MÚSICA DA ALMA

06/06/2013 06:32

Wagner Borges 

Texto extraído do livro “Viagem Espiritual – Vol. III” – Editora Universalista.

Aonde está a alma do músico ?
No coração do músico?
Na canção da vida?
No céu da inspiração?
Ou além dos sonhos e dimensões?
Música, música, música... Notas melodiosas que invadem nossa psique e nos fazem viajar pelo território dos sentimentos. Amigas sonoras que embalam nossos sonhos, inspiram a meditação e viajam conosco na Espiritualidade.
São transportadas pelo ar por fios energéticos invisíveis, que as conduzem ao centro do coração, e daí ao interior da alma que gosta de viajar.
Os que gostam de música de boa qualidade e têm alguma sensibilidade espiritual, sabem que viagem é essa. Sabem, por intuição, sensação ou lucidez, que há uma forte ressonância da alma da música com a alma humana.
Têm consciência de que essas almas são irmãs, pois se a música é energia que viaja pelo ar, a alma humana é energia que viaja pela existência, buscando a própria essência imortal.
Onde está a alma da música? - pergunta o coração sensível.
E eu digo: está na alma da vida!
E ela é o fio condutor por onde o Supremo Amor canta sutilmente na alma humana.
 
Om Tat Sat !*
 
 
- Nota:
* Om Tat Sat – do sânscrito - tríplice designação de Brahman. É um mantra evocativo dos três aspectos do divino na cosmogonia hinduísta: Brahma, Vishnu e Shiva. É muito usado por vedantistas - seguidores do Vedanta -, um dos seis principais sistemas filosóficos da Índia. Pode ser usado como um mantra ativador dos chacras e também pode ocasionar estados alterados de consciência profundos durante a meditação.
 
 
Voltar