SAUDADES

13/01/2013 11:27

 

  Hoje eu senti saudades...
  Senti saudades dos aromas dos tempos de infância e do abraço que um dia alguém me deu.
  Saudades do gosto do café com leite que minha avó preparava, naquela mesma caneca de sempre.
  Bateu-me a saudade de uma tarde no alto de uma serra, sem data, sem tempo e sem fim, apenas o vento que fazia a neblina dançar.
  Saudades daquele amigo que me criticava e me fazia sofrer por pensar demais.
  Certamente ele esta em algum canto, onde meus gritos não podem chegar.
  Hoje eu também senti saudades da inocência que me foi arrancada e de brincar na lama sentada com meus irmãos.
  Queria de volta o colo do meu avô que como um passarinho partiu sem retornar, hoje ele esta contando suas histórias aos anjos e aqui deste lugar onde estou guardei o seu melhor.
  Como é estranho sentir saudade, uma hora parece que lembra algo que corrói, outra que lembra a fome.
  Não é por menos que esta tal saudade é a sétima palavra mais difícil de traduzir no mundo, certamente porque ela envolve tudo, sentimentos, emoções, lembranças, um pouco do se foi e um pouco do que queremos, sim, pois existe a saudade daquilo que ainda não vivemos e ainda iremos viver, a saudade de alguém que um dia estará com voce.
  Enfim hoje acordei com saudades...
 
 
Voltar