Joyce Britto, a vice do Jr. Aprillanti !

12/07/2012 12:18

   Joyce Britto, 31 anos, casada, mãe de 1 filha e esperando a segunda, residente em Várzea Paulista há mais de 20 anos, no bairro Cidade Nova II, católica praticante na comunidade Nossa Senhora das Graças, Paróquia São Francisco de Assis, Jardim Paulista, é uma mulher com uma energia e carisma pessoal que transmite confiança e força a todos à sua volta, se transformando no próprio bem comum quando fala da população, principalmente das mais carentes, tal sua motivação, vocação e engajamento nas questões sociais.

    O Blog teve a satisfação de conversar com ela, e saber mais sobre sua vocação social, política e familiar, e a escolheu para abrir a seção As Mulheres na Política !

   Formada em Psicologia pela Faculdade Anhanguera, está se especializando em Terapia Cognitiva no I.T.C.. Trabalha atualmente na empresa Intermédica, como Analista de R.H.. Fez parte da pastoral Fé e Política, deixando a mesma para se dedicar às eleições 2012 como candidata. Também fez parte da AMOCIN, Associação dos Moradores Cidade Nova II, como presidente,  descompatibilizando-se para concorrer nestas eleições. Atuou na AMOCIN por 8 anos, desde 2004.

 

1.  Como se candidatou a vice do Jr. Aprillanti ?

     A idéia inicial era a de me candidatar como vereadora, que partiu da motivação do trabalho realizado na AMOCIN, onde procuramos, com raros momentos de sucesso, o atendimento das reivindicações dos moradores junto aos orgãos públicos. O fato de vir a ser vice partiu do convite da própria executiva do PCdoB que, avaliando nas  reuniões, entenderam ser adequado ter uma mulher como vice na chapa majoritária, considerando que minha candidatura reunia as qualidades ideais que estavam buscando para os projetos da coligação PCdoB, tais como, por exemplo: facilidade de expressão, experiência de sobra na atuação junto às associações de moradores, comunidades e pastorais, ações práticas que envolvem o bem comum, entre outras qualidades.

 

2.  Já teve alguma participação no governo municipal ?

    Não diretamente. Nunca fui funcionária ou comissionada, apesar de existirem comentários a respeito. O que ocorreu foi minha participação na OP, Orçamento Participativo, como representante dos moradores em 2010 e 2011.

 

3. Como se sente com relação a ser vice do Jr. Aprillanti ?

    Além de gratamente surpresa e feliz pela oportunidade, entendo ter a possibilidade real de realizar meus ideais para o bem comum de forma eficaz. A expectativa é de poder atender as necessidades de todas as regiões da cidade, particularmente as mais sofridas nas questões da qualidade e condições de vida, como, por exemplo, a região norte.

 

4.  Como vai ser sua participação na campanha ?

     Intensamente, com muita vontade e dedicação, visitando e estando junto da população em geral, ouvindo e registrando atentamente suas necessidades, interagindo com as comunidades, participando de debates, comícios, reuniões de bairros e regiões, e tudo o mais que envolve a aproximação do projeto e propostas do partido com a população.

    Embora a gravidez seja uma aparente dificuldade, não vejo como problema de jeito nenhum, porque será respeitado todo o processo natural da gravidez, com o parto previsto para inicio de agosto, incluindo o período do resguardo indispensável pós-parto. Neste último período estarei trabalhando nos projetos e, após o resguardo, voltarei a participar ativa e diretamente na campanha.

 

5. Como você vê as questões sociais da cidade ?

    Com a experiência adquirida nas comunidades, pastoral e AMOCIN, que me proporcionou muita bagagem social, e morando em região carente, no contato direto com as questões e necessidades das pessoas, e considerando nos projetos do PCdoB tudo o que envolve o social: transportes, saneamento, educação, trabalho, segurança, esportes, cultura, condições de melhor qualidade de vida e tudo o mais envolvido, estamos aptos a fazer esta cidade melhor de se viver e morar, com transparência e respeito pelas pessoas principalmente.

 

6. Como é sua relação política com Jr. Aprillanti ?

    Existe afinidades e sintonia incríveis neste aspecto, particularmente no que diz respeito às  expectativas de promover o bem comum, a vontade de realizar o trabalho bem feito e de forma abrangente !

 

7. Qual sua visão política para a mulher ?

    Estamos atentos e é nossa prioridade também. Para tanto, nosso Plano de Governo contempla amplamente projetos para a mulher, existindo toda uma preocupação com saúde, bem estar, trabalho, família, educação, direitos da mulher e qualidade de vida satisfatória. Ainda neste aspecto, trabalhamos nos projetos que visam aumento e valorização da renda familiar a partir do trabalho da mulher, aumentando, sobretudo, sua auto-estima.

 

8. Comentários finais:

   Um dos pontos principais, ao aceitar ser vice do Jr. Aprillanti, que exige muita responsabilidade e dedicação, é a promoção e participação ativa da mulher na política, encorajando outras com o exemplo. Temos as candidatas e vereadoras, em todos os partidos, que merecem todo nosso respeito e admiração pela coragem de ir à luta pelos direitos e participação da mulher na vida pública !

 

 

Voltar