422 - V.PTA.: E AS ESCOLAS MUNICIPAIS E MERENDA ESCOLAR ?

11/12/2014 08:08

   

   Atendendo sugestões via emails, o Blog foi visitar uma escola infantil aqui de Várzea Paulista e ver como a educação e a merenda escolar está sendo administrada pelo atual governo. A escolinha visitada foi a CEMEB FLORESTAN FERNANDES na Cidade Nova II, com 320 alunos entre 4 e 6 anos, atendendo a região com 25 funcionários no total, incluindo os educadores.

   Após assumir em 2013, a direção promoveu uma grande transformação na escola para proporcionar uma condição mais adequada e com maior qualidade no ensino às crianças, a partir de uma série de melhorias na estrutura administrativa e organizacional, que contou com apoio e participação ativa e fundamental da comunidade, da Associação de Pais e Mestres, APM e secretaria da educação. A equipe toda da escolinha está de fato realizando um excelente trabalho sob a direção da profª Tânia, mesmo com a “falta de dinheiro no governo”. O relacionamento com Secretaria de Educação é dos melhores, segundo a diretora.

   Observamos algo realmente bem aplicado pela administração da escola, e que é a Ficha de Avaliação preenchida pelos pais que orienta as ações da direção e funcionários quanto ao desempenho de toda a equipe. Muito bom mesmo.

    Quanto à alimentação das crianças, a Merenda Escolar propriamente dita, é fornecida hoje pela ERJ Alimentação e pela NATUREZA Alimentação, ambas atendendo dentro as exigências da Programação Nacional da Alimentação, PNAE, segundo a nutricionista Raquel Coelho que coordena tudo na Secretaria da Educação municipal. Ela informou que periodicamente o governo federal revisa a programação da alimentação escolar, sendo a última em 2013 para redução do sódio no cardápio com o uso de ervas e condimentos apropriados.

  Com todos os cuidados da supervisão e fiscalização da Merenda Escolar, cada faixa etária recebe sua necessidade nutricional diária fornecida na escola. Pelo que foi visto, a merenda escolar é de ótima qualidade na rede municipal de ensino, e a nutricionista que coordena cuida para que seja constante a qualidade da alimentação. Quanto a isso, a comunidade e a APM sabem, acompanham e aprovam a merenda escolar servida.

   A verba da Merenda Escolar é da FNDE, Fundação Nacional do Desenvolvimento Escolar, e do governo estadual, sendo complementado pela prefeitura. Na ultima visita semestral, o Conselho Regional Nutricionista elogiou a gestão da Merenda Escola Municipal, conforme nos informaram.

   Uma outra escola que o Blog visitou antes dessa, no “tropeço” do governo no caso da cobertura da “quadra”, é a CEMEB PAULO FREIRE no Jardim Promeca, que também prima pelas condições de trabalho da equipe e da escola, principalmente na qualidade do ensino, reformando toda a estrutura patrimonial da escola também com o apoio e participação da comunidade e APM.

   Portanto, as diretoras profª Tânia da CEMEB FLORESTAN FERNANDES, e a profª Leida da CEMEB PAULO FREIRE, ambas realmente dedicadas à educação infantil, merecem todo o reconhecimento conquistado junto a comunidade, e também por parte da secretaria, do governo e dos munícipes. A nutricionista Raquel Coelho nos garante que muitas escolas também estão realizando um ótimo trabalho junto às crianças, também com a participação da comunidade.

   Do ponto de vista da administração pública, no entendimento da nutricionista da secretaria da educação, e ela é uma profissional apolítica, o ex-prefeito Clemente construiu as escolas, o ex-prefeito Eduardo equipou todas elas e o governo atual está investindo nos funcionários da educação para alcançar os melhores níveis de qualidade profissional e de resultados educacionais.

   Para quem saber mais só acesar no Facebook: CEMEB FLORESTAN FERNANDES 

 

 

 

 

Voltar