QUESTÃO DE ATITUDE

07/11/2012 21:28

 

    Por: Valdeci T. Ribeiro - Técnico em Segurança do Trabalho.

    Fonte: http://www.liveseg.com/questao_de_atitude.html

   Parece que reclamar é muito mais fácil que resolver questões básicas, então ao invés de solucionar os problemas nós procuramos piorar o que já estava ruim. Isso fica bem claro, por exemplo, quando procuramos enxergar nas pessoas somente os defeitos, deixando de ressaltar as qualidades que são as que mais importam.

   É melhor ver o lado bom das coisas e quando eu digo isto, estou falando em enxergar até nas coisas ruins uma oportunidade para poder mudar. Há três tipos de pessoas: As que aprendem com os próprios erros, as que aprendem com os erros dos outros e aquelas que não aprendem de jeito nenhum. Que tipo de pessoa você deseja ser? Respondendo essa pergunta de uma forma objetiva, podemos concluir que é melhor aprender com os erros dos outros, porque aprender com os nossos erros nos causa sofrimento e dor e não aprender de jeito nenhum é assinar o nosso atestado de incompetência absoluta.

   Ser uma pessoa consciente não significa criticar tudo e o tempo todo, mas tentar mudar o que está errado, somente com atitudes positivas a sociedade poderá crescer. Grande parte dos problemas que estão por aí são resultados de ações negativas individuais ou coletivas que no somatório se tornam grandes. Uma pequena ação negativa contribui para o desencadeamento de grandes catástrofes que poderão nos atingir em algum momento das nossas vidas.

   O pensamento positivo, aliás, está crescendo no mundo todo onde as pessoas estão aprendendo a conviver com os infortúnios da vida procurando tirar lições para poder melhorar como pessoa. Junto com o pensamento positivo, vem as ações positivas que podemos aplicá-las na prática em todos os campos e dentre eles podemos citar dois dos mais importantes e presentes na nossa vida que são o trabalho e a vida pessoal. No Trabalho, o companheirismo, a dedicação, o respeito e a aceitação de todos os colegas, são ações positivas que eleva o nível dos relacionamentos pessoais, proporcionado um ambiente agradável e livre das pressões que o trabalho nos impõe, aliviando o estresse laboral. Na vida pessoal é ainda mais importante porque temos a possibilidade de vivenciar essa experiência com os nossos familiares que são as pessoas que nos dão o sustentáculo e o apoio necessário para resolvermos os nossos problemas.

   A nossa sociedade está carregada de péssimos exemplos, se tivermos que nivelar todos os acontecimentos por baixo, certamente estaremos contribuindo com essa corrente de pensamentos e ações negativas tão presentes nos dias de hoje. Quando reclamamos de um mau político na verdade estamos perdendo a oportunidade de refletir sobre o momento e de como poderemos mudar essa situação no futuro. Os valores sociais são inversamente proporcionais aos nossos anseios, pois clamamos por mudança, mas não somos capazes de implementá-la. Se realmente desejamos que algo mude, sejamos então os primeiros a dar o exemplo. A capacidade humana para mudanças é infinita, não podemos perder a oportunidade nem o momento para mudar.

   Se derem a você um abacaxi descasque-o, se for um limão, faça com ele a melhor limonada da sua vida. O dia em que você mudar certos conceitos, tudo em sua volta também pode mudar, é uma questão de atitude. Atraia para si as coisas boas, dê menos importância àquilo que pode lhe causar sofrimento, valorize os momentos bons e prazerosos. Você só obterá sucesso se pensar positivamente e acreditar que tudo é possível, só assim as coisas vão acontecer na sua vida.

 

   Lembre-se:

   Mudar não significa querer modificar as pessoas, porque essas somente irão mudar quando estiverem prontas para isso ou quando perceberem que o mundo em volta delas está mudando. Algumas pessoas são lentas para mudanças, mas isso não significa que em algum momento não poderão mudar. Cercados de bons exemplos, o ser humano é capaz de perceber que algo está acontecendo e faz com que naturalmente procure o caminho da mudança.

 

 

Voltar