Luzia Mendes dos Santos - candidata a vereadora pelo PSDB

15/08/2012 08:25

LUZIA MENDES DOS SANTOS, 42 anos, divorciada, 3 filhos, vendedora autônoma, reside em Várzea Paulista desde 1980, atualmente na Vila Iguaçu (região da Vila Popular) e cursando o ensino fundamental II. Mulher simples, batalhadora, sabe o quer e vai à luta.

 

Vejamos a entrevista:

 

1 - Porque saiu candidata a vereadora ?

     Porque agora é a hora, a vez da mulher na política.

     Como mulher vejo os políticos homens não trabalhando para atender a população no que é realmente necessário, como: creches, saúde pública eficiente, melhores escolas e cursos profissionalizantes, lazer para adolescentes e muitas outras coisas.

 

2 – Espera ser eleita ?

      Sim, a vida tem me preparado para isso. Tenho o apoio da família, amigos e amigos de amigos. Todos me incentivam e estou me esforçando para isso.

 

3 – Como é sua relação com o candidato Clemente ?

      De amizade, de parceria mesmo, desde 1982 quando ele se candidatou e foi eleito prefeito pela primeira vez. Freqüentou muito minha casa e minha família. Toda nossa família é Clemente.

 

4 – Se eleita, quais seus projetos como vereadora ?

      Principalmente em favor das mulheres, que ainda não tem a devida atenção social. Veja que representam a maioria dos eleitores, elegem os homens e estes não as representam dignamente na Câmara Municipal. Só se lembram delas na época de eleições.

       Outra preocupação é com o idoso sem cuidados de família, os que não tem família que cuidem ou que a família tem dificuldades em cuidar bem deles, um Centro de Referência do Idoso, com hidroginástica, etc, poderia muito bem dar os cuidados necessários à essa parte da população.

      Ajudar o prefeito a trazer o bom prato para Várzea Paulista, com refeições a R$ 1,00, a dar a devida atenção ao Hospital Público e a todas as áreas que precisam de maior atenção e cuidados.

 

5 – Como vê a mulher na política ?

      Minha referência é a presidente Dilma, ela tem provado que a mulher é tem capacidade de administrar tanto quanto tem o homem e nossa cidade precisa de mulher na Câmara Municipal para estabelecer o equilíbrio que tem faltado no governo.

 

6 – Como participa da campanha ?

      Indo para as ruas, conversando com as pessoas, explicando o valor do voto do eleitor, em reuniões de bairros e regiões, panfletando e tudo o que uma campanha exige.

 

      Comentários finais:

      Espero uma campanha limpa da parte de todos, e que o eleitor valorize seu voto tendo em conta que irão eleger os próximos representantes que deverão cuidar da cidade e da população, e lembrar que os os que hoje estão na Câmara Municipal pouco ou nada fizeram.

  

 

Voltar