uma multidão de mulheres conscientes onde o amor começa de dentro de si pra depois ser “refletido”. Ai sim teremos uma sociedade mais harmoniosa e amada. 

   Já reparou que quanto mais você diz a maioria dos homens pra fazer uma coisa eles fazem outra? Homem em geral não gosta de ser mandado ou guerreado, vira bicho e rebelde e ai pronto! Ninguém ganha porque eventualmente vai haver mais abuso emocional e até físico, somado a represália e vingança. Eu me recuso a lutar com as armas ignorantes do meu adversário, sabe por quê? Porque suas armas e táticas para mim são frutos de milhares de anos de crenças ultrapassadas e limitadas. Eu sei que a ignorância limita, portanto me recuso a me limitar tambem em usar suas próprias palavras e ações. Irei sim, lhe mostrar como se faz para se viver em harmonia, com respeito e beleza não só na teoria mas com muita maestria e psicologia na pratica do dia a dia.
   Nunca ganharíamos uma guerra se não conhecêssemos as estratégias do inimigo portanto sou uma curiosa a respeito da psicologia masculina há alguns anos e te digo francamente, o homem em geral não é um bicho de sete cabeça como muitas mulheres pintam, claro que há os mal educados do planeta que a ignorância é muito elevada para se tolerar em muitos casos. Mas há também em nossa sociedade incluindo o circulo dos intelectuais muitos homens bem educados que respeitam as mulheres e vivem em perfeita harmonia com a parceira, respeitando sua família e até sendo fiel (sempre haverá exceções a regra).
   Enfim, somos a maioria no mundo inteiro, sabia? Se nos tornamos unidas pela felicidade e não pelo medo constante íamos fazer uma diferença enorme. E quando eu falo medo eu me refiro inclusive a fofoca ou ciúme que sao provenientes da insegurança da fofoqueira ou da ciumenta. O medo paralisa, não liberta não. 
   O bom exemplo começa em casa, começar a mudar nosso dialogo interno e encher a cabeça de coisas boas que queremos que aconteça é esperto. Se quer ter uma relação harmoniosa com ele, comece a ter uma consigo mesma, e ai então você vai ver a reação dele. Se ele for do contra, não serve, toca o barco pra frente e se manda dali pra sempre. Caso contrario, curta o relacionamento, respeitando ele e fazendo o mesmo por você primeiro.
   Se você for uma das mulheres que tem medo de mudar por medo do lado financeiro, lhe digo o seguinte; Você tem inteligência bastante para ganhar dinheiro (muito dinheiro) criando seu sonho dentro de si mesma. E só concentrar no que quer e jogar fora o que não quer. Há literalmente soluções pra todo e qualquer problema. 
   Se nos concentrarmos em sermos felizes em vez de ficarmos achando como nossas avós que só o homem pode dar estabilidade financeira ou felicidade emocional ou mesmo respeito em geral, teremos êxito garantido pelas leis universais e não pelas leis dos homens.
   Se você é mãe solteira, conheço varias mulheres guerreiras que criaram e continuam criando seus filhos sozinhas e muito bem criados, criação pra ninguém botar defeito. E ai, vai dizer o que? Que se sente “fraquinha”? Que elas podem mais você não? Não se iluda minha irmã! Você “pode” se você decidir levantar e sacudir a poeira do passado e deixar a modéstia de lado. O nosso governo e a maioria das salas de julgamento de justiça daqui, provam na maioria das vezes que somos injustiçadas, esse mesmo fato pode nos fortalecer como uma grande lição para criarmos consciência de que se não fizermos por nós, ficaremos gastando energia à toa por muitos anos sem resultado.

   Sugiro abrir a mente sentindo o cheiro do “presente”, deixando de viver no passado por que o futuro já chegou e estamos prontas pra lutar com o amor do nosso lado, com a feminilidade e a verdade a nosso favor, alem de contar com a beleza inevitável da nossa garra extraordinária. Quando enchermos a sociedade de felicidade, servindo de harmonia emocional ao invés da fúria fatal, da raiva e da infelicidade que estamos “cheias” de ver na TV espumando de desigualdade. Vamos ser o oposto do jogo do osso por osso. Vamos nos fazer admirar por nossa fibra e criatividade sem nos sujar de sangue! Vamos cantar e dançar para influenciar e dai então transformar...o negativo para o positivo com o jeitinho brasileiro que só nos sabemos dar.
   Vamos lutar sim, mas sem esquecer a arma colossal da feminilidade, do poder sensual e sexual, do nosso amor materno, amores esses que nos foram dados pelo universo para lutar por vidas felizes e não nos tornar masculinas e lutar com guerras e mortes criadas pela ignorância e covardia da cegueira pelo dinheiro dos nossos governos, somos capazes de voar muito mais alto do que qualquer macho de se gaba de sua bravura quando espanca uma mulher no silencio e no escuro de portas fechadas de sua casa.
   Vamos lutar sim, mais também com nossas intuições felinas e sair de casa com bravura deixando o macho covarde morrer a míngua e viver a sua procura. Ser forte e acreditar que somos um caso de independência ou morte! Infelizmente, literalmente!
   Leia mais, saiba mais sobre você mesma, se torne uma sabedora de sua verdade e criatividade, você pode e deve se manter sem ser co-dependente de outro ser. A força feminina é poderosissima se soubermos usar conscientemente e estrategicamente. Os homens que são inseguros sabem disso e se mijam nas calças de medo por isso mesmo, tentam pisar, aprisionar, rebaixar, e abusar de sua inocência e crença. Por milênios nosso governo na sua grande maioria composto por membros masculinos preferem manter a ignorância geral porque lhe é conveniente deixar exatamente assim. Daí a maioria não se rebela porque a falta de informação cega. Saber é poder se usarmos adequadamente. Saiba de seus direitos legais mais também saiba de seus direitos emocionais e espirituais. Nunca deixe um homem te convencer que você é burra e não conseguiria sobreviver sem ele, ele está blefando por que tem medo de perder você.
   Nem todos os homens brasileiros (ou não) são corruptos ou larápios, adoro o sexo oposto. Já conheci vários homens maravilhosos na minha vida. Parabenizo a todos os homens que tratam as mulheres com respeito e carinho. Existem cavaleiros dedicados por toda a parte cabe a nós selecionar e escolher o que é melhor pra nós. Acreditando no nosso poder mental e nunca desistindo de nossa força de atracão universal! Podemos e devemos escolher o homem excepcional em vez do cafajeste. 
   Portanto minha querida irmã mulher, abra sua mente, seu coração e suas asas por que você também pode voar alto e nunca mais voltar a escravidão de um tempo remoto, onde nossas avós deixavam os homens em geral desligar suas luzes, suas energias e seus direitos. Direito de viver feliz de igual para igual. Bom mesmo é viver com respeito mutuo, conscientes dos nossos poderes ilimitados e absolutos. Com possibilidades para criar uma união positiva entre dois seres que se amam.

   Isso sim é que é poder, viver e vencer ! Saber como usar o poder interior de seu ser!

 

 

 

Voltar