REENCONTRO

03/12/2012 07:35

Lucinéia Oliveira

O dia amanheceu com um sol lindo como nunca

A noite que antecedeu, não deixou o sono dominar
Foram horas e horas acordada, só imaginando que ao
Amanhecer estarei com você, como sempre sonho
Um dia te encontrar.

Iria estar ao teu lado e poder olhar bem dentro de seus 
Olhos e sem precisar dizer uma palavra, mostrarei toda a
Ansiedade e o desejo de te ver, que eu lá muito guardava
Dentro de mim.

Enfim o tão esperado momento chegou
Eu não conseguia acreditar que agora, você estava ali, ao meu lado.
A felicidade era tamanha, que até me esqueci o mundo lá fora.
Pude sentir ternura em você ao me ver, e também
A mesma emoção que embargava nossas palavras.

Ao primeiro toque de nossas mãos, o coração bateu mais forte,
E um gesto de cumplicidade, as mãos se entrelaçaram
E se apertaram, substituindo mais uma vez toda e qualquer palavra.
E por instantes, ali ficamos, apenas sentindo
Todo o encanto e a magia daquele momento.

É muito difícil definir o que pensamos naquela hora.
Acho que só conseguíamos sentir um ao outro
E deixamos que a emoção guiasse.
Esta mesma emoção nos levou ao delírio, desejo e paixão
E uma necessidade imensa, de matar a saudade que nos
Corroía e consumia por tanto tempo.

Vivemos momentos maravilhosos, indescritíveis e inesquecíveis
Sem receios e reservas, nos amamos e nos entregamos por inteiro.
Nos tornamos um só, de corpo e alma...
Agora, pode o tempo passar, pode o mundo acabar,
Que jamais esquecerei, a sua maneira de amar.

Esta saudade, vou querer sentir sempre, pois ela alimenta
O amor, e quando de novo nos encontrarmos, 
Quero viver um imenso prazer ao seu lado,
E deixar aumentar ainda mais o desejo
Que sempre trago guardado, e a você por inteira me entregar.

 

 

Voltar