DAMAZIO SENA É O NOVO VICE-PRESIDENTE DA CONFEDERAÇÃO DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO BRASIL

22/12/2017 07:43

  Atendendo pedido do Blog, Dr. Damázio Sena, presidente da Fupesp, gentilmente concedeu uma entrevista para comentar desde o início da sua participação no movimento sindical em Várzea Paulista até sua recente indicação e eleição como vice-presidente da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB), com sede em Brasília.

  Morador de Várzea Paulista desde 1969, Damázio começou sua carreira no funcionalismo público em 05/07/1985 como operador de bomba do D.A.E. da Prefeitura de Várzea Paulista, cargo onde está registrado até hoje. Sua entrada para o movimento sindical ocorreu em 1989, quando a, então, Ministra Dorothea Werneck assinou, na nova Constituição, o direito aos funcionários públicos de sindicalizarem-se. Antes, para a categoria só era permitido participar de associações. 

Resultado de imagem para fupesp

  Primeiramente, foi fundado o Sindicato dos Servidores Públicos de Várzea Paulista, o passo seguinte se deu com a mobilização e união dos sindicatos das cidades de Campo Limpo Paulista, Bragança Paulista, São Vicente, Santos e Dracena que resultaram na fundação da Federação dos Funcionários Públicos Municipais do Estado de São Paulo (FUPESP). Na época, Jarinú ainda não tinha sindicato.

  Com uma atuação consistente e diligente, em 1990, a FUPESP conquistou sua Carta Sindical e começou a trabalhar junto aos sindicatos municipais do Estado de São Paulo, inclusive, na fundação de novas entidades de representação da classe. Hoje a FUPESP está presente em 373 cidades. Nesse período, já existia a CSPB, inicialmente como associação e, depois, passou a ser uma confederação sindical. São 50 anos de existência atuando nos 26 estados brasileiros e mais o Distrito Federal.

Resultado de imagem para cspb

  Por aconselhamento do Dr. Francisco Sena e várias tratativas, a FUPESP foi filiada à CSPB após confirmação da reunião do Conselho em João Pessoa/PB. Porém, por diferenças ideológicas, a Federação se desligou da CSPB em 1992. Somente em 2005, as duas entidades se reaproximaram e, logo, Damázio Sena passou a compor a direção da CSPB como presidente do Conselho Fiscal da entidade. Em novembro de 2017, o presidente da FUPESP foi indicado pelo amigo e presidente da CSPB, João Domingos, para assumir a vice-presidência da Confederação, que foi legitimada em eleição por unanimidade dos filiados. A posse acontecerá em solenidade prevista para o início de 2018, em Brasília.

Resultado de imagem para reforma previdenciária

  Quanto à reforma previdenciária, Damázio declarou que a posição da FUPESP, CSPB e da maioria das organizações sindicais é de repúdio à proposta do Governo Federal que tramita em ritmo acelerado no Congresso Nacional. Um dado a destacar é que a CSPB está filiada à Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), e tem assento garantido na mesa de negociações trabalhistas e previdenciárias com o Governo Federal: “Mesmo que os ventos estejam soprando contra os interesses da classe trabalhadora brasileira, com a vigência, desde o último dia 11 de novembro, da nova legislação trabalhista que precarizou direitos históricos, a FUPESP e a CSPB continuam firmes e determinadas a defender a qualquer preço os servidores públicos. Afinal, DIREITO NÃO SE MEXE, AMPLIA-SE”finalizou Damázio Sena.

 

Voltar

Pesquisar no site

BVP © 2012 Todos os direitos reservados.

VárzeaPaulista/SP