Sueli do Yakult - candidata a vereadora pelo PT

03/09/2012 06:54

   SUELI CARDOSO FERNANDES ORTIZ, Sueli do Yakult, 40 anos, casada, 2 filhos, revendedora de Yakult há 15 anos, residente na Vila Santa Catarina e a 40 anos em Várzea Paulista. Mulher simples, batalhadora, dinâmica, tranqüila e desembaraçada.

 

       Vejamos a entrevista:

 

 

1 – Porque se candidatou a vereadora ?

      Para lutar por melhorias para a cidade. Gosto de atuar no social, ajudar as pessoas, inclusive animais abandonados.

      Me candidatei a primeira vez em 2008 pelo PSC, fiquei suplente, e nestas eleições 2012 estou saindo candidata pelo PT. Creio que sendo vereadora possa ajudar muito mais a cidade e a população.

 

2 – Espera ser eleita ?

      Com certeza, estou trabalhando para isso, e muito. Desta vez estou melhor preparada, se eleger não é fácil e precisa de estratégia, pessoas e parceiros na campanha. É uma luta, e conto com meus amigos, vizinhos, clientes e simpatizantes.

 

3 – Como é sua relação com Luiz A. Raniero, Lula ?

      Muito boa. Tenho conversado muito com ele, inclusive já cobrando soluções se eleito. Tenho acompanhado ele na medida do possível, somos amigos e companheiros.

 

4 – Se eleita, quais suas principais metas ?

      Voltadas para o social, principalmente procurar estar sempre junto ao prefeito eleito, cobrando ações, fiscalizando a aplicação dos recursos na cidade, instalação de mais creches, incentivar projetos de reintegração dos dependentes químicos na sociedade, atuar contra a violência à mulher e incentivado-as a participar da política, atendimento aos animais abandonados entre outras muitas coisas.

 

5 – Como vê a mulher a mulher política ?

      Muito tímida, precisam ser mais atuantes. Temos cerca de 60 candidatas disputando as eleições, de um total de aproximadamente 200 candidatos, que participam até mesmo por exigência dos 30% exigidos pela lei eleitoral na coligação. Deviam lutar mais pelo seu espaço, se prepararem mais social e politicamente para deixarem de ser dependentes e submissas. Algumas já participam em muitas áreas tipicamente dominadas pelos homens, com por exemplo na construção civil, motorista de ônibus e caminhões, engenharia, secretarias e ministérios públicos, etc., inclusive como Presidente em várias partes do mundo, e no Brasil temos a Dilma dando exemplo político de capacidade e competência na Presidência do país. O que vejo hoje faltar nas mulheres, é a coragem de acreditarem que podem e conseguem ser mais atuantes política e socialmente, superar as barreiras tradicionalmente impostas pelos homens. Mas isso já está mudando.

 

6 – Como participa da campanha ?

      Visitando e conversando com as pessoas na rua enquanto trabalho, participo de caminhadas e comícios do Lula, e tudo o mais necessário à divulgação da minha candidatura que a campanha exige e permite.

 

     Comentários finais:

     Trabalho nas ruas há mais de 15 anos, conheço os problemas sociais  de várias regiões, de perto mesmo, faço Gestão Pública na faculdade Anhanguera, participei ativamente do Conselho de Saúde

No grupo Todas por Todas, também tenho atuado muito na defesa mulher, principalmente na questão da violência contra a mulher. Estarei atenta, se eleita, na questão de melhorar a qualidade vida de todos, sem exceção.

 

 

 

Voltar