Os tópicos são atualizados com o que se comenta nos bastidores políticos e opinião pública aqui de Várzea Paulista, levando ao conhecimento público o que acontece de forma bem humorada e irreverente, porém com seriedade. 

  Todos podem enviar comentários e denúncias para o email:

   blogvpta@gmail.com

  • 23/12 – Bom, estamos chegando neste fim de 2016 na esperança que o próximo ano, 2017, seja de muitas e muitas gratas realizações pessoais e coletiva, que a Graça Divina seja plena em todos, sem exceção, que as alegrias sejam múltiplas, simples e verdadeiras, e que a justiça contemple a expectativa de uma qualidade de vida justa e grata a cada um de nós! Que nossos pensamentos, sentimentos, palavras e ações expressem sempre a Luz e a Sabedoria do Cristo! Que nossos pés dêem passos nos caminhos da Justiça, do Amor e da Verdade, irradiando Paz por onde passarmos e onde estivermos! Que nossas mãos trabalhem e operem não só por nós, mas por todos! Nossos agradecimentos a todos que tem acompanhado o Blog nestes mais de 4,5 anos, e que em 2017 sejamos mais. Retornamos dia 03/01/2017! Boas Festas a todos, com muita alegria e saúde...

 

  • 22/12 – Na série “O peixe morre pela boca”- Parte 3, sabe-se que em 2012 acusavam o governo anterior do PT aqui de Várzea Paulista por não pagar o Fussbe, acusação essa repetida de boca cheia durante todo o mandato e até mesmo nestas eleições 2016. Então, como o governo atual do PV decide vender terrenos municipais do Jardim S.Paulo e Jd Promeca, através do Projeto de Lei nº 2306 de 19/12/2012, certamente feito às pressas, para pagar a dívida para com o Fussbe no valor de R$ 1.425.400,55 até outubro/2016, conforme  despacho do Tribunal de Contas do Estado de S.Paulo no dia 16/12/2016? Se acusaram o PT, então PORQUE TAMBÉM NÃO PAGARAM O FUSSBE? Para bancar o tanto de comissionados para vencer as eleições? Ora, comentam uns e outros injuriados, para construir casas populares não tem terrenos, mas tem para vender para pagar contas mal administradas. Só que com isso a opinião pública quer saber: quando acabar as áreas públicas para vender, vão vender o que? E querem saber mais: como podem delapidar o patrimônio público que não foi este governo que conquistou? Vender terreno municipal pagar dívidas que o próprio governo fez também é “conquista”? Bom, hoje é para ser o último dia de expediente da prefeitura e também o último dia para concluir a dispensa dos comissionados. Se alguns deles vão voltar em 2017 não se sabe, como também não é certo quem vai continuar secretário no próximo mandato... Mas, apesar das noticias ruins, a parte boa é que a câmara municipal repassou mais R$ 700 mil para o governo municipal, totalizando R$ 2.600.000,00 durante este mandato do presidente da Casa de Leis, que termina dia 31/12/2016. Pelo sim pelo não, línguas afiadas estão aguardando um Comunicado do prefeito explicando o porque não está pagando direitinho o Fussbe... Oremos irmãos, OREMOS com muita Fé!

 

  • 21/12 – Enquanto a população tenta decifrar o “enigma” do “enfeite” em forma de arco que o governo municipal colocou na av. Pinheirinho, com indisfarçável jeitão carnavalesco e sem estar “iluminado” a noite (é para acender ou não?), segundo comentam línguas hilárias, a câmara municipal segue “firme” na disputa pela presidência do legislativo no próximo mandato. Com lances “emocionantes”, beirando a tentativas de endeusamento de um e outro, principalmente de um ainda vereador que se acha “poderoso”, incluindo o governo municipal fazendo “sua parte” no processo, claro que estrategicamente “escondidinho” nos bastidores, “vazou” na regra do “boca-a-ouvido” uma “informação secreta” pelos corredores da prefeitura e câmara municipal, de que o governo está “segurando” a divulgação do secretariado do próximo “novo” governo para não “atrapalhar as negociações” na escolha do próximo presidente do legislativo, se bem que comentam que o governo tem seu “interesse” e sua “preferência”. Enquanto isso, parece que finalmente aconteceu o “milagre” de fim de ano com a “aparente” divisão “oficial” dos servidores públicos entre “pobres” e “ricos”, ou nós e eles como diria o PT, onde os “pobres”, que são mais da metade, é que recebem a 2ª parcela do 13º, enquanto os “ricos” só irão receber na 2ª quinzena de janeiro/2017, conforme um Comunicado assinado pelo prefeito. E mais, e se é verdade ou não segundo uns e outros, parece que não vai ter férias para os professores na tentativa de fazer sobrar dinheiro para pagar salários de janeiro/2017. Pelo sim pelo não, Várzea Paulista está ou não está no Rumo Certo para 2017? Oremos?

 

  • 20/12 – Então... está cada vez mais “difícil” o governo disfarçar como a “engenharia municipal”  consegue “resolver” as questões “técnicas” no córrego Bertioga, com toda a “competência” que dizem ter e apregoam nas 4 direções da cidade e nos comentários dos “apoiadores e simpatizantes” publicadas nas redes sociais, se bem que isso é “normal” a partir da equipe de governo faz-de-conta como todos tem visto. Bom, ter colocado tubos de concreto sob a base da ponte em frente à Academia WR para que, se cair, caia sobre os tubos e não no córrego, é no mínimo uma "técnica" e um contra senso inexplicável, e por que? Ora, se chover o tanto que sempre chove para inundar o córrego, é para acreditar que a ponte vai cair sobre os tubos ou será levada pelas águas contrariando a lógica que diz que não vai cair sobre os tubos? Entretanto, uns e outros comentam que se a ponte cair a qualquer momento, como garantir que não seja quando alguém estiver atravessando ela, mesmo quando não chovendo? Alguém do governo pensa isso, ou não? Se não pensa, o problema é de quem? De quem estiver atravessando a ponte? Pelo sim pelo não, línguas populares adversas devem estar orando para que alguém com responsabilidade, e com conhecimento de engenharia de verdade, possa dar atenção a isso antes que um B.O. seja a solução... Oremos juntos...

 

  • 19/12 - Enquanto o prefeito reeleito aqui de Várzea Paulista faz “mistério” de quem estará secretário no próximo mandato, em meio a uma “disputa” surda na qual 2 vereadores não reeleitos estão “pressionando” para assumir secretaria, onde temos um dizendo que foi prometido na campanha eleitoral se não apoiasse o concorrente a prefeito pelo PSB, e outro porque conseguiu eleger o filho vereador na base aliada, está sendo divulgado nas redes sociais que o teto da UPA despencou, UPA essa que dizem ser referência de qualidade na região... Ora, como pode acontecer uma coisa dessa com uma “engenharia” que dizem fazer "inveja" em todo o Aglomerado Urbano pelas “conquistas” realizadas neste governo, e que pretende estar no “Rumo Certo” a partir do próximo mandato? Não é este o governo “competente” que passou o mandato todo culpando o governo anterior por falta de dinheiro, mas que as únicas obras que realizou foi o CEU e a UBS Cruz Alta com verba deixada pelo PT, e que também deixou verba para fazer o Pró-Infância Jd. Itália e ainda o contrato e verba do PAC para continuar as obras no córrego Bertioga (que tem sido o pior pesadelo deste governo)? E o que falar do Viaduto Ponte Seca, única iniciativa deste governo que já deveria estar pronto uma vez que recebeu a verba do governo do Estado de S.Paulo? Bom, no próximo mandato irão colocar a culpa em quem? Pelo sim pelo não, a opinião pública quer saber: o que é o Rumo Certo no próximo mandato sr. prefeito?

 

  •  

 

 

  • 16/12 – Pois é... Não se sabe exatamente se está sendo cumprido o ditado “aqui se faz aqui se paga” na Vila Real, mas uns e outros estão comentando que os moradores estão colocando o lixo na frente do CRAS Norte, já que “aparentemente” a coleta de lixo não está sendo feita por lá. Se isso é chato ou não para o governo e vereadores, que ”normalmente” fazem-de-conta que não tem nada a ver com os problemas da cidade, e ainda dizendo que Deus está no comando, quem sabe desta vez pode acontecer o “milagre” do governo dar “todas” as explicações para essa situação sem culpar o governo anterior e/ou a “crise” de falta de dinheiro por culpa do PT. Enquanto isso, a Justiça Eleitoral aqui de Várzea Paulista cumpriu ontem o rito de diplomação do prefeito, vice e vereadores para o próximo mandato do governo municipal, com direito de fotos sorridentes nas redes sociais e tudo o mais, que certamente talvez só Deus saibe como será o “Tempo de Reconstrução Seguindo em Frente” a partir de 01/01/2017. Embora possa parecer, não se trata de critica mas de como a opinião pública está avaliando as ações da administração municipal desde 01/01/2013, mas isso importa ao governo? E se importou, quando foi já que “ninguém” sabe e “ninguém” viu? Bom, pelo sim pelo não, como está a “composição” do novo secretariado municipal para o novo mandato do prefeito? Oremos? 

 

  • 15/12 – Ora, enquanto o processo 1003675-70.2016.8.26.0655, que trata de improbidade administrativa por nepotismo praticado pelo governo municipal aqui de Várzea Paulista, onde estão envolvidos o prefeito, o secretário de governo e de comunicação, o vereador líder do governo e seu sobrinho, nora e amigo, está em andamento aguardando que mais um mandato judicial seja cumprido, certamente para notificar e intimar o vereador, o governo está “negociando” com a base aliada a composição da próxima equipe de secretários municipais, entre os quais alguns deste atual mandato já estão descartados. Bom, a questão que tem incomodado uns e outros é que dizem estar sendo “acertada” uma secretaria para o vereador  protagonista da ação por nepotismo mencionada acima, vereador esse citado e/ou envolvido em várias questões judiciais e ainda estar com seus direitos políticos suspensos pelo Tribunal de Contas do Estado. Se isso acontecer, segundo uns e outros inconformados, se isso acontecer o governo poderá reassumir o próximo mandato provavelmente sem o pouco que resta da credibilidade que acredita ter, e ainda estar na contramão dos interesses públicos. Nesse caso em particular, o prefeito vai ou não cometer de novo o jogo de compromisso de campanha, independente de qualificação e/ou competência? Pelo sim pelo não, neste mandato que se encerra dia 31/12/2016, a opinião pública, eleitores e população sabem muito bem como se conduziu este governo com a equipe de secretários que escolheu, da qual se salva apenas uns poucos, 3 ou 4 no máximo... Então? Devemos orar? Para que?  

 

  • 14/12 – E os “novos” ônibus municipais? O governo municipal aqui de Várzea Paulista fez consulta pública em 2014, Licitação em 2015 (que teve que ser refeita por determinação do Tribunal de Contas do Estado), fez a abertura das propostas em 2016 e escolheu a “nova” empresa”, publicou nas redes sociais os “novos” ônibus de transporte coletivo (brancos com orquídea nas laterais), comunicou que estaria em operação em Julho/2016, se justificou dizendo que “não sabia” que era empresa do mesmo grupo que já presta serviço aqui na cidade (da qual a população reclama do péssimo serviço prestado), etc. e tal... Bom, apesar de todo o “processo” para “substituir” a empresa por “outra” possa estar parecendo uma troca de 6 por 1/2 dúzia, o que poderia significar interesses de “comadres”, já não era para estar em pleno funcionamento? Com essa pergunta a opinião pública e uns e outros querem saber do governo municipal o que está havendo, ou se vai continuar do que jeito que está... Pelo sim pelo não, e então sr. prefeito? 

 

  • 13/12 – Enquanto os vereadores eleitos aqui de Várzea Paulista continuam as “estratégicas negociações” entre eles, “secretas” ou não, para “definir” quem poderá ser o presidente da casa no próximo mandato (o governo pode estar dando pitaco nisso), estando na pauta que o prefeito e o vice podem, ou não, ser afastados do cargo por decisão judicial nos processos que estão em andamento, lembramos que estamos cada vez mais próximos do Natal, faltando apenas 12 dias, e embora seja muito triste lembrar o acidente com o avião do time de Chapecó, também deve ser lembrado as milhares de pessoas, crianças e idosos em particular, que permanecem ignorados e desassistidos todos os dias. Independente de cristãos verdadeiros que certamente já colocaram na pauta natalina a prioridade de ajudar minimizar a falta de comida, vestimentas e até de medicamentos, que o governo nunca deveria deixar faltar, para que a data magna do cristianismo possa ser comemorada com mais dignidade e menos tristeza, temos neste fim de mandato municipal um novo secretário de ação social, que é do PV de Jundiaí e que já estava no governo aqui de Várzea Paulista como Secretário Adjunto de Finanças (aquele que sugeriu durante a greve dos funcionários que o vale refeição daria até para comprar maconha, segundo uns e outros na época)... Pelo sim pelo não, se o Deus está no comando então ainda dá tempo de ser cristão na essência e na prática, inclusive o governo municipal, sem querer “aparecer” e sem fazer de conta que é “de Deus” mentindo inclusive para si mesmo... não é? 

 

  • 12/12 – Vejamos... Se desgraça pouca é bobagem, principalmente quando a desgraça aparentemente não abandona quem atraí ela, então o prefeito aqui de Várzea Paulista está deveras complicado nas muitas questões judiciais destes 4 anos de mandato que se encerra dia 31/12/2016. Ora, uns e outros tem dito que o atual prefeito já é praticamente “assunto” assíduo nas conversas e ações “diversas” no Fórum aqui da cidade e no Tribunal de Contas do Estado, seja por improbidade, abuso de poder, denuncias de superfaturamento, etc., seja por REJEIÇÃO das contas municipais. Durante a campanha eleitoral, na qual foi reeleito, o governo divulgou que o TCE havia revisado e “inocentado” o governo das contas rejeitadas de 2013. Bom, se isso influiu ou não no eleitorado durante a campanha, os pareceres recentes emitidos pelo TCE estão mostrando o contrário, ou seja: o governo recorreu pedindo o reexame das contas rejeitadas, mas O TCE NÃO ACATOU OS PEDIDOS E MANTEVE A REJEIÇÃO DAS CONTAS. Ora, segundo línguas jurídicas, também versadas no folclore político da cidade, estão dizendo que o governo tem conseguido, por enquanto, permanecer no poder na base de advogados e recursos jurídicos, o que significa que estamos vendo um governo tentando se sustentar judicialmente. Como são documentos públicos, disponibilizamos abaixo cópia dos pareceres recentes. Pelo sim pelo não, o que a opinião pública quer saber é: “Vamos que vamos desse jeito até final do próximo mandato?” Oremos?

    - Relatório do TCE pela REJEIÇÃO DAS CONTAS MUNICIPAIS 2013

     

    - Reexame negado 1

     

    Reexame negado 2

 

  • 09/12 – Pois então... enquanto a “turma” de Brasília "rala" para garantir seus territórios, em meio a crise gerada por eles mesmos e cada vez mais emaranhada na defesa da corrupção particular de cada envolvido, e com o judiciário se enrolando na corda do ponto critico do poder pelo poder, aqui em Várzea Paulista o governo  enfrenta mais 2 novos processos que se somam aos que já estão em andamento:

    a)  Processo judicial 1003675-70.2016.8.26.0655: ação de improbidade administrativa por nepotismo, e que pode ser conferida no site do Tribunal de Justiça de S.Paulo  clicando aqui  (e que publicamos na integra no Opinião 679). O interessante é que nessa ação estão citados o prefeito, o vereador inelegível pelo TCE e que quer ser secretário no próximo governo, um sobrinho, a nora e um amigo deste vereador, e o então secretário de governo e de comunicação. Na decisão do dia 19/11/2016, a Justiça determinou ao governo municipal a exoneração dos indicados acima indicados pelo vereador, limitou os cargos comissionados em 132 para todas as esferas do Poder Executivo, no prazo de 180 dia, e não contratar diretamente quaisquer cargos técnicos comissionados  que envolvam atividades rotineiras típicas de funcionário público de carreira, sujeitos a pena de multa diária no valor de R$ 5.000,00. E agora, com essa medida como fica os cargos comissionados, promessas de campanha eleitoral, prometidos a partir de 2017? Mas, claro, o governo pode dizer que foi impedido pela Justiça, simples assim não é? Ah, os envolvidos foram notificados para apresentarem manifestação por escrito em até 15 dias. 

    b) Processo eleitoral de protocolo 618.029/16: ação de investigação judicial eleitoral ‐ cumulada com representação eleitoral ‐ crimes eleitorais ‐ captação ilícita de sufrágio ‐ abuso de poder econômico e político ‐ pedido de cassação do diploma do prefeito, cujo conteúdo do site do TRE pode ser conferido clicando aqui.

    Bom, na opinião de uns e outros, aparentemente este deve ser o governo que mais foi acionado na justiça por várias denúncias de prática de corrupção, improbidade administrativa e crimes eleitorais, entre outros, mas que tem se mantido no poder. Ora, se não é por Deus que o governo municipal tem conseguido se safar da Justiça, é pelos advogados contratados para a defesa do governo, o que poderia explicar a falta dinheiro nos cofres do governo prefeito, segundo comentam línguas inconformadas. Pelo sim pelo não, vai acabar em pizza? Talvez não... Oremos

     

    ·         06/12 – E caiu o presidente do senado federal... Bom, em Brasília parece mesmo que os egos querem acender o estopim do barril de pólvora em direção a uma implosão da leis constitucionais que regem o país, e os sinais indicam que parece estar se concretizando um visível impasse das instituições e consequente caos político e social. Guerra civil? Não, o povo brasileiro é pacifico. Novas eleições presidenciais? Isso não está claro. Intervenção militar? Esse o medo dos políticos, já que só eles tem tudo a perder... E, como sempre é, o povo continua refém do congresso eleito por eles mesmos, e é quem vai sofrer os efeitos danosos dessa “guerra” entre corrupção x congresso x judiciário. E porque? Ora, os políticos querem garantir a cumplicidade parlamentar e desejam aumentar ainda mais a impunidade, e com tornando a corrupção “normal”. Bom, não se deve esquecer que na Itália a operação Mãos Limpas foi corrompida e adulterada pelos políticos investigados, tal qual estão tentando aqui no Brasil, enquanto a justiça eleitoral cassa o mandato de mais um prefeito, o de Louveira, por abuso de poder econômico. Dito isso, aqui em Várzea Paulista não é diferente por ser municipal, circunscrito aos políticos locais que seguem o modelo de Brasília, já que usam o mesmo abecedário, idioma, argumentos e estratégias políticas consagradas nas campanhas eleitorais e durante o mandato. Ora, no caso da corrupção no uso do Bolsa Família aqui em Várzea Paulista, noticiado algum tempo atrás em jornal da região, que comentam ter uma vereadora envolvida no “esquema”, teve a apuração “meramente investigatória das possíveis irregularidades” prorrogada por mais dias 30 dias a partir de 28/11, conforme publicado no Diário Oficial do município. Pelo sim pelo não, é o governo municipal fazendo sua parte, não é?.. Oremos! Muito mesmo, o horizonte à frente prenuncia um cenário ainda mais complicado, com Deus e políticos no comando e tudo o mais...

     

    ·         05/12 – Bom, enquanto os movimentos contra Michel Temer, Senador Renan Calheiros e deputado Rodrigo Maia, sai às ruas em cerca de 245 cidades do Brasil, segundo o MBL no site UOL, para que as investigações de corrupção e a Operação Lava Jato não acabem na pizza que os deputados federais e senadores eleitos tentam fazer o povo engolir, em franca e aberta oposição à tentativa de adulteração das 10 medidas originais do Projeto Popular Contra a Corrupção enviado pelo Ministério Público ao Congresso Nacional, temos aqui em Várzea Paulista as denuncias contra 3 vereadores por apropriação indébita de terras e as contra o governo municipal no caso dos DVDs, brinquedos infantil e maquina de reciclagem de papel, etc. Então, como isso tudo vai terminar? Bom... pelo sim pelo não, só depende da Justiça aqui da cidade que deve estar aguardando como vai ficar o “suposto” pedido de despejo do Fórum por falta de pagamento do aluguel pela prefeitura... Clique aqui ou na imagem abaixo e veja quais são as 10 Medidas Anti-Corrupção, o que o Congresso adulterou e as principais diferenças entre o projeto original e o que os deputados federais adulteraram para se protegerem...

     

    ·   02/12 - Estão dizendo que é “prodigioso” como o governo municipal aqui de Várzea Paulista consegue produzir "bênçãos" na administração pública, apenas fazendo o que deve ser feito... Bom, parece que agora o governo vai “conceder” uma “benção” aos os funcionários públicos, que finalmente vão receber a 1ª parcela do seu 13º salário marcado para o dia 10/12, contrário ao dia 30/11 como está prescrito no Artigo 132 parágrafo 1 do Estatuto do Servidor Publico e “justificando” o atraso em nome da mesma  “crise” que permitiu pagar os salários do tanto de comissionados que ajudou na reeleição. E mais, o governo municipal emitiu comunicado oficial, assinado pelo prefeito, “explicando” o deferimento desta “benção” que, até aí tudo bem, ainda não é o maior dos problemas. POr outro, comenta-se nos bastidores que existem “acordos secretos” na base aliada do governo negociado entre 2 ou 3 personagens, que não se sabe ao certo quem são, que acaba sendo “compartilhado secretamente” com outras pessoas de “confiança”. Um desses "acordos" envolve integrante da equipe executiva, que deveria se comportar conforme orientações do “partido”, mas... parece não estar sendo coerente com o que assumiu com o “pessoal”, talvez porque seja autosuficiente, independente e acima das opiniões, sugestões e orientações. Bom, com isso parece que anda perdendo “apoio” dos “colegas” que podem, ou poderiam, fazer a “defesa” contra as arremetidas de quem fizer criticas, denuncias e comentários desabonadores ao prefeito. Mas, segundo línguas cuidadosamente “neutras", cada um é cada um e o personagem é quem sabe como deve se conduzir na secretaria e, principalmente, em que se meteu por assim dizer... Pelo sim pelo não, vai passar de ano no cargo? Oremos, pois é o prefeito quem decide quem sai e quem continua, e “ninguém” faz ideia de quem estará na nova equipe executiva (secretários)...

 

  • 01/12 – E estamos em dezembro de 2016! Apesar da crise instalada na medula do congresso nacional, no qual o governo federal está inserido, e da qual a população é quem paga pelas consequências da irresponsabilidade e vergonha da política do Brasil, espera-se que o prefeito reeleito aqui em Várzea Paulista abandone a tradicional política populista no novo mandato sem se prestar ao favorecimento dos “amigos” e “oportunistas”, religiosos ou não,  que o apoiaram na reeleição, e que coloque gente COMPETENTE e COMPROMETIDA com um governo municipal sem corrupção e sem favoritismo. Bom, comentam que tem os vereadores “faz-de-conta” que não foram reeleitos aguardando "confiantes" sua "parte" como secretário de governo a partir de 2017. E mais, como a nova bancada legislativa eleita tem representantes católicos que, aparentemente, deve ser mais unida que a bancada evangélica do “cada um por si” segundo uns e outros, o “apoio irrestrito” ao governo não será tão “fácil” como foi neste mandato que termina dia 31/12. Ora, nem é bom comentar o que rola de ansiedade e “sofrimento” nos bastidores do 1º escalão, principalmente dos que AINDA estão como secretários, para saber quem serão os indicados na equipe executiva... Pelo sim pelo não, dizem nos bastidores que “algumas” cabeças devem rolar e “algumas” outras devem mudar de pasta se ficarem... Oremos?

     

  • 30/11 – Bom, alguns comentários nos bastidores “garantem” que quando o governo não explica nada é porque não tem como explicar ou porque não querem explicar, ou ainda, quando tentam, explicam com meias-verdades, com inverdades ou mentem mesmo sem pudor nenhum, segundo uns e outros que sabem como é isso. Dito isso, vejamos QUANDO o governo vai explicar, e se é que vai mesmo, porque o “Shopping” que já deveria estar funcionando aqui em Várzea Paulista nem sequer foi construído. Se o governo anterior, o do PT, fez um contrato “mal feito” então como explicar que o governo atual refez o contrato de cessão de ÁREA PÚBLICA ao empreendedor, a mesma, para que fosse mais vantajoso para a cidade, e agora está completamente abandonada? Porque cedeu uma área pública, com contrato e tudo o mais que as leis exigem, com fotos da assinatura do contrato e matérias auspiciosas publicadas nas redes sociais, divulgação nos jornais locais, etc, para estar do jeito que está HOJE? Culpa de quem? Ou ninguém tem culpa exceto a “crise” nacional, pretexto generalizado para ninguém explicar o que não querem explicar? Fica tudo por isso mesmo? Não tem multa por não cumprimento do contrato, ou “ninguém” sabe o que fazer, ou não quer fazer? Pelo sim pelo não, parece que o governo municipal faz de conta que não é com ele, ou não se importa com o que a população pensa porque já venceu as eleições? Então sr. prefeito, alguém do governo pode corajosamente ir a público para explicar o que está acontecendo de verdade? 

  • 29/11 – Amanhã vai completar 3 anos e 11 meses que o atual governo municipal aqui de  Várzea Paulista tem deixado faltar ininterruptamente medicamentos na farmácias das UBS, inclusive no “hospital”. O governo, claro, tem para isso “explicações” que não convencem, mas não tem explicações do porque do tanto de comissionados que contratou para ajudar na reeleição, e nem porque parou com as obras publicas logo após as eleições e muito menos porque o governo municipal está sem dinheiro. Dizer que é por conta da “crise” nacional, que cidades como Americana e outras estão “quebradas”, etc., devem ser só pretextos para talvez decretar “sem remorso” a falência da administração municipal. Oras, línguas afiadíssimas lembram que o atual governo dizia na campanha 2012 que a saúde estava na UTI por culpa do governo anterior, e que assim que assumisse iria acabar com a falta de medicamentos, entre outras coisas, afirmando ser inaceitável faltar remédios nas UBS. Certamente a “competente” equipe de secretários, exceto talvez uns 3, usa convênios particulares e ganham o suficiente para não depender dos medicamentos das UBS, ao contrário da população que elegeu o prefeito e vereadores acreditando e confiando nas promessas, segundo entende a opinião pública. Ora, não há nenhum comentário oficial do governo que justifique a falta de medicamentos, e qualquer explicação sobre isso é mero jogo de palavras para continuar tudo do jeito que está, como também não há nenhuma explicação oficial do tanto de comissionados contratados para vencer as eleições. Neste final de mandato, depois de 4 anos no poder, vão dizer que a culpa é de quem? Pelo sim pelo não, o governo deve ter suas próprias “prioridades no “rumo certo” a partir de 2017... O povo é importante? Bom... pelo sim pelo não, Oremos! juntos com os eleitores injuriados e arrependidos para que Deus cuide da população, pois parece que é o que continua restando para os próximos 4 anos...

 

  • 25/11 – Bom, a coisa parece que está indo mesmo de mal a pior no governo municipal aqui de Várzea Paulista... Embora o prefeito tenha ido até Brasília atrás de verbas, isso não significa que está trazendo as malas cheias de dinheiro para pagar as CONTAS ATRASADAS, principalmente para, ao menos, garantir o salário deste mês de novembro e o salário de dezembro, incluindo 13º e as horas extras, bem como os aluguéis, etc. Claro, o que é básico para o governo funcionar precária e minimamente está sendo pago a duras penas, inclusive de CONTINUAR deixando faltar remédios nas UBS desde 2013, bem como outros itens essenciais que não podem faltar de jeito nenhum para talvez evitar intervenção judicial no governo, enquanto exonera os "fiéis" comissionados pagando TUDO o que eles tem direito (férias, 13º, etc). Como a arrecadação municipal já está praticamente no brejo, a cidade cheia de problemas sociais, de infraestrutura comprometida, obras paradas, etc., e já comentam nos bastidores que está sendo cogitado pelo governo declarar “ESTADO DE CALAMIDADE FINANCEIRA” aqui da cidade, segundo uns e outros. Mas, porque isso está acontecendo se o governo tem uma equipe executiva "competente" para fazer-de-conta que tudo está indo "bem"? “Ninguém” sabe mesmo porque? Pelo sim pelo não, aparentemente todos sabem... ou não? Oremos... 

 

  • 24/11 - Recebemos o Email abaixo, referente ao Opinião do Blog nº 676, de 22/11/16, que transcrevemos na integra:

    "A secretaria de Finanças do governo de Várzea Paulista, nas mãos competentes da secretária..."
    Espero que tenha sido ironia do Blog pois é voz corrente naquela prefeitura que a dona Marli Ramos não é das pessoas mais competentes no governo Juvenal Rossi. Ela, a secretária, não é economista mas sim contadora. A bem da verdade não consegue resolver problema algum, deixando documentos pendentes de lado como me confidenciou certa vez um funcionário exercendo cargo de diretoria em Finanças.
    Uma coisa que eles nunca irão falar é sobre as horas extras pagas aos amigos e aliados. Sim, pagas mas não trabalhadas bem entendido. Parece ter sido pra caixa de campanha. Tipo funcionário ter um salário liquido de 4.000,00 e receber mais 10.000,00 em extras por meses. Isto é comprovado no portal transferência da prefeitura de tempos atrás.
    Realmente tem professores (entre outros funcionários) com a pulga atrás da orelha com o 13º salário, pois desconfia-se que não irão receber como não estão recebendo as extras TRABALHADAS (!!!!) em Outubro. As férias de Novembro e Dezembro foram suspensas para não precisarem pagar o 1/3 constitucional é bom lembrar.
    Segundo dizem o prefeito irá por estes dias para Brasília tentar angariar recursos pra pagar os salários. Deve voltar com uma mão na frente e outra atrás. Não tem um deputado federal aliado por lá.
    O primo do prefeito (acho que é o tal de Pirulito) que vive perambulando pela prefeitura deixou escapar semana passada que estão esperando vender terrenos da prefeitura pra poderem quitar dívidas e pagar os salários do pessoal. Houve gente no Facilita que ficou com vontade de bater nele pois falou a bobagem que o apuro da prefeitura é reflexo da crise econômica do Rio de Janeiro. Meu Deus...
    E o Espaço Cidadania foi interditado por falta de autorização do corpo de bombeiros. Há quem diga que outros prédios se encontram na mesma situação. O Facilita parece que não tem nem sequer o habite-se; lá era a Led's, e a prefeitura alugou o prédio como troca de favores já que o proprietário enfiou dinheiro na campanha de 2012.
    FUSSBE: é certeza que não está havendo repasses. Pararam totalmente com as compras de materiais. Só medicamento sob mandado judicial." 

 

  • 23/11 - Muito bem! Foi eleita nesta última segunda-feira, 21/11, a nova diretoria no SindServ, Sindicato dos Servidores Públicos aqui de Várzea Paulista, conforme determinação da Justiça do Trabalho e aberto a todos que desejaram assistir a apuração. A diretoria tomou posse logo após a proclamação do resultado através do dr. Antonio Carlos Augusto da Silva, presidente da Junta Constitutiva nomeada pela Justiça do Trabalho, acompanhado do presidente da Fupesp, dr. Damazio Sena. A contagem dos votos na sede do SindServ após o final da eleição registrou:

    - 135 votos a favor da chapa 1,

    -   12 votos em branco, e

    -     5 votos nulo

    Bom, a nova diretoria tem todo um trabalho de Hércules pela frente junto ao funcionalismo, já que a confiança dos servidores com o sindicato aparentemente ficou arredia desde o último dissídio da categoria em 2015, e o esforço para recuperar a confiança dos servidores será prioridade máxima para que a aceitação da nova diretoria seja efetiva e produtiva. Outra questão que deverá ser conduzida pela nova diretoria é a desfiliação da CUT, para efetivar parceria com outra central sindical, provavelmente a Nova Central, e também estar integrada à Fupesp. Pelo sim pelo não, os servidores agora estão aguardando que a nova diretoria atenda suas expectativas, estando na pauta a revisão dos convênios, etc...

 

  • 21/11 – Bom, já está em andamento o processo para eleição da nova diretoria do SindServ, Sindicato dos Servidores Públicos aqui de Várzea Paulista desde às 08h de hoje. São 03 urnas, 2 para Várzea Paulista e 1 para Jarinu, que estarão percorrendo todos os departamentos e postos de trabalho do governo municipal para os servidores votarem. O encerramento está previsto para as 17h na sede do Sindicato, e a apuração terá inicio com as 3 urnas presentes. Há uma vertente dos servidores que estará tentando convencer o pessoal a não votar, e com isso provocar uma nova eleição com chapa concorrente mas, segundo os bastidores, não deverá impedir que a chapa única vença as eleições do SindServ. Uma questão que está na pauta das expectativas do funcionalismo público é como deverá ser o próximo dissídio coletivo, que vai ser uma prova de fogo para a nova diretoria, principalmente com o governo que está complicado por falta e dinheiro, com os cofres praticamente vazios e com as contas a pagar com atrasos de mais de 60 dias. Por outro lado, o prefeito deve viajar esta semana à Brasília na tentativa de trazer verba para não deixar a peteca cair. Pelo sim pelo não, vamos ver como vai ser conduzido o SindServ pela nova diretoria... 

 

  • Resultado de imagem para ego19/11 – E voltamos depois de um “recesso” necessário no Blog para atualização e ajustes operacionais... e vamos que vamos... Então, enquanto se aguarda o desfecho dos demais processos em tramitação na Justiça aqui de Várzea Paulista, promovidos pelo Ministério Público, há uma compreensível “contrição estratégica” no governo para saber quem serão os secretários na próxima gestão municipal a partir de 01/01/2017. Bom, quanto a isso o emocional de cada “candidato” a secretário vive a incerteza do amanhã. E mais, a expectativa de mudanças no quadro da equipe executiva, ainda em fase de “estudos e avaliação” sobre quem deverá participar do próximo governo, tem dado origens a muitas especulações e aflições de uns e outros que não sabem se continuam.    Ora, especulam nos bastidores que a questão do novo secretariado deve atingir a secretaria de obras e urbanismo para resolver problemas internos no setor, incluindo os casos de funcionários, que devem ser 2 segundo uns e outros, que andou criticando o governo e promovendo um ambiente de quase “inferninho” dentro do setor. Claro, isso depende de quem vai ser o próximo secretário de obras, se é que vai trocado, e que certamente terá uma “avaliação” prévia dos “problemas” do setor. Segundo os bastidores, o “novo” secretario deverá fazer mudanças e, principalmente, restabelecer um bom ambiente de trabalho entre os funcionários e removendo os que, aparentemente, gostam de “criar caso”. Pelo sim pelo não, línguas inconformadas comentam que os que gostam de “aparecer” estão mantendo o ego contido, e em “stand by”, para ver como vai ser a partir de 2017... Oremos? Não é o caso...

 

  • 12/11 – Então... o processo aberto pelo Ministério Público que pedia a cassação do mandato do atual prefeito aqui de Várzea Paulista por crime eleitoral, o de nº 413.790/2016, foi considerado IMPROCEDENTE pela Justiça Eleitoral conforme sentença publicada no site do TRE/SP ontem, 11/11. Com essa decisão o atual prefeito reeleito pode ser diplomado e tomar posse do próximo mandato dia 01/01/2017. Mas isso é por enquanto, pois o processo 437.010/2016 ainda está aguardando a sentença judicial desde dia 08/11, e até que seja conhecida mais essa decisão judicial a euforia dos partidários do governo deve ser contida, segundo uns e outros. Claro, a “oposição”, e até mesmo gente dentro do governo, ficou decepcionada com a sentença, pois era dada como certa a cassação e com isso as tristezas e “alegrias” mal disfarçadas trocaram de lado. Até aí tudo bem, é parte do jogo político, e aqui em Várzea Paulista o novo governo tem muito o que fazer. Entretanto, a “euforia” deve ser mantida dentro dos limites da prudência, pois ainda há controvérsias quanto ao próximo mandato face ao que ainda está em andamento na Justiça, e isso se aplica principalmente a “todos” que estão contando estar na administração pública a partir de 2017, conforme se comenta nos bastidores. E mais, segundo línguas jurídicas, cantar de galo HOJE não é recomendado (não é o caso do prefeito, que tem se mantido discreto)... Fora isso, e pelo sim pelo não, a passagem sobre o córrego Bertioga ainda está lá depois da chuva de ontem, também por enquanto... (vide a foto abaixo).

    - Clique aqui para ver a sentença completa, publicada no site do TRE/SP

 

  • Resultado de imagem para contas eleitorais11/11 – Então, de novo o PV emitiu e publicou ontem, 10/11, mais um Comunicado nas redes sociais para informar que está sendo disseminado uma equivocada e má interpretação dos dizeres do documento no site do TRE/SP sobre o Edital de IMPUGNAÇÃO DE PRESTAÇÃO DE CONTAS. Bom, embora o comunicado esteja se referindo ao processo eleitoral 528.557, não informa que o Edital, um para cada candidato, estabelece 3 dias para qualquer pessoa denunciar qualquer irregularidade nas contas eleitorais do candidato que disputou para prefeito. Ora, isso não muda o fato de que, se houver denuncia e as contas forem impugnadas, o prefeito eleito não será diplomado e nem irá assumir o próximo mandato e, portanto, não é como diz no comunicado do PV, pois TEM relação direta com as contas do atual prefeito reeleito e, segundo uns e outros, nem é errôneo e/ou irresponsável o que se comenta na opinião pública, onde cada um tem seu próprio entendimento do que se passa na política aqui de Várzea Paulista. Mas, perguntam todos os interessados, porque o PV não emite um Comunicado explicando os processos de nº 413.790 e 437.010, ambos publicado no site do TRE/SP e que podem cassar o mandato do prefeito a pedido da promotoria de justiça eleitoral? Ou preferem ainda continuar dizendo que é boato sendo disseminado nas redes sociais como foi informado no Comunicado do dia 13/10? Quanto a isso, os 2 processos já estão aguardando a sentença judicial que pode sair a qualquer momento, em tese até dia 07/12 segundo expectativas de juristas. Pelo sim pelo não, nos casos emblemáticos como esse e os de Cajamar e Itupeva, o TSE espera que tudo esteja decidido até 19/12 já que dia 20/12 entra em recesso... Oremos! Mas por quem atravessa a passagem na avenida Bertioga (foto abaixo), em frente à Academia, que pode cair dentro do córrego em uma próxima chuva forte...  

 

  • 10/11 – Opa! VAI TER NOVAS ELEIÇÕES AQUI EM VÁRZEA PAULISTA? Seguinte: dos 2 processos que estavam tramitando aguardando sentença na Justiça Eleitoral, um parece que já foi finalizado. Resumindo: o prefeito aqui de Várzea Paulista foi IMPUGNADO ontem, 09/11, conforme publicado no site do TRE/SP, na PRESTAÇÃO DE CONTAS. Bom, se isso significar, e é o que parece, que as contas eleitorais não foram aceitas pela justiça, o atual prefeito não deverá ser diplomado para assumir o segundo mandato, e certamente novas eleições devem ser convocadas pela Justiça Eleitoral. Ora, com as contas impugnadas no processo nº 528.557, o que pode configurar crime eleitoral segundo uns e outros, fica aberta a possibilidade real de ser cassado no processo por abuso de poder de nº 413.790. Caso novas eleições sejam convocadas, todo o processo eleitoral deverá ser refeito a partir de novas convenções, campanha eleitoral, etc. Pelo sim pelo não, quando diziam que tem gente de competência duvidosa no governo municipal, o que dizer agora? Que é culpa do PT ou da “oposição”? Oremos? Por quem?  Clique para ver a publicação do TRE/SP 

 

  • 08/11 - Ora, com o governo aqui de Várzea Paulista já sabendo da decisão do TRE que cassou o prefeito eleito de Itupeva por contas rejeitadas na quinta-feira p.p., 03/11,  e que também cassou a prefeita de Cajamar por abuso de poder para conseguir a reeleição, onde em ambos os casos está previsto uma nova eleição para prefeito, temos que o governo aqui da cidade aparentemente está saindo da fase de perigo eminente para se aproximar do deprimente nível de ser “o próximo...”  Ora, com as 2 decisões acima, técnicas e implacáveis do TRE, o atual prefeito aqui de Várzea Paulista continua no inevitável impasse de ter o mandato e reeleição cassados a qualquer momento por abuso de poder. Segundo línguas palpiteiras, com 50% de chance de acerto, a decisão pela cassação é prevista como certa. Entretanto:

    - se acontecer do prefeito ter sua eleição cassada, como nos precedentes de Cajamar e Itupeva, certamente a defesa já se preparou para levar a decisão para a 2ª Instância do TRE e, claro, nesse caso o prefeito reeleito ainda assume o segundo mandato enquanto aguarda a decisão, se não for julgado e condenado antes da posse dia 01/01/2017,

     - se a decisão da Justiça Eleitoral aqui de Várzea Paulista julgar que a eleição do prefeito não implica em cassação ele assume o novo mandato, mas a promotoria do Ministério Público pode recorrer à 2º Instância do TRE contra a decisão. Bom, se o MP não recorrer da decisão, o prefeito poderá ser empossado e exercer seu próximo mandato enquanto outros processos contra ele continuam em trâmite na Justiça, 

    - no caso do processo ir para a 2ª Instância do TRE, o mandato estará sub judice e também sujeito a ser cassado a qualquer momento, antes ou depois da posse, o que inevitavelmente acarretará novas eleições e, para complicar, com o colegiado do TRE podendo ter o mesmo entendimento do Ministério Público, ou seja: pela cassação...

    Então, sentir-se na corda bamba, ter taquicardia, ansiedade e outras reações emocionais de estresse, controladas ou não por antidepressivos, são perfeitamente compreensíveis e certamente atinge toda a equipe de governo, “apoiadores”, etc.. Ora, pelo sim pelo não, uns e outros perguntam como é conviver com uma "bomba" prestes a explodir na SUA MÃO?

 

  • 07/11 – Bom, com a prefeitura aqui de Várzea Paulista retomando hoje os serviços públicos para a população após 10 dias corridos, ou 5 dias úteis de “ponto facultativo” para “economizar $$$”, podemos questionar sem medo de errar se há MESMO crise, ou se é APENAS incompetência e/ou corrupção no governo municipal. Vejamos abaixo o vídeo de como o prefeito Eures Ribeiro (PV) de Bom Jesus da Lapa, município do interior da Bahia, faz um GOVERNO HONESTO para a população e para a cidade, principalmente na saúde pública (Hospital e UPA), terminando este ano 2016 com 7 milhões nos cofres da prefeitura e sendo, claro, reeleito por ser COMPETENTE:

        

    A opinião pública quer saber: sinceramente sr. prefeito, o que temos atualmente aqui na administração da cidade com os secretários, funcionários públicos comissionados e concursados? Pelo sim pelo não, o governo municipal está sem $$$ por culpa da "administração anterior" ou da "crise"?

    Obs.: Clique aqui para ver a entrevista  completa

"

  • Resultado de imagem para agencia bancaria prefeitura varzea paulista04/11 – Então, segundo informações “sigilosas” dos bastidores, “ninguém” ficou sabendo que a agência bancária DENTRO da prefeitura foi assaltada em plena segunda-feira, 31/10, na parte da manhã. Ora, a GM cuida da segurança só durante a noite e durante o dia fica o vigia da prefeitura que foi rendido pelos assaltantes. Segundo uns e outros, foram levados a arma e o colete do armário do vigia do banco, que não estava presente, e que tentaram abrir o cofre sem conseguirem. Além disso, segundo informações não confirmadas, que talvez não seja verdade, armários dos funcionários da infraestrutura também foram arrombados. Bom, se isso demonstra fragilidade e certa facilidade para esse tipo de ação DENTRO da prefeitura, como já aconteceu no caso do roubo de computadores, etc., a opinião pública vai querer saber quem é que devia evitar que isso acontecesse, e as perguntas são: não tem ninguém da equipe executiva com competência para providenciar segurança DENTRO da prefeitura? Nenhum secretário para assegurar isso? Nenhum alarme? Pelo sim pelo não, sr. prefeito, que isso seja apurado para que não seja apenas mais um ponto negativo na administração municipal, pois certamente câmeras de segurança deve ter dentro da agencia bancária... Oremos! 

 

  • Resultado de imagem para espelho trincado01/11 – Então, novembro 2016 inicia com uma certeza e uma expectativa certa aguardando só a confirmação... a) Luiz Fernando foi eleito prefeito e vai deixar o cargo de deputado estadual pelo PSDB ao assumir a prefeitura de Jundiaí e, b) Jr. Aprillanti assume o cargo de deputado estadual pelo PSB assim que o prefeito eleito de Mauá deixar o cargo de deputado estadual. Então ficou assim aqui no Aglomerado Urbano: sai um deputado estadual do PSDB e entra outro do PSB, portanto o Aglomerado continua com um deputado estadual e um federal para defender os interesses da região. Até aí tudo bem, Várzea Paulista terá um deputado estadual mais “caseiro e que certamente deverá ajudar o governo municipal a sair do “atoleiro” da “crise” financeira em que se encontra, principalmente neste pós eleições” em que as finanças foram parar na UTI, e que poderia ter sido minimizado ou evitado estar “respirando por aparelhos” se a maquina não fosse usada no “esforço” para a reeleição do prefeito, segundo uns e outros comentam nos bastidores e opinião pública. Bom... se fosse só isso as contas políticas estariam caminhando para um horizonte menos pessimista, mas tem o processo aberto pelo Ministério Público pedindo a cassação, perda de direitos políticos do prefeito e multa por abuso de poder político e econômico nas eleições 2016. Em todo caso, as orações continuam com muito fervor e na expectativa de não acontecer o que esperam que aconteça na decisão da Justiça Eleitoral... Pelo sim pelo não, se o espelho já está trincado e está se aproximando a hora do "vamos ver como fica", como vai ser? 

 

  • 31/10 – Enquanto o governo municipal cumpre o ”decreto” de ponto facultativo de 5 dias úteis, somado a 2 sábados, 2 domingos e 1 feriado, um total de 10 dias sem expediente na administração pública, para a "alegria" incontida dos servidores e inconformismo da opinião pública, já é possível dar crédito ao que as línguas injuriadas questionam nos bastidores e na opinião pública, e que é o seguinte: quanto custou a reeleição do prefeito para ter que economizar 171 mil reais? Ora, como “ninguém” do governo sabe responder corajosamente essa questão, a saúde pública fica sujeita a um único ponto de atendimento aqui na cidade, a UPA, muito criticada quanto ao funcionamento pela “oposição” menos favorecida que não tem plano de saúde particular e precisa dos serviços médicos municipais. Inclusive com pacientes da cidade recorrendo aos Hospitais Universitário e São Vicente de Jundiaí para conseguir ser atendido em menos de 2 horas, contra mais de 3 ou 4 horas aqui em Várzea Paulista. Claro, funcionários da UPA fazem o que lhes é possível com o que dispõe para o atendimento e, segundo uns e outros, o tempo de espera não se justifica com o volume aumentado com pacientes de Campo Limpo Paulista. Entretanto, enquanto o pessoal do governo está de “férias” para “economizar” despesas, a saúde pública aqui da cidade continua no “inferno astral” de sempre e parece estar se encaminhando para um colapso premeditado. Pelo sim pelo não, se fosse só isso não seria traumático, mas tem mais no que deve vir pela frente já que desgraça pouca é bobagem... Oremos minha gente, oremos!  

 

  • 28/10 – Por mais que a opinião pública se esforce para acreditar que algum dos atuais de secretários municipais aqui de Várzea Paulista seja um exemplo de competência e/ou liderança, exceto uns 2 ou 3 no máximo, eis que já comentam nos bastidores que a secretária de saúde anda de salto alto no cargo. Bom, segundo línguas que estão só observando, tem quem duvida até da competência dela, mas a questão não é essa... o que está incomodando uns e outros é o perfil que começa a aparecer é o de ser “pessoa difícil”, e que parece estar se "impondo" no trato com as pessoas. Ora, não que isso seja um problema porque muitas pessoas são assim e conseguem manter uma relação até satisfatória com “quase” todos, mas neste caso estão comentando que está se aproximando “perigosamente” do limite do tolerável e isso não é nada bom para o governo municipal, que é quem fica diretamente exposto às criticas da opinião pública nas redes sociais. Bom, não se sabe se é verdade ou não, dizem até que ela “peita” o prefeito nas reuniões de secretários. Além dela, tem também o ex-secretário de comunicação e governo exonerado para cuidar da reeleição do prefeito com o mesmo perfil que, inclusive, tem sugerido para munícipe mudar de cidade se não estiver contente com o governo municipal. Além destes, tem também mais 1 na equipe, e portanto, seriam 3 a "olhos vistos", talvez até mesmo 4. Pelo sim pelo não, e então sr. prefeito, como fazer um governo satisfatório com egos superlativos e cheios de querer ser “poderosos” na equipe executiva? Oremos? 

 

  • 26/10 – Pois então... “Vazou” nas redes sociais que tudo o que o governo divulgou nas “Notas de Esclarecimento” emitidas pelo PV aqui de Várzea Paulista como “disseminação de boato”, não condiz com a verdade... oras, o que está sendo “disseminado” é tão VERDADE que até cópia da última página do PEDIDO DE CASSAÇÃO DO PREFEITO feito pelo Ministério Público, com a assinatura da Promotora de Justiça, foi divulgado no Facebook. E agora, como desmentir um documento oficial do MP? Bom, sabemos que para vencer uma eleição os candidatos fazem de tudo, mas o “tudo” deve ter um limite ético e moral para não descambar para o lado negro da força dos “céus”, acreditando que Deus irá fazer “vista grossa” como querem uns e outros do governo municipal. MENTIR sempre tem consequências reversas. No caso do processo do MP, que pode ou não resultar na cassação do prefeito e em novas eleições municipais aqui na cidade, não dá mais para fazer de conta que é tudo “mentira” da “oposição”, já que as 3 testemunhas de acusação, contra 10 testemunhas de defesa dos advogados que cometeram o crime eleitoral previsto em Lei, são funcionários públicos estaduais, ou seja: são JURAMENTADAS diante da Lei e, portanto, tem Fé Pública. Então porque tentar desacreditar a Justiça Eleitoral para justificar as “verdades” que o governo quer fazer a população acreditar? Como fazer a Justiça Eleitoral acreditar que os advogados estavam de “férias”, de “licença” ou “fora do horário de expediente” se o Cartório Eleitoral atendeu ambos no horário de expediente, ou seja antes das 17h? Segundo os bastidores, o governo está “disseminando” agora que este caso terminará com uma simples multa, certamente para tentar minimizar o que ainda não foi decidido pela Justiça Eleitoral, segundo uns e outros que comentam que aparentemente já há um parecer “provisório” da Justiça Eleitoral pela inelegibilidade do prefeito nestas Eleições 2016... A opinião pública que saber se vai ser só multa mesmo. Imagine alguém, comentam línguas afiadas, um assaltante dar um tiro em uma vitima durante um assalto e ser pego em flagrante pela policia, e depois divulgar que não estava no local do crime no horário registrado no B.O., que a equipe policial que o prendeu está equivocada e que no máximo vai pegar só uma multa pelo pedido de condenação feito pelo delegado? Pelo sim pelo não, a Justiça deve mudar de cidade segundo o ex-secretário de governo e comunicação andou dizendo nas redes sociais para quem não estiver contente com o governo? Oremos? Por quem?

    - Cópia, condensada, da Audiência do Processo, 3 de acusação e 5 de defesa de cada advogado, referente ao Depoimento das Testemunhas no processo que pede a cassação do prefeito, conforme consta no processo em andamento no TRE/SP.:  Depoimento das testemunhas.doc

 

  • 24/10 – Quando se pensava que nada mais havia a criticar das obras no córrego Bertioga aqui de Várzea Paulista, eis que o governo municipal se supera... Poucos dias antes das Eleições 2016 o governo colocou maquinas nas margens do córrego para os eleitores verem que estava “trabalhando”, mas no dia seguinte às Eleições foram removidas das “obras”. Claro, se foi só para vencer as Eleições todos já estão sabendo e nada há o que fazer. Mas... cabe uma questão sincera sobre a “engenharia” do governo municipal, que as fotos abaixo falam por sim mesmas: para que serve a engenharia do governo municipal? Deus bem que podia livrar a cidade dessa “engenharia”, seja lá quem foi o “engenheiro” que mandou fazer a barbaridade dessa “contenção” na margem do córrego, diplomado ou não, para a “alegria” da faculdade que formou gente com essa “capacidade”, segundo comentam uns e outros. Pelo sim pelo não, é para isso que os munícipes pagam impostos? E então sr. prefeito? Oremos meu Deus, oremos!

 

  • Resultado de imagem para comissionados21/10 – Passada a “euforia” pós eleições, e quando uns talvez estejam “felizes” com o resultado das eleições, exceto outros claro, eis que o governo municipal continua a fazer as mesmas coisas de sempre, ou seja: tal e qual fez com o aumento salarial 2016 dos servidores, o governo conseguiu acordo com o Ministério Público para pagar a quitação dos funcionários da ICV em 3 parcelas futuras: janeiro, fevereiro e março, segundo os bastidores. Quanto a “euforia” dos comissionados, parece que é de muita curta duração e que acaba geral em dezembro deste ano. Aliás hoje, sexta-feira, deve ser exonerada mais uma “leva”, e no ano que vem, 2017, se o governo voltar a contratar será provavelmente um máximo de 150 para cumprir decisão da justiça. Pelo sim pelo não, uns e outros perguntam se ainda tem comissionado que acredita que vai continuar no governo... Oremos? Ou não?

 

  • Resultado de imagem para desemprego20/10 – Bom, o que tem de comentários circulando nos bastidores e na opinião pública sobre várias possíveis decisões do governo que incomodam os funcionários públicos, e de irregularidades nestas Eleições 2016 que até parece coisa da "oposição" e do Movimento Brasil Livre contra a Dilma, que já é público com a economia “quebrada” pelo desequilibrio financeiro do governo federal anterior, segundo uns e outros. Vejamos aqui em Várzea Paulista:

    a)  O governo vai reduzir a carga horária do funcionários da Infraestrutura a partir de 01/11, certamente para economizar nas horas extras, transporte e combustível, marmitex, material de reparos nos prédios e vias públicas,etc, segundo uns e outros...

    b) O governo municipal enviou Projeto de Lei aos vereadores para vender 7 terrenos, áreas públicas, para arrecadar dinheiro para reduzir a divida pública e, inclusive, para pagar salários, conforme comentários dos bastidores do governo...

    c)  O governo municipal deve demitir mais funcionários comissionados, praticamente todos, e remanejar os efetivos para manter os serviços públicos em funcionamento. A questão que não se comenta é se o governo vai pagar a quitação já que não tem dinheiro, segundo comentários dos bastidores, e que provavelmente nenhum será recontratado em 2017...

    d) “Ninguém” sabe que o governo intenta dar “férias” aos funcionários, do dia 28/10 ao dia 16/11, como medida “emergencial” para reduzir as despesas e tentar minimizar as “reclamações”, conforme já se comenta na opinião pública. Deve funcionar os serviços municipais essenciais nesse período de "férias"...

    e)  Comentam que tem um áudio “disseminado” ontem no whatsapp, sobre um vereador que mesmo “comprando votos” não conseguiu se reeleger, e que muitos que “venderam” o voto ainda não receberam, seguido hoje de um outro áudio do mesmo “denunciante” desmentindo tudo...

    f)   Enquanto a decisão judicial do processo, que pode ou não provocar novas eleições aqui na cidade, ainda não deve estar julgada, temos de um lado o governo tentando “tranquilizar” os vereadores em churrasco na casa de um “assessor” e também a opinião publica com nota em jornal, do outro a “oposição” está esperando “ansiosa” o resultado do processo...  

    Pelo sim pelo não, tudo isso parece ser sintomático e com efeito “bomba” a curto prazo, a não ser que um “milagre” aconteça “prá ontem”... Oremos? 

 

  • 19/10 – Esta magnífica semana ensolarada continua não sendo motivo de alegria para os servidores públicos, incluindo os agentes de saúde do combate à Dengue que não estão recebendo desde dia 15/10 como o governo havia prometido. O governo apenas diz que vai pagar, mas não diz quando, e isso deixa os agentes revoltados com a falta de informação do governo. E mais, e nada ainda de pagar as horas extras dos servidores desde 30/10. Conforme informações “não oficiais”, muitos servidores efetivos estarão se reunindo hoje Led’s as 17h30m para tratar de vários assuntos de interesse dos servidores e, segundo um secretário, amanhã, quinta, o governo irá informar a data do pagamento das horas extras. O que todos já sabem mas não entendem, é o porque a falta de informações do governo aos servidores e opinião pública. Mas isso de não esclarecer e/ou não explicar é surpresa? Não, a falta de informação ou silêncio parece que já é prática “normal” do governo, segundo uns e outros. Ah, e tem uma questão que todos querem saber: para que serve a secretaria de comunicação, além de falar bem do governo e dizer que tudo está dentro da “normalidade” e é a cidade com menor problema do aglomerado urbano? Línguas muito afiadas estão esperando “ansiosas” o governo dizer que a falta de dinheiro é culpa do governo anterior do PT ou da “oposição”... Pelo sim pelo não, será que é só por Deus? Oremos?

 

  • Resultado de imagem para churrasco18/10 – Churras só para o prefeito e vereadores hoje à noite na casa de um assessor do governo? É o comentário que corre solto nos bastidores do governo, e que já vazou na opinião pública. Segundo uns e outros, é para “tranquilizar” os vereadores de que o processo judicial nº 0000325-37.2016.6.26.0242 - AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL em andamento no TRE/SP, que trata de cometimento de crime eleitoral, não vai dar em nada, ou seja no “máximo uma multa”, mas isso não está previsto no Art. 73, ítem III, da Lei Eleitoral nº 9.504, de 30 de setembro de 1997. Ora, o Ministério Público pede a cassação da eleição do prefeito, multa e inelegibilidade por 8 anos nesta ação, que a “oposição” e muitos uns e outros estão acompanhando atentos ao desfecho que pode mudar a política aqui de Várzea Paulista. Se for decidido que houve crime eleitoral nova eleição estará prevista, mas o prefeito ainda pode recorrer à 2ª Instância para tentar reverter a decisão, o que será difícil nesse caso. Entretanto, se a Justiça eleitoral aqui de Várzea Paulista entender que não houve crime eleitoral na ação, provavelmente essa questão será levada ao TRE/SP por quem entende que houve o crime eleitoral da denuncia do Ministério Público, ou seja pela “oposição”. Pelo sim pelo não, certamente quem “precisa continuar” no governo municipal está no limite do amanhã, no limite do ou tudo ou nada” do que foi negociado na campanha eleitoral... Oremos!

 

  • Resultado de imagem para quem está no comando?17/10REVISADO às 11h20 - Se desgraça pouca é bobagem, então o governo municipal tem razões de sobra para ficar estressado. Para complicar ainda mais a atual fase negativa na administração pública, um novo escândalo aconteceu ontem e desta vez com concurso público da câmara municipal, conforme divulgado pelo Jornal Regional. Bom, um candidato de S.Paulo de 62 anos, Mario Paladino, foi flagrado com gabarito da prova do concurso, que acabou na delegacia com B.O. - conforme Rdo 5186/16 - e tudo o mais. O Blog conversou com o presidente da câmara municipal às 09h de hoje, vereador Mauro, que condenou o acontecido e vai pedir a anulação do concurso em questão, e também vai rever todo o processo para uma nova Licitação para atender a orientação do Tribunal de Contas. Portanto não é só falta de dinheiro para pagar as contas atrasadas, principalmente horas extras desde 30/09... já dá para pressentir uma provável engenharia reversa em andamento contra do governo a partir do próprio governo, incluindo a demora do governo tomar a medida mais esperada pelos eleitores para economizar: redução do numero de comissionados e governar para a população. E mais, isso com o prefeito enfrentando processo de crime eleitoral denunciado pelo MP, que está para ser julgado. Pelo sim pelo não, se aparentemente Deus não está no comando, então quem está?

 

  • 14/10 – Ora, o PV publicou ontem nas redes sociais um Comunicado informando que é improcedente os “boatos” na cidade de que poderá ter novas eleições aqui em Várzea Paulista. Bom, nada contra ou a favor do Comunicado, só que NÃO É BOATO e nem é improcedente. O que tem é o processo 0000325-37.2016.6.26.0242 - AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL em andamento no TRE/SP, cuja denuncia de crime eleitoral foi feito pelo Ministério Público, e que PODE ou NÃO resultar na anulação das Eleições 2016. O processo é público e pode ser visto e acompanhado por qualquer cidadão. Vamos explicar como:

    1 – Primeiro acesse a página do TRE/SP clicando aqui

         (www.tre-sp.jus.br/servicos-judiciais/acompanhamento-processual-push)

    2 - Acessada a página do TRE/SP, no Escolha o Tribunal clicar no botão TRE e selecionar TRE/SP.

    3 - A seguir selecionar Partes, colocar o nome do prefeito no Consulta por partes e depois Pesquisar.

    4 – Na próxima tela vai aparecer o nome do prefeito.

    5 - O próximo passo é clicar no nome do prefeito que aparece primeiro na lista.

    6 – Outra tela vai aparecer com todos os processos.

    7 – Clique no primeiro processo da lista, o de nº 413.790/2016 VARZEA PAULISTA.

    8 - Vai abrir nova tela com o processo que pode ou não anular as Eleições 2016.

    9 – Nas opções abaixo dos dados principais do processo, marcar o botão todos e depois em visualizar.

    10 – Pronto, todo o processo estará visível para consulta e acompanhamento.

    Como todos podem constatar, não é boato, não é implicância da “oposição”, e nem é “disseminação” de “inverdade”. Trata-se de uma ação pública do Ministério Público por crime eleitoral, que será julgada pela Justiça Eleitoral e que pode ou não anular as Eleições 2016 aqui de Várzea Paulista... Pelo sim pelo não, especular se vai ou não ter novas eleições é mero e livre exercício retórico antes da Justiça Eleitoral decidir se houve ou não crime eleitoral, e todos tem o direito de externar seu ponto de vista e argumentos contra ou a favor... isso é democracia... 

 

  • Resultado de imagem para impostos atrasados13/10 – Enquanto se espera como vai ser resolvida a questão dos 2 advogados comissionados, denunciados pelo Ministério Público por estarem a serviço eleitoral do governo, ao se apresentarem no Cartório Eleitoral para defender o prefeito contra processo para impugnação de candidatura, e que pode resultar em anulação das Eleições 2016 aqui em Várzea Paulista, temos comentários nos bastidores que o governo vai atuar fortemente junto aos devedores de impostos municipais, e isso deverá incluir intervenção da justiça. Segundo uns e outros, os maiores devedores são os que estão com impostos atrasados acima de R$ 100 mil reais, inclusive políticos “amigos” do governo. Também há conversas “paralelas” de que a secretaria de obras está se preparando para recadastrar todos os imóveis aqui na cidade. Ora, segundo línguas que não perdoam o que o governo municipal e o legislativo tem feito neste atual mandato, com “assessores” preocupados com eles mesmos e uma equipe de secretários que se salva uns 3 ou 4, tudo isso é para aumentar a arrecadação municipal e poder pagar as contas atrasadas e garantir os salários dos efetivos e, principalmente, dos comissionados que ajudaram nas eleições segundo comentam nos bastidores. Se isso é verdade ou não, e é para ser, como vai ser o próximo governo? O “novo” governo continuará sendo o mesmo e fazendo as mesmas coisas? Pelo sim pelo não, não só o próximo governo deverá prestar contas do que virá a partir de 2017, mas também quem votou neles se não der certo, tanto no prefeito quanto nos vereadores...

 

12/10 – Vai ter reviravolta nestas Eleições 2016 aqui em Várzea Paulista? Aparentemente vai, e parece eminente que a Eleição para prefeito aqui em Várzea Paulista pode ser cancelada pela Justiça Eleitoral e determinada em seguida uma nova Eleição para prefeito... pelo menos é o que se comenta nos agitadíssimos bastidores aqui de Várzea Paulista. Pelo que se sabe, isso começou com a denúncia da coligação do PSB no uso eleitoral da Festa dos Motoristas, quando dois advogados do governo municipal foram ao Cartório Eleitoral para fazer a defesa do prefeito. Até aqui tudo bem... mas acontece que os advogados são funcionários comissionados do governo municipal e foram ao Cartório Eleitoral em horário de expediente. Segundo uns e outros, o Cartório Eleitoral fez a denuncia e enviou para a Justiça Eleitoral que abriu processo contra o prefeito por crime eleitoral, conforme previsto na Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997, referente:

  • Condutas Vedadas aos Agentes Públicos em Campanhas Eleitorais:

    Art. 73: São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais:

    ...

    III - ceder servidor público ou empregado da administração direta ou indireta federal, estadual ou municipal do Poder Executivo, ou usar de seus serviços, para comitês de campanha eleitoral de candidato, partido político ou coligação, durante o horário de expediente normal, salvo se o servidor ou empregado estiver licenciado.

    Bom, isso é o que se comenta ter desencadeado a possibilidade de abuso de poder municipal para fins eleitorais, que deve ser julgado na próxima semana segundo informações, e que pode provocar a anulação das Eleições 2016 do dia 02/10 e ser convocada novas Eleições, provavelmente até Março/2017. O processo em questão está em tramitação no TRE/SP sob nº 0000325-37.2016.6.26.0242 - AÇÃO DE INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL, e pode ser visto pelo nome da parte no site do TRE/SP clicando aqui. Pelo sim pelo não, os bastidores políticos estão em turbulência, o emocional dos envolvidos certamente está com o coração na mão e os adversários na expectativa da oportunidade para disputar para prefeito... de novo... Oremos? Oremos, porque nem é mais Sinal de Fumaça, tá parecendo ser um incêndio devastador na política da cidade...

 

  • 11/10 – Enquanto o cofre da prefeitura está a cada dia mais ”seco”, a ponto de atrasar os salários dos comissionados que deveriam receber dia 30/09, mas só pagaram hoje e SEM PREVISÃO DE PAGAR AS HORAS EXTRAS que deveriam ser pagas junto, já tem boato de “grupo” fazendo reuniões “secretas” para organizar tentativa de impeachment do prefeito. Além disso, tem o partido da base aliada do governo que entende estar “forte” o suficiente para EXIGIR do prefeito continuar com as 3 secretarias municipais no próximo mandato, ou seja: Gestão Pública, Infraestrutura e Saúde, e ainda quer mais uma. Bom, se é esse o preço que o prefeito tem a pagar pelo apoio para ser reeleito, que nem bem passou uma semana das Eleições 2016 e já sofre pressões para ceder aos “interesses” de uns e outros,lidar com esse vespeiro corre o risco de ter oposição dentro da própria base aliada, lembrando que o outro partido coligado com o partido em questão, também está aguardando sua “parte” do combinado antes das eleições, o que é absolutamente “normal”... Ora, a questão, nesse jogo de poder, é se o governo municipal tem condições, verba e disposição, inclusive moral, e com contas atrasadas de fornecedores, etc., para conter e administrar essas investidas e interesses, mesmo porque não é só 1 partido que quer PODER, tem também os outros “aliados”...  Pelo sim pelo não, a opinião pública quer saber: o prefeito foi reeleito para governar para os “aliados”, “amigos” e oportunistas ou para governar para a população? 

     

 

  • Resultado de imagem para fiscalizar10/11 - ADVERTÊNCIA AOS CANDIDATOS ELEITOS:
      Atenção senhores vereadores e prefeito (re)eleitos. Os mandatos que lhe foram conferidos não significam uma autorização irrestrita para o exercício ilimitado de poder. Portanto, antes de assumir o próximo mandato, duas importantes recomendações devem ser levadas em conta desde já: 
      1. Não deixem de observar em suas atividades os preceitos estipulados na Constituição Federal, em especial, os princípios da moralidade administrativa, legalidade, impessoalidade, publicidade, eficiência, transparência e finalidade públicas; e
      2. Caso pratiquem atos de corrupção no desempenho de suas atribuições no Legislativo ou no Executivo municipais, saibam que poderão receber um "cartão vermelho" (passando ao impedimento da continuidade dos respectivos mandatos) já no dia seguinte ao exercício de suas funções públicas. É que a escolha democrática pelo voto é uma autorização que os eleitores conferem aos eleitos para praticarem atos em nome da coletividade e no interesse comum. Assim, pode ser revista e reavaliada através de instrumentos legais a qualquer momento. Quando o povo confere essa autorização a seus representantes estes não estão autorizados pelos próximos 4 (quatro) anos a fazer o que desejem conforme seus interesses particulares ou do séquito de amigos que lhes rodeiam.
      E QUANTO AOS ELEITORES?
      Já em relação aos eleitores, sabedores que a participação não se esgota após as eleições (com o voto nas urnas), devem fiscalizar e cobrar o cumprimento da boa governança por parte de seus representantes, tenham recebido o voto ou não.   

 

  • 08/10 – "Quem ganhou uma dessa pelo seu voto guarde bem para quando chegar na UPA não ter medicamento aí vc usa pra comprar" Postagem do Alex Sandro guerreiro no Facebook dia 03/10. Pelo sim pelo não, precisa profetizar? Oremos?

 

  • Resultado de imagem para analfabeto

    07/10 – Opa! Já tem especulação correndo solta na cidade de que um dos vereadores eleitos é analfabeto, e parece ser da base do governo... Já pensou se é verdade? Claro, o suplente vai querer a vaga com certeza... E mais, parece que houve uma “reviravolta” na redução dos cargos comissionados, e o governo municipal não tem mais que fazer a redução de cargos conforme exigido pelo Ministério Público. É o seguinte: o governo recorreu e o Tribunal de Contas decidiu que “por enquanto” não é necessário reduzir o quadro de comissionados, mas... segundo línguas adversas, e como promessa é dívida, parece que já está certo que serão trocados muitos dos atuais, que foram indicação de vereadores que perderam a reeleição, por outros dos vereadores que venceram as eleições, e isso já começou... Vai ter tristeza de uns e alegria de outros, mas é assim que a eleição funciona para os representantes do “povo”, afinal quem trabalhou duro na campanha eleitoral não vai abrir mão da sua fatia do bolo. Se o candidato não foi eleito nada há o que fazer e tem que esperar a próxima eleição, a de 2020, e preferencialmente sem comissionado que está saindo ter que ficar “revoltado” com os novos que entrarem... Pelo sim pelo não, como o governo vai "bancar" o tanto de comissionados de hoje? Oremos!

 

  • 06/10 – Em uma conversa não oficial com um dos integrantes do 1º escalão, anotamos que o governo vai reduzir o número de comissionados. Serão exonerados 20% neste mês de outubro, 30% em novembro e os 50% restante em dezembro. Mas... tem uma questão complicada, como fica os acordos de campanha? Se o governo tiver que conceder 3 cargos para os candidatos que disputaram para vereador, e sendo 88 juntando todas as coligações, então teria que contratar 264 novos comissionados e precisaria de uma super cartola mágica para fazer isso, principalmente porque os cofres estão extremamente carentes de dinheiro, para não dizer a zero. Outra coisa que é visto na recepção de um gabinetes de secretário municipal, é a “VISITA” DIÁRIA da Oficial de Justiça que entrega ao governo vários mandatos de segurança judiciais para ser providenciado vaga em creche. Segundo a Oficial de Justiça, ela entrega de 3 a 4 MANDATOS JUDICIAIS POR DIA, todos os dias, semanas e meses do ano, e que várias vezes ENTREGOU MAIS DE 6 MANDATOS de segurança de uma só vez. Do lado do governo, a creche Pró-Infância no Jd. Itália, cuja obra está parada, deve abrir cerca de 300 vagas, mas só quando ficar pronta e for inaugurada, mas ainda assim deve ficar um déficit de 150 vagas para atender a população. Perdurando a atual e crônica crise econômica no país, o governo vai ter que começar a fazer “milagres” para o governo continuar funcionando, mesmo precariamente como já é hoje. Pelo sim pelo não, “milagres” a população tem feito independentemente do governo, só falta o governo começar a fazer também... 

     

 

  • 05/10 – Depois do Blog ter que esperar o provedor ajustar a banda de tráfego contratada, que ficou congestionada com os 7911 acessos na segunda-feira, dia 02/10, e com tudo normalizado, vamos que vamos... Então, os eleitores tiveram seu dia de glória no domingo p.p., 02/10, elegendo seus representantes políticos para a administração municipal 2017 a 2020. O que temos pela frente com uma câmara municipal com 8 novos vereadores, 6 novos da base do governo que se junta com os 3 que foram reeleitos? O desafio ainda é, hoje, a falta de medicamentos nas farmácias das UBS, falta de vagas nas creches e, PRINCIPALMENTE, a falta de dinheiro nos cofres da prefeitura. Ora, se há divida em atraso é do próprio governo reeleito, onde a falta de dinheiro para pagar as contas municipais continua sendo o MAIOR entrave financeiro que atormenta o prefeito. Os repasses estaduais e federais são minguados, e não há nenhuma previsão otimista que indica resolver isso a curto prazo, e sem a expectativa da luz no fim do túnel a médio prazo. Temos que admitir o governo municipal tem sua parcela de responsabilidade nisso, pois aparentemente está acuado pelo Contas a Pagar, principalmente desde os meses que antecederam as eleições quanto ao quadro de funcionários comissionados, que incharam sobremaneira a folha de pagamento. Os bastidores estão indóceis especulando que “alguma coisa” vai acontecer MUITO EM BREVE, pois há comentários “quentíssimos” de que a guilhotina já está preparada para entrar em ação “sem dó e sem piedade”... Ora, pelo sim pelo não, “quem” não sabe disso?

     

 

  • Resultado de imagem para moral e etica03/10 – Agora que ficou definido o próximo mandato municipal legislativo, de 2017 a 2020, e a poeira ainda está se assentando em meio às comemorações e decepções eleitorais, algumas lições devem ser aproveitadas das campanhas eleitorais. É tempo de recompor o equilíbrio emocional, retomar a clareza do pensar e enxergar o tudo e o todo à volta, e mais além que isso. Toda eleição tem jeitão de julgamento popular, e se há aparente injustiça pode ser porque o “mais esperto” foi mais longe do que sua ética e moral pessoal reprovaria para “convencer melhor” o eleitor, e provavelmente também porque o que foi correto respeitou os limites da moral e da ética, agindo com dignidade e respeito ao procurar convencer o eleitor de suas propostas políticas de forma não agressiva, inflamada ou contundente. Entre os exemplos de uma campanha dentro desses bons princípios teve as dos candidatos João Paulo Souza (PSDB), Claudia Bento (PT), Joy Castro (PEN), Emerson Mécinho (PP) MUITOS outros como eles, e não é uma questão de falta de recursos na campanha eleitoral, é uma questão de caráter pessoal. Também não estamos dizendo que os vereadores eleitos não tenham dignidade moral e ética, mas pelo menos um dos reeleitos responde por Inquéritos Civil no Ministério Público neste mandato por denúncias de malfeitos. Dos 3 reeleitos temos o presidente da câmara, vereador Mauro, que tem conduzido a câmara com seriedade. A surpresa nesta campanha eleitoral 2016 ficou por conta de Weslen Campos, eleito com sua campanha limpa e sem alardes... Pelo sim pelo não, e com a câmara municipal renovada com 8 novos vereadores, espera-se que a política da cidade recupere seu curso democrático e fiscalize o executivo com dignidade... Oremos? Sim, Oremos... 

 

  • 02/10 – Enfim chegou o dia do eleitor, o dia que ele decide como será os próximos 4 anos a contar de 01/01/2017. Claro, ainda vai ter que enfrentar o assédio da boca de urna que vai “tentar” convencê-lo a votar no candidato do militante, já que a incerteza atormenta os candidatos neste dia fatal, principalmente os que querem ser reeleitos. No caso dos vereadores isso é mais tormentoso e dramático, pois ficaram o mandato inteiro ganhando R$ 10 mil por mês e nada fizeram que justifique terem sido eleitos em 2012, e ainda voltam nestas Eleições 2016 pedindo para os eleitores confiarem neles de novo, prometendo outra vez que vão “trabalhar” pelo povo, tal qual prometeram em 2012 e na eleições anteriores. Mas a questão é se os eleitores querem que eles continuem a fazer o que fizeram, ou seja NADA, segundo muitos e muitos uns e outros eleitores desacorçoados que confiaram neles, com alguns deles inclusive até respondendo Inquérito Civil do Ministério Público em denuncias de malfeitos. Bom, eles estão tentando se reeleger, mas é o eleitor quem decide e tem muitos bons nomes novos que podem atender às expectativas dos eleitores... Pelo sim pelo não, quanto ao prefeito, os eleitores devem saber o que querem... Oremos, para que os eleitores acertem desta vez... Hoje é o dia deles, e até às 17h de hoje podem MANTER ou MUDAR A POLÍTICA da cidade...

 

  • Resultado de imagem para reeleição30/09 – Então, chegando ao final desta campanha eleitoral 2016, que teve “quase” de tudo na guerra pelos votos dos eleitores, principalmente nas redes sociais, os candidatos estão gastando suas últimas energias para tentar se eleger. Nessa “guerra” tem até postagem nas redes sociais convidando para evento da Festa de Despedida do atual prefeito, domingo dia 02/10 às 18h... Bom, brincadeiras a parte, com o encerramento das campanhas eleitorais alguns candidatos acreditam que fizeram um bom trabalho junto aos eleitores e acreditam que irão se eleger, enquanto outros estão na dúvida se conseguem. A expectativa dos eleitores, segundo uns e outros, é que haja a renovação da câmara municipal, colocando gente nova e sem os vícios e interesses particulares dos vereadores que nada fizeram durante o mandato, e ainda ganhando 10 mil reais por mês. Os eleitores não são tolos como pensam os que estão no poder, mesmo acreditando que suas promessas de sempre vão garantir a reeleição, ou mesmo “comprando” votos como comentam uns e outros. Será?  Não é que se ouve na opinião pública... Pelo sim pelo não, RENOVAÇÃO é o que interessa aos eleitores, aqui e agora, segundo se comenta na opinião pública!

 

  • Resultado de imagem para queimar a lingua29/09 – Pois então... as militâncias do PSB e PV só faltam partir para o braço em uma “guerra psicológica” com lances “dramáticos”, onde cada lado tenta impor sua “verdade”. Até aí tudo bem, mas... virando o disco, tem gente tipo papagaio que não consegue mesmo controlar a língua e acaba tropeçando e se queimando nela mesmo, principalmente quando tenta virar do avesso o que andou dizendo contra e agora acaba todo trincado por não ficar quieto no canto dele. Normalmente se entende isso como pau-mandado, mas não é tudo porque, cometendo a “loucura” de trocar de lado e revidar o próprio discurso, pode ser inevitável parecer ridículo com a consequente perda da credibilidade. Ora, se tem alguns tropeçando na língua nesta campanha eleitoral 2016, o que demonstra despreparo para participar de política, nas redes sociais tem alguns tentando fazer “sucesso” reverso, e uns e outros falando precipitadamente para passar “vergonha” depois... Ora, entrar na política para posar de certinho pode ser um gênero um tanto ultrapassado, e o que interessa e compensa mesmo ante a opinião pública é ser PRUDENTE. Portanto, ainda tem mais 1 dia de campanha eleitoral, que termina amanhã, e o tudo ou nada aparentemente já deu o que tinha que dar, exceto se um fato bombástico e irreversível conseguir mudar o cenário de hoje para colocar os eleitores com os dois pés atrás. Um pé parece que já está... Pelo sim pelo não, experts em final de campanha eleitoral comentam que provavelmente pesquisas de ultima hora poderão ser consideradas suspeitas pelos eleitores, que andam arredios com os políticos de sempre e querem MUDANÇA... 

                                                                              

  • 28/09 REVISADO - Então... de novo o Facebook amanheceu com a noticia de que os vereadores se auto concederam aumento nos seus salários na sessão pública da câmara ontem, 27/09, ou seja: 50% de aumento para o prefeito, secretários e vereadores. Claro, como isso já aconteceu em 2012, essa informação se espalhou com criticas por todo lado. Inclusive o Blog se surpreendeu com o inesperado da informação. Explicamos: ontem circulou nos bastidores que os vereadores iriam votar o aumento dos seus salários, mas que teria sido retirado da pauta da sessão. Hoje pela manhã já estava divulgado que eles teriam votado pelo aumento. Bom, o Blog aguardou até 08h e entramos em contato com o presidente da câmara para confirmar e, surpresa, era o oposto do divulgado, ou seja: votaram pelo não aumento dos seus salários, incluindo o do prefeito, vice e secretários de governo. O presidente da câmara comentou que o prefeito já havia solicitado que a câmara não votasse pelo aumento no governo, devido a crise que o país atravessa, mas que tinham a liberdade de votar pelo aumento deles. Claro, 9 vereadores optaram pelo não aumento, com exceção de 2: Luciano e Demércio. O Blog conversou a seguir com o vereador Demércio, e ele informou que ao chegar na sessão votou pensando se tratar de aprovar aumento no primeiro momento, e que depois de verificado votou a favor do não aumento no segundo momento. Entretanto, já tem gente dizendo que foi uma estratégia dos vereadores para caírem nas graças dos eleitores com essa medida, mas será que vai funcionar depois do que não fizeram durante todo o mandato ganhando 10 mil reais por mês? Pelo sim pelo não, vamos ver dia 03/10... 

 

  • 27/09 – Não teve jeito... as redes sociais amanheceram inundadas de criticas ao prefeito por não ter participado da Sabatina do grupo de funcionários públicos no antigo Mais Fácil. Provavelmente o prefeito tinha outros compromissos já firmados anteriormente no mesmo horário, mas sua equipe de campanha parece ter ignorado e não teve o cuidado de declinar do convite com ANTECEDÊNCIA, gerando todo tipo de especulações e suspeitas na opinião pública de que ele, o prefeito, teria “evitado” a participação. É um direito do candidato não ir em eventos que não seja do seu interesse, mas comentam que deveria ter recusado formalmente como fez o candidato do PP. Pelas muitas conversas de bastidores, sejam verdades ou não, isso não pegou bem no meio político e, se foi uma estratégia da coordenação da campanha para evitar possível desgaste na Sabatina de ontem, 26/09, bom, aparentemente parece não ter sido um decisão inteligente... Se fosse só isso as redes sociais não seriam alimentadas com mais e mais criticas, mas tem mais: hoje foi divulgado no Facebook o convite de reunião para “tirar dúvidas” dos funcionários públicos municipais, marcada para o dia 29/09 às 17h15m no comitê de campanha eleitoral. Quanto a isso, uns e outros estimam que estará lotado de comissionados, ensejando criticas mais duras. Pelo sim pelo não, perguntam na opinião pública o que se passa para essas coisas acontecerem na tentativa de reeleição do prefeito, faltando 4 dias para as Eleiçoes 2016... Oremos? 

 

  • 26/09 - Pois então... estamos nos últimos 4 dias de campanha eleitoral, e embora uns e outros candidatos ainda tentam convencer que será eleito, tem uma conta que ninguém discute mas correm atrás de conquistar os eleitores que podem mudar o rumo das casas de apostas: OS INDECISOS. Na semana passada foi divulgada mais uma pesquisa registrada, a que foi feita pela coligação do PV. Claro, atraiu a ira da militância do PSB. Nessa pesquisa o candidato do PV, Juvenal Rossi, aparece com 31,36%, ou seja 13,18% a frente de Jr. Aprillanti com 18,18% e a frente 23,63% do Padok com 7,73%. O inesperado da pesquisa foi aparecer o candidato do PP, Osmar Donizete, com 0,68% e isso praticamente o tira da disputa a prefeito. Bom, em todo caso a pesquisa mostra um eleitorado com 14,77% de votos brancos e nulos e 27,27% de indecisos que devem se decidir nestes 6 dias que faltam para as eleições, e que hoje é a maior preocupação dos candidatos a prefeito. Entretanto, segundo línguas desafetas, a pesquisa não mostra a aceitação/rejeição do governo que a anterior mostra, ou seja mais de 65% do eleitorado contra o governo. Ora, se os 4 candidatos somam 57,95% das intenções de votos na pesquisa, então 42,05% devem decidir as eleições e, inclusive, qualquer um dos 4 pode vencer. Como pode ser visto nesta “guerra” das pesquisas, uma diferente da outra e cada uma puxando a sardinha para seu lado, elas NÃO DEFINE QUEM VAI VENCER, apenas mostram as INTENÇÕES DE VOTOS. E para incendiar a opinião pública, mais pesquisa(s) deve(m) ser registrada(s) e divulgada(s) até dia 29/09. Pelo sim pelo não, tem MUITA gente desconfiada dos números apresentados, que ambas garantem ser verdadeiras, e comentam que pode se repetir o que aconteceu no final da campanha 2012. Veremos, só faltam 4 dias... 

  • 23/09 - A tentativa de reeleição, como se sabe, é sempre problemática qualquer que seja a conta que se faça. As eleições, de uma maneira geral, tendem a ser vistas pela maioria dos eleitores como o candidato querer ser reeleito para obter novas e/ou mais vantagens, inclusive prometer um futuro onde se realize aquilo que não foi feito. Nessa perspectiva, a eleição como regra favorece o candidato da mudança em relação ao da continuidade. Como qualquer “comprador”, o eleitor sente-se mais atraído pelo novo que pelo conhecido, pela mudança do que pela continuação do que já existe, por novas “caras” do que por aquelas já familiares. Um candidato menos conhecido, uma “cara nova” é muito mais atraente porque é um candidato a ser conhecido durante a campanha. Assim, o candidato à reeleição, incluindo aquele que quer se passar por "novo", vai procurar mostrar que ser reeleito não se limitará a dar continuidade ao que já existe, mas que, ao contrário, que ele está "comprometido com as mudanças" (que certamente já havia prometido antes e nada fez), enquanto o candidato novo vai procurar convencer os eleitores que possui as qualificações para fazer as mudanças, sem comprometer a continuidade do que de bom já foi realizado. Portanto, nesta situação a luta eleitoral se transforma num “cabo de guerra”, em que cada candidato puxa a corda para o seu lado. Cabe então ao eleitor avaliar entre mudança e continuidade, e deverá escolher entre o novo e o que já conhece, tanto para mudar como para manter. Pelo sim pelo não, uns e outros ainda estão “indecisos” até o dia das eleições... Será? Oremos... 

 

  • 21/09 – Independente do que as militâncias estejam comentando no Facebook, o instituto que realizou a 1ª pesquisa registrada em Várzea Paulista, a FLS Pesquisa e Assessoria de Marketing LTDA, que aponta o candidato do PSB empatado tecnicamente com o do PV, teve sua pesquisa suspensa pela justiça eleitoral da cidade de Campo Limpo Paulista, por não seguir as leis exigidas, o que não é o caso da pesquisa registrada aqui de Várzea Paulista. Esclarecido isso, de qualquer forma a divulgação da pesquisa de intenção de votos para prefeito aqui em Várzea Paulista, com 84.225 eleitores, a 1ª registrada no TSE/SP sob nº SP-04381/2016, serviu ao menos para desmistificar as “pesquisas internas” circulando nos bastidores: 1º) que o prefeito não está 18% à frente do 2º colocado conforme comentários nos bastidores, 2º) que realmente existe empate técnico, contrariando uns e outros, e 3º) o governo e o 3º colocado entraram no alerta máximo, enquanto o 2º colocado ganha novo ânimo e até certo impulso. Quanto à rejeição, o prefeito assume o maior índice de desgosto do eleitorado que deseja mudança, 63,2% somando-se os % indicadores dos demais com o % dos indecisos, ou ainda 74,5% de rejeição considerando a administração municipal regular + ruim + péssima. O que aparece como MUITO significativo na pesquisa é a confirmação do que se ouve nas ruas sobre os atuais vereadores: não deverão ser reeleitos, ou que a maioria não será. Isso pode se explicar pela atuação insossa que tiveram no legislativo, inclusive alguns com 2 mandatos, concorrendo entre 205 candidatos para as 11 vagas a vereador. Entretanto, é a 1ª pesquisa registrada válida e até dia 30 os números podem mudar significativamente, com provável surpresa por conta dos “indecisos”. Pelo sim pelo não, mesmo alegres e/ou tristes, os candidatos ainda podem “virar o jogo”, ou não? 

 

  • Resultado de imagem para quem serão os novos vereadores? charge20/09 – Bom, os sinais de mudança já estão sendo vistos nesta campanha eleitoral 2016 na questão da eleição de novos vereadores na câmara municipal. Embora todos os atuais vereadores acreditem que vão se reeleger, não é isso o que se sabe das ruas... Ora, dos que tentam se reeleger tem também aquele que recentemente começou a divulgar que vai colocar farmácia 24h na UPA depois de, em 8 anos de mandato com seus pares, conseguir CONVIVER TRANQUILAMENTE COM A FALTA DE REMÉDIOS NAS UBS, e ainda com o Inquérito Civil do Ministério Público investigando denúncia contra si. Bom, o que se comenta são nomes novos para substituir os que ficaram 4 anos ou mais como vereador e nada realizaram a favor da população e da cidade, a não ser por seus próprios interesses, como parece ser o caso dos que respondem a processo movido pelo Ministério Público, envolvendo inclusive o prefeito por improbidade administrativa, além de contribuírem para que os loteamentos, que já devem ser 5 em andamento no bairro do Mursa, sejam liberados provavelmente logo após as eleições. Os novos candidatos bem cotados hoje podem estar aparentemente comprometidos com a mudança que os eleitores querem, e talvez com uma decidida vontade de moralizar a política na câmara municipal e a fiscalização do executivo e do governo municipal. Entretanto, mal se ouve comentar sobre reeleger qualquer dos atuais vereadores que estão repetindo as mesmas promessas e inventando promessas novas para tentar “CONVENCER DE NOVO" os eleitores. Claro, pode ter vereador que não é mal visto pelo eleitorado e com chances de reeleição, talvez seja o caso do presidente da câmara e o do PT segundo uns e outros. Ora, a opinião pública quer ver a câmara municipal renovada e perguntam: quais serão os novos vereadores? Segundo línguas esperançosas, há prováveis 10 candidatos “embolados” na cotação do eleitorado para substituir os que estão hoje na câmara. Pelo sim pelo não, veremos quem serão dia 03/10...

 

  • 20/09 – Bom... Mais 15 dias e estaremos escolhendo os representantes para o governo municipal aqui de Várzea Paulista. Em nenhum discurso de candidato nesta campanha eleitoral 2016 se ouviu qualquer menção de preparação das crianças em idade escolar para o futuro da política e cidadania na rede municipal de ensino. Só falam GENERICAMENTE em “mais educação” e “mais qualidade nas escolas”. Ora, quanto à educação aqui na cidade, é certo que o Secretário de Educação fez muito pela melhoria do ensino municipal, colocando em 2015 a educação no índice Indeb de qualidade no ponto mais alto já alcançado no aglomerado urbano (6,4) (clique na imagem para aumentar) mas tem muito ainda a ser feito a partir da preparação e conscientização das crianças em idade escolar desde o ensino fundamental até o ensino médio, para que o futuro da cidadania e política da cidade alcance níveis de excelência democrática, eliminando-se os oportunistas e promovendo a política sem corrupção. Isso de abraçar e beijar as crianças SÓ na campanha eleitoral já não faz mais os efeitos de antigamente para conquistar votos. Pelo sim pelo não, agora o eleitor quer eleger quem o represente e cuide do futuro... de verdade... 

 

  • 17/09 – Email recebido pelo Blog: "Caro blogueiro, sou moradora e eleitora aqui nesta cidade e minha fé cristã não entende como a igreja aceita abrir espaço para candidatos pedir votos dentro da igreja, descumprindo o preceitoDai a Deus o que é de Deus e dai a Cesar o que é de Cesar”. Se de fato os candidatos que fazem questão de dizer serem “cristãos” para ser eleitos e/ou continuarem no poder, lutassem para o interesse comum da comunidade seria muito bom e não precisariam fingir que estão representando o eleitor. Mas, na sua maioria, os que ocupam cargo legislativo são meramente pessoas eleitas que estão no poder para tratar de seus interesses próprios, uns oportunistas. Isso também aplica-se aos “amigos” deles em cargos no governo municipal. Falando curto e grosso: depois de eleitos, evangélicos, católicos, etc., querem que o povo e suas promessas de campanha se explodam e que se dane todos. A política quando é democrática e verdadeira sem dúvida é ótima, mas na realidade o que existe são politiqueiros e não políticos de verdade “representando” os eleitores, que nunca vão além do “faz-de-conta”. Isso também se aplica aos considerados partidos, mas na realidade os que deveriam ser bons partidos políticos deixaram de cumprir sua missão de ter um programa partidário sendo aplicado, enquanto outros sem representatividade são meramente legendas em busca de interesses particulares, ou legendas de aluguel. Lamentável o que se passa na política aqui de Várzea Paulista.” Bom, pelo sim pelo não, dia 02/10 os eleitores terão a oportunidade de trocar todos que estão no poder por outros que façam o que deve e precisa ser feito na cidade e pela população, só saber escolher... 

 

  • 16/09 – Bom, entre os muitos comentários nos bastidores e militâncias que esse e/ou aquele candidato está na frente das intenções de votos, temos que nenhum apresentou dados compilados para confirmação, mas, inesperadamente, o blog recebeu 3 imagens parciais de uma Enquete, sem origem confirmada e que não tem como verificar se é verdadeira ou não. Ora, nas imagens estão as prováveis intenções de votos, que mostramos abaixo a título de curiosidade, e que são as únicas recebidas, e que é para ser de Enquete dos dias 03, 04 e 06 de agosto. Claro, já devem ser outros os numeros hoje...

 

  • 15/09 – Ora Ora, ontem a manifestação dos funcionários “revoltados” da UPA, em frente à prefeitura, transmitiu nas redes sociais 2 verdades, das quais o Blog comentou a dos funcionários depois de tentar sem sucesso obter informações do governo municipal. Bom, do lado dos funcionários descontentes da UPA temos que eles dizem que não receberam seus direitos trabalhistas, tal qual reclamaram recentemente as merendeiras. Do lado do governo foi emitido uma Nota de Esclarecimento, de certa forma com o objetivo de contradizer os “revoltosos”, inclusive com a militância da coligação do PV publicando depois um vídeo mostrando candidatos da coligação do PSB presentes na manifestação, sugerindo serem eles os responsáveis. Independente disso, o prefeito e a secretaria da saúde foram até Brasília para formalizar o credenciamento da UPA junto ao governo federal para receber verba. Ora, das mais de 500 UPA programadas para serem credenciadas, a de Várzea Paulista foi uma das cerca de 90 que foram construídas e tiveram esse privilégio. Pelo sim pelo não, manifestação por direitos trabalhistas e Nota de Esclarecimento à parte, tem-se que admitir que o governo municipal desta vez marcou um ponto, inclusive com direito a foto com o presidente da republica... Pode? Claro que pode...

 

  • 14/09 – Pelo amor de Deus!!! Depois das merendeiras agora é a vez dos funcionários da UPA que eram da ICV que não recebem seus direitos? Isso já está nas redes sociais... Que acontece sr. prefeito? Inclusive o Blog ficou sabendo de vários áudios circulando nos bastidores dos concorrentes, provavelmente 4, com a gravação da revolta do pessoal da UPA com o não pagamento dos direitos trabalhistas na troca da administração hospitalar, e que estão irritadíssimos com a secretária da saúde que prometeu junto com o prefeito, em reunião com o sindicato, que iria pagar sem problema algum, e agora está dizendo que não tem dinheiro e que se não aceitarem parcelar em 3 vezes só irão receber em juízo sabe-se lá quando, e que, inclusive, funcionários são descartáveis... Segundo uns e outros, o governo continua prometendo e não cumprindo, mas tem pago os salários dos comissionados, aliás nem sempre em dia segundo uns e outros. Ora, a opinião pública quer saber: o que mais vai acontecer até dia 30/09? Oremos? 

 

  • 13/09 – Ora, enquanto “ninguém” sabe porque só o candidato do PTB está fazendo comício, inclusive circulando na cidade que seu nome está sendo muito comentado e que o pessoal dele não entrou e nem vai entrar na “guerra” da militância nas redes sociais, que está descendo aceleradamente para níveis cada vez mais maquiavélicos e inconfessáveis, e ainda com os militantes dizendo que estão fazendo uma campanha eleitoral “limpa” e “honesta”, temos que o prefeito deve ir em reunião dia 16/09 – sexta-feira às 19h - na igreja do Mursa e depois no bar que fica depois da igreja do Mursa. Nada contra, normal e até dever como candidato, mas poderia aproveitar a oportunidade e esclarecer porque retirou o Projeto de Lei que reduzia a área dos loteamentos no Mursa, que comentam ter sido para atender mais um Pedido de Diretrizes para um 5º loteamento, segundo línguas inconformadas e injuriadas. Se já haviam 4 loteamentos em andamento, uns e outros agora dizem que são 5 neste atual governo, prontos para serem aprovados e iniciados após as eleições. Pelo sim pelo não, estão especulando inclusive se o prefeito deve negar que vai aprovar os loteamentos... será? Vai saber...Oremos! Na próxima semana deve ser a vez do candidato do PSB... 

 

  • 12/09 - Não se sabe ainda exatamente porque, mas nenhum candidato a prefeito está divulgando pesquisas/enquetes particulares para a opinião pública conhecer como eles estão na balança das intenções de votos. Pode ser estratégia, mas uns e outros aqui e ali falam números contraditórios em comentários secretos nos bastidores das coligações. Ora, especulam nos círculos internos alguns prováveis resultados, antagônicos em 2 candidatos e portanto não confiáveis, e o crescimento de 2 outros em uma avaliação mais próxima da realidade. Do que se comenta, uns e outros dizem que são números suspeitos já que o porcentual de “indecisos” está muito alto e isso contraria a credibilidade dos números divulgados “secretamente” pelos militantes e simpatizantes de cada lado, tal qual um jogo de boatos para tentar desestabilizar o adversário. Até aí tudo bem e faz parte do jogo para vencer as eleições. Entretanto, se for considerada uma média ponderada do que se comenta nos bastidores, que até pode tender a estar mais coerente por aproximação, sabe-se não tem como ser confirmado porque nenhuma pesquisa foi registrada no Cartório Eleitoral e portando devem ser entendidas como especulações baseadas só em comentários:

    - Juvenal Rossi: pode estar à frente dos demais

    - Jr Aprillanti: é para estar em segundo com diferença muito pequena do primeiro

    - Padok: deve estar mais cada vez mais próximo do segundo

    - Osmar Donizete: comentam que subiu nas intenções de votos

    - Indecisos: pode estar na casa dos 40%, e que são certamente os que podem decidir quem será o próximo prefeito, eleitores esses que recusam revelar sua intenção de voto.

    Hoje, para o atual prefeito provavelmente garantir sua reeleição deveria estar na frente com pelo menos 20% das intenções de votos do eleitorado, e não nas intenções comentadas nos bastidores e nos comentários da militância, já que sua rejeição junto ao eleitorado é para estar na casa dos 60%. Comentam também na opinião pública que, no universo eleitoral válido aqui de Várzea Paulista, algo em torno de 60 mil votos, quem está chegando junto e vai disputar mano-a-mano para prefeito é o candidato do PTB, que saiu de 0,97% para hoje estar em empate técnico, observando-se também o notável crescimento do candidato do PP. Pelo sim pelo não, ainda faltam 20 dias para as Eleições, e muita água ainda vai passar sob a ponte...

 

  • 10/09 – Olha só... enquanto as militâncias do PSB e PV ficam na guerra pelos candidatos a prefeito nas redes sociais, uma história se repete!!! Se é inspirada no exemplo do ex-vice-presidente do PSDB que foi candidato a vereador em 2012 não se sabe ao certo, mas que a mesma “estratégia” está sendo usada de novo nestas Eleições 2016 é o que muitos estão comentando, ou seja: tal como aquele em 2012, hoje tem pelas ruas muitos candidatos a vereador pedindo votos da seguinte forma: caro eleitor, venho pedir seu voto para vereador, independente de quem seja seu candidato a prefeito...” Claro, isso da forma mais simples e direta do que já se ouviu na cidade, entre outros mais variados e significativos argumentos. Ora, nesse caso, o que importa ao candidato a vereador que quer ser eleito? A resposta mais acertada é: ele mesmo. E o candidato a prefeito da coligação? Bom, esse o eleitor é quem decide por conta e risco como foi em 2012. Mas se fosse só isso seria compreensível, mas tem candidato a vereador da coligação pedindo voto para prefeito de outra coligação, tal e qual fez o de 2012 do PSDB. E mais ainda, já tem candidato a vereador desistindo da candidatura para apoiar o candidato a prefeito do PTB, como já é visto nas redes sociais. Para deixar o eleitor “boquiaberto”, tem outros candidatos a vereador pedindo votos para ele e para outro candidato que não é nem do PSB e nem do PV. Os motivos ainda estão confusos, um deles pode ser a rejeição do eleitor por um e por outro candidato a prefeito já conhecido, tipo “nesse e nesse não voto nunca mais”, talvez porque a coligação não esteja entregando material de campanha suficiente, ou mal entregam, ou não dão suporte necessário (exceto aos “medalhões”) e outros motivos diversos. Pelo sim e pelo não, essa informação foi confirmada diretamente com alguns candidatos a vereador, então não é para ser só sinais-de-fumaça isolados, pode ser sinais-de-fumaça meio que generalizado... 

 

  • 09/09 – Pois é! Temos visto de tudo na política aqui de Várzea Paulista, a cada dia “surpreendendo” mais o eleitor, como por exemplo:

     a) candidatos de sempre insistindo em se apresentar como “novo”,

     b) candidatos que estão no poder prometendo  de novo que vai promover a “mudança”,

    c) candidatos a vereador prometendo ser a solução e que vai “resolver” os problemas da cidade,

    d) a militância da coligação do PV acusando a coligação PSB de ser o PT disfarçado querendo voltar ao poder,

    e) a militância da coligação do PSB acusando  a coligação do PV de governo incompetente,

    d) as militâncias PSB e PV começou também “atacar” o candidato do PTB, que deve estar crescendo na preferência do eleitorado,

    e) publicação nas redes sociais de candidato a prefeito do PP se voltando contra militante do PTB em frente ao comitê eleitoral, inclusive com B.O. a respeito. Neste último ítem, o candidato do PP informou ao Blog que não houve “ameaça” e que foi apenas uma reação contra o militante ao ser provocado.

    Bom, entre os muitos comentários nesta campanha eleitoral 2016, o que mais está na “boca do povo” é: “no PSB/PT e no PV não voto mais”. Pelo sim pelo não, ainda temos pouco mais de 20 dias paras eleições, então... Oremos minha gente, Oremos!  

 

  • Resultado de imagem para vereador07/09 – Relembrando: Muito bem! Como já existe aqui em Várzea Paulista o precedente do líder do governo municipal condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral por compra de votos, uma forma de corrupção, as especulações nos bastidores e opinião pública apontam para CADA pré-candidato que tenta se eleger vereador, entendendo que isso passou a ser uma questão complicada e perigosa nestas eleições 2016, principalmente porque comprar votos não é “tão fácil” como era antes, agora ainda mais complicada com a nova legislação. Além disso, parece que o eleitorado está decidido a acabar com a farsa do mandato da grande maioria dos atuais vereadores, elegendo gente nova e comprometida com a cidade e com a população. Ora, os comentários sempre foram que os atuais vereadores pensam só neles, e que a maioria deles está “apoiando” o governo. O que temos hoje são vereadores ganhando R$ 10 mil reais por mês, posam de “representantes do povo” no “pedestal” onde eles mesmos se colocaram, achando que devem ser bajulados por serem vereadores, e ainda acreditam que vão se reeleger. Segundo uns e outros comentam, os atuais vereadores nunca cumpriram a obrigação de fiscalizar o governo para poder garantir o cargo dos seus "amigos", exceto o do PT, e nem mesmo mostraram ações práticas para a cidade, principalmente na área de saúde, que é a que mais a população precisa. Pelo sim pelo não, a previsão dos bastidores e da opinião pública é que, no dia seguinte ao das eleições, muitos dos atuais vereadores estarão substituídos por outros novos.

    Em Tempo: Como o Blog não tem foco fora de Várzea Paulista, temos a liberdade de indicar e recomendar aos eleitores de Campo Limpo Paulista o candidato a vereador MEDINA Ambientalista, como um candidato sério, comprometido com a ética e com a cidade, e que pode representar dignamente a todos que confiarem seu voto a ele... claro, iremos conferir depois se eleito...

 

 

  • 07/09 – Reprisando: Bom, enquanto o atual prefeito faz suas reuniões nos bairros para tentar a reeleição, cercado de seguranças para se proteger de qualquer reação indesejável do povo segundo línguas que não entendem isso da parte do “homem de Deus”, temos que está em andamento firme e forte o Inquérito Civil nº 14.0469.000036/2015-5, movido pelo Ministério Público contra os 3 vereadores representantes do povo denunciados pelo Ministério Público por grilagem de terras, conforme publicado no Jornal Jundiaí Noticias de 22/10/2015, vereadores esses que se declaram “inocentes” de “grilagem de terras” das acusações do jornal. O Inquerito Civil pode ser consultado por qualquer pessoa no Ministério Público no Fórum da cidade, por não estar sob segredo de justiça. Bom, tudo começou com uma d enúncia “anônima” , normal nestes casos quando o denunciante quer se proteger de possíveis retaliações dos denunciados. O estágio atual do Inquérito está aguardando posicionamento do Jurídico da prefeitura para o Inquérito Civil ser submetido à Juíza para julgamento e decisão. Comentam que o Jurídico da prefeitura pode estar “protegendo” eles... Será? O juridico é tido como sério, mas, afinal são candidatos à reeleição na base aliada do governo. Ora, certamente pode acontecer desses vereadores, que se declaram “vitimas de mal-entendido e/ou calunias”, perderem seus mandatos caso a Justiça entenda que não são “inocentes”. Pelo sim pelo não, será que 2 deles que são pré-candidatos conseguem ser reeleitos vereador?... Oremos ? 

 

  • 06/09 - A ESPERA DE UM MILAGRE? Bom, enquanto não cola o nome de Poupatempo da Saúde após a transferência do A.E., Ambulatório de Especialidades, da av. Bertioga para o prédio para onde era, ou é, o Hospital Municipal, único A.E. com esse nome no Aglomerado Urbano de Jundiaí, no Estado de São Paulo e no Brasil, que segundo comentários generalizados de uns e outros trata-se da última cartada eleitoral do governo para tentar a reeleição do prefeito, comenta-se na opinião pública que políticos de sempre aqui de Várzea Paulista estão se reunindo “em segredo” além das fronteiras da cidade para “ninguém” ficar sabendo que estão  "negociando” seus interesses para continuarem “ligados” ao poder, caso o candidato “preferido” não seja (re)eleito nestas eleições 2016. Bom, “não se sabe” exatamente quem são nem que “acordo” está na pauta, mas tem quem diz que pode ser em função de pesquisa/enquete particular recente, onde o candidato “preferido” não deve estar aparecendo bem colocado e, portanto, não se sentem seguros ou está na conta que não vai conseguir vencer as eleições. Pode ser que não seja verdade ou seja só "boato", mas nos comentários mencionam que também tem até assessor de um outro candidato participando dessas “negociações”. Pelo sim pelo, especulam que podem estar  “à espera de um milagre”... Oremos?

 

  • 05/09 – Então, sábado, 03/09, o candidato do PTB fez seu segundo comício eleitoral na Vila Popular, único candidato fazendo comício na cidade. Mesmo com a chuva que começou por volta das 20h15m, os cerca de 150 pessoas do público presente ficou até o termino da fala do candidato que depois se misturou com o público. Ora, especula-se qual seria o(s) motivo(s) dos demais candidatos a prefeito não estarem fazendo: ou não contam com razoável presença de público, ou pensam serem hostilizados/vaiados, ou preferem só fazer reuniões nos bairros, ou outro(s) motivo(s ) “desconhecido(s)”. E ontem, 04/09, na feira-livre do Jd. América IV houve vários candidatos disputando o voto dos eleitores da região, sem turbulências e sem hostilidades. De um lado o pessoal do candidato a prefeito pelo PSB e do outro o ex-prefeito como cabo eleitoral do candidato do PT a vereador, Zeca. Nas proximidades da feira, foi inaugurado o comitê de candidato a vereador com a presença do prefeito. Tudo sem incidentes e sem provocações. Tranquilo mesmo. Pelo sim pelo não, o que se vê nas ruas não é o mesmo que se vê nas redes sociais, ou seja: com os "militantes" na internet a “guerra” é declarada e “vale-tudo”, inclusive que o ex-prefeito do PT andou pedindo votos para o prefeito atual... 

     

 

  • 02/09 – Então, a coligação do candidato do PTB, que tem sido a mais organizada política e eleitoralmente nesta campanha eleitoral 2016 até o momento, já aparece como o primeiro candidato homologado e apto pela Justiça Eleitoral para disputar para prefeito, com o vice, aqui em Várzea Paulista. A decisão foi de ontem, 01/09, e diz respeito ao pedido de impugnação feito pela coligação do PT, por aparentemente terem falseado a verdade quanto ao pretenso abuso de poder econômico alegado na petição. Com isso, cópias do processo será encaminhado à Polícia Federal para apuração da prática de crime previsto no artigo 25 da lei complementar 64/90. Por outro lado, circula nas redes sociais que o candidato a prefeito pelo PSB está com processo no TCE por Contas Rejeitadas na eleição para Deputado, ele é suplente. Para o meio político ficar mais turbulento, tem também os 5 pedidos de impugnação e os Inquéritos Civil do Ministério Público aqui na cidade. Pelo sim pelo não, vamos ver se todos os candidatos prefeito conseguem disputar e eleição... Obs.: clique na imagem para ver a decisão...

 

  • 01/09 - Nos bastidores e opinião pública questiona-se se a campanha eleitoral aqui em Várzea Paulista está sendo “inédita” e “criativa”, com os “velhos políticos” de sempre tentando se passar por novo fazendo as mesmas “promessas” e apresentando “projetos” para tentar se (re)eleger, certamente supondo que o eleitor ainda acredita neles. Ora, nos carros de som tem-se ouvido a mesma “ladainha” de sempre, segundo uns e outros, ou seja: “mais” educação, saúde, segurança, esporte, etc." Não mudou nada, tudo igual, são as mesmas palavras repetidas de outras campanhas anteriores... E tem comentários circulando dentro e fora do meio político, entre elas: como é que tem candidato à reeleição para vereador com comitê maior que o do candidato a prefeito, e o que pensar do poder econômico e político na campanha eleitoral de quem está no poder municipal? Pelo sim pelo não, tem candidato acreditando que vai ser (re)eleito... Oremos!

 

  • 31/08 – Fim de agosto e hoje é o dia do julgamento do impeachment da Dilma Roussef no senado federal e, embora a expectativa seja o de afastamento do cargo da Presidência da Republica, tem-se que aguardar o fim das votações dos senadores no decorrer do dia de hoje. Bom, aqui em Várzea Paulista há um sentimento parecido nos pedidos de Impugnação de 3 candidatos a prefeito: do PTB tranquilo, do PSB apreensivo e o do PV certamente preocupado. O que é para estar preocupado é o prefeito em sua tentativa de reeleição com 5 pedidos de impugnação da candidatura, levando em conta que tem o precedente de Rejeição de Contas do Tribunal de Constas do Estado e os Processos Civil pelo Ministério Público por Improbidade Administrativa em Licitações. Pelo que se sabe nos bastidores, o clima no governo quanto a isso aparenta estar “intranquilo” e a expectativa da “militância” é a de que o prefeito vai disputar a eleição. Por outro lado, uns e outros de plantão já comentam nos bastidores e opinião pública que tem “pesquisas” particulares, verdade ou não, apontando queda do prefeito nas intenções de votos, que já não está mais na frente e não deve conseguir ser reeleito. Pelo sim pelo não, tem mais de 30 dias até o dia das eleições, AINDA...

 

30/08 – Ora ora, estão comentando na opinião pública aqui de Várzea Paulista que tem vereador tentando a reeleição apresentando “projeto” de Parque Ecológico no bairro do Mursa, com teleférico e tudo, depois de 8 anos de mandato e em plena campanha eleitoral, segundo muitos eleitores desacreditados que estão divulgando e criticando em grupos whatsapp. Bom, ele deve saber o que está fazendo, como os eleitores sabem o que ele tem feito como vereador em 2 mandatos, tal qual os outros vereadores que apoiam o governo municipal. Mas, entretanto, é um direito dele propor projeto como qualquer outro vereador candidato, mas fazer isso em plena campanha eleitoral 2016 acaba parecendo aos eleitores apenas uma estratégia eleitoreira. Agora, se vai cumprir é outra coisa que o eleitor vai levar em conta na urna. Claro que também os outros vereadores estão tentando se reeleger, e devem ter estar fazendo das “tripas o coração”, pois a rejeição aos atuais vereadores é muito alta e as chances de reeleição são as menores possíveis porque os eleitores sabem o que eles deviam fazer e não fizeram. Pelo sim pelo não, no “vale-tudo” da eleitoral 2016, quem sabe aparece outros “projetos” para tentar fazer os eleitores arredios se “encantarem”... 

 

  29/08 – Então, o prefeito está sendo alvo de mais 4 pedidos de impugnação nestas eleições 2016, protocoladas pela coligação do PT, de nº 307.110, 307.111, 307.112 e 307.113. Ora, antes dessas 4 eram 2: sendo 1 do PTB e outra do vereador Demércio que foi indeferido, restando a do PTB que, com estas 4 recentes do PT, somam 5 a serem avaliados e julgados pela Justiça Eleitoral. Do lado dos impetrantes há a expectativa que alguma delas surta o efeito de impugnação, e do lado do governo comenta-se que o prefeito não terá a candidatura impugnada. Tem também os pedidos anteriores contra outros 2 candidatos a prefeito, o PTB e do PSB. Claro, isso não deixa de ser uma questão que saiu da arena política para ser judicial, o que aparentemente faz desta eleição um jogo de poder. Quanto a isso, o eleitorado parece que não está ligado nesta questão, e nem na “guerra” das militâncias nas redes sociais, pois deve olhar hoje para os políticos com muita desconfiança. Pelo sim não, vamos aguardar a decisão da Justiça Eleitoral, que deve ser nos próximos dias, para saber quantos candidatos devem disputar as eleições para prefeito... 

 

  • 27/08 - Recebemos ontem, 26/08, o email abaixo em tom aparentemente critico, que divulgamos abaixo seguido da resposta ao remetente: 

      "BOM DIA ,SOU UM LEITOR DIÁRIO DESSE BLOG,SEMPRE COM MUITA IMFORMAÇÃO POLITICA IMPORTANTE PARA TODOS,POR ISSO COM MUITA CREDIBILIDADE ENTRE TODOS,TENHO O BLOG COMO UM JORNAL MATINAL,TODOS OS DIAS VENHO SABER NOTÍCIAS POLITICAS ,E SERVE TAMBÉM PARA CONFIRMAR OS BOATOS QUE TODOS OUVIMOS ,PRINCIPALMENTE EM RESPEITO A ADMINISTRAÇÃO ATUAL,MÁS, POR SER UM BLOG COM MUITAS INFORMAÇÕES EM TORNO DA POLITICA,EU SINTO INFORMAR QUE COM A PROPAGANDA DO CANDIDATO A PREFEITO ESTAMPADA LOGO NA PRIMEIRA PAGINA ISSO CAUSA DUVIDAS NOS CIDADÃOS,SEI QUE O SENHOR É NEUTRO ,TEM CUMPRIDO SUA FUNÇÃO DE INFORMAR OS CIDADÃOS DA NOSSA CIDADE ,COMO EU DISSE ,PRA MIM AINDA TEM MUITO CRÉDITO,MAS O PRÓPRIO JUVENAL PODE USAR ISSO CONTRA O SENHOR ,DIZENDO QUE ESTÁ APOIANDO OUTRO CANDIDATO,POR ISSO NÃO DEVERIA MERECER TANDO CREDITO,POR ISSO VENHO PEDIR ,PARA RETIRAR A PROPAGANDA,SEI QUE O CANDITADO PODE PAGAR ,MAS NÃO TEM DIHEIRO QUE COMPRE SUA HONRA,VAI POR MIM,SOU SEU LEITOR DIÁRIO,PRESTA UM GRANDE SERVIÇO A COMUNIDADE,TALVEZ SE CANDIDATO SERIA MAIS JUSTO ,MÁS NÃO APOIE NINGUÉM,PARA NÃO COLOCAR TODO SEU TRABALHO EM DÚVIDA,OK.

    GOSTARIA DE UM  DIA CONHECE LO PESSOALMENTE. 

    UM ABRAÇO DE UM LEITOR QUE CONFIA NA SUA IDONIEDADE."

      Resposta ao remetente:

      Bom dia,

      Grato pelas observações!

     O Blog é e vai continuar sempre independente e SEM NENHUM VINCULO OU OBRIGAÇÃO com qualquer político e/ou instituição do governo ou não.

      O governo municipal, principalmente a partir do secretário de comunicação, que coordena a campanha eleitoral do Juvenal mesmo dizendo que não, SEMPRE ordenou aos funcionários que não curtam ou compartilhem nada do Blog talvez por achar que pode controlar a consciência do pessoal, inclusive fazendo "ameaças" de demissão e/ou advertência. Mas isso era de se esperar dele com a personalidade que tem, porque o Blog não bajula o governo e nenhum politico do governo ou fora dele.

      Quanto a anunciar candidaturas no Blog, isso foi várias vezes divulgado nas redes sociais PARA QUEM QUISESSE, e com orientação do Cartório Eleitoral, portanto de acordo com a legislação eleitoral. Claro, certamente o secretario de comunicação não permite e não permitiria que qualquer candidato da coligação do PV divulgasse, e por isso critica e fala mal do Blog como sempre fez. E mais,  o governo sonega, e sempre sonegou, informações de interesse publico ao Blog por ordem dele, sendo necessário que o vice prefeito avisasse da coletiva de ontem do governo referente ao Poupatempo Saúde, aparentemente uma farsa eleitoral mal feita para enganar o eleitorado na tentativa de vencer a eleição.

      Não sei se voce trabalha no governo, ou para o governo, mas deixo claro que o Blog é APARTIDÁRIO E NÃO APOIA NENHUM CANDIDATO, apenas faz a divulgação dentro do prescrito na Legislação Eleitoral, e seu email está parecendo uma TENTATIVA de intimidação ao Blog para inibir a divulgação de candidaturas.

      Quanto a deixar o visitante em duvida quanto ao Blog, issoé coisa que sempre o governo tentou fazer o tempo todo, só que não o prefeito e alguns poucos secretarios. O que muito poucos sabem é que o prefeito sabe porque o Blog faz criticas ao governo municipal, pois é único meio dele saber o que se passa na sua administração já que sua assessoria nem sempre fala a verdade para ele, se é que fala, ou então omite.

      O Blog tem 4 anos e 4 meses de publicações diárias, e a credibilidade foi construída por não agradar ou bajular ninguém, mas apenas divulgar o que se passa nos bastidores e opinião pública como acontece e é, nem mais nem menos, portanto não vemos como pode gerar dúvidas exceto, certamente, em quem não gosta das criticas ao governo. 

      Não acredito que o prefeito vá usar a divulgação das candidaturas no Blog contra o Blog, mas sua "assessoria", principalmente o secretario de comunicação e o do gabinete, é bem capaz disso para para tentar inibir ou tentar minar a credibilidade do Blog. Quanto a isso, não tenho receio nenhum, e tem o Ministério Público e a Justiça para as medidas cabíveis.

      A divulgação de candidaturas no Blog é aberto a quem quiser, e não vejo como isso pode comprometer a idoneidade e credibilidade do Blog já consolidada em mais de 4 anos. Para seu conhecimento, neste mes de agosto já temos quase 90.000 acessos até 26/08, ou 3.500 acessos por dia na média. 

      Abraço

      Blog Várzea Paulista 

 

  • 26/08 – Então, outro pedido de IMPUGNAÇÃO foi protocolado no Cartório Eleitoral aqui de Várzea Paulista ontem, 25/08 às 16h09m, sob número 304.812/2016, contra a candidatura do prefeito e vice da coligação do PV. Desta vez o fundamento do pedido está extensamente pautado na rejeição das contas 2013 do prefeito, pelo TCE, Tribunal de Contas do Estado de S.Paulo. Embora o governo esteja dizendo que as contas foram revisadas e a decisão pelo TCE ter sido alterada, a coligação do PTB não entende assim e pediu a impugnação com esse argumento. Agora são 3 os candidatos com pedido de Impugnação para apreciação da Justiça Eleitoral: os candidatos da coligação do PTB, do PSB e agora do PV. Quem não tem pedido de impugnação, único nesse quesito, é o candidato do PP. Provavelmente até dia 15/08 a Justiça já tenha avaliado e se anunciado a decisão, quando então veremos como vai ser a disputa para prefeito. Pelo sim pelo não, o eleitor parece estar distante dessa “briga”... por enquanto... Oremos! 

 

 

  • 25/08 – Mas é? Com o inicio da campanha eleitoral 2016, já corre solto o “boato” de que o governo municipal aqui de Várzea Paulista vai dar “férias” aos funcionários comissionados a partir do dia 01/09, de forma que a tentativa de reeleição do prefeito tenha pessoal suficiente para “ajudar” na campanha e, claro, durante e depois do “expediente”. Bom, não é possível que isso seja verdade, mesmo porque os serviços públicos ficariam desfalcados de gente trabalhando para a população, que não é dos melhores, e certamente a coordenação da campanha não cometeria uma estupidez desse nível, praticamente um crime contra os cofres públicos para tentar conseguir reeleger o prefeito usando do pessoal da administração pública. Entretanto, tem também a índole cristã do prefeito não admitiria isso de jeito nenhum pelo que se sabe. Mas o “boato” existe, não só nos bastidores mas também na opinião pública, e seria bom para a candidatura do prefeito que isso fosse desfeito. Pelo sim pelo não, a campanha eleitoral está apenas na primeira semana... o que mais teremos pela frente? Oremos srs. eleitores, Oremos!

 

  • 24/08 – Então, falhou... Na ultima segunda-feira, 22/03, foi protocolado no Cartório Eleitoral aqui de Várzea Paulista um pedido de afastamento do prefeito do cargo, e consequente impugnação da candidatura, tendo como argumento ele ter cometido Improbidade Administrativa contra os cofres públicos em Licitação e compra feita, conforme o processo 1001554-69.2016.8.26.0655 feito pelo Ministério Público e encaminhado à Juíza de Direito aqui da cidade. Como o pedido foi direcionado à Promotoria do Ministério Público, o Cartório Eleitoral fez o devido encaminhamento. Claro, isso agitou quase que incontrolavelmente os corações do governo municipal e da campanha eleitoral, que ficaram em suspenso até se ter noticia de como ia ficar. Ora, mas antes que alguém tivesse um surto irreversível de estresse, por volta das 15h já correu a noticia de que havia um despacho da promotoria: O PEDIDO FOI INDEFERIDO. Aleluia! Certamente demorou um pouco, mas ficaram aliviados o governo, a coordenação e os militantes! O prefeito pode continuar com sua campanha mas, claro, com o coração na mão do jurídico porque se sabe que mais coisas devem acontecer AINDA. Por  enquanto a campanha eleitoral 2016 promete ser o “bicho”... Pelo sim pelo não, que mais os corações políticos de todas as coligações terão que aguentar pela frente? Oremos srs. eleitores, Oremos! 

 

  • 23/08 Muito bem! Enquanto comentam nas redes sociais que a atual secretária de saúde anda “pressionando” funcionários para “apoiar” a reeleição do prefeito (ele sabe disso?), informações nada secretas dos bastidores dão conta que o governo municipal deve inaugurar na próxima quinta-feira, 25/08, o “Poupatempo da Saúde” bem onde é ou era o hospital municipal. Como é isso? Bom, uns e outros comentam que pode ser o seguinte: embora o governo insista em dizer que o hospital está “funcionando normalmente”, que todos na opinião pública dizem que não é verdade, o que vai acontecer mesmo é o Ambulatório de Especialidades da av. Bertioga ser transferido para as instalações onde era o hospital que, de “novidade”, vai ter só o nome de “Poupatempo da Saúde”. O que vai ser deveras interessante, e até um tanto folclórico, é se o governo municipal continuar dizendo que o “hospital está em funcionamento”. E será ainda mais “notável” explicarem que a UPA, HOSPITAL E POUPATEMPO DA SAÚDE é quase que uma mesma coisa, ou melhor, o “Quarteirão da Saúde”. E ainda para completar, sem ninguém rir, pode ser que o governo até diga que não tem nada de eleitoral nisso. Mas, porque acontece isso justamente a menos de 40 dias das eleições? Pelo sim pelo não, o que será que os “experts” da coordenação da reeleição do prefeito pensam sobre o que os eleitores pensam? 

 

  • 22/08 – Pois é! Neste fim de semana que passou foi divulgado nas redes sociais que um dos candidatos foi IMPUGNADO, com a postagem de uma imagem da Notificação ao candidato. Ora, o Blog foi até o Cartório Eleitoral ontem, domingo, e verificou que, na verdade, tem 2 candidatos com pedidos de impugnação: a) Jr. Aprillanti com 3 pedidos de impugnação no mesmo processo nº 162-57.2016.6.26.0242, sendo 2 da coligação do PV e 1 da coligação do PTB, e pelo mesmo motivo, ou seja por ter se descompatibilizado depois do prazo permitido pela Lei Eleitoral. b) Padok com 2 pedidos de impugnação feito pela coligação do PT, conforme os  protocolos  284287 e 284301, que se referem  a placas de propaganda eleitoral antecipada (da qual já foi multado) e de camisetas de futebol de antes deste ano eleitoral. O que parece não estar esclarecido é que NENHUM candidato foi impugnado "AINDA". O que se tem são PEDIDOS de impugnação, dos quais os candidatos já foram notificados pelo Cartório Eleitoral, e cada um tem 7 dias para apresentar defesa que será juntado no processo e encaminhado para a Justiça julgar se IMPUGNA ou não a candidatura. Pelo sim pelo não, há comentários nos bastidores que tem mais pedidos de impugnação a ser apresentado no Cartório Eleitoral contra ambos e também contra o prefeito. No caso do candidato da coligação do PSB, comentam que uma nova representação deverá ser feita contra ele por rejeição de contas como deputado suplente. Pelo sim pelo não, esta campanha eleitoral 2016 vai ser um tal de pega-prá-capá de todos os lados, e como isso vai acabar “ninguém” sabe POR ENQUANTO... Oremos!

    Obs.: Os processos eleitorais acima são públicos e podem ser vistos e consultados por qualquer pessoa no balcão do Cartório Eleitoral. 

 

  • 22/08 – Embora a compra de votos seja crime eleitoral, e mesmo com o exemplo do vereador que foi condenado e ficou inelegível sem poder participar destas Eleições 2016, há comentários que tem vereador tentando se reeleger, bem como outros candidatos a vereador, procurando fazer uso desta prática anti-democratica para se manter ou chegar no poder, principalmente vereador que já está e quer continuar no poder. Tem, infelizmente, eleitor que ainda se deixa levar pelas “conversas e promessas” do candidato, algumas vezes por amizade e outras por pequenos favores e/ou promessas de cargos e, principalmente, por dinheiro. Na eleição 2012 o valor na compra do voto ficou em torno de R$ 50,00 a R$ 100,00 e ainda assim, com todas as denuncias apresentadas, somente um vereador foi condenado. Este ano a prática da compra de votos parece que está em fase de “negociação” entre eleitor e candidato. Portanto, o que pode ser caracterizado como compra de voto? Ora, a compra de votos é o ato do candidato que propõe ao eleitor que lhe dê seu voto em troca de algum bem ou vantagem que lhe é entregue ou oferecido: promessas de emprego e da compra de votos diretamente com dinheiro, cestas básicas, dentaduras, óculos, sapatos, roupas, ajuda para obter documentos, pagamento de fianças de presos, cimento, areia, pedra, tijolos e outros materiais de construção, ferramentas, uniformes para clubes esportivos, bolas e redes, remédios, cadeiras de rodas, pagamento de contas atrasadas, caixões de defunto e transporte para enterros, remoções gratuitas em ambulâncias, som para festas, bolsas de estudos, financiamento de festas de formatura, de aniversário, batismo ou casamento, distribuição de artigos de igreja, etc... são caracterizadas como compra de votos. Pelo sim pelo não, o telefone do Cartório Eleitoral aqui de Várzea Paulista para quem desejar fazer denúncia é: 4606.1739 

 

  • 20/08 – Queira ou não queira o eleitor, a politicagem nesta campanha eleitoral 2016 aqui de Várzea Paulista está em plena ”atividade” e, mesmo que alguns políticos certamente sérios desaprovem, parece que já saiu do controle do bom senso e bom tom. Pelo menos entre dois dos candidatos a prefeito o “pega” está rolando solto nas redes sociais, um terceiro as vezes ataca um dos lados e um quarto permanece afastado da “briga” e cuida da campanha dele. Bom, o que o eleitor AINDA não sabe é que já tem disputa jurídica em andamento no Cartório Eleitoral, de candidato tentando impugnar a candidatura do(s) outro(s). Ora, como tem repetido um vereador nos bastidores políticos, o povo, eleitor, pouco sabe disso porque está trabalhando e não tem tempo de participar da “baixaria” entre os militantes de cada lado. Então, se levado em conta o modo de sempre, parece que o “pega” entre as partes militantes vai durar até o dia das eleições. E o eleitor quanto a isso? Está “ligado”? Em todo caso, só na última semana da campanha eleitoral o eleitor vai mesmo prestar atenção nos candidatos, e quem estiver melhor avaliado para ser o(s) próximo(s) prefeito e vereadores serão os eleitos. Pelo sim pelo não, por enquanto tudo indica que haverá mudanças no governo e na câmara municipal, onde uma parte será por conta do que está em andamento na Justiça Eleitoral... Oremos? 

 

  • 19/08 – Então, como os "boatos" eleitorais são abundantes como chuvas em dias de verão, não poderia faltar aqui nesta sofrida Várzea Paulista os “pegas” políticos até as eleições 2016... Os “boatos” mais “assustadores” para os políticos com mandato, claro que não para a população, são 4 os que estão estressando os que estão no poder e tentam se reeleger de todo jeito e a qualquer custo: a) o prefeito foi impugnado por improbidade administrativa em UMA das ações em andamento na Justiça, b) 2 vereadores estão impugnados por improbidade, junto com o prefeito, por envolvimento de filho no governo, c) Padok vai ser impugnado, d) Jr. Aprilante vai ser impugnado, e outros “ameaçadores” das candidaturas a prefeito e vereadores. Entretanto, sabe-se que o governo municipal “trancou” informações para “ninguém” ficar sabendo o que se passa lá dentro, seja bom ou não. Ora, segundo uns e outros, um ou mais “boatos” não são “boatos”, mas qual ? Pelo sim pelo não, e claro, não vai pegar no eleitor mas... Oremos, pois o nível pode baixar... 

 

  • 17/08 - Enquanto em Brasília deputados e senadores “indignados” se dizem “honestos” e “caluniados”, mas que se estressam ao máximo porque não estão conseguindo “brecar” a operação Lava-Jato, temos que aqui em Várzea Paulista a situação não é diferente e, claro, com os promotores de Justiça do Ministério Público investigando e Juízes com autoridade para fazer o mesmo que o de Curitiba está fazendo, principalmente se o prefeito e os vereadores estão envolvidos em denúncias, mesmo alegando “inocência”, “perseguição” e/ou “mal-entendido”. Ora, “Inocência, perseguição e mal-entendido”? Bom, não é o que a opinião pública pensa a respeito e que certamente a Justiça está apurando. Quanto a isso, sabe-se que existem processos em andamento contra políticos com mandato aqui na cidade... Como pode ser preliminarmente entendido, o atual prefeito e os vereadores estão na corda bamba com os inquéritos e processos contra eles na Justiça, e conseguir a reeleição parece que pode ser agora um sonho do qual terão que acordar. Com todo o exposto acima, quem ainda está no mandato insistem em fazer os eleitores acreditarem que merecem ser reeleitos, e que estão fazendo o melhor governo da história da cidade. Pelo sim pelo não, a questão, segundo uns e outros, parece que é: os eleitores ainda acreditam, ou não? 

 

  • 16/07 – Pois é... por determinação do Ministério Público do Trabalho, o oficial de justiça afastou a diretoria em mandato ontem, 15/08 às 17h30m, e a Junta Governativa judicial assumiu a direção provisória do Sindicato dos Funcionários Públicos aqui de Várzea Paulista, SindServ, sob a presidência do dr. Antonio Carlos Augusto da Silva, auxiliado por mais 2 servidores, por 90 dias até a realização de novas eleições sindicais. Bom, o cumprimento da ordem judicial já era esperada e não surpreendeu o sindicato, que entregou as chaves sem maiores complicações. Com isso, as novas eleições prometem ser acirradas e os servidores municipais poderão escolher a melhor opção para representá-los. Enquanto isso, os vereadores atuais continuam tentando se reeleger com todo tipo de estratégias pouco ortodoxas no vale-tudo eleitoral, mas uma coisa já é certa: agora são 3 vereadores que não vão disputar a reeleição e são eles Silas Zafani, Luciano Marques e Ivan Sada que "desistiu" de concorrer por “desentendimento” com o PSB segundo ele mesmo. Línguas descomprometidas dizem que Ivan foi “convencido” a apoiar a reeleição do atual prefeito para a “alegria” da base política do governo e, portanto, agora são só 8 vereadores tentando se reeleger, mas que provavelmente apenas 2 deles podem conseguir: 1 do PT e 1 do PV, segundo experts da política aqui de Várzea Paulista. Pelo sim pelo não, começa hoje a campanha eleitoral... Oremos! 

 

  • 15/08 – Muito bem! Estamos na véspera do início da campanha eleitoral, que começa amanhã... Enquanto tem vereador, que agora está no PV, distribuindo o Evangelho de Marcos nas igrejas evangélicas com o carimbo “APOIO IRMÃO X.Xxxxxx”, aparentemente como propaganda antecipada segundo uns e outros, os demais continuam tentando todo tipo da estratégia "vale-tudo" para conseguir se reeleger, até mesmo comprar votos conforme comentam línguas afiadas. Ora, no caso de comprar votos, o vereador, que é líder do governo municipal, foi condenado por comprar de votos em 2012 e não pode concorrer nestas eleições por estar inelegível por esse motivo, e isso pode servir de alerta aos que “precisam” fazer isso para tentar se reeleger. Outra coisa, ainda na questão "Nós vs. Eles" tem uma pergunta na opinião pública que tem feito o eleitor pensar: o fato da vereadora e do vereador que eram do PT, e que mudaram para o PV e PDT respectivamente, e fazem parte da base do governo municipal, pode significar que o PT está no governo, ou não? Pelo sim pelo não, conforme a opinião pública, se há militantes acusando adversário de ter projeto para o PT voltar ao poder, então como é o caso de ter 2 vereadores ex-PT na coligação da base do governo? Obs.: A imagem acima foi copiada de uma postagem no Facebook.

 

  • 13/08 – Publicamos hoje no Opinião a matéria  DE QUE LADO VOCÊ ESTÁ?, porque está sendo observado nas redes sociais, justo agora nas vésperas desta Eleições 2016, uma tentativa de “polarização” do governo atual contra o governo anterior, ou PV vs PT. Comentam nos bastidores e opinião pública que a coordenação da campanha eleitoral da coligação do PV tenta “ressuscitar” a política do NÓS vs. ELES aqui em Várzea Paulista, onde NÓS o governo e ELES o PT, tal qual o PT como esquerda vinha fazendo contra a direita. Aqui na cidade o governo municipal, que tenta reeleger o atual prefeito, é quem parece tratar de modo inverso a coligação do PSB como sendo o PT. Bom, isso deve-se a que: a) o candidato a prefeito do PSB ter sido vice-prefeito do PT no governo anterior, b) o candidato a vice na chapa do PSB ter saído do PT para o PSD e c) o PT ter se coligado com o PROS apoiando Jr. Aprillanti.  Ora, isso faz com que o eleitor tenha que ter um “lado” político aqui em Várzea Paulista? Tem quem está dizendo, e são vários, que isso é uma estratégia  da “esquerda” sendo usada pela “direita” para tentar demonizar de novo o adversário. Quanto a isso, parece que tem uma pergunta intrigando a opinião pública: portanto, e então, sendo assim, de qual lado estão? Deles ou da população? Pelo sim pelo não, Oremos irmãos e irmãs, oremos, porque isso não parece bom para os eleitores e para a cidade, segundo uns e outros experts em política rasteira... 

 

  • 12/08 – Bom, comentam nos bastidores e opinião pública que o PSDB de Várzea Paulista sofreu mais um revés político aqui na cidade. Primeiro: ao decidir apoio à reeleição do atual prefeito sem a concordância da maioria dos filiados, e se coligando com o partido que impugnou a candidatura à prefeito do partido em 2012, acabou por contrariar boa parte dos filiados. Segundo: em um momento seguinte, um grupo de 22 filiados descontentes com a coligação se reuniu e manifestou apoio irrestrito ao pré-candidato a prefeito pelo PSB. Terceiro: Um dos filiados do PSDB no grupo que apoia o PSB, advogado aposentado pela prefeitura, passou a ser o coordenador geral da campanha eleitoral do PSB, conforme divulgado no Facebook. Com isso, segundo línguas adversas, o PSDB parece ter perdido mais um pouco da já comprometida credibilidade aqui na cidade, justamente por ser um partido político de maior expressão nacional. Pelo sim pelo não, só falta o PSDB não conseguir eleger ao menos um vereador e nem o atual prefeito ser reeleito... e aí, bom...

 

  • 11/08 - Atendendo a pedidos, e já próximo ao inicio da campanha eleitoral 2016, rememoramos a ORAÇÃO AO SANTO DO ELEITOR:

    Ó meu amado Santo, meu santinho Milagreiro

    Vê se levas o mau político para junto de quem é matreiro

    Se puderes faz um esforço porque o caminho é penoso

    Aproveita a viagem e leva também o político venenoso

    Para que tudo corra bem e de nada esqueceres

    Faz uma limpeza geral e leva também os lideres

    Para que não fiquem rindo do povão

    Mete-os no mesmo carro, junto com os da falsa oposição

    Porque a viagem é cara e é preciso levar os desertores

    Para compensar o percurso não deixes para trás os bajuladores

    Para ficar tudo limpo e purificar bem a casa

    Garanta lá um espaço para cada funcionário fantasma

    Como estamos em democracia, embora o político esquece,

    Aproveitando o transporte leve também os assessores que ninguém conhece

    Se puderes, no mês de Outubro, mês das eleições,

    E como o tempo está propicio, leve junto os comissionados que mal trabalham.

    Todos eles são corruptos e vivem à base de golpe esquivo

    Faz lá mais um favorzinho e leva os assessores do executivo

    Isto chegou a tal ponto, que as coisas indo tão mal

    Que só removendo esta gente que a cidade poderá ser normal.

     Amém!

    Pelo sim pelo não, Oremos! Vai que o Santo atende... não é? 

 

  • 10/08 – REVISADO às 11:15h - Ora ora... como nem tudo fica para sempre debaixo do tapete das maldades, comentam que uma funcionária da Secretaria de Obras continua fazendo “inferninho” dentro da Secretaria, aparentemente para todos terem medo dela segundo uns e outros. Bom, aconteceu que “alguém” teve a ideia de gravar um áudio para circular nos bastidores denunciando as interferências e maldades que ela anda fazendo com o pessoal. E, claro, um outro “alguém” tomou a iniciativa de enviar a cópia do áudio para o Blog. Bom, por enquanto não é o caso de divulgar o áudio aqui, mesmo porque implica em nomes de pessoas do bem que se esforçam para fazer tudo dar certo na Secretaria e ainda ter que aturar picuinhas. E mais, parece que o áudio já foi encaminhado para várias “autoridades” e para o prefeito. Se fosse só isso, além da “intimidação” e assédio moral que dizem estar ”sofrendo” os comissionados para apoiarem a reeleição do atual prefeito, dos atrasos de pagamentos, etc coisa e tal, não seria tão problemático e comprometedor administrar a prefeitura municipal ante os eleitores, mas... tem o eleitor insatisfeito com as tropeçadas, trapalhadas e supostas “maldades” seguidamente cometidas por decisões desastrosas de secretários e “assessores” que acreditam serem “inteligentes e especiais”, vários também com receio do prefeito não se reeleger segundo as línguas desacorçoadas. Pelo sim pelo não, não foi falta de avisos ao prefeito, garantem MUITOS uns e outros...  

 

  • 09/08 – Recebemos o email abaixo, que transcrevemos na integra: 

    AMAVAP - Associação de Moradores, Proprietários e Amigos da MacroZona Ambiental de Várzea Paulista

    "Para Melhorar e Preservar a Região"

    fale conosco.: amavap@outlook.com

     

    Prezado senhor redator,

    Como este blog tem grande penetração com a população de nossa cidade, e os demais órgãos não divulgam nada de política, e, agora que os candidatos a prefeito estão definidos, informamos que estamos enviando convites aos mesmos para que participem de uma reunião com esta Associação e com os moradores da região da Área Ambiental, para que tomem conhecimento dos problemas da região, problemas estes que apesar de conhecimento geral das ultimas gestões, não tem sido abordados com a seriedade que acreditamos serem necessárias.

    Iremos comunicar ao Sr. e à imprensa em geral as datas destas reuniões, para que possam, se possível, divulgar o resultado das mesmas, para que no futuro, possamos acompanhar o desenvolvimento da atitude do eleito para com estes problemas.

    Certos de sua atenção, agradecemos antecipadamente.

    Pelo sim pelo não, quem sabe desta vez os candidatos a prefeito deem a devida atenção para a região do Mursa...

 

  • 08/08 – Então, um dos diretores do sindicato dos servidores públicos aqui de Várzea Paulista entrou com mais uma ação contra o prefeito, e desta feita é por abuso de poder econômico e político. Na petição, o impetrante diz que o prefeito busca sua reeleição sem medir esforços para vender sua imagem usando todo tipo de comunicação, e também que um jornal local publicava até 2015 criticas desfavoráveis à administração municipal e que atualmente ficou favorável ao prefeito mostrando um governo louvável, imáculo e em prol da comunidade, e com isso o autor da denuncia aponta o abuso de poder em algumas questões requerendo: a) investigação do uso do poder econômico e político através do jornal, para angariar votos e apoios políticos, b) Cassação da candidatura do prefeito para a reeleição e c) Improbidade administrativa do prefeito. A denuncia foi protocolada no Ministério Público dia 05/08. Pelo sim pelo não, mais outra dor de cabeça para o governo municipal, ou não?

     - Cópia da denuncia protocolada no MP

 

  • 06/08 – Bom, terminaram ontem, 05/08, as Convenções Partidárias Municipais 2016 aqui em Várzea Paulista, e as atenções convergem agora para os 4 candidatos a prefeito (pelo menos por enquanto): Padok, Juvenal, Osmar e Jr. Aprillanti. Ora, já vem correndo solto nos bastidores toda sorte de comentários nos quais algumas partes devem tentar impugnar o(s) adversário(s), típico de eleições municipais no Brasil e no mundo. Desses 4 candidatos, aparentemente o menos visado é para ser Osmar Donizete, provavelmente porque não aparece no topo das Enquetes de intenções de votos. Entretanto, enquanto o adversário com potencial e em crescimento, Padok, tem sido alvo das preocupações dos demais, já se vislumbra uma tentativa de polarização PV x PT, a exemplo de como fez a atriz Regina Duarte nas eleições 2002 do ex-presidente Lula, ou seja: tentou colar medo nos eleitores. Não foi uma boa estratégia, não deu certo e Lula foi eleito. Essa tentativa de reedição da “síndrome Regina Duarte” pode acionar de forma acelerada a debandada do que ainda tem de indecisos, contra o governo claro. Bom, as apostas parecem estar entrando na fase retraída do “vamos ver como é que vai ficar até uma semana antes das eleições", se é que os eleitores não irão ficar de orelhas em pé com a campanha eleitoral... mas não ansiosos e/ou inflamados, isso é por conta dos candidatos. Pelo sim pelo não, e então? Oremos?

 

  • 05/08 - Pelo amor de Deus! Pode uma coisa dessas? 1) uma discussão no ginásio de esportes Ayrton Sena ontem, 04/08, acabou na delegacia com B.O. e tudo o mais. Foi o seguinte: um GM se queixou ao Secretário adjunto que um dos comissionados não comparecia ao trabalho, que era funcionário “fantasma” e, dentro da sala do secretário, o comissionado partiu para a agressão e socou o GM, que dizem perdeu um dente. 2) Comentam que imprudentemente o PV emitiu nota na sua página do Facebook, que dizem parecer oportunismo, criticando a atual diretoria do sindicato dos servidores públicos e informando que o prefeito vai entrar na justiça contra a diretoria afastada, por fazer “oposição rancorosa” contra o prefeito. Bom, isso seria políticamente correto, e bem às vésperas das eleições? Pelo sim pelo não, o prefeito sabe de tudo isso?

  • 05/08 – Sexta-feira, último dia das Convenções Municipais, e que deve dar fim a vários comentários políticos que ainda restam, temos que ontem, 04/08, alguns comentários “ferveram” na opinião pública, onde línguas de plantão comentam duas situações implicando vereadores, seja verdade ou não, e tem também uma boa notícia. Bom, a boa noticia é que a escolinha infantil do Jd Promeca, Cemeb Paulo Freire, teve os azulejos da cozinha trocados pela infraestrutura resolvendo a questão do local de merenda das crianças. Os comentários implicantes são: a) tem vereador “inovando” na caça de votos para tentar se reeleger, e é o seguinte: a novidade que tem vereador(es) convidando “amigos” para almoçar e/ou jantar em casa, como se uma “estratégica” cordial de contar com o apoio do convidado, familiares e amigos... mas o chato disso é que dizem que virou piada dentro da igreja evangélica a que pertence(m). b) Tem também o caso de vereador que está perdendo apoio nas igrejas evangélicas, segundo se ouve nos bastidores, ou seja: perdendo coisa de 80% do apoio da base eleitoral logo após sair do PRP e se filiar ao PV. Ainda nesse caso, dizem que cerca de 10 a 15 pastores já retiraram o apoio a ele e, inclusive alguns pastores, ex-apoiadores, vão disputar para vereador, o que deve dividir os votos dos fiéis, e com isso sua reeleição pode estar sumindo do mapa eleitoral 2016. Bom, especulam que se houvesse casas de apostas eleitorais aqui na cidade, a cotação para reeleição de vereador seria algo em torno de 9 a 2, ou seja: 9 concorrem e 2 podem conseguir se reeleger... Pelo sim pelo não, Ora, que vereador aqui de Várzea Paulista consegue se reeleger? Pelo sim pelo não, se só vereadores devem 2 conseguir se reeleger, então, quais não serão reeleitos?

 

  • 04/08 – Essa quinta-feira aponta certa turbulência interna do PT aqui de Várzea Paulista, uma queda de braço entre as vertentes que deve se resolver até amanhã. Enquanto isso tem uma pergunta implícita nos bastidores do governo: o que se passa na secretaria de comunicação, que não explica o porquê da questão do governo não ter pago ainda o 13º salário aos servidores municipais? O Blog tem recebido vários contatos do pessoal pedindo informações, porque o governo não tem se dado ao trabalho de informar devidamente a todos, seja verdade ou não. Bom, o que "ninguém" explica é que o governo não tem mesmo dinheiro em caixa para pagar os R$ 2,5 milhões do 13º, e não tem previsão de quando vai pagar. Segundo uns e outros, não parece ser "tão" difícil explicar os motivos aos funcionários, e informação é tudo que eles precisam, lembrando que quem responde por TUDO o que se passa no governo é o prefeito, esteja ele sabendo ou não, inclusive informações que, no fim das contas, é só ele que se complica e/ou fica no prejuízo quando a coisa desanda ou sai do prumo. Quanto a isso, a secretaria de comunicação parece não saber a lição numero 1 do Abelardo Barbosa, o Chacrinha, ainda o maior animador da televisão: "quem não comunica se trumbica"... E pior, se não sabem ser transparente com o pessoal do próprio governo imagine com pessoal de fora, eleitores e população. Ora, a opinião pública não acredita mais em tudo o que governo diz e quer saber o que se passa DE VERDADE... E mais, porque esconder o que deve ser público, ao menos ser explicado aos funcionários? É o que está parecendo. Pelo sim pelo não, e então sr. prefeito? 

 
  • 03/08 – Bom gente... enquanto o PV e PTB deixaram de apoiar Pedro Bigardi em Jundiaí, segundo uns e outros, o que certamente compromete sua reeleição e alavanca Luiz Fernando do PSDB, temos aqui em Várzea Paulista aparentemente o mesmo de sempre, ou seja, mais uma chateação para o governo municipal por não ter pago o 13º salários dos servidores: agora o sindicato dos servidores municipais está fazendo a cobrança com carro de som em frente à prefeitura desde segunda-feira, 01/08, e hoje, 03/08, programou fazer a cobrança na feira-livre noturna para constranger ainda mais o governo ante o eleitorado. Segundo o sindicato, um dos secretários de governo disse que não tem dinheiro para fazer o pagamento. O que está sendo complicador para o prefeito nisso tudo é que estamos a quase a 60 dias das eleições, e coleciona mais um desgaste na imagem de seriedade do governo que, somado ao não pagamento dos direitos das merendeiras, o não pagamento do fornecedor de refeição na UPA, e outros problemas financeiros maiores e menores que “ninguém” sabe, tem ainda as obras começadas e não terminadas para a “oposição” usar contra durante a campanha, além da questão dos loteamentos no Mursa e Inquéritos Civil em andamento no Ministério Público. Pelo sim pelo não, e os vereadores nisso tudo? Oremos?

 

  • 02/08 – Olha só o dilema que aflige quem está no poder... o governo municipal está fazendo de tudo para parecer que está governando no rumo certo, mas o que acaba com a credibilidade de quem passou todo o mandato dizendo que não tem dinheiroe que a culpa é do governo anterior, é ter cometido o “pecado” imperdoável de ter contratado o tanto de comissionados, coisa que condenou na campanha eleitoral 2012, empurrou nos servidores o pior acordo de reajuste salarial decidido pelos comissionados, parcelado ainda por cima, deixa de pagar direitos das merendeiras, atrasa pagamento do fornecedor refeições da UPA, não paga o 13º servidores e ainda quer se reeleger. Se listar o quanto de problemas que o prefeito tem com a equipe que formou para governar Várzea Paulista, segundo comentam línguas irremediavelmente decepcionadas, ele teria até vergonha de sair na rua. Aparentemente a questão de várias incompetências na administração pública de Várzea Paulista pode até não ser do prefeito, que até deve ter boa vontade de fazer certo, mas pelo menos uns 3 ou 4 colocam tudo a perder na administração com o que fazem com o “poder” que pensam ter nas mãos, poder que nenhum governo permite a um pretenso “líder” que tenta se impor dentro do governo acima do governante, ou que decida por ele. Bom, no final das contas, a responsabilidade de tudo o que acontece no governo é sempre do governante, ou melhor dizendo: a culpa é do prefeito, tal qual acusam o anterior. Ora, enquanto a equipe coordenadora vê a reeleição escapando das mãos a galope e sem chance de recuperação, os adversários estão preparados e prontos para ocupar o cargo de prefeito após dia 03/10... Pelo sim pelo não, uns e outros comentam, inclusive, que nem as igrejas conseguem salvar a reeleição... Só por Deus! 

 

 

  • 01/08 A reunião deliberativa no diretório municipal do PT no sábado, 30/09, iniciada por volta das 15h, com a participação do ex-prefeito Eduardo, Luiz Raniero (Lula), vereador Demércio, Airton (presidente) e cerca de 50 outros filiados presentes, discutiram propostas e participação do partido para as próximas eleições. Após os discursos e comentários, o diretório votou as propostas apresentadas e a maioria decidiu que nesta segunda-feira, 01/08, a direção executiva do PT deve propor apoio e ao Jr. Aprillanti e coligação proporcional com partido da base do pré-candidato. Se acontecer de não fechar acordo político/eleitoral entre as partes, o PT vai concorrer a prefeito com candidatura própria. Ora, se for firmado um acordo entre PT e Jr. Aprillanti, Várzea Paulista DEVERÁ ter apenas 4 candidatos disputando para prefeito... pelo menos por enquanto, pois não está descartado que pode haver menos, provávelmente para desgosto do prefeito que tenta a reeleição. Uns e outros comentam que boa parte dos filiados ficaram contrariados com a decisão da maioria, diferente do PSDB onde a decisão partiu da diretoria executiva,. Mas... o PT tem uma característica própria: não vai “rachar” os filiados e, decidida uma questão pela maioria, todos aceitam mesmo contrariados e permanecem no barco. Pelo sim pelo não, Luiz Raniero não deverá concorrer a prefeito por discordar da decisão... 

 

 

  •     30/07 - Então... os comentários contraditórios de ontem se revelaram em desfavor do governo municipal, que certamente deve acreditar que tem "tudo sob controle" para reeleger o prefeito, mas... Ontem, 29/07, aconteceu uma das coisas que a coordenação eleitoral do prefeito não queria que acontecesse de jeito nenhum: o vereador e pré-candidato a prefeito que era do PT e agora está no PSD, fechou acordo político com o pré-candidato do PSB, em uma negociação na última 5ª feira que passou da meia-noite, para ser o vice na chapa do PSB. Claro, e isso alem de resolver a questão da chapa de vereadores de ambas as partes, impediu que boa parte do grupo do PSD se “rebelasse” e apoiasse o pré-candidato do PSB, como aconteceu com o PSDB, caso fizesse o jogo dos interesses do governo municipal, segundo línguas contrárias à reeleição do prefeito. Até aí tudo bem... Tudo bem? Parece que não... sabe-se que os coordenadores de campanha do prefeito faz a conta de “quanto mais candidato a prefeito” tiver para concorrer às eleições, mais chances tem o prefeito de se reeleger na divisão dos votos do eleitorado. Com a aliança do PSD com o PSB, agora são só 5 os pré-candidatos a prefeito e ainda comentam que o PT pode se aliar também ao PSB e reduzir para 4 os pré-candidatos a prefeito. Pelo sim pelo não, se a disputa para prefeito ficar só com 4 candidatos, e “não acontecer nenhum revés” ou uma outra "novidade", o governo pode estar começando sentir que a reeleição pode ser agora uma “missão impossível”, inclusive para os vereadores, segundo uns e outros... Pelo sim pelo não, Oremos? 

  

  • 29/07 – Bom, há dois sinais de fumaça “complicados” nos bastidores do cenário político aqui de Várzea Paulista:

Primeiro: Corre solto um “boato” que não deve ser boato, que o PSB entrou com processo contra o governo municipal por fazer propaganda eleitoral antecipada com vista nas próximas eleições 2016. O governo deverá pagar multa pelo tudo indica. O motivo de tal medida é para ser por conta da festa dos motoristas, onde foi visto veículos da prefeitura recebendo a benção da igreja, com logotipo e tudo o mais, inclusive com o prefeito postando fotos em sua página no Facebook... 

Segundo: Comentários contraditórios nos bastidores diz ter candidato a prefeito recebendo "contribuição" do governo municipal, e até promessa de ter secretaria para participar da disputa e perder a eleição para ajudar na reeleição do atual prefeito. Segundo os bastidores, a proposta foi aceita porque o governo teria um trunfo na manga contra este candidato, forçando ele a aceitar a proposta. Pode ser também que o candidato tenha tomado essa decisão, depois de ver o resultado das pesquisas que foi feito por alguns candidatos da cidade. Claro, por outro lado pode não ser verdade. Ora, comentam que o governo tem dinheiro para acordos políticos, e também que continua a falta de medicamentos nas UBS, falta refeição na UPA, pagar aos direitos das merendeiras, etc., e que a cidade continua abandonada nos comentários segundo a opinião pública. Como não se fala em nomes, o jeito é acompanhar as cenas dos próximos capítulos já que o prazo final para fechar as últimas coligações termina dia 05 de agosto as 19:00 hrs.

Pelo sim pelo não, é para ter mais coisas esperando o “momento certo” para o circo pegar fogo de vez por todas... Oremos! 

 

  • 28/07 - Ora, enquanto o prefeito não mostra os recibos de pagamento do restaurante que fornece refeições na UPA, conforme publicado no Várzea Agora: "Juvenal Rossi diz que pagou e que o restaurante está errado. Diretor do restaurante desmente o prefeito", inclusive o governo está sendo acusado nas redes sociais de estar mentindo, temos o comentário generalizado que de todos escutam mas ninguém entende porque o governo municipal continua dizendo que não tem dinheiro e que o governo anterior só deixou dividas, que não pagou isso e aquilo, etcétera coisa e tal, que é tudo culpa do governo anterior e hoje está tendo que morder a língua dolorosamente segundo conversas indisfarçáveis nos bastidores e opinião pública. De tanto que falaram na campanha eleitoral 2012 que o governo anterior não pagava o FUSSBE, hoje quem não está pagando é o governo atual. Isso também é culpa é do governo anterior? Discursaram também que a prefeitura estava entupida de comissionados no governo anterior do PT, e por isso não sobrava dinheiro para pagar a contas. Ora, o que dizer do tanto de contratações feitas pelo atual governo desde setembro de 2015? Bom... O não pagamento ao FUSSBE pode complicar a consulta no INSS sobre o CND, Consulta de Certidão Negativa, que hoje não está disponível no site da Receita na internet, e isso pode estar significando que o governo municipal não deve estar tendo acesso aos convênios e verbas inerentes por estar inadimplente com o FUSSBE. Ora, como a arrecadação mensal aqui de Várzea Paulista é insuficiente frente aos compromissos financeiros municipais, principalmente salários, e se as contas estão no sufoco para serem pagas, como será sem entrada de verbas de convênios? Agora imaginem hoje a pergunta que o atual governo fazia em 2012 quando era oposição em plena campanha eleitoral: o que estão fazendo com o dinheiro ??? Pelo sim pelo não, o ditado “aqui se faz aqui se paga” está se cumprindo, ou não? 

    - Página do Site da Receita Federal para consulta do CND dia 27/07/2016

    - CND da prefeitura de Várzea Paulista do dia 17/03/2016

 

  • 27/07 – Ora ora, já que foi ”descoberto” que o governo anda “inadimplente”  com FUSSBE, merendeiras, restaurante e com outros que “ninguém” sabe,  só falta o governo dizer agora que é “implicância” da usuária da UPA aqui de Várzea Paulista o que aconteceu com ela... Vejamos: a idosa d.Sebastiana Soares Santiago, com 90 anos e usando marca-passo, que mora perto da Advance, sofreu uma queda na escada de casa e foi levada até a UPA para socorro com fortes dores. Bom, foi atendida e diagnosticada no Raio-X que não tinha nada grave e o médico garantiu que era apenas sintomas de sinusite e mandou para casa. As dores continuaram e ela voltou à UPA, foi atendida por outro médico que diagnosticou pneumonia e receitou antibiótico. Foi para casa e as dores aumentavam. Voltou de novo na UPA, e de novo um outro médico atendeu e confirmou que ela estava com pneumonia e receitou outro antibiótico. Foi para casa de novo, as dores estavam insuportáveis e família então a levou ao Hospital S.Vicente de Jundiaí, onde foi atendida, passou pelo Raio-X e os médicos constataram que ela estava com duas costelas quebradasFoi devidamente medicada, voltou para casa, está em recuperação e as dores foram diminuindo com a medicação receitada pelos médicos do Hospital. A pergunta que d. Sebastiana e familiares fazem, todos eleitores, é: porque nas 3 vezes os médicos da UPA não acertaram o diagnóstico? Pelo sim pelo não, e agora sr. prefeito, que médicos são esses da UPA? Oremos irmãos e irmãs, oremos...

 

  • 26/07 - Flagra!!! Foto exclusiva na garagem da nova empresa que vai fazer o transporte coletivo municipal aqui em Várzea Paulista!!! Isso mesmo, da empresa que o governo disse que “não sabia” que era a mesma com outro nome e cores... Mas tudo bem, se venceu a Licitação é porque fez tudo certo para vencer, ofereceu as melhores condições de serviço e o governo fez a escolha certa não é? E claro, com o aval dos 9 vereadores que apoiam o governo. Depois que a “nova” empresa entrar em operação na cidade os usuários vão poder constatar se ela vai cumprir os horários, se a linha do Gauchinha vai mesmo até o ponto final no bar do Zequinha, se o motorista vai ser educado e etc, do contrário poderá ser multada conforme previsto no contrato de prestação de serviço. Mas, quem vai fiscalizar ? O atual governo municipal? Os atuais vereadores? A atual secretaria de trânsito? Voce? Pelo sim pelo não, se a fiscalização ficar por conta do usuário, como tem sido, bom... vai continuar como é hoje, ou não? Oremos? 

 

  • 25/07 - Pois então! Por volta das 09:30h a Força Sindical colocou 2 carros de som em frente à prefeitura, para as merendeiras reivindicarem seus direitos trabalhistas desde que a empresa RJ deixou de prestar serviços ao governo municipal após serem demitidas. Segundo a advogada do sindicato, a Justiça do Trabalho determinou que a prefeitura fizesse o pagamento mas  a prefeitura quer  transformar a divida em precatórios, ou mesmo fazer um acordo para pagar parcelado. Mas parece que tem uma questão mal explicada segundo a Força Sindical, ou seja: a prefeitura reteve R$ 1.200.000,00 referente ao pagamento à RJ, e isso é mais que suficiente para quitar a divida com as merendeiras, FGTS, multas,etc., algo menos que R$ 800.000,00, só que não faz o pagamento. Bom, só o governo pode responder essa pergunta. Por outro lado, a RJ já concordou que fosse descontado a divida do que a prefeitura deve repassar à empresa. Até aí tudo bem, mas a prefeitura parece estar “resistindo” pagar os direitos das merendeiras, e fica a sensação no pessoal de que o dinheiro possa ter sido usado para outros fins, por exemplo pagar salários de comissionados. Pouco após 12:30h a advogada do sindicato informou aos coordenadores que o jurídico pediu para marcar uma reunião para tentar um acordo, e este por sua vez falou para as que estavam presentes, conforme o vídeo abaixo. Pelo sim pelo não, como pode o prefeito fazer uma coisa dessas? É que perguntavam umas e outras...  

Clique na imagem abaixo para assistir o vídeo...

 

  • 22/07- Bom, já que estamos em ano eleitoral e em outubro vamos votar para prefeito aqui de Várzea Paulista, além de escolher 11 vereadores entre os muitos candidatos que querem representar os eleitores no poder legislativo da cidade, como fazer o jovem, ou o brasileiro em geral, se interessar em votar e se mobilizar pelos seus candidatos, se nossos atuais representantes políticos não representaram dignamente os interesses dos eleitores durante todo o mandato, não demonstraram interesse em discutir as questões públicas e agora repetem as mesmas promessas de sempre para ver se conseguem se reeleger? Aliás, como estimular uma nova geração a entrar na política e se apaixonar por ela de forma ética e verdadeira e atuar em nome de ideais, se vemos muitos mais exemplos negativos que positivos em nossos representantes eleitos tentando se reeleger? Ora, nas redes sociais tem várias denuncias de vereadores fazendo de “tudo” para mostrar “serviço” e que está “do lado do eleitor”, como exemplo tem o que está fazendo “Abaixo Assinado” para o governo municipal tapar buraco na rua, outro aparecendo nas Escolas Bíblicas de Férias das igrejas evangélicas, vários posando junto ao prefeito em locais onde nunca foram vistos durante o mandato, etc., justo agora faltando cerca de 70 dias para as eleições... O que se pergunta na opinião pública é: o que fizeram em 3,5 anos de mandato? Até que ponto são capazes de chegar para tentar se reeleger? Pelo sim pelo não, o que os eleitores pensam realmente dos atuais vereadores?

 

  • 21/07 – Enquanto o “hospital”, a Upa e as Ubs estão sem licença da Vigilância Sanitária, segundo mais um email recebido pelo Blog, vamos abordar novamente o Sinal de Fumaça de 01/12/2015: Didaticamente falando, temos no Brasil três tipos de eleição: nacional (para eleger o presidente da República), a estadual (para eleger governador, senador, deputado federal e deputado estadual) e a municipal (para eleger prefeito e vereador). Ora, a eleição municipal se reveste de uma importância tão grande quanto qualquer outra. Afinal, é na cidade que as pessoas moram. As necessidades da população são atendidas ou não a partir do administrador da prefeitura, que por sua vez atua em relação direta com o legislativo, a Câmara de Municipal de Vereadores. Um prefeito ruim tem o poder de complicar o dia a dia de uma cidade. Afinal, pesa sobre a capacidade (ou incapacidade) dele decisões sobre temas como trânsito, transporte coletivo, manutenção das ruas, serviços médicos, medicamentos e tantos outros serviços públicos que recaem diretamente na qualidade de vida do munícipe e eleitor. O resumo é que, embora muitos não percebam, escolher prefeito e vereador é coisa séria, muito séria, e o preço que o eleitor paga é não ter o que mais precisa: um bom prefeito administrador, vereadores que realmente se importam com a população, secretários competentes que façam o que precisa ser feito, que estão no poder para fazer as mudanças que todos querem e foram prometidas na campanha 2012. O que está sendo visto hoje é só a promessa de sonhar juntos, promessa essa que continua sendo só um sonho. Pelo jeito, segundo uns e outros, parece que a mudança que todos desejam só vai acontecer a partir de 03 de outubro, dependendo de quem serão os eleitos. Mas, os que estão hoje no governo, eleitos ou não, estão fazendo de tudo para continuar no poder... Pelo sim pelo não, é esse governo de hoje que o eleitor quer continuar a ter no poder, o atual prefeito e os atuais vereadores? Ou não? 
 
  • 20/07 – Enquanto o governo municipal aqui de Várzea Paulista não explica, talvez nem vai explicar como sempre, porque pagou por  cada computador o valor R$ 5.165,00 que na loja deve custar mais ou menos R$ 1.700,00, constando no pedido 239 de 29/03/2016 e na Nota Fiscal número 2704 do fornecedor Santos & Mayer, conforme denuncia publicada aqui ontem, temos que o governo continua com seu “método ecumênico” de governar, segundo uns e outros inconformados na opinião pública.  Ora, conforme línguas atentas e muito afiadas, os governos anteriores também administraram da mesma forma, só que o atual não está conseguindo fazer melhor ou mesmo igual. E mais, o prefeito vai tentar a reeleição usando a mesma estratégia usada em 2012 para se eleger, ou seja: prometendo entregar o Poupatempo da Saúde, às vésperas do dia das eleições, e PROMETENDO o “Quarteirão da Saúde” SE FOR reeleito. Claro, o eleitorado politizado e/ou escolarizado não acredita mais em “promessas” eleitorais, e está vendo o que acontece hoje como apenas outra “jogada” política para tentar se manter no poder, não esquecendo que teve 3,5 anos para acabar com a falta de medicamentos e não conseguiu... Não tem dinheiro nos cofres da prefeitura, mas tem para pagar os muitos comissionados, comenta-se com irritação a opinião pública. Pelo sim pelo não, os comentários de que o prefeito e os vereadores não serão reeleitos está correndo solto na cidade... então, como vai ser se conseguirem se reeleger? Oremos?

 
  • 19/07 – Ora, o Blog recebeu mais um email de munícipe injuriado aqui de Várzea Paulista, onde parece que se sente estressado com o governo municipal. Bom, independente disso, o governo parece mesmo estar com sérias dificuldades para cumprir as promessas por falta de dinheiro, mas “garantindo” o tanto de cargos comissionados para tentar a reeleição do prefeito, segundo comentários nos bastidores. Será que consegue, perguntam línguas completamente a favor da renovação completa do governo e legislativo. Vejamos o email: “Por que o Telecentro do CEU ainda não inauguraram? Disseram que o telecentro do CEU daria curso para fazer jogos e outros cursos. Fui fazer a matricula de meu filho e disseram que não tinha previsão de começar. Ontem uma amiga me falou que tiraram de lá todos os computadores. Fiquei encafifado e fui atrás de mais informações. Uma pessoa me mostrou uma nota fiscal (Nota fiscal número 2704 / pedido 239 de 29/03/2016 / fornecedor Santos & Mayer). Essa nota mostra que cada computador custou R$ 5.165,00. Muito estranho esse preço. Pelo que vi é computador positivo. Na loja deve custar mais ou menos 1.700,00. Outra coisa que eu soube é que tiraram todos os computadores de lá por causa que vão fazer outra licitação. É ou não é muito estranho? Tem sujeira aí e é das grossas.” Pelo sim pelo não, e então sr. prefeito? O que acontece?   

 

  • 18/07 – Bom... o que muda no cenário político a coligação do PSDB e PTC, a ser confirmada nas Convenções Partidárias municipais? Até onde se sabe aparentemente mudou a questão da unidade do partido, já que parte dos filiados do PSDB são declaradamente contrários à aliança justamente com o PTC que impugnou a candidatura do ex-prefeito Clemente nas eleições 2012. Em conversas do Blog com alguns dos filiados contrariados e inconformados, referente à aliança anunciada, notou-se o sentimento de sincera insatisfação, tristeza e desapontamento que a decisão provocou em boa parte do PSDB aqui de Várzea Paulista, segundo maior partido nacional, com uma história política que nem o PTC nem qualquer outro partido da base aliada do governo municipal tem, ou se aproxima do que o PSDB é e tem sido como partido. Na opinião destes, o PSDB comprometeu e contaminou seu prestigio e sua credibilidade junto aos seus eleitores, primeiro por não conseguir um nome para lançar candidatura à prefeito e agora ao se aliar com o partido que tirou o ex-prefeito Clemente da disputa de 2012. Coisas da política, segundo os que dizem entender a decisão do partido. Mas, perguntam uns e outros, essa coligação é uma saída para sobreviver na política local? Entretanto, e parece sério, alguns filiados injuriados comentam estarem dispostos a deixar o partido. Pelo sim pelo não, os filiados descontentes devem fazer oposição dentro do partido não pedindo votos para o prefeito...

 

  • 15/07 – Quem diria!? Como SEMPRE acontece, inclusive é regra de bastidor de governo, de qualquer governo, vazou nos corredores da prefeitura e “ninguém” ficou sabendo que o PSDB, depois de muitas conversas, idas e vindas e a tradicional e indisfarçável “indecisão estratégica”, segundo línguas contrariadissimas, o partido enfim “RESOLVEU” com qual partido vai se coligar para participar das eleições 2016. Indo direto ao ponto: o PSDB vai se coligar com o PTC, da base aliada do governo e, claro, apoiando a reeleição do atual prefeito. Essa decisão vai ser comunicada hoje à noite aos pré-candidatos e filiados. Se é a melhor escolha, isso só vai se saber depois do final das eleições, mas como o PSDB não tinha a chapa de vereadores completa, e praticamente sem verba para campanha, aparentemente deve ter sido a melhor escolha que puderam fazer. Mas, os filiados estarão de acordo com essa decisão? Pelo sim pelo não, parece que tem vários que discordam... 

 

  • 14/07 - Pelo Amor de Deus! Mas o que é isso? Comenta-se nos bastidores e opinião pública que os vereadores, pelo menos 9 deles, participaram da aprovação tempestiva do Projeto de Lei 11/2016 do governo municipal, que altera redação da Lei Complementar nº 169, que passa a ser como segue: Art. 4º, Inciso II – Áreas institucionais: 1% (um por cento) a 5% (cinco por cento) da área total parcelada, cujos critérios serão determinados por Decreto; acrescido do “Art. 4A. Para estabelecer o percentual a que se refere o Inciso II, do art. 4º desta Lei, poderá haver compensação financeira, a qual somente deverá ser aplicada em despesa de capital”. Ora, agora só o prefeito é quem decide sem precisar passar pela câmara. Comenta-se nos bastidores, seja verdade ou não, que esse PL entrou na câmara municipal DEPOIS que a sessão de terça-feira, 12/07, já havia iniciada, e não se sabe se o jurídico e as comissões inerentes da Casa de Leis deram parecer no PL. Bom, foi feito a leitura do PL, e na discussão o vereador do PT, Demércio, questionou em tom de desafio os demais vereadores se algum deles tinha lido o PL ou tinha em mãos. Nenhum respondeu porque, segundo se sabe, nenhum deles havia recebido preliminarmente o PL. Demércio comentou que era contra, houve discussão seguido de defesa do PL pelo líder do governo. Em certo momento, o vereador do PT disse que isso iria beneficiar principalmente quem estivesse processo de grilagem de terras, conforme consta em Inquérito Civil em andamento no Ministério Público contra vereadores. Para completar, após o termino da sessão normal, a sessão continuou como sessão extraordinária para votação do PL. A votação foi feita e o PL aprovado com voto contra só do vereador do PT. Tinha mesmo toda essa "urgência"? Porque, pergunta-se na opinião pública... Hoje uns e outros comentam  injuriados: "não se deram nem ao trabalho de disfarçar não é? E ainda querem ser reeleitos, prefeito e vereadores..."  Pelo sim pelo não, pensem srs. eleitores, pensem e Oremos!
  • Oficio e PL 11/2016 aprovado
  •  Lei Complementar 169/2006 - original antes da alteração

 

 

  • 13/07 – ATUALIZADO ás 11h20m - Uns e outros comentam que pode até acontecer de ter as vezes um tempero adicional de “implicância” em ser critico do governo municipal, mas acontece que o governo dá todos os motivos para ser critico já que as “competências” da equipe de governo, com exceção de 2 ou 3 secretários, promovem regularmente suas “lambanças”, muitas delas concorrendo para ser hoje a mais imperdoável de todas no folclore e anedotário municipal aqui de Várzea Paulista. E mais, ocupando um cargo executivo no primeiro escalação. Ora, isso pode ser comprovado com o que foi publicado nas páginas 8, 9 e 10 do Diário Oficial nº 157 de ontem, 11/07/2016, ou seja: as desincompatibilizações de funcionários públicos para disputar as eleições 2016 a partir de 05/07/2016. Ora, a Legislação Eleitoral determina que seja a partir de 01/07/2016 e, portanto, eles tecnicamente não poderão concorrer às eleições por estarem desincompatibilizados depois do prazo previsto. Lamentável para os que sonham concorrer a vereador, tanto os pré-candidatos pelo governo, base aliada e alguns da oposição. Agora, perguntam uns e outros nos bastidores e na opinião pública, há ou não motivos para se ter certa pitada de “implicância” contra o governo? Ainda mais que pode ter gente no 1º escalão e/ou nos gabinetes secretariais “boicotando” o governo. Ou é muita incompetência de gente no poder, perguntam línguas de plantão e com o “radar” ligado? Bom, a “oposição” já leu o Diário Oficial e vai tomar “providências” a respeito, portanto... Ora, governo continua atirando contra si mesmo com mais essa imperdoável “barbaridade” administrativa, enquanto tenta a reeleição do prefeito... Pelo sim pelo não, pode ser uma das “perspicazes estratégias reversa” do governo, quem sabe mais uma "maldade" consequente e irritante, incompetência mesmo, ou o que? Entretanto, um advogado informa que se o pedido foi feito no prazo e o efetivo afastamento se deu antes do dia 2, não há qualquer problema aos candidatos... na duvida o Cartório Eleitoral pode ser consultado...

 

  • 12/07 – Ora ora, recebemos mais um email, mas esse é “impressionante” com o que se passa na política aqui de Várzea Paulista!!! Tudo indica que foi “descoberto” o grupo dos comissionados de “apoio” à reeleição do prefeito, e a pergunta é: seria um grupo promovido sob os auspícios da equipe executiva do governo municipal, inovando para se garantir no poder, ou é um grupo “autônomo” engajado com o governo e o projeto de reeleição do prefeito? Então? Pode uma coisa dessa? O que pensam os efetivos disso? Ou tem também um grupo de efetivos apoiando a reeleição do prefeito? Bom, isso é permitido pela legislação eleitoral vigente, ou não? É um grupo “secreto”? Bom, “secreto” não é mais porque um deles enviou a imagem ao lado para o Blog... Mas quem? É um dos que NÃO apoiam o governo, mas não quer perder o cargo ou não sofrer retaliação? Ou é alguém que está insatisfeito com a “pressão” feita por uns e outros do governo? E mais, segundo línguas afiadíssimas, tem quem diz que estão cogitando inclusive formar uma “poderosa” corrente de orações, supra religiosa, para tentar ajudar o prefeito a se reeleger... Bom, se já se chegou a esse ponto, e pelo sim pelo não, se Deus está no comando do governo municipal nada disso seria necessário não é? Oremos, mas pelos eleitores...

 
  • 11/07 – Ora, o governo parece que está mesmo dando sinais de que se encontra em desequilíbrio ao se dar conta que o fechamento do hospital para reforma está sendo tiro nos 2 pés, e agora dizendo que está funcionando através da entrada da UPA. Claro, vai entrar para o folclore político aqui de Várzea Paulista como o maior erro cometido por um governo municipal. Da mesma forma que na campanha 2012, quando o atual governo era “oposição” e condenava o governo anterior do PT, hoje pode estar "bebendo do próprio veneno que usou contra". Com isso o prefeito e vereadores aparentemente caminham decididamente para deixar escapar a reeleição, e de modo inevitável. Quanto mais tentar “remediar” a questão do “fechamento para reforma” do hospital, mais eleitores estarão mudando seus votos de 2012 dados a este governo para outro candidato na próxima eleição 2016. O pior é que o governo parece estar refazendo a mesma promessa 2012 do Poupatempo da Saúde, visivelmente para tentar a reeleição, contando que está com a maior rejeição nas intenções de votos na história desta cidade, ou seja: mais de 60%. Tudo indica que o atual governo está pagando por tudo o que fizeram com o governo anterior para vencer as eleições 2012, demonizando o PT, só que não estão fazendo melhor que eles e ainda deixando faltar medicamentos na farmácias das UBS, coisa que prometeu acabar na campanha eleitoral 2012. Mas não acabou e, aliás, piorou... Pelo sim pelo não, seria mais fácil explicar que não tem equipe para fazer o hospital funcionar, já que transferiu todos os funcionários para a UPA, não é? Oremos, mas pelos usuários dos serviços públicos de saúde aqui da cidade...

 
  • 09/07 – Enquanto o governo tenta explicar, sem convencer, que “não fechou” o hospital, o Blog foi contatado por um familiar de aluno que estuda na escolinha Paulo Freire do Jd. Promeca, para pedir ajuda já que o governo parece deixar ao descaso o que acontece por lá. É o seguinte: há algum tempo, os azulejos da cozinha da escola estavam se soltando e colocando as crianças em risco de acidente. Bom, a secretaria de educação foi avisada do problema, mas só ontem, 08/07, um pessoal da infraestrutura apareceu por lá de manhã, removeram os azulejos, saíram para almoçar e depois voltariam para continuar o serviço... só que não voltaram mais!? Porque? Era só para remover os azulejos? Não vão consertar a parede? Estão sem dinheiro? Se estão sem dinheiro porque então o monte de gente contratada pelo governo ganhando muito bem, questiona o familiar? E mais, comentou também que a prefeitura tem deixado faltar remédios nos postinhos de saúde e ainda fecharam o hospital, e pergunta também, revoltado, o que fazem os vereadores que ganham 10 mil reais por mês, enquanto a cozinha da escola não pode preparar a merenda para as crianças, e que como merenda as crianças só tem “sucrilhos”? Pelo sim pelo não, quantos votos o prefeito e vereadores estão perdendo para tentar se reelegerem com isso acontecendo? 

 
  • 08/07 – De novo: Ora ora, se as informações estão corretas, o governo municipal deve demitir cerca de 150 comissionados por determinação judicial, coisa que já deveria ter feito logo no início deste ano eleitoral, segundo a  matéria publicada no Jornal de Jundiaí dia 23/12/2015 (clique aqui para ver) , também em uma nota lateral (imagem ao lado). Bom, comenta-se que o Ministério Público está pressionando o governo municipal, enquanto a maioria dos vereadores ficam em silêncio junto com a equipe de governo. Aliás, sabe-se que pelo menos 8 vereadores apoiam todas as ações do governo municipal, seja o que for. Segundo línguas afiadíssimas, o prefeito, se por razões de acordos políticos não podia exonerar nenhum comissionado, agora vai ter que demitir e ainda poder se isentar alegando cumprir ordem da Justiça. Simples? Não, de jeito nenhum, pois pode comprometer tudo o que foi feito para garantir apoio para reeleição com as ultimas contratações de comissionados, segundo uns e outros... Bom, se a Justiça assim determinar, independente de quem fica ou de quem sai, vai ser um tal de “Deus me acuda” para tentar escapar da guilhotina que o prefeito havia prometido usar no inicio do mandato, mas acabou “deixando prá lá”, da mesma forma que parece estar “enrolando” para fazer a nova eleição do Conselho Tutelar determinada pela justiça. Portanto, pelo sim pelo não, aparentemente tudo indica que agora não vai ter jeito, então...

 
  • 07/07 - Então, o pedido feito pelo atual presidente da câmara continua sendo ignorada pelo governo municipal, e entra na lista de mais uma promessa não cumprida. Bom, se mesmo o vereador e presidente da câmara pedindo o governo não faz, imagine o pobre mortal eleitor fazendo a solicitação. Vejamos: No dia 06/11/2015 publicamos que "finalmente “alguém” do governo municipal se interessou, se mexeu, foi verificar e um orçamento foi feito para arrumar a viela que liga a rua S. José do Rio Pardo com a Rua Jundiaí, ao lado do nº 1334 (casa de ladrilhos verdes) no Jd. Paulista, e dar um jeito nessa precária e péssima passagem de pedestres. O orçamento é para ter ficado em torno de R$ 54.000,00, valor esse que dispensa licitação segundo se sabe. Bom, com a proximidade das festas de fim de ano a obra só deve ter inicio em janeiro/2016, e é uma boa oportunidade para o prefeito fazer mais uma inauguração “estratégica” em ano eleitoral. O vereador que fez a indicação é o Mauro, presidente da Câmara. Embora pareça que isso possa ser oportunismo, justiça seja feita, não é, é politica limpa e socialmente necessário para a população que faz uso da passagem, pois crianças, idosos e senhoras transitam por ela. Se, quando for reinaugurada a viela reformada, outros vereadores forem para posar, sairem na foto e depois publicarem no Facebook ou nos jornais, é porque talvez queiram fazer de conta que tem alguma a ver com a obra para ganhar votos... Bom, pelo sim pelo não, o que importa mesmo é que o conserto vai ser feito para beneficiar os usuários..." Só que ATÉ HOJE, 07/07/2016, NADA FOI FEITO... Afinal, pelo sim pelo não sr. prefeito, perguntam na opinião pública PORQUE O GOVERNO DIZ QUE VAI FAZER E NÃO FAZ? 

 

  • 06/07 – Bom, depois que o vereador que era do PRP e foi para o PV, subiu na tribuna da câmara municipal ontem, 05/07, para “defender” o governo alegando que “o hospital está em reforma e que não foi fechado, provocando risos incontidos em quem estava presente na sessão, aliás foi o único vereador a fazer isso, temos quanto a isso uma reação de indignação legitima da população a partir da postagem de uma jovem eleitora no Facebook, que fala por si mesmo no Grupo Democracia na política de Várzea Paulista:

 
  • 05/07 – Então, nesta 2ª fase da corrida eleitoral 2016, a que antecede as Convenções Partidárias Municipais, ainda está indefinida a questão do PSDB apoiar quem para prefeito aqui em Várzea Paulista. As conversas patinam com o PSB, com o PV e agora com o PTB, sem que se defina ou apareça a luz no fim do túnel. Prudência? Aparentemente está mais para ser um ou outro “impedimento” aqui e acolá, fazendo com que as conversas entre as partes continuem inconclusivas, ainda. De qualquer forma, hoje o PSDB pode até não ser a galinha de ovos de ouro da política aqui da cidade, mas é o único partido do aglomerado urbano que conta com 2 deputados, um federal e outro estadual, e isso o torna um tanto que cobiçado pelos pré-candidatos a prefeito. Ora, os partidos estão “lutando” para o PSDB se aliar a um deles, mas quem pode sair perdendo é o próprio partido se errar na escolha, e com o risco de não ter volta. Para acirrar essa “disputa” de aliança, o PTB já se prepara para realizar sua Convenção dia 25/07, provavelmente a primeira, e a do PSB deverá ser dia 05/08, provavelmente a última. Claro, prudência e sabedoria ainda conta, por enquanto, já que o que parece ser o melhor hoje pode não ser depois das convenções. Bom, pelo sim pelo não, mesmo porque errar não está mais no menu... portanto, se errar "já era" segundo uns e outros, principalmente se não souber o que planta...

     

 

  • 04/07 - Insatisfeitos à parte, o PT pode ter muitos defeitos e cometidos vários erros, mas a militância faz a diferença do partido quando se trata de “ir à luta”... e vai, unida, principalmente quando é fechada a questão de quem vai ser o pré-candidato a prefeito aqui em Várzea Paulista, como aconteceu em 2012. Dito isso, especulam nos bastidores que o MP é para estar investigando se há familiares de vereadores trabalhando no governo municipal, mas isso ainda não está confirmado e pode ser que até não seja. Também tem quem diz ter “funcionário-fantasma” no Legislativo, como também diz ter vereador que pode perder o mandato pelo fato da esposa ter trabalhado na câmara municipal como funcionária, e que também os que tem, ou tinha, filho e/ou parentes recentemente exonerado provavelmente para escapar de denúncia no MP. Bom, se é verdade ou não, há várias indicações e motivos para o Ministério Público estar atento, de olho e investigando políticos, prefeito e vereadores, com mandato. Pelo sim pelo não, aparentemente poderá acontecer de alguns serem declarados inelegíveis a partir desta próxima eleição... vamos ver... 
 
  • 02/07 – O PT de Várzea Paulista rachando? Parece que não...  Mesmo que “inesperadamente” um grupo de “dissidentes” do PT aqui de Várzea Paulista se “rebelou” e declarou apoio a candidatura do pré-candidato a prefeito Jr. Aprillanti, o PT fez sua plenária ontem, 01/07, na câmara municipal com casa cheia, contrariando todos os prognósticos de que o partido estaria “acabado”. Bom, de qualquer forma parecia que o PT vinha apresentando uma pré-campanha enfraquecida tanto pelo cenário nacional quanto por um jogo de interesses conflitantes aqui na cidade. Ora, os motivos são variáveis se for levado em conta o que cada “vertente” dentro do PT pensa e deseja para o partido. Entretanto, aparentemente, o problema que ainda existe dentro do diretório está na formação da chapa de vereadores e, ainda, sem nenhum partido oficialmente declarado como aliado. Entretanto, pode haver avaliações entre seus adversários se o pré-candidato do PT vai mesmo conseguir disputar as eleições, da mesma forma que há comentários insistentes se os candidatos do PSB, PSD e PV também vão disputar se forem impedidos de alguma forma. Aparentemente devem existir algumas “cartas na manga” para serem usadas no “momento certo”, segundo se houve nos bastidores e conforme entendimento de uns e outros, incluindo os que estão de “antena ligada” nos Inquéritos Civil em andamento contra o prefeito e vereadores no Ministério Público. Pelo sim pelo não, será que todos os hoje 6 pré-candidatos a prefeito e alguns dos vereadores estarão disputando as eleições de outubro? Obs.: Na próxima segunda-feira, 04/07 estaremos noticiando sobre a plenária do PT realizada ontem, 01/07.

 
  • 01/07 – Entramos em julho! Aleluia! Aleluia? Bom... Enquanto um pastor evangélico, de nome Ednaldo, que se passava por médico psicanalista na comunidade terapêutica Comad, Conselho Municipal de Politicas sobre Drogas, em Ivoturucaia, foi preso com a acusação de abuso sexual contra adolescentes (vide noticia no Jornal de Jundiaí) incluindo adolescentes aqui de Várzea Paulista segundo comenta uns e outros, inclusive contando com a “vista grossa” da esposa que é para ser diretora de uma escola no Jd. América IV, temos publicado no Facebook uma insatisfação dolorosa de mãe que revela a “competência” do governo nos assuntos de saúde pública mas, claro, levando em conta que a atual secretária foi recentemente nomeada e tem que resolver todo um caos que se revela complicado nos serviços da saúde pública e que, segundo a secretária comentou no Facebook, vai ajudar a mãe desconsolada e irritada com toda razão. Ora, como o prefeito e vereadores pretendem se reeleger desse jeito? Vejamos a postagem da mãe que, pelo sim pelo não, parece ser mesmo caso de Ministério Público... Oremos! Pelas crianças, claro...

 

 
  • 30/06 – Claro, como não podia deixar de ser circula mais um novo “boato”, o de que o governo deixou de depositar horas extras e os salários de comissionados, e que só será pago dia 05/07. Bom, se o governo municipal já amarga a contrariedade e injuria dos efetivos com o repasse parcelado da inflação, e comentam nos bastidores que o governo vai sair do “limbo” direto para o inferno astral sem passar por qualquer tipo de intervenção divina. Quanto a isso, e com o aumento de 12,5% no Bolsa Família concedido pelo governo federal, foi suscitado nas redes sociais duas questões publicadas pelos usuários do Facebook: a) se o governo federal concedeu esse aumento, porque em Várzea Paulista o governo dizia que o aumento da inflação era ilegal e não permitido pela lei eleitoral, se todos os municípios concederam a inflação de uma só vez e só aqui que não? b) será que um dia os servidores voltarão a ter o reajuste salarial pagos apenas em uma vez sem que tenha que ser dividido? Entre todas as cidades vizinhas é a única que vem fazendo isso há vários anos seguidos, até um apelido foi dado: "cidade do fracionado”, é pra acabar mesmo comenta quem publicou. E mais, esses usuários comentam que, quando chega próximo às eleições, são tantas inaugurações que daqui a pouco vão inaugurar até o nascer do sol. Bom, faltam menos de 100 dias para ser escolhido o novo prefeito e vereadores e, certamente, os atuais estão ou não “tranquilos” quanto a serem reeleitos? Oremos? 

 
  • 29/06 – Nesta muito iluminada manhã de quarta-feira, que seria ótimo se sempre assim fosse, temos ainda a questão do Conselho Tutelar e o que rolou ontem na câmara municipal. Vejamos:

    a) O Ministério Público está atento ao que acontece no Conselho Tutelar aqui de Várzea Paulista, certamente ciente que o ex-suplente é para ter um cargo no governo municipal, no CRAS Oeste ou Norte, e que está participando da Capacitação dos conselheiros e suplentes, mas que não poderia porque foi exonerado da suplência a pedido dele mesmo, e que agora quer voltar com a ajuda de advogado que trabalha na secretaria de Ação, e com isso o governo deve tentar impedir novas eleições. Inclusive dizem que o ex-suplente é “apoiado” por um dos vereadores. Bom, independente de uns e outros, a eleição para novos conselheiros tutelares deve acontecer.

    b) A noite de ontem na câmara foi de novo tumultuada, e de novo os vereadores, principalmente quem apoia o prefeito, desfiaram criticas ao governo (um áudio foi gravado de uma das falas - clique aqui para ouvir). O vereador Demércio foi contundente como sempre ao criticar a questão da UPA entrar em funcionamento com o hospital sendo fechado para reforma logo após a inauguração, e que vai questionar isso junto ao governo federal e no Ministério Público da cidade. Em outro momento Demércio criticou os vereadores que não fiscalizam o executivo, e que alguns vereadores estão “grilando” de terras na cidade. Nenhum vereador retrucou.

    Bom, pelo sim pelo não, se há vereadores da base de apoio do prefeito disparando contra o governo, então a reeleição deve estar na fase do “salve-se quem puder”, segundo línguas nem um pouco preocupadas...

 
  •  28/07 - Bom, circula nos bastidores um preocupante comentário em “segredo” que o governo está tentando manipular para evitar que novas eleições sejam realizadas no Conselho Tutelar para substituir a conselheira que saiu para disputar as eleições, já que o suplente pediu a demissão. Mas não deve ser verdade, porque se existir "sinais” de tentativa de manipulação “política”, isso seria demasiadamente desagradável aos olhos da justiça de proteção às crianças e adolescentes da cidade. Seria uma temeridade e "suicidio" do governo se embrenhar por esse caminho para tentar ter o C.T. “sob controle”. E porque o governo teria interesse nisso? Seria por algum motivo em particular rigorosamente mantido em sigilo? E mais, parece que isso já não é mais de conhecimento só dos bastidores... Por outro lado, o Hospital Municipal dr. Alcipio deixou de ser supostamente um hospital como deveria ser, já que era apenas como um pronto-socorro, temos que o governo municipal o assume verdadeiramente como Pronto-Socorro na sua condição no atendimento médico público aqui na cidade como Unidade de Pronto Atendimento, ou simplesmente UPA. Não existe mais o que nunca existiu, um Hospital de verdade como pregava que devia ser o atual prefeito na campanha eleitoral 2012. Claro, os atuais vereadores diziam a mesma coisa para conseguirem se eleger. Agora certamente vão dizer, pelo menos 8 deles, em alto e bom som que a UPA foi uma "conquista" também deles.  Oremos, mas pelas crianças e adolescentes aqui de Várzea Paulista...

 
  • 27/06 - Pronto! O governo finalmente pode comemorar a inauguração da UPA, que foi prometida antes para novembro/2014, e que inevitávelmente será motivo de “fiscalização” da “oposição”, “opositores” e críticos do governo em geral, justamente por ter “deixado” para inaugurar pouco antes das eleições municipais. Essa inauguração de forma alguma justifica a falta de medicamentos nas farmácias das UBS nestes 3,5 anos de mandato, coisa que o atual prefeito prometeu resolver na campanha eleitoral 2012 e nem “explica” o porque não consegue resolver, como também não entregou e não vai entregar o Poupatempo Saúde, principal “trunfo eleitoral” que lhe garantiu a eleição, e sem ao menos explicar porque não fez a Maternidade para varzino nascer aqui na cidade como ele mesmo prometeu na campanha 2012. Claro, línguas estratégicamente preparadas e “armadas até os dentes” vão disparar essas e outras promessas não cumpridas na área de saúde durante os 45 dias da campanha eleitoral 2016. Pelo sim pelo não, a saúde pública municipal continua sob “suspeita” de uso eleitoral... Oremos!

 
  • 25/06 – O Blog recebeu mais um email, só que desta vez o questionamento é diferente. Vejamos: "Em seus comentários sobre o que o Sr. chama de política, em nossa cidade não passa de “TROCA TROCA”. Trocamos o ZÉ pelo JOÃO e continua sempre igual. Para que o Sr. acha que esta briga toda para ser candidato numa cidade falida ? Fazer o bem para o povo ? Ora, o povo é mero detalhe e é lembrado só nesta ocasião. Sobre a Câmara e a nossa querida imprensa escrita, vergonha não é uma palavra que consta no dicionário deles. Todos (quase) estão onde estão as verbas e outras cositas más. O Sr. não tem escrito mais sobre o Mursa.  Desistiu ? Até onde o sr. publicou, nossos representantes estão vendendo lotes que ainda nem foram aprovados. Porquê ? Porque eles tem certeza que nossos políticos não vão, nesta legislatura pelo menos, fazer nadinha contra, apesar das marolas. Em troca de que foram agraciados com estes lotes ? Alguns nem precisariam pois, como o jornal Jundiaí Noticias e o sr. noticiou, até grilaram terras ! E as promessas de campanha ? Tem gente que ainda acredita! É dureza! Mas prezado senhor, em quem vamos votar ? Todos farinha do mesmo saco. O que interessa é o "TROCA TROCA ". Você me dá lotes e eu não voto contra. Simples assim! O sr. tem sido um Don Quixote, mas os moinhos de vento estão girando cada vez mais fortes ! E os Rocinantes querem ser reeleitos." Bom, pelo sim pelo não, é o que o email diz... Oremos!

 
  • 24/06 – Recebemos mais algumas imagens de mais uma outra enquete de intenções de votos também de junho. Claro, pode ser visto que nesta consta o nome do pré-candidato do PSB e que os números são outros. No entanto, não se deve esquecer que uma enquete é um indicador de intenção de voto do entrevistado. Bom, é mais um resultado que chegou ao Blog e vale conferir, enquanto se discute no Facebook o porque de 3 anos e meio para construir e inaugurar a UPA aqui na cidade, justamente próximo às eleições, e onde é questionado nos comentários se há ou não alvará da vigilância sanitária para funcionamento, e se a maca passa pela porta entre outras coisas. Pelo sim pelo não, a opinião pública e eleitores estão de olho...

 
 
  • 23/06 - Lembrando um passado que permanece presente, recebido via email e publicado dia 05/02/2015: 

       Vejo tantas igrejas em nossos tempos, pessoas e politicos que se dizem de Deus, pulam, gritam, fazem tanta coisa e fora da igreja não pagam suas contas, são caloteiros, mas dentro da igreja fala de seus irmãos. Essas coisas não me contam, EU VEJO.
       Lógico que existem pessoas que adoram a Deus de sua forma de seu jeito, com danças e tal, não sou cético ao ponto de julgar a todos, mas sou consciente para afirmar que nossas igrejas do Sec. XXI tem voltado ao tempo de infância espiritual e esquecido do verdadeiro propósito para o qual Cristo nos recomendou. 
    Mas que a MISERICÓRDIA do Senhor venha sobre nossas vidas (primeiro) para não estarmos julgando ninguém e também sobre seu povo para não ser negligente à Sua Vontade. 

      E que dizer dos pastores e padres que usam a fé e confiança dos fiéis para propósitos inconfessáveis ? Que usam inclusive para fins de poder político, para se beneficiar e beneficiar seus amigos e parentes. Conheço muitos assim, principalmente vereadores, que na missa e nos cultos PARECEM ser “corretos, honestos e santos” ante todos, mas nos bastidores tem aliança com o lado do mal, lado que MENTE, rouba, pratica pedofilia, dá em cima de mulheres casadas, valorizam amantes, prejudica os outros sem nenhum remorso, bate em mulheres e crianças, que só interessa sua ganância pessoal e despreza os ensinamentos de Cristo.

       Sim, sou Cristão com “C” maiúsculo, e me envergonho em pensar e ver esses políticos que se dizem religiosos, mas  praticam e vivem do lado do mal, como se Deus não estivesse vendo nada...

      Então, Oremos ! 

 
  • 22/06 - Então, a cada divulgação de uma enquete sobre os pré-candidatos a prefeito aqui em Várzea Paulista, observamos existir variações na linha do tempo ao se comparar com as já conhecidas anteriormente, ora privilegiando uns ora provavelmente estressando outros. De qualquer forma, somente quando as pesquisas de intenções de votos aceitas pela justiça eleitoral é que teremos um contexto mais próximo do que pensam os eleitores. Quanto a isso, mais uma enquete foi feita recentemente neste mês de junho 2016, e os resultados que chegou ao conhecimento do Blog foram os das imagens abaixo. Desconhecemos o motivo do porque o nome do pré-candidato Jr. Aprillanti não aparece em nenhuma das imagens. Pelo sim pelo não, vale conhecer mais esta prévia do que hoje, por enquanto, pensam os entrevistados... Obs.: Clique na ultima imagem para aumentar.

 
  • 21/06 – Então, o Blog recebeu mais uma email de munícipe injuriado que, aparentemente, pode ser um funcionário público ou não, e deve ter suas razões para tanto já que expressou seu descontentamento sem meias palavras. Vejamos:

    “Então o Vice Prefeito Rodolfo disse na reinauguração do campo do cruz alta que é o primeiro campo iluminado de Várzea paulista, e que isso é esperado a 50 anos ? kkkkk

    E o campo do jardim Diana também iluminado a muito tempo... que inclusive faz show e eventos pelo filho do vereador Silso das Neves até altas horas todas as semanas.

    O Secretario de governo David Alexandre vem difamando alguns comissionados por apoiar alguns pre candidatos de partidos que não apoia o pv para a reeleição do atual prefeito

    E o Prefeito Juvenal disse na reinauguração do campo cruz alta em tom exaltado que os fogos da queima foram doações, e não comprados com dinheiro publico como falam as más línguas, o Prefeito vem perdendo a linha ?

    E o David, vem exigindo tudo e mais um pouco dos comissionados mas ele mesmo não tem o mínimo de respeito no momento do hino de várzea, fica pra lá e pra cá, abotoando botão da camisa, criando inimizades com funcionários antigos da prefeitura e comissionados do atual governo que tem ligações com pré candidatos de oposição.”

    Pelo sim pelo não, nem vamos comentar sobre isso porque, segundo uns e outros, se Deus está no comando “ninguém” pode fazer nada não é? 

 
  • 20/06 - Ora, o Inquérito Civil nº 14.0469.000036/2015-5 que envolve 3 vereadores a partir de denúncia de “grilagem de terras”, conforme publicado no Jornal Jundiaí Notícias em 22/10/2015, parece que está se aproximando da sua fase final com a oitiva do principal personagem do governo anterior que “ajudou” nas “supostas tramóias” desses vereadores, e com isso o Inquérito Civil deve se transformar em Inquérito Criminal. Bom, se passar a ser Inquérito Criminal, o risco dos 3 perderem o mandato pode acontecer antes das eleições, ou após, e se forem condenados ainda poderão recorrer à 2ª Instância com o risco quase certo de perderem lá também. Claro, tem uns e outros que querem ver o circo legislativo pegar fogo geral, e estão comentando nos bastidores que, exceto o vereador do PT e talvez mais uns 2, a maioria dos vereadores estão “juntos e misturados” com o prefeito, ou pelo menos 8 estão. Isso pode significar que o governo está fazendo de “tudo”, “de todo jeito” e a “qualquer custo”, para tentar vencer as eleições. Entretanto, sabe-se de conversas no Fórum que a Justiça está atenta, e que no poder municipal ninguém está isento da intervenção da Justiça. E mais, segundo comentários, o temor de ser pego em maracutaia pela justiça deve ser estressante para o prefeito e para cada vereador que estiver "junto e misturado", da mesma forma que estão a maioria dos deputados e senadores de Brasília sob suspeita de malfeitos. Certamente aqui, aparentemente, quem estiver "denunciado" no MP pode estar sem saber o que é ter sossego e equilíbrio psicológico para continuar sendo o mesmo de sempre, ou mesmo “posar de inocente” segundo uns e outros. E, touchê!, a opinião pública e os eleitores parecem que estão igual a eles, ou seja: fazem-de-conta que não sabem de nada... Pelo sim pelo não, Oremos? Bom, quem tem que orar são eles, segundo os mui amigos... Vide no link a seguir: Andamento do Processo 

 

  • 18/06 – Então, a câmara municipal aqui de Várzea Paulista realizou ontem, 17/06 às 15:50h, sessão extraordinária para apreciar e votar em regime de urgência o Projeto de Lei 24/2016 do governo, que “Dispõe sobre a abertura de Crédito Suplementar e dá outras providências”. Bom, não precisa ser um especialista nesta questão para saber que o governo precisou disponibilizar recursos financeiros para fazer a Licitação da 1ª etapa do projeto de urbanização da Vila Real – Fase II, conforme previsto no Programa Minha Casa Minha Vida ainda em fase de aprovação pelo governo federal. Em outras palavras, no entendimento de uns e outros o governo ficou autorizado pelos vereadores a abrir crédito adicional no valor de R$ 2.056.842,95 para regularização fundiária na Vila Real, ou seja: “um conjunto de medidas jurídicas, urba­nísticas, ambientais e sociais que visam à regularização de assentamentos irregulares e à titulação de seus ocupantes, de modo a garantir o direito social à moradia, o pleno desenvolvimento das funções sociais da propriedade urbana e o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado”.  Até aqui tudo bem, é justo e necessário mas... A rua Ilha Bela vai ser contemplada? E porque só agora em ano eleitoral, pergunta-se nos bastidores, é que o governo vai fazer isso “às pressas" e justo em uma região em que a reeleição do prefeito não aparece bem cotada nas enquetes de intenções de votos, principalmente quanto teve mais de 3 anos antes para fazer isso? Estaria o prefeito, com apoio dos vereadores que aprovaram com “urgência” essa suplementação de crédito, que parece ser para fins eleitorais segundo se pode entender na mais superficial das avaliações dos eleitores e opinião pública? Ora, a sessão foi realizada com 9 vereadores, feito as leituras do PL e Parecer das comissões, que aprovaram o PL e encerraram em seguida a sessão pública, que só teve o Blog no plenário assistindo, e tudo em apenas 12 minutos de duração da sessão. Pelo sim pelo não, então sr. prefeito e vereadores, a opinião pública quer saber: é assim mesmo que se faz? Oremos, com muita fé!  Vide o Projeto de Lei 24/2016 aprovado  

 
  • 17/06 – REVISADO - Ora ora...Comentamos de novo porque tem muita gente irritada aqui em Várzea Paulista por ainda não ter entrado na pauta da câmara municipal as contas do atual prefeito rejeitadas pelo TCE, Tribunal de Contas do Estado de S.Paulo. Porque ? Como é isso ? Explicamos: o atual prefeito teve as contas municipais de 2013 REJEITADAS, com um PARECER DESFAVORÁVEL no processo 37 TC001715/026/13, em 24/11/2015, onde muitas irregularidades foram apontadas nas políticas públicas, execução orçamentária, gastos com pessoal, licitações, execução contratual, etc.. Claro, essas contas devem obrigatóriamente ser apreciadas e votadas/rejeitadas pela câmara municipal. Ora, línguas ferinas comentam que essas contas talvez sejam votadas SÓ APÓS AS ELEIÇÕES, com o governo contando com a maioria dos vereadores para não “prejudicar” o prefeito, segundo uns e outros. Bom, pensando no processo da rejeição das contas pelo TCE, se chegar na câmara e entrar na pauta do legislativo antes da campanha eleitoral pode dar “zebra” e o prefeito ficar inelegível, ou não? Como "garantia" pelo menos 8 vereadores estão a favor do prefeito, vereadores que estão dizendo estarem “comprados”. Segundo línguas afiadíssimas, os vereadores certamente deverá ir contra o parecer do TCE e deve “aprovar” as contas rejeitadas do prefeito. Mas quando? Ora, a opinião pública quer saber se, tanto o prefeito quanto os vereadores, acham mesmo que os eleitores não sabem, acreditam e ainda aprovam TODAS AS MANOBRAS que ocorrem na câmara municipal?   Oremos?
  • Em tempo: Conforme informações do presidente às 13:45h, a câmara municipal aqui de Várzea Paulista ainda não recebeu do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo as contas rejeitadas do prefeito referente a 2013. No link abaixo pode ser visto o Acordão do TCE da rejeição das contas 2013 do prefeito: 

http://www2.tce.sp.gov.br/arqs_juri/pdf/511642.pdf 

 
 
  • 16/06 - Mas oras... Vazou, mesmo com todo o “cuidado” e “vigilância” para ficar no segredo, não teve jeito como não tem nenhum segredo político que, dia mais dia menos, aparece. Vejamos então os novos “boatos” circulando nos bastidores e opinião pública aqui de Várzea Paulista...

    1) Em um comentário estratégicamente “descuidado”, provavelmente a partir do jurídico da prefeitura, foi revelado que o vereador ex-PT e agora pré-candidato a prefeito pelo PSD, que respondia a Inquérito Civil movido pelo Ministério Público a partir de denúncias sobre uniformes escolares “escondidos” na escolinha do Rocha e dos muitos litros, cerca de 1000, de água sanitária vencida “escondida” no ginásio de esportes, no período que foi secretário de Educação no governo anterior, agora passou a ser Inquérito Criminal, o que pode colocar um fim nas suas pretensões como pré-candidato a prefeito caso haja condenação. Entretanto, não se sabe se essas informações estão confirmadas e/ou não passam de especulações.

    2) Em uma reunião do prefeito aqui de Várzea Paulista, acompanhado do secretario e infraestrutura, com o deputado federal pelo PSDB aqui da região na última sexta-feira, 10/06, resultou em uma conversa um tanto que indigesta, quando deveria ser negociada uma aliança entre o PV e o PSDB. Bom, como não é desconhecido o lado “quente e arrogante” do prefeito segundo uns e outros, quando o deputado perguntou o que o prefeito teria a oferecer em troca do apoio do PSDB, ele respondeu que NADA, azedando o “diálogo”, perdendo mais uma oportunidade e ainda, provavelmente, criando um abismo nas verbas estaduais e federais que não está nada fácil. Ora, perguntam uns e outros, afinal o que o prefeito foi negociar com o deputado? Apoio em troca de nada? E mais, dizem que isso já foi comentado até no Facebook. 

    Pelo sim pelo não, tem mais coisas e tropeços “ocultos” a serem desvelados... Oremos! 

 
  • 15/06 – Hoje vamos abrir este Sinal de Fumaça com uma publicação no Facebook dia 14/06, em tom um tanto “desapegado”: “O que vc pode considerar um sucesso? Vou dar aqui a minha opinião singela: quando vc promove um evento e as pessoas vão espontaneamente e esse evento enche de gente buscando um mesmo objetivo aí sim é um tremendo sucesso; agora quando se promove um evento onde cada um de seus lacaios é obrigado a levar mais 6 amigos, eu disse: "obrigado", ai pra mim não é considerado sucesso e sim "pura ostentação. PRONTO FALEI.” Quem escreveu certamente se referiu aos eventos políticos da segunda-feira do PV no Led’s ou do PTB no Hotel Orquídea. Bom, o do PV lotou o local, maioria funcionários e familiares, apoiadores e simpatizantes, o do PTB teve ao menos a metade das pessoas do evento do PV, entre filiados, apoiadores e simpatizantes. Uma diferença entre os 2 eventos foi o serviço de Buffet aos presentes: no do PTB só foi oferecido água e café, enquanto no do PV foi servido água, refrigerantes e salgadinhos, mas a cerveja não foi de iniciativa e nem fornecida pela organização do encontro. Bom, é inegável que o do PV foi um mega, super, maxi, ultra evento que procurou mostrar a força política do governo em pré-campanha de reeleição do prefeito e vereadores, enquanto o do PTB pareceu ser apenas para apresentar ao deputado estadual, e presidente do partido, de como está a organização do PTB na cidade e os resultados conquistados. Pelo sim pelo não, línguas afiadas de uns e outros fizeram questão de comentar que o que mais chamou a atenção foi o fato dos 2 encontros partidários ser realizados no mesmo dia e horário, e em frente um ao outro... 

 
  • 13/06 – Pois é, é verdade e a Licitação está para ser publicada! O governo municipal aqui de Várzea Paulista vai recapear a av. Fernão Das em duas etapas: 1) Da V. Cristo, a partir da antiga empresa Dal Santo até rotatória na Lojas CEM, e 2) da rotatória na Lojas CEM até final da av. Fernão Dias e inicio da av. Duque de Caixas na esquina do restaurante Constantino. Isso é bom ? É sim, independente da verba ser solicitada por deputado ao município... mas a cidade “precisa” deste recapeamento COM TANTAS RUAS e AVENIDAS PRECISANDO DE REPAROS/RECAPEAMENTO? Uma pergunta que se faz na opinião pública é porque se consegue verba para a Fernão Dias e não para as outras avenidas e ruas que necessitam muito mais disso? É porque é ano eleitoral? É porque “precisa” ser feito pouco antes das eleições para garantir a reeleição do prefeito e vereadores? Porque não se tem verba para os bairros, mas para a avenida principal da cidade tem? Quem foi que fez essa “insensatez”, perguntam línguas muito inconformadas, de pedir verba para a av. Fernão Dias em uma cidade cheia de buracos e da falta de atenção para com as vias públicas? AH, O GOVERNO PODE DIZER QUE “NÃO PEDIU” essa verba, mas vai usar em ano eleitoral porque a verba veio e “não pode perder”. Bom, quem vai acreditar? Será que só quem está na av. Fernão Dias consegue reelege o prefeito e os vereadores? Pelo sim pelo não, o que os eleitores pensam disso? Choremos? 

 
  • 11/06 – Então... Foi publicado ontem em um jornal local que um empresário, do ramo de transportes que presta serviços escolares para a prefeitura, estava se colocando como pré-candidato a prefeito pelo PSB, sem que o PSB estivesse sequer cogitando essa possibilidade, segundo comentou no Facebook o próprio presidente do partido. Claro, essa "notícia" seria para tentar “desestabilizar” a pré-candidatura do Jr. Aprillanti, segundo se ouviu nos bastidores e opinião pública. E mais, o PSB está cogitando cancelar o registro de filiação do empresário, tirando-o do partido, por tentar complicar a decisão do partido já tornada pública. Línguas muito afiadas, seja verdade ou não, estão sugerindo que a matéria foi patrocinada pelo governo e pelas mãos de secretário de comunicação/governo, com a participação “inspirada” do “assessor externo” do vereador ex-PRTB recentemente filiado no PV. Bom, o que não entende nos bastidores e na opinião pública é o jornal ter publicado a “noticia” sem que a executiva do PSB fosse consultada da veracidade antes de publicar, o que gerou mais especulações da "notícia" ter sido “fabricada” para tentar desestabilizar o pré-candidato oficial a prefeito pelo PSB. Como o jogo político tem disso, nesse caso em particular a tentativa de reeleição do prefeito pode ter colecionado mais um tiro no pé, tanto no meio político como na opinião pública, se tiver mesmo alguma coisa a ver com isso, o que pode não ser improvável segundo uns e outros. Pelo sim pelo não, vai saber... 

     

 
  • 10/06 – Enquanto a maioria dos funcionários efetivos da prefeitura amargam o repasse parcelado da inflação no salário, decidido pelos 230 comissionados como o governo municipal queria, a câmara municipal concedeu os 9,83% da inflação aos funcionários de uma só vez e sem parcelamento. Portanto, como previsto durante as negociações, o parcelamento teve o propósito planejado pelo governo que todos sabem hoje qual é, e que revela não ter existido nenhuma impossibilidade jurídica eleitoral, certamente um teatro que também todos já sabiam. O que aconteceu foi mais uma ação da “política” do governo para contemplar os interesses da reeleição, que todos já sabem mesmo que neguem, segundo uns e outros. Mas o tiro pode e deve sair pela culatra, já que com isso o governo tem só parte do apoio dos comissionados e uma minoria de efetivos que foram nomeados, mas perdeu apoio da grande maioria dos efetivos incluído de alguns comissionados, segundo comentam nos bastidores. Lamentável, na opinião de funcionários de longa data, que o governo tenha tratado pela segunda vez os servidores com descaso para favorecer apenas uma minoria em troco de tentar a reeleição, em um processo completamente ditatorial que dizem ter sido a marca deste atual governo. Quem paga toda essa conta das Portarias de nomeações ? Não são os nomeados, são os contribuintes de impostos que agora já sabem como o governo de reconstrução atua na administração pública, certamente confiante que os eleitores não se importam com isso e nem irão se lembrar no dia das eleiçoes. Pelo sim pelo não, veremos como será o dia seguinte das eleições...

 
  • 09/06 – Bom, completando a informação referente ao Sinal de Fumaça de ontem, o cargo Assistente de Supervisor Departamental de Uso e Ocupação de Solo, provimento em comissão junto à Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo foi al terado para supervisor na Portaria nº 20.627 conforme o Diário Oficial do dia 16/05/2016, com salário maior, e realmente provocando a ira dos efetivos de carreira no setor e em outros setores. E não foi só isso, conforme se comenta nos bastidores, o ultimo Diário Oficial de Várzea Paulista nº 151 de 06/06/2016 parece confirmar o que os servidores efetivos suspeitavam: que o governo conseguiu parcelar o repasse da inflação para poder nomear mais 20 comissionados e 10 designações em função comissionada (que paga mais). Agora, segundo uns e outros, como o governo vai conseguir o apoio dos cerca de 2000 funcionários públicos efetivos com uma “desfaçatez” dessa, pretendendo se reeleger com “apoio” dos funcionários públicos? Ou o governo não se tocou ainda que a grande maioria dos servidores, incluindo muitos comissionados, estão fazendo de conta que apoiam o governo? Pelo sim pelo não, o Blog recebeu no email a listagem abaixo das 99 contratações desde 20/08/2015, compiladas do Diário Oficial sem incluir as recentes... Oremos! Ah, oremos sim, mas não como o governo quer segundo "fiéis" injuriados...

        - Lista dos comissionados desde agosto/2015

 
  • 08/06 – Enfim, que a verdade seja dita. Foi “desvendado” o “mistério” da “promoção” daquele que, comentava-se nos bastidores, seria filho da vereadora ex-PT agora no PV! Só que não, o “promovido” é filho da ex-assessora que trabalha com venda de queijos nas residências aqui de Várzea Paulista, ou seja, não é filho da vereadora. Mas acontece que a vereadora tem parte nisso, segundo explicam as línguas investigadoras do caso: na campanha eleitoral 2012 a ex-assessora pediu votos para a vereadora, que a retribuiu com um cargo na câmara municipal. Até aí quase tudo bem, mas aconteceu que a ex-assessora não comparecia na câmara para se dedicar só a vender queijos nas casas da cidade, o que estaria caracterizando-a como “funcionária-fantasma. Bom, para não se complicar após surgir a suspeita de denuncia no MP, a vereadora pediu a exoneração da ex-assessora. Depois da lambança de troca de partido até se filiar no Rede Sustentabilidade, que quase lhe rendeu cassação do mandato, a vereadora recebeu uma proposta do governo para ir para o PV. Em “contra-partida” o governo daria emprego para o filho da ex-assessora. “Fechado o acordo”, ela se filiou ao PV e o governo cumpriu sua parte admitindo o rapaz, conforme a Porta ria nº 20.562, Diário Oficial de 02/05/2016, para ocupar o cargo Assistente de Supervisor Departamental de Uso e Ocupação de Solo, provimento em comissão, junto à Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo, a partir do dia 01/04/2016. Verdade ou não, comentam que o “bom” disso tudo é para a vereadora, que poderá contar de novo com a militância da vendedora de queijos para conseguir votos para ela e para o prefeito tentarem a reeleição. Pelo sim pelo não, a opinião pública quer saber: quem é mesmo que está pagando essa conta toda? Oremos? Só se for por quem está pagando a conta...  

 
  • 07/06 - Bom, além da questão da rejeição dos servidores públicos efetivos por conta do dissídio 2016, o governo agora tem mais uma contrariedade e o mesmo grave problema pendente nas mãos, talvez o maior. Vejamos o email recebido pelo Blog de provável eleitor e morador na Rua Ilha Bela, ou de familiar ou de amigo, certamente injuriado até o talo:

    “Senhores do Blog, não sei mais a quem apelar e peço ajuda para denunciar a farsa que tem sido esse governo de Várzea Paulista, que nada faz pela população da rua Ilha Bela na Vila Real. Uma pouca vergonha deste governo de mentiras, sabendo das péssimas condições sanitárias e de vida desumanizada naquela rua. Em vez de fazer de conta que a rua Ilha Bela não é problema da prefeitura aqui de Várzea Paulista, porque não criam um Conselho de Valorização da Vida, Salvação da Cidadania e Dignidade Humana na Vila Real para ver se alguma acontece de bom por lá ? Não entendemos como o prefeito consegue falar de Deus no comando do seu governo, ignorando e deixando essa rua do jeito que está nestes 3 anos e 5 meses de governo. Aliás, o prefeito não pode alegar que a rua não faz parte do município porque ela fica na Vila Real aqui em Várzea Paulista e, inclusive, que ele sabe onde fica e foi lá pedir votos na campanha eleitoral de 2012. Todos os moradores se lembram, inclusive dos vereadores que só aparecem pouco antes das eleições e que logo começam a aparecer de novo. Outra coisa, porque o prefeito e os vereadores, que aparecem em tudo quanto é foto do governo, não aparecem em fotos com moradores na rua Ilha Bela? Tem vergonha? São eles os excluídos deste atual governo municipal, assim como foram os manifestantes de casa própria que hoje todos sabem que foram enganados? É porque são pobres ? Os moradores da rua Ilha Bela não votam? Digo mais ao prefeito, que saiu em fotos na rua Ilha Bela a pouco tempo atrás ao lado do chefe da infraestrutura e da maquina da prefeitura que finalmente estava fazendo a limpeza do esgoto da rua Ilha Bela mas, ficou só nos primeiros metros no inicio da rua e depois parou com o serviço. Porque?” Pelo sim pelo não, Oremos!... mas para que o prefeito perceba o que os moradores da rua Ilha Bela estão sentindo a respeito, moraddores que são eleitores e a poucos meses das eleições... 

 

  • 06/06 – Enquanto comentários de bastidores dizem que o comissionado e filho da vereadora que era do PT, depois do PSB, depois do Rede e agora no PV, foi promovido ao cargo de supervisor em uma secretaria que está no Facilita, e com apenas 22 anos ganhando muito mais que efetivos de carreira em menos de 6 meses no governo, a opinião pública reage contra as “novas” linhas de ônibus municipais, onde o governo aqui de Várzea Paulista “inteligentemente” licitou e contratou outra empresa do mesmo grupo que estava prestando esse MESMO SERVIÇO. Na prática não dá e nem tem como esconder, que estão comentando que foi trocado um pelo mesmo. Entre as muitas e variadas criticas, escolhemos 2 do Facebook para não dizerem que é critica implicante do Blog, e que foram postadas e muito compartilhado nas redes sociais. Claro, na sua página no Facebook o governo se "defende" argumentando que está fazendo tudo certo, só que os comentários são muito criticos e não favoráveis eleitoralmente falando... 

    1)   Davyd Delyra   – 05/06:

    Mentira é a tônica dos prefeitos do Aglomerado Urbano de Jundiaí

    Desta vez: Várzea Paulista!

    Usando as mídias própria e outras quase, a Prefeitura de Várzea, anuncia com toda pompa e alarde demagogos, que trocou a empresa de ônibus local.

    Mentira pura e deslavada. Tirou a RLC e colocou a Sumaré, do mesmo dono...

    Que vergonha!”

    2) Várzea Paulista pede Socorro – 03/06:

    Tempos atrás vim a dizer que o Prefeito juvenal foi comprado pela rápido luxo e agora a prova esta ai a empresa que ganhou quem foi kkkkk Rápido Sumaré do mesmo dono da rápido Luxo luxo, o Grupo Belarmino, alguns desse carros brancos ja estavam na frota, eles estavam rodando campo limpo e cabreúva e foi somente adesivado com a propaganda da prefeitura de várzea, mais e ai como vai ficar a população sofrendo do mesmo jeito falta de ônibus, carros andando atrasados, carros fazendo itinerários errados, vai reclamar e ai como foi comprado não terá ação nenhuma, ninguém resolve nada. Esta ai a várzea sendo castigada por mais um prefeito agora mais 15 anos desse lixo de empresa.
    Nos comentários vai as fotos de outros carros da empresa que rodava em campo limpo...

    Pelo sim pelo não, “ninguém” do governo está vendo isso?

 
  • 03/06 – O Blog registra, desde o seu inicio, o melhor acesso mensal de visitantes ao Blog em maio/2016:

    · Seguidores: 29.188

    · Visitantes diversos: 45.256

    · Total acessos no mês: 74.444

    · Média de visitas diária: 2.401 (o maior acesso em 1 dia foi acima de 4.200 e o menor 511)

    A principal diferença entre o Blog e as demais mídias locais, é que o Blog publica atualizações diárias do que acontece em Várzea Paulista, particularmente os assuntos políticos dos bastidores e opinião pública. E mais, a informação permanece registrada nas páginas e disponível por tempo indeterminado, podendo ser acessado a qualquer tempo, de qualquer lugar e até por celular. Soma-se a isso, abordagens que normalmente não são publicadas nestas mesmas mídias, e que é o maior diferencial nas informações disponibilizadas. Claro, o Blog não poderia deixar de ser critico do governo, pois em uma Democracia o direito de Opinião é parte da boa política e cumpre seu papel ao apontar e/ou denunciar o que os representantes públicos fazem com o poder e com o dinheiro público que lhes foi conferido pelos eleitores, entre outras coisas, tornando público o que pode ser tornado público do que acontece nos bastidores políticos, com responsabilidade e para que a opinião pública tome conhecimento do que acontece na administração municipal principalmente. O Blog comemora também 4 anos de existência, e espera estar contribuindo para que Várzea Paulista seja uma cidade cada vez melhor, e para o bem comum dos munícipes. Pelo sim pelo não, estamos presentes... Vamos que vamos... 

 
  • 02/06 – Ora, uma pesquisa que um eleitor fez no Diário Oficial aqui de Várzea Paulista parece indicar que foi “descoberto” o porque ainda está faltando remédios nas farmácias das UBS:

    PORTARIA Nº 20.688

    R E S O L V E:

    NOMEAR os integrantes da Junta de Administração do Fundo Municipal de Saúde, nos termos do artigo 4º, §§ 1º e 2º, da Lei Municipal nº 2.015, de 13 de julho de 2009, conforme membros abaixo relacionados:

    I – Monica Rodrigues de Carvalho - Secretária Municipal de Saúde;

    II – Marli Ramos – Secretária Municipal de Finanças;

    III - José Roberto Spinucci – Secretaria Municipal de Saúde;

    IV – Vânia Marques – Secretaria Municipal de Saúde.

    Publique-se, registre-se, dê-se conhecimento e arquive-se.

    VÁRZEA PAULISTA, QUARTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2016 JUVENAL ROSSI PREFEITO MUNICIPAL

    Bom, estão comentando que isso é muita falta de “respeito” para com a saúde, talvez porque o fundo municipal de saúde só tenha representantes da Saúde e um de Finanças. Pelo sim pelo não, CONTINUA FALTANDO REMÉDIOS nas farmácias há 3 anos e 5 meses, ou seja: desde o início do mandato deste atual governo municipal...

 
  • 31/05 - Tem coisa que é só por Deus mesmo. Ontem, 30/05 a partir das 16h, os representantes sindicais dos funcionários públicos fizeram outra reunião em frente à prefeitura, uma manifestação para "incentivar" o governo a fazer o repasse da inflação nos salários. Ora, o mau tempo frustrou a concentração que foi suspensa por vontade da maioria dos presentes, cerca de 30 pessoas. Mas não foi só isso, entre servidores e sindicato surgiu algumas especulações sobre uma suposta proposta do governo, que aparentemente vai conceder os 9,83% da inflação no reajuste salarial. Claro, essa proposta inclui arroubos políticos estratégicos atribuídos ao prefeito, quando comentam ele ter dito: "vou conceder os 9,83% mesmo que seja ilegal, e se o TSE me processar por isso entro também com processo no Ministério Público". Bom, tem mais, o governo quer conceder o repasse da inflação em 3 parcelas: uma parte em 15/06, outra em setembro e uma ultima em novembro, que vai ser apresentada nas negociações de hoje, 31/06 às 13:30h. E mais ainda, que o governo vai mandar TODOS os comissionados na Assembleia às 18h para "ajudar" na aprovação da proposta. Evidentemente, segundo línguas estressadas com o governo, que estima-se ser a maioria dos funcionários efetivos, a aprovação só vai acontecer se os funcionários efetivos aceitarem (uns 1800), o que impede os comissionados decidirem por não serem a minoria (uns 230). Com os servidores irritados, parece que o governo está jogando suas ultimas fichas "psicológicas” que, no entendimento dos servidores, o jogo do governo é para não ter que demitir comissionados que podem ajudar na reeleição do prefeito, mas, claro, as custas do sacrifício dos efetivos que são a grande maioria. Como arremate, os servidores lembram do que aconteceu em 2014 onde, na queda de braço, tiveram que abrir mão do repasse da inflação, também do governo ter que exonerar os comissionados "herdados" do governo anterior e tentar reduzir o valor da quitação de cada um, sem reduzir os cargos de comissão conforme prometeu na campanha eleitoral 2012, e ainda fazendo tudo ao contrário do prometido. Pelo sim pelo não, a brasa está queimando forte na mão do governo... pelo menos é o que parece, ou não?
 
  • 30/05 - Recebemos o preocupante email abaixo, de servidor público municipal aparentemente revoltado com governo aqui de Várzea Paulista:

    Punição a servidores públicos
    Bom dia, sou leitor deste blog e servidor público concursado a oito anos deste município. Sabe-se que em maio é nosso dissídio salarial e, segundo a administração, este ano é proibido repassar o aumento real, mas a lei 9504/97 é bem clara, onde permite repassar a inflação, e com certeza a administração faz vista grossa. 
    Servidores descontentes criaram um grupo no whatsapp, onde fizemos criticas ao que está acontecendo, não só ao dissídio, como frota de veículos sucateados, sem documento, sem as mínimas condições de circulação, sem material de trabalho em muitas secretarias, ruas esburacadas, etc.
    Fiz duras criticas a esta administração, e o responsável pelo prédio Facilita (Biro) ficou sabendo, e levou ao conhecimento de meu supervisor (Riberto). Para estas duas pessoas é Juvenal no céu, e Juvenal na terra. Não trabalham para administração publica e sim para o prefeito. Esquecem que o prefeito é só um representante do município, logo dará o cargo a outro representante, sendo que a administração publica sempre será a mesma. 
    Pois bem, minhas criticas geraram a ira destes dois, que agora vão entrar com um processo administrativo contra mim. Um absurdo, pois quem critica a administração, não só no Facilita como em outras Secretarias, querem punir o servidor severamente.
    O mais estranho que os cargos de comissão defende a administração do Juvenal com unhas e dentes, dizendo que nunca teve uma administração tão competente e atuante como esta. Mas pelo visto os concursados tem que ficar calados, para não serem punidos. Ou voltamos a ditadura militar, ou a Várzea Paulista passou a ser outra Republica, ditando regras rigorosas com feitores dispostos a punir a qualquer custo os insatisfeitos com a atual administração.

    Pelo sim pelo não, então é assim sua administração sr. prefeito, autoritária como comentam nos bastidores? Ninguém pode ter opinião própria no seu governo, e ainda quer ser reeleito ? Sério ? Os votos dos funcionários efetivos não vão lhe fazer falta no dia da eleição? É para ser cerca de 1800, contra apenas cerca de 230 comissionados... 
     
 
  • 30/05 - As especulações aqui em Várzea Paulista “garantem” que “vários partidos” estão em estado de imobilidade forçada para manter o “faz-de-conta” que apoia o candidato a prefeito da pretensa coligação. Ora, as especulações apontam apoio em pelo menos 3 direções, a serem definidas somente nas convenções municipais. Isso é novidade? Não, de jeito nenhum... E como é isso? No jogo do poder aqui em Várzea Paulista, tem partido, inclusive na base aliada do governo segundo se ouve nos bastidores, que só vai definir seu apoio oficial ao candidato que estiver na frente das pesquisas. E, claro, conversações “secretíssimas” ocorrem continuamente entre quem está apoiando “oficialmente” um pré-candidato com outro pré-candidato a prefeito de outro partido. Parece normal? Parece, e é assim mesmo, inclusive porque todos querem estar no poder com quem vencer as eleições 2016. E o povo ? Bom, o povo é só um detalhe, apenas vota e elege o prefeito e, com ele, quem o apoiou para estar no poder. Pelo sim pelo não, e de qualquer forma, todos os prefeitáveis tem se mantido aparentemente tranquilos com o que se passa dentro e fora dos bastidores e, segundo maior parte deles, não há “pressão” e o tempo transcorre sem sobressaltos, sem deixar de destacar a “confiança” do governo em vencer as eleições. Foi assim na eleições de 2012. Pelo sim pelo não, está previsto turbulências políticas ainda contidas até as Convenções Partidária Municipais, quando termina o prazo do partido que vai apoiar quem... 

     

 
  • 27/05 – Bom, um jornal que circula semanalmente na cidade publicou que o atual prefeito aqui de Várzea Paulista já conseguiu mais de R$ 14 milhões de reais para aplicar na cidade desde o inicio do mandato, sendo a maior parte através de deputados da região, e sem entrar na questão se há ou não parte deixada em andamento pelo governo anterior... Até aí tudo bem, é elogiável, e representa uma média anual de R$ 4 milhões por ano nestes até agora 3,5 anos de governo, ou a média de cerca de R$ 334 mil por mês. Entretanto, uns e outros se sentiram inconformados ao comparar com o que o governo anterior conquistou de verbas para a cidade, e tem quem diz que nem chegou perto do que o ex-prefeito do PT trouxe. Ora, como surgiu comentários questionando a atuação do governo e que o ex-prefeito anterior fez muito mais que o atual, para dirimir a duvida perguntamos ao ex-prefeito: “Boa tarde! O Jornal Notícia publicou que o atual prefeito trouxe 14 milhões para V.Paulista  desde 2013. Pode me confirmar quanto vc trouxe no seu mandato de 2004 a 2012?" O ex-prefeito respondeu: “Do governo federal trouxe 80 milhões em 8 anos”. Bom, isso significa que em 8 anos de mandato o ex-prefeito trouxe do governo federal R$ 10 milhões por ano, ou a média de cerca de R$ 834 mil por mês. Claro, isso poderia ser muito melhor explicado e entendido pelos eleitores se o atual prefeito aceitasse debater com o ex-prefeito, como já foi proposto... Mas, pelo sim pelo não, o que realmente impede um debate entre eles? 

 
  • 25/05 - Mas o que é isso ? Tem vereador usando de igreja e prometendo cargos para apoiador que ajudar conseguir votos para se reeleger ? Dizem que tem. Bom, se cada vereador prometer 2 cargos para “apoiadores”, e tiver “só” 100 apoiadores, então como  vai colocar 200 dessa turma na prefeitura caso seja reeleito? E se todos os vereadores estiverem fazendo isso, como colocar 2200 apoiadores para trabalhar no governo? Bom, línguas possessas de indignação querem saber que historia é essa, e perguntam: estão mentindo só para se eleger, ou não? Independente disso, sabe-se que o vereador Ivan tem conversado com a família quanto à concorrer para vereador, inclusive ele tem recebido ligações de amigos e incentivadores para não desistir da política, e parece que ele está deixando em suspenso sua decisão de participar ou não das eleições como candidato. Por outro lado, e pelo sim pelo não, uma avaliação dos bastidores entrevê que ainda tem MUITA coisa para acontecer e a ser reavaliada até o inicio da campanha eleitoral propriamente dita... Veremos...

 
  • 24/05 - Bom, enquanto inexplicavelmente a câmara municipal cancela a sessão legislativa de hoje já que o feriado é na quinta-feira, 26/05, o vereador Ivan comentou dias atrás desistir da sua reeleição e apoiar seu irmão para vereador, segundo um vídeo publicado no Facebook. Essa decisão seria por questões de saúde, mas também poderá assumir uma secretaria no atual governo, em troca de apoio para a reeleição do atual prefeito. Entretanto, permanece confuso o desenrolar disso tudo já que se filiou e está no PSB. Claro, isso tumultua a base da aliança do pré-candidato a prefeito do PSB. Outra coisa, o vídeo foi removido do Facebook sem maiores explicações, o que pode significar que ele pode ter mudado ou pensa mudar de ideia e continuar na disputa para vereador. Por outro lado, uns e outros não entendem que Ivan queira deixar de participar ativamente da política aqui de Várzea Paulista. Em todo caso, se ficar mesmo confirmado que não vai concorrer, então mais uma vaga fica praticamente aberta no legislativo nestas eleições. Também espera-se que outras vagas dos atuais vereadores possam ficar disponíveis antes das eleições. Por enquanto, segundo se sabe aqui, ali e acolá, Ivan está avaliando com a família o que deverá ser o melhor para ele. Pelo sim pelo não, comentam nos bastidores que ele é assim mesmo, sem stress...

 
  • 23/05 - A corda da disputa no dissídio entre sindicato e governo está complicando o lado do governo, segundo uns e outros nos bastidores.. Vejamos o que se viu no Facebook dias 21 e 22/05:

    Juvenal Rossi: Boa noite meus amigos! No encontro de hoje , o Dr Oscar Maximiliano (responsavel pela sede regional do TCE Campinas ), confirmou que a existencia de regras , envolvendo a concessão de reajuste salarial neste ano, se tornou tema polêmico e que inumeras cidades estão inseguras com relação ao assunto. Segundo ele a interpretação que vem sendo divulgada pelo tribunal de contas, que veda a concessão de reposição salarial com indice anual da inflação após 04/04 , traz riscos para servidores , prefeitura e para gestores públicos. Na oportunidade o Dr Oscar questionou sobre a ausencia do representante do sindicato da categoria e informamos a ele que o sindicato embora convidado preferiu não nos acompanhar. Após uma conversa enriquecedora , acompanhada por servidores efetivos da prefeitura , fomos orientados a fazer uma consulta formal ao ministério público eleitoral de Várzea Paulista, o que fizemos já no inicio da noite de hoje. Não vamos medir esforços para conceder o reajuste salarial dos servidores públicos. Estamos confiantes !

    Sindicato dos Servidores Públicos de Várzea Paulista, Jarinu e Cajamar: Como aprovado em assembleia geral dos servidores, que era para o sindicato fazer a consulta individual e não em conjunto om a prefeitura municipal. Hoje vimos as postagens do prefeito, ate o TCE-SP, dizendo que estava indo para Campinas e que fomos convidados E NÃO aceitamos o convite. Pergunto para você servidor quem saiu com a historia dizendo que em ano eleitoral não pode dar o repasse inflacionário, não foi o sindicato, e sim a prefeitura. A prefeitura que precisa voltar atrás dessa conversa mole e conceder nosso 9.83%. Provamos que não fugimos da luta fomos até o TRE-SP e fizemos o protocolo sobre a consulta para dissipar esse mal entendido.

    Rosineide Sanches: A coisa esta tão descarada que o governo persuadiu o presidente da câmara para não dar aumento esse mês para não aguçar os funcionário da prefeitura e o convenceu a soltar uma matéria alegando que esta em consulta ao TRE para ver se pode dar aumento onde já se viu tanta palhaçada sendo que repasse de inflação é permitido sim, na hora de passar projetos na câmara esse presidente fica tentando se basear no rigor da lei mas na hora de enganar os funcionários da câmara que vão receber o aumento com uma mês de atraso e na hora de passar um projeto de restruturação ilegal ajudando uns funcionário e prejudicando outros ele não usa o rigor da lei, tomara que nas urnas o povo use o rigor da lei vamos ver se depois que o Ministério Publico se manifestar se neguinho vai continuar com a petulância e nariz empinado.

    Bom, pelo sim pelo não, a queda de braço está cada vez mais complicada...

 
  • 20/05 – Agora que o governo exonerou o secretário de saúde aqui de Várzea Paulista nomeando outro, será que serão resolvidos todos os problemas da saúde pública que o atual prefeito denunciou na campanha eleitoral 2012, considerando que ficou 3 anos e meio sem explicar as questões no atendimento referente ao hospital, a falta de medicamentos, a maternidade para varzino nascer na cidade, marcação de consultas para atendimento em menor prazo, o fechamento da UBS Jd. Paulista, etc.? Essas são perguntas que a opinião pública quer saber, e mais: porque só agora faltando 4 meses para as eleições é que o governo está “motivado” a “entregar obras”, como que em um “passe de mágica ou milagre”, mesmo não parecendo ser o que está sendo dito que é? Os comentários mais recentes nos bastidores e governo dizem que AGORA será inaugurado a UPA, Unidade de Pronto Atendimento, e o hospital passará a ser chamado de “poupatempo saúde” para depois dizer nos discursos que foi cumprido o prometido na campanha 2012, segundo disparam línguas desconjuradas... Só por Deus, dizem uns e outros que, na falta do governo não saber explicar porque não teve como cumprir a promessa, então usa dessa “estratégia” para se justificar perante o eleitorado injuriado e desacorçoado. E mais, comentam também que, em verdade, o governo pensa que os eleitores não se interessam, não tem e nem precisam saber “detalhes” do que faz... Mas, os eleitores estão querendo saber onde Deus está no comando nisso tudo e em outras coisas. Pelo sim pelo não, parece que o governo pensa mesmo que “está tudo sob controle”... Oremos, mas pelos eleitores!

 
  • 20/05 - Enquanto não se sabe como anda a Licitação para o concurso de contratação de funcionários públicos, sob forte suspeita de "acordo" na opinião pública, em ano eleitoral é assim: VALE-TUDO para se eleger, até o que “ninguém” sabe... e aqui em Várzea Paulista a política não foge à regra. Ora, por enquanto “ninguém” está sabendo que o governo municipal está se preparando para asfaltar a Av Fernão Dias em toda sua extensão com “recursos próprios. Mas, “recursos próprios” mesmo? E a falta de medicamentos e outras prioridades na saúde pública? Será que mudar o secretário  de saúde é suficiente para resolver em 4 meses o que não foi resolvido em 3 anos e meio “por falta de dinheiro”, e agora vai asfaltar toda a av. Fernão Dias? Sério? E as outras ruas dos bairros todas esburacadas? Não asfalta e porque dão poucos votos, e na avenida todos pode ver que o “governo trabalha”? Ora, só que isso acontece em ano eleitoral, segundo uns e outros, não é? Entretanto, línguas que sabem o que “ninguém” sabe, estão dizendo que será um “investimento tipo contra-partida” a ser mantido na condição de “segredo” entre as partes, a ser financiado pela empresa que venceu a Licitação do Transporte Municipal que faz parte do grupo que hoje ainda faz as linhas atuais na cidade. Não que isso seja ruim, não... mas, a “estratégia” nesse caso parece ser a mesma do “Movimento Salve a Serra do Mursa” para tentar cancelar os loteamentos para o atual prefeito vencer  as eleições, mesmo que não seja necessário asfaltar a avenida, com a diferença de agora ter quem vai pagar para o governo dizer que vai fazer com “verba própria”. Tomara que isso não seja verdade, dirão os eleitores quando souberem... Pelo sim pelo não, cada uma que se ouve não é ? E se for mesmo verdade?

 
  • 18/05 – Depois que uma Kombi da prefeitura foi guinchada, após acidente de transito próximo ao CEU, com o motorista sem carteira de habilitação e documento do veículo vencido, segundo se comenta na opinião pública, ontem a noite na sessão pública da câmara municipal aconteceu mais uma REVIRAVOLTA, que por fim provocou a retirada o Requerimento que autoriza Audiências Públicas para debater a revogação da Lei Complementar 221/2011, a que permite os loteamentos no Mursa, logo após discussão inflamada entre o vereador Demércio e o presidente do Legislativo. Bom,com isso permanece a suspeita de que o governo quer porque quer que os loteamentos sejam realizados mas, por outro lado, pode ser que o governo municipal não esteja querendo dar continuidade aos loteamentos. Não se sabe exatamente, e se é ou não verdade, mas o que se comenta nos bastidores é que o líder do governo é quem está empenhado em garantir que os loteamentos sejam liberados por ser sócio de um dos empreendedores. Bom, agora o presidente da câmara engavetou o Requerimento, que pode se complicar se o vereador Demércio entrar na justiça para realizar as audiências públicas. No entendimento de uns e outros, uma conversa entre esses vereadores, representantes dos eleitores, pode perfeitamente descomplicar o que parece estar complicado. Ora, certamente deve e pode haver entendimento para se evitar dores de cabeça entre eles, que nenhum merece, se levarem em conta quem ganha e quem não ganha com isso. Pelo sim pelo não, nada impede...

 

  • 17/05 – Então... Enquanto o PT aqui de Várzea Paulista se prepara para o lançamento da pré-candidatura do ex-prefeito Eduardo até inicio de junho, o governo municipal promove hoje mais uma reunião as 10h com os representantes dos servidores públicos municipais para mais uma rodada de negociação de reposição salarial. Bom, segundo línguas muito irritadas, o governo tem tentado não repassar o índice de inflação de 9,83% que outras cidades do aglomerado urbano já concederam. Certamente, conforme comentam uns e outros, isso é para o governo evitar ter que demitir vários comissionados que devem ajudar na reeleição do prefeito, uma vez que o repasse da inflação vai ultrapassar o limite de gasto com pessoal permitido por lei. Mas a questão é que, em pleno em ano eleitoral, esse tipo de impasse enfraquece o apoio e votos que o governo poderia contar dos servidores nas eleições de outubro, que provavelmente não faz mais parte das expectativas dos funcionários efetivos. Ora, mesmo concedendo o reajuste dos 9,83% o governo já contaminou com aumento de rejeição, os votos dos servidores para a reeleição do prefeito. Ainda hoje, às 16 e 17:30h, o sindicato promove mais uma assembleia para apresentar o resultado da reunião como governo, e decidir o próximo passo. Pelo sim pelo não, a palavra GREVE já está sendo dita como decisão caso o governo não queira repassar a inflação... Oremos ? Ou não é o caso ?  

      

 
  • 16/03 – Licitações, principalmente as do Transporte Público Municipal e Iluminação Pública, entre outras, inexplicavelmente “empacadas” na gestão pública do governo municipal aqui de Várzea Paulista, começam a levantar suspeitas nos bastidores e opinião pública de que alguma coisa, no mínimo estranha, deve estar acontecendo e que precisa ser esclarecida, mas que o governo não explica de jeito nenhum e mantém o argumento de que “está em análise”, exceto a do concurso para contratação de novos funcionários muito mais suspeita segundo uns e outros. Uns e outros comentam que várias hipóteses podem existir nestas “análises” que, entre algumas, pode ser de erros cometidos na redação do Edital e até mesmo na escolha do vencedor. Claro, e ainda pode existir a possibilidade de vício passível de denúncia ao Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado de S.Paulo. De qualquer forma, é muito estranho estarem “paradas”, o que implica uma sensação de incompetência do governo na realização das mesmas, tanto que várias já foram recusadas pelo TCE e refeitas para corrigir impropriedades. Segundo se especula, o governo estaria no impasse de, a) O preço na Licitação está maior que o praticado hoje na cidade, gerando o impasse, b) se aprovar a Licitação de Transporte Público poderá se complicar junto ao eleitorado, por a empresa vencedora pertencer ao grupo do transporte público intermunicipal, já que a população reclama da mesma, c) se não aprovar o governo também pode se “queimar” no eleitorado por não cumprir o que disse que estava fazendo. Segundo uns e outros, parece mesmo que o governo preparou uma “armadilha” para si mesmo e, em qualquer alternativa, estará dando um “tiro no próprio pé”...  Pelo sim pelo não, línguas que querem ver o circo do governo municipal pegar fogo, estão torcendo para vá parar no MP e TCE esta história toda... Oremos? Talvez ainda não, o prazo de orar pode estar em análise... 

 

  • 14/05 -  E a Ciclovia no Mursa? Bom, não é para ser mentira mas também não é para ficar pronto antes das eleições, Claro, começaram o “projeto”, ainda muito mal visto pelos moradores do bairro porque foi feito do lado “errado” da pista que tem mais de 30 acessos em propriedades, contra apenas 5 do outro lado, sendo desmanchado e refeito várias vezes. Ora, como o governo “precisa” mostrar que está fazendo obras, uns e outros estão dizendo que o prefeito posa ao lado da Ciclovia como “realização” do seu governo, mas... segundo esses atentos uns e outros, a foto parece ser mais uma “pegadinha política” para dar a impressão de que obra está pronta, só que NÃO ESTÁ. A foto da Ciclovia publicada no Facebook mostra apenas parte do pequeno trecho que está pronto, mas a verdade é que mais de 70% da obra está inacabada e com trechos sequer começados, conforme a foto acima. E mais, os moradores do bairro do Mursa constataram que em algumas partes da estrada só passa um carro de cada vez, ou seja, a Ciclovia estreitou a pista comprometendo a segurança dos motoristas e gerando acidentes. Claro, línguas descomprometidas com o governo comentam que “ninguém” está pensando que as fotos tem implicações eleitorais, da mesma forma que dizem que "não teve" o “Movimento Salve a Serra do Mursa” em 2012, não é mesmo? O eleitor acredita que tem viés eleitoral na foto, ou não? Pelo sim pelo não, só Deus sabe... Oremos!  

 

  • 13/05 - Como todos puderam ouvir na primeira entrevista do novo presidente interino, ao contrário do que sempre tem repetido o atual prefeito aqui de Várzea Paulista, Michel Temer assumiu o governo federal sem mencionar uma única vez que pegou o governo quebrado e individado, como convém a um estadista. Ele nem deverá futuramente usar esse tipo de argumento, ou seja: ficar dizendo o tempo todo que pegou um governo endividado. Disse apenas que existe um rombo nas contas do governo, que as contas precisam ser reequilibradas e que "não podemos mais falar em crise", destacando uma frase que viu em um posto de gasolina: "Não fale em crise, trabalhe". Sem duvida, é o tipo de argumento e direção que pode e deve ser usado e praticado por todos os pré-candidatos a prefeito aqui na cidade. Outro ponto é o novo presidente também ter dito que vai diminuir o número de funcionários comissionados para reduzir despesas do governo e, quanto a isso, os bastidores, opinião pública e eleitorado lembram que também o atual prefeito nada fez nesse sentido, mas poderia ter feito, preferindo manter a folha de pagamento no limite permitido por lei para cumprir os compromissos de campanha, e continuar dizendo desde o 1º dia do mandato, e o tempo todo, que a prefeitura "não tem dinheiro" por culpa do governo anterior. Pelo sim pelo não, falta apenas pouco mais de 4 meses para os eleitores trocarem todos, prefeito e vereadores, na contagem regressiva e expectativa de uns e outros...

     

  • 12/05 – Então, terminou no inicio da manhã de hoje o segundo tempo do processo de impedimento da Presidente da Republica no senado federal, com 55 votos SIM e 20 votos NÃO. Também hoje o vice-presidente assume o comando do país nomeando os novos ministros, como era esperado e amplamente divulgado nos noticiários. Bom, as atenções agora estão voltadas para o presidente interino, enquanto o impedimento entra nos seus 180 dias para julgamento definitivo e deve ficar em segundo plano. Neste processo todo viu-se duas posturas diferentes no Congresso Nacional. 1) Na câmara dos deputados, viu-se os representantes eleitos “inflamados” nas discussões, portando cartazes e dizendo palavras de ordem e, inclusive, até mesmo pronunciando seu voto em nome de Deus, da família, etc.. 2) No senado federal viu-se os representantes eleitos equilibrados e conscientes do momento político e social que vive o país, apresentando suas avaliações e razões, muitas eminentemente técnicas, e votando sem alarde. Portanto, um novo momento político se inicia hoje no Brasil com Michel Temer, e um período que obriga muita reflexão e reavaliação política/partidária deve começar no PT. Ora, Dilma estará sendo julgada até 10/11 pelo senado federal e, se Brasília pode ser considerada o Macrocosmo da política nacional, com o Congresso julgando a presidente, o governo aqui de Várzea Paulista seria o Microcosmo, ou seja: assim como em cima é embaixo e, nesse caso, os vereadores municipais seriam os que deveriam fiscalizar e julgar o prefeito mas... não é bem assim, e nem foi durante todo o mandato. O que se observa na opinião pública é que o prefeito e os vereadores serão julgados pelos eleitores dia 04/10 nas urnas: pelo fizeram, pelo que acham e dizem que fizeram e pelo que não fizeram. Pelo sim pelo não, Oremos! 

 

  • 11/05 – Com o senado federal realizando a sessão de hoje para decidir a questão do impedimento da Presidente da Republica, temos que mais um vereador, como também outros, está querendo ser o “pai da criança” na questão da ligação da rua Sorocaba com a rua Aparecida do Norte no Jardim Paulista, publicando no facebook: “Esse vereador, trabalhou junto com os secretários da prefeitura para que essa demanda saísse...” Ora, esse vereador que era do PRP e foi para o PV, é para ser outro que não tem nada para mostrar como ação sua aos  eleitores, e que hoje está “reivindicando” para si o que foi de iniciativa de outro vereador, no caso o hoje presidente da câmara que em 2009 fez a indicação nº 90/09 em 26/02/2009 ao governo de então. Os comentários nos bastidores, seja verdade ou não, são de que tem mais outros vereadores  fazendo a mesma coisa, e até coisas que só por Deus no “vale tudo” para tentar se reeleger depois de nada fazer em 3,5 anos no mandato, apenas tratando de seus próprios interesses, se fazendo de “superiores”, apreciando bajulação e sem que nada tenha feito para promover o bem da população e ter o reconhecimento e admiração dos eleitores, agora “apelam” para qualquer coisa que possa ficar bem aos olhos de quem vota aqui em Várzea Paulista. Ora, línguas que querem a renovação da câmara municipal, estão dizendo abertamente que os vereadores estão colhendo o que plantaram, ou seja: NADA... Feio não é mesmo ? Pelo sim pelo não, um pouco de humildade cairia bem nos vereadores, ou não ?

     

 

  • 10/05 – Então, cada uma não é? Enquanto o governo municipal aparece de novo como noticia desfavorável no Jornal de Jundiaí quanto ao Hospital Municipal, o vereador que posa em fotos ao lado de buraco tapado para publicar nas redes sociais, e que certamente não tem nada para mostrar como representante do povo, que apareceu também na obra do viaduto da ponte seca, e agora ao lado do Poupa Tempo Móvel que estará atendendo aqui em Várzea Paulista entre hoje e dia 21/05, ao lado do Facilita, para atender a população conforme negociações via deputado estadual Luiz Fernando do PSDB, em conjunto com a dra. Érica Midori, Juíza do Fórum da cidade. Claro que isso não tem nada a ver com o vereador, e nem com qualquer outro. Aparentemente até o momento o governo municipal só divulgou essa informação no site da prefeitura. Entretanto, o vereador, e qualquer um outro, bem que podia(m) participar da Assembleia dos Funcionários Públicos em frente ao sindicato da categoria, hoje 10/05 às 16h, em sinal de apoio aos mesmos na votação do resultado das negociações ontem com o governo. Pelo sim pelo não, qual vereador se dispõe a ir na Assembleia e depois postar fotos nas redes sociais ao lado dos funcionários, exceto o vereador Demércio? Qual deles? Afinal os servidores também são eleitores, e estão tendentes à GREVE já que o governo parece não querer conceder e repassar a inflação integral nos salários deste dissídio...

 

  • 09/05 – Como era de se esperar, o governo municipal continua divulgando nas redes sociais qualquer coisa que mostre uma ação do governo, conforme orientação transmitida para cada secretário municipal, desde limpeza de bueiros, tapar buraco em via publica, roçagem, limpeza de viela, etc, onde quando não é um secretário é um vereador posando na foto. Ora, mesmo sendo obrigação a ação do governo que não exige divulgação, a remoção do poste da ligação entre as Ruas Sorocaba e Aparecida do Norte (Jardim Paulista) foi motivo de publicação para mostrar nas redes sociais que o governo está trabalhando, mas... não foi o governo que fez o trabalho de remoção e mudança de local do poste que estava na rua, foi a CPFL. Claro, quando não se tem nada para mostrar agora o governo está mostrando o que outro serviço público está fazendo. Bom, é ano eleitoral e certamente qualquer coisa para mostrar que o governo funciona é “válido”, mas agora só falta fazer o eleitor acreditar nisso segundo línguas e opinião pública que sabem da rejeição do atual prefeito... Conforme comentários de uns e outros mais atrevidos, se o governo ter que enfrentar uma greve de funcionários públicos, o prefeito pode dar por encerrada suas pretensões de reeleição... Pelo sim pelo não, a greve provavelmente deverá acontecer se o governo não conceder a inflação... Ah, a propósito, e o Shopping Estação ???   

 

  • 07/05 – Muito bem! Como já existe aqui em Várzea Paulista o precedente do líder do governo municipal condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral por comprar votos, uma forma de corrupção, as especulações nos bastidores e opinião pública apontam que para o pré-candidato tentar se eleger vereador passou a ser uma questão complicada e perigosa nestas eleições 2016, principalmente porque comprar votos não é “tão fácil” como era antes, agora complicada ainda mais com a nova legislação. Além disso, parece mesmo que o eleitorado está decidido a acabar com a farsa do mandato da grande maioria dos atuais vereadores, elegendo gente nova e comprometida com a cidade e com a população. Ora, os comentários sempre foram que os atuais vereadores pensam só neles, e que a maioria está comprometida com o governo para fazer só o que o prefeito quer. O que temos hoje são vereadores que, neste mandato de 4 anos ganhando R$ 10 mil reais por mês, posam de “representantes do povo” no “pedestal” onde eles mesmos se colocaram, acreditando que devem ser bajulados por estarem no poder como vereadores, e ainda acharem que vão se reeleger. Tanto que, segundo uns e outros comentam, nunca cumpriram a obrigação de fiscalizar o governo para poder garantir o cargo dos seus "amigos", exceto o único vereador do PT, e nem mesmo se deram ao trabalho de mostrar ações práticas para a cidade, principalmente na área de saúde que é o pior serviço público deste atual governo, e que é o que mais a população precisa, conforme pode ser avaliado nas enquetes já feitas. Pelo sim pelo não, a previsão dos bastidores e da opinião pública é que, no dia seguinte ao das eleições, muitos deles estarão substituídos por outros novos e terão que procurar um jeito de trabalhar de verdade... 

 

  • 06/05 – Mas oras... Enquanto é comemorado o afastamento do ex-presidente da câmara de deputados federais, inegável desejo da opinião pública nacional, agora tem vereador posando ao lado de buraco tapado em via pública para mostrar a foto no Facebook que “foi ele” que “conseguiu” que o serviço fosse feito, mesmo sendo obrigação do governo. Pode uma coisa dessa? Aqui em Várzea pode. Tanto que é assim que os vereadores “trabalham”, posando ao lado do buraco tapado entre outras coisas que só por Deus mesmo, segundo uns e outros injuriados ao extremo. Ora, perguntam na opinião pública: porque não publica foto ao lado da farmácia da UBS com as prateleiras e containers vazios de remédios? Ou “humildemente” estar na fila de espera para ser atendido no hospital como qualquer cidadão, e sem usar do “poder” de vereador? Ou ainda, em frente à UBS do Jd. Paulista, fechada por falta de ação do governo municipal? Ora gente, sabe-se que o eleitor é tido por quem está no poder como aquele que apenas se contenta com “presentes” em ano eleitoral, "presentes" que nem precisam ser relacionados porque TODOS sabem quais são. Mas, e é onde mora o perigo para os atuais vereadores, os eleitores querem MUDANÇA. Sim, MUDANÇA dos vereadores na câmara municipal, incluindo inclusive o prefeito, porque NADA FIZERAM para cumprir o que prometeram na campanha eleitoral 2012, ou seja: tirar a saúde pública da UTI conforme eles mesmos disseram. Quanto a isso, comenta-se hoje que o governo anterior era muito melhor que o atual governo... Pelo sim pelo não, como não tem nada para mostrar ao eleitor como realização em favor da população ou da cidade no seu mandato, então o vereador tem mesmo que posar ao lado de buraco tapado porque é o que lhe resta, segundo línguas atuando para a mudança dos vereadores nas eleições 2016... Oremos? Não é necessário... 

 

  • 05/05 – Ora, enquanto o líder do governo voltou a ficar contra a Guarda Municipal na última sessão pública na câmara municipal, 03/05, para que não entrasse em votação o Projeto de Lei que permitiria à GM autuar os infratores do Meio Ambiente, a opinião pública quer saber porque o governo não quer permitir? Receio de que? Que se passa? Bom, segundo o líder do governo, que fala em nome do governo, o problema está na GM, mas esse argumento não é suficiente porque a GM dispõe de pessoal qualificado, formado e atuante em Meio Ambiente, o que não é, por exemplo, o caso do secretário do Meio Ambiente que é professor de matemática e física, ocupando o cargo por compromisso político e não por qualificação, segundo uns e outros. Voltando ao líder do governo que defende a administração pública atual, criticar a GM para defender os interesses do governo sem explicar os verdadeiros motivos pelos quais a GM não pode autuar infratores do meio ambiente, coloca todo o governo municipal como suspeito nesta questão, uma vez que a secretaria do Meio Ambiente não parece estar realizando este trabalho inerente às suas obrigações. Aliás, o Meio Ambiente, conforme línguas atravessadas, funciona tal qual a Zoonoses, ou seja: existe, só que faz-de-conta-que-funciona-plantando-palmeiras-nas-avenidas-da-cidade... Aparentemente o governo caiu na plena antipatia não só da GM, mas também nos bastidores e opinião pública em PLENO ANO ELEITORAL, e a poucos meses das eleições... Pelo sim pelo não, OS ELEITORES PERGUNTAM: Então sr. prefeito, porque a GM Ambiental não pode autuar e MULTAR os infratores ? SERIA PARA EVITAR PROBLEMAS NOS LOTEAMENTOS EM ANDAMENTO NA REGIÃO DO BAIRRO DO MURSA? 

 

  • 04/05 – Então, enquanto comentários dão conta que foi frustada a Licitação para contratação de funcionários, para a prefeitura aqui de Várzea Paulista nas vésperas das eleições 2016, com a impugnação do vencedor em favor do segundo colocado no processo que ainda está em “trabalho de parto”, temos a sinalização de possível GREVE do funcionalismo público na cidade... Como é isso ? Aparentemente estava indo tudo bem nas negociações entre o governo e sindicato, mas o governo tinha que dificultar conceder o índice da inflação nos salários, segundo uns e outros MUITO INJURIADOS. As negociações começaram em 09/03, e na penúltima o governo deixou entender ao sindicato que iria conceder o índice de inflação em torno de mais de 9% mas, na última reunião surpreendeu informando que o governo ainda não havia fechado o quadrimestre para avaliação do impacto do aumento na folha de pagamento que, se superar 52% das despesas do governo, teria que demitir funcionários a começar pelos comissionados. Mas o ponto crucial da reunião foi quando o Jurídico da prefeitura anunciou que teria que conceder um índice menor que a inflação, sob o argumento de não contrariar a Lei Eleitoral nº 9504/97 que impediria o índice da inflação fosse aplicado. E mais, o governo quer que as negociações continuem só entre o advogado do governo e o advogado do sindicato, excluindo os representantes diretos dos servidores. Bom, terminada a reunião o sindicato consultou o Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, na UR03 de Campinas, e foram confirmados no que já se sabia, ou seja: só não é permitido aumento salarial do funcionalismo público ACIMA DA INFLAÇÃO, e nem criar benefícios à classe. Ora isso abre o precedente para ampla insatisfação da categoria e, consequentemente na próxima assembleia, a proposição de mais uma greve se na próxima negociação do dia 10/05 o governo continuar dificultando um acordo considerado anteriormente como certo. Depois de se indispor com a Guarda Municipal na questão de autuação Ambiental, agora parece estar se indispondo também com os funcionários públicos. Pelo sim pelo não, parece típico de governo que já deve estar considerando a reeleição do prefeito perdida segundo uns e outros.. Oremos ? 

         - Justiça Eleitoral proíbe aumento acima da inflação

         - Pauta de Reivindicações para os funcionários públicos 

         - O Ponto    

        

03/05 - Carta marcada? O Blog recebeu ontem, 02/05, o preocupante email abaixo, que reproduzimos na integra:  

"Minha esposa trabalha nessa prefeitura. Ela ouviu de fontes seguras - que obviamente não podem ser mencionadas, nem o nome dela também, porque a perseguição e retaliação seriam inevitáveis, nessa administração - que haverá um concurso público para todas as funções, e que a administração JÁ SABE quem vai vencer a licitação para realizar o concurso.
Seria interessante o blog dar uma investigada nisso. E hoje será anunciada a licitação, oferecendo para as empresas a concorrência. Dizem alguns lá dentro da prefeitura, que esse concurso seria só pra presrevar os apaninguados.
Como eles passarão no concurso ninguém sabe. Desconfiam que a empresa irá fornecer os gabaritos antes.
Minha esposa pediu que eu mencionasse o segredo desse email, pois s e descobrirem que ela vazou essa informação, podem dar um sumiço nela.
Obrigado pela atenção".

Ora, um prefeito que administra Várzea Paulista que diz ter Deus no comando não pode estar cometendo o suposto malfeito acima, exceto se "não sabe" o que se passa no governo, o que é praticamente impossível de acreditar que não saiba segundo uns e outros. Pelo sim pelo não, sendo verdade ou não, um comentário como esse agrava o que a opinião pública pensa a respeito da competência, credibilidade e honestidade da equipe de governo, ou seja: além de comentarem nos bastidores e opinião pública que grande parte da equipe é inepta, com alguns muito arrogantes, aparentemente pode também ser suscetível de malfeitos. Oremos, oremos mesmo, e muito... 

 

  •     02/05 – Muito bem, mais uma Enquete chegou em mãos! Desta vez não foi feita pelo PT ou por outro partido, nem pelo prefeito de cidade do aglomerado urbano, nem por qualquer dos pré-candidatos, etc.. O mais interessante desta feita, é que o empresário e pré-candidato do PTB não está com o baixo porcentual que vinha sendo divulgado nos bastidores e na opinião pública, ou seja: que não passava de 4% nas intenções de votos. Óbvio, isso aparentemente estressou uns e outros que, contrariados, tiveram que “engolir” os números que mostram o crescimento de quem começou a pré-campanha abaixo de 1% em dez/2014. Preocupante ? Para os concorrentes é muito preocupante, e é um indicador de que vai estar no topo da briga das eleições para prefeito e, aparentemente, com chances até de conseguir vencer, para desgosto de uns e outros concorrentes “surpresos”. A rejeição ao atual prefeito permanece muito alta. Bom, essa Enquete foi feita por um empresário e chegou nas mãos do governo municipal, que dizem ter se estressado, de partidos e pré-candidatos, mostrando os resultados na imagem acima (clique para aumentar) e as abaixo. Pelo sim pelo não, e agora, como vai ser até a ultima semana das eleições ?

 

 

 

  • 30/04 – Então... Finda-se o mês de abril com as inexplicáveis "trapalhadas" no governo e câmara municipal, entrando para o folclore aqui de Várzea Paulista e, claro, também para o anedotário popular. Mas tem também o lado negativo que tem se voltado contra o governo, principalmente ao enviar um Projeto de Lei para a câmara municipal e retira da pauta “sem mais nem menos” quando sente o temor e a  “ameaça” do PL ser modificado, aprovado ou reprovado pelos vereadores. Não se entende os motivos e o governo nem sequer explica tal medida, e quando explica não se explica ou não é convincente, chegando a ser “patético” nos comentários dos bastidores e opinião pública, tal qual comentam ter sido o lider do governo na última sessão pública do legislativo. Dizem que ficou muito feio para quem fala em nome do governo. Bom, as 2 ultimas “retiradas”, as do PL que modificava a área dos loteamentos no Mursa e o PL que concedia à Guarda Municipal Ambiental fiscalizar e autuar as queimadas e despejo entulhos em terrenos, deixam entrever a dificuldade do governo em ter uma secretaria de Meio Ambiente que funcione e faça o foi criada para fazer. Comentam nos bastidores e opinião pública que o Meio Ambiente parece atuar da mesma forma que a Zoonoses, ou seja: faz-de-conta... Mas, o pior que ter tirado das mãos da GM o direito de autuar infratores do meio ambiente, é a antipatia e a perda política generalizada que se seguiu na opinião pública e na própria GM. Ora, com essa e outras não dá mais para esconder que o prefeito está MUITO MAL ASSESSORADO, condição essa que acaba com a intenção de reeleição do prefeito de forma irreversível... Pelo sim pelo não, porque será que isso acontece sempre ? Oremos ? Ou não? 

 

  • 27/04 Ontem, 26/04, o vereador Demércio reapresentou na câmara municipal aqui de Várzea Paulista o Projeto de Lei que cancela a Lei Complementar 221/2011, a que permite loteamentos no bairro do Mursa. Segundo confirmou o presidente do legislativo, a leitura do Projeto de Lei foi feita ontem mesmo e segue para apreciação do juridico e das comissões de Constituição, Justiça e Redação e Comissão de Planejamento, Uso, Ocupação e Parcelamento do Solo da câmara. Após os pareceres das comissões e jurídico, o presidente da câmara deverá colocar em votação em uma próxima sessão. Independente disso, o vereador Demércio pode colher assinaturas suficientes para entrar na pauta de votação, e depois serem convocadas novas Audiência Públicas. Bom, até aí tudo bem, mas se é ou não constitucional o PL do vereador Demércio não é um argumento que deve ser usado pelos vereadores, pois o PL está seguindo os mesmos procedimentos da aprovação do PL 221/11 que NÃO foi considerada inconstitucional pelos vereadores na época que fizeram a Minuta, aprovaram e encaminharam para o prefeito da época transformar em Projeto de Lei. Seria MUITO ESTRANHO se desta vez fosse inconstitucional, o que indicaria um legislativo movido pelos interesses dos vereadores e governo, e não da população que os elegeram para serem seus representantes, segundo muitos uns e outros. Pelo sim pelo não, os moradores do Jd. Satélite, que será um dos bairros mais atingidos pelas consequências dos loteamentos, já foram informados previamente do PL do vereador, casa a casa. Pelo sim pelo não, a opinião publica quer saber: o procedimento na câmara é um só, ou muda conforme os interesses dos vereadores e do prefeito ? Oremos... 

 

  • 26/04 - Bom, enquanto o atual prefeito faz suas reuniões nos bairros para tentar a reeleição, cercado de seguranças para se proteger de  qualquer reação indesejável do povo segundo línguas que não entendem isso da parte do “homem de Deus”, temos que está em andamento firme e forte o Inquérito Civil nº 14.0469.000036/2015-5, movido pelo Ministério Público contra os vereadores representantes do povo denunciados pelo Ministério Público por grilagem de terras, conforme publicado no Jornal Jundiaí Noticias de 22/10/2015, vereadores esses que se declaram “inocentes” de “grilagem de terras” das acusações do jornal. O Inquerito Civil pode ser consultado por qualquer pessoa no Ministério Público no Fórum da cidade, por não estar sob segredo de justiça. Bom, tudo começou com uma  denúncia “anônima  , normal nestes casos quando o denunciante quer se proteger de possíveis retaliações dos denunciados. O estágio atual do Inquérito está na Carta Precatória 002/16, conforme Oficio 165/16 de 09/03/2016, enviado para São João da Boa Vista/SP, para se ouvir em oitiva o possível proprietário de uma das terras, que deve ser a que um dos vereadores colocou o poste de energia elétrica em terra particular do Mursa. Entretanto, como se explica esse Inquérito Civil em pleno andamento se todos os 3 vereadores afirmam que não cometeram qualquer ilícito? De qualquer forma todos apresentaram suas defesas e, com essa oitiva devolvida até fins de maio/2016 ao Ministério Público aqui de Várzea Paulista com as declarações do intimado na outra cidade, o Inquérito Civil poderá ser submetido à Juíza para julgamento e decisão. Ora, certamente pode acontecer desses vereadores, que se declaram “vitimas de mal-entendido e/ou calunias”, perderem seus mandatos caso a Justiça entenda que não são “inocentes”. Pelo sim pelo não, 2 deles são pré-candidatos à reeleição... Oremos ? 

 

  •   25/04 – Bom, na avalanche dos comentários no Facebook neste ultimo fim de semana, com o pré-candidato e ex-prefeito do PT desafiando o atual prefeito do PV para um debate de gestão do governo municipal aqui de Várzea Paulista, temos que o pré-candidato do PP quer entrar também e atuar no debate proposto pelo ex-prefeito do PT. Ora, o desafio do ex-prefeito do PT é debater a gestão de cada um como prefeito e, portanto, línguas afiadas comentam que o pré-candidato do PP não preenche esse requisito por nunca ter sido prefeito aqui na cidade. Independente disso, o pré-candidato do PP logo a seguir também fez seu desafio para debater com os 2. Ora, uns e outros acham que o pré-candidato do PP não tem nada a ver com o que ex-prefeito do PT está propondo, e o que ele quer é aumentar sua visibilidade junto aos eleitores. Entretanto, e de qualquer forma, ele também fez seu desafio ao ex-prefeito e prefeito no inicio das discussões no Facebook, e cabe aos desafiados aceitarem ou não. Resumindo o que se comenta na opinião pública, é que esse debate  é para ser entre o ex-prefeito do PT e o prefeito atual do PV quanto à gestão de cada um como prefeito, no qual o pré-candidato do PP quer participar também. Pelo sim pelo não, os outros 3 pré-candidatos (PSB, PTB e PSD) não manifestaram nas redes sociais qualquer desejo de entrar nesse debate, aparentemente preferindo cada um cuidar dos afazeres da própria pré-campanha... Oremos, ou não é o casoObs.: Alertamos que a proposta do debate de gestão foi e é de responsabilidade exclusiva do ex-prefeito, na qual o Blog não tem NADA a ver com isso, conforme pareceu atribuir o pré-candidato do PP nas discussões do sábado no Facebook. O Blog apenas abordou aqui.

 

  •   23/04 – Ora ora, o ex-prefeito Eduardo desafiou o atual prefeito Juvenal a um debate político entre eles para comparar governar Várzea Paulista... o desafio foi feito ontem no Facebook, textualmente: “Estou aguardando manifestação do atual prefeito. Respeitei o tempo de mais de três anos da atual gestão, ouvindo sempre as mesmas desculpas sobre a cidade estar parada, mas acho que eles já tiveram tempo suficiente para mostrar serviço. Não permitirei que continuem usando o passado como muletas!” Ora, tudo começou com uma conversa do ex-prefeito com o secretário de comunicação e de governo, onde Eduardo propôs o debate com o prefeito. Bom, parece que o secretário ainda não se manifestou se aceita ou não, e nem se vai se manifestar. Agora, imaginem srs. eleitores, e se isso acontecer? Como seria o debate HOJE entre esses dois, que são os únicos com experiência de prefeito entre os pré-candidatos na cidade? Se acontecer mesmo, certamente seria na câmara municipal, preferencialmente em uma sexta-feira a partir das 19h. Uns e outros, que sabem como o governo funciona hoje, prevê que nem resposta o desafiante vai ter e que, segundo comentam línguas apocalípticas, o prefeito vai adotar a “estratégia” de dizer que “não tem interesse no debate” . Claro, acontecendo ou não o debate, a opinião pública deve estar querendo mesmo ver no que isso vai dar, ou seja: ver o circo pegar fogo de qualquer jeito, com o prefeito aceitando ou não o debate com o ex-prefeito do PT... Pelo sim pelo não, e agora, como vai ser? Oremos... 

 

  • 20/04 - É verdade! Os vereadores Sueli e Juarez seguem suas pré-candidaturas ameaçadas de perda de mandato e suspensão de direitos políticos por dupla filiação. Após deixarem o PT por “incompatibilidade com o partido” na oposição, segundo uns e outros, para terem mais “liberdade” ao votar com o governo municipal, ambos saíram em fotos publicadas no Facebook como novos filiados do PSB, depois foram para o Rede Sustentabilidade durante a “janela” para mudança de partido e, finalmente, um se filiou no PV, Sueli, e o outro no PDT no último dia de filiação partidária para disputar as eleições 2016. Bom, línguas que confiam na “justiça divina” e na justiça eleitoral, parecem que estão comemorando o desenrolar da ação nesta questão movida pelo Tribunal Regional Eleitoral, que já pediu a cassação do mandato e suspensão dos direitos políticos do vereador Juarez - clique na imagem acima para aumentar. Pelo sim pelo não, existindo a vez da caça e a vez do caçador, desta feita aparentemente pode ser a vez dos suplentes a vereador...

 

  • Bom, mais um email para o Blog. Trata-se de mais uma denuncia sobre a má administração da saúde pública, que particularmente diz respeito à Zoonozes, de novo e sempre... Ah, a zoonoses... setor que tem se mantido do mesmo jeito de sempre, existindo e fazendo de conta que funciona. Vejamos: “Bom dia !Uma informação... vcs podem denunciar caso de dengue também? Porque já ligamos na prefeitura e eles não vem mesmo. Ligamos para a TV e eles vieram, mais a prefeitura não vem de jeito nenhum. Todos aqui em casa está com Dengue. Fiz uma cirurgia e agora estou com a dengue chikungunya. Moro no bairro Cidade Nova 2, rua das Cegonhas. Está lotado de dengue aqui no matagal, bueiro aberto, córrego aberto.” Então sr. prefeito, o que se passa que NINGUÉM consegue fazer esse setor da saúde pública funcionar, nem que seja o básico para atender as solicitações de ameaças de dengue nos bairros quando ligam para a prefeitura? Pelo sim pelo não, se “ninguém” do governo não sabe, mesmo quando avisam, como é que esse governo quer se reeleger ? Oremos!

 

  • 18/04 – Agora que já terminou a fase inicial do pedido de impeachement da presidente, que vai continuar no cargo até o Senado Federal decidir as próximas ações, já tem gente se entusiasmando aqui em Várzea Paulista para ver isso acontecer também por aqui. Como é isso ? O atual prefeito TAMBÉM teve rejeitadas as contas municipais de 2013 pelo Tribunal de Contas do Estado, com um PARECER DESFAVORÁVEL no processo 37 TC001715/026/13,em 24/11/2015, onde várias irregularidades foram apontadas nas políticas públicas, execução orçamentária, gastos com pessoal, licitações, execução contratual, etc.. Claro, essas contas serão apreciadas e votadas/rejeitadas pela câmara municipal, que ainda não se manifestou quanto uma data para apreciação na Casa de Leis. Ora, línguas ferinas comentam que essas contas talvez sejam votadas SÓ após as eleições, com o governo contando com a maioria dos votos dos vereadores, para não “prejudicar” o prefeito na campanha eleitoral. Pelo sim pelo não, pensando nas contas, que já estão na câmara municipal, entrando na pauta do legislativo antes da campanha eleitoral... pode dar “zebra”, ou não? Oremos! 

 

  • 15/04 – Ora, com o fim da caça e registro de filiados, os partidos hoje devem estar de “ressaca”, porque a “correria” foi grande e desgastante. Porque? Porque, não só tentou-se “tomar” bons de votos de outros partidos, principalmente da parte do governo municipal para garantir a reeleição do atual prefeito, mas também para garantir que o partido não perdesse nenhum dos seus. Claro, perdas e ganhos houve, mas isso só será possível aferir com precisão depois que o cartório Eleitoral confirmar as listas de filiados, principalmente os que devem disputar para prefeito e vereadores, o que deverá acontecer até dia 20/04. Entre os muitos casos, tem os quem foram “ligeiros” para eliminar concorrência, como no caso da ex-filiada e pré-candidata pelo PSDB que, segundo comentam línguas decepcionadas, fez acordo para se filiar no PDT e ajudar a vereadora se reeleger em troca de cargo no governo para o marido. Bom, não sabe se é verdade e nem como confirmar isso, exceto se for publicado no próximo Diário Oficial aqui de Várzea Paulista. Pelo sim pelo não, é o que está sendo comentado dentro e fora dos bastidores...  

 

  • 14/04 – É, estão comentando que parece que “deu a louca” no governo municipal de novo, ou seja, a “competência” do governo faz mais uma das suas “inesquecíveis tropeçadas galopante”. Bom, foi publicado nesta última edição do Diário Oficial aqui de Várzea Paulista a exoneração de VÁRIOS comissionados a contar do dia 01/04/2016. Até aí tudo muito que bem, mas, segundo comentários nos bastidores, acontece que todos AINDA estão trabalhando em seus cargos (PSB?). Se é verdade ou não, como é isso ? Ora, podem até dizer que é “tudo” inverdade, mas dizem que é para ser outra barbaridade da administração pública, segundo uns e outros nem um pouco surpresos nos bastidores. Entretanto, sendo verdade, “ninguém” sabe como o governo vai pagar esses dias trabalhados dessa turma demitida, deixando provavelmente a secretaria de Finanças com os cabelos em pé, segundo comentam “secretamente” no governo. Ora, enquanto isso, hoje é o dia derradeiro para a última chance de mudar de partido para concorrer nas eleições deste ano. O prazo se encerra às 19h, e o que pode estar sobrando do “pega-pega” para filiação está na reta final. Pelo sim pelo não, só por Deus não é ? Oremos...

 

  • 13/04 – Dois partidos emitiram Nota de Esclarecimento quanto aos boatos circulando aqui em Várzea Paulista. 1) Do PCdoB o Blog recebeu o email esclarecendo quanto aos boatos envolvendo o partido aqui na cidade:

    “Comunico que não procedem os comentários/boatos, que circulam a cerca do possível rompimento do PCdoB, ao projeto político do pré-candidato Jr Aprillanti/PSB.

    A Direção do PCdoB Várzea Paulista, comandada pelo Camarada Presidente Alescio, confirmou apoio ao pré-candidato Aprillanti, e assim seguirá seu caminho buscando o diálogo, em busca da construção de um programa de governo no qual a população sinta-se contemplada, e capaz de pavimentar a estrada para a vitória.

    Tércio Marinho 
    Coordenador Regional
    Macro Região PCdoB”

    2) Também pode ser visto no Facebook, página do Leandro Alvarenga, uma Nota de Esclarecimento referindo-se ao PDT, da qual destacamos a parte abaixo:

    “...a direção estadual vem esclarecer que o fato que tem sido veiculado nas redes sociais e mídias locais, anunciando uma possível troca de direção municipal, não possuem fundamentos nem mesmo o conhecimento da direção estadual do partido.

    Atenciosamente

    Direção Estadual do Partido Democrático Trabalhista – PDT”

    Claro, tem vários outros boatos correndo solto nos bastidores e na opinião pública, e parece que são destinados a desestabilizar emocionalmente os filiados dos partidos envolvidos, segundo uns e outros que conhecem e sabem fazer isso muito bem, comum em todas as campanhas eleitorais. Bom, a “guerra política” ainda não acabou para desestabilizar e assediar para tentar “tomar” filiados bons de votos de outros partidos. Pelo sim pelo não, isso acaba amanhã às 19h, quando encerra o prazo para inscrições de filiados no TSE...

 

  • 12/04 - Ora, “ninguém” sabe que começou em “segredo” e agora corre solto nos bastidores como 3 boatos, que já chegou ao conhecimento da opinião pública, que responde sem "surpresa" quando perguntado: “é, ouvi falar”... Vejamos quais são:

    - Boato nº 1) O PDT está em vias de ser “tomado” da atual direção municipal por outro grupo partidário, para estresse e desgosto de quem está filiado ao partido e, claro, os demais partidos adversários estão de plantão para “capturar” possíveis “desertores”,

    - Boato nº 2) O PCdoB também está sendo cogitado para ser tomado por um grupo concorrente do ainda não oficializado pré-candidato do PSB a prefeito aqui na cidade, "tomar" do tipo “de cima para baixo”...,

    - Boato nº 3) O PSD aqui de Várzea Paulista está em entendimentos com o PSD de Jundiaí para que o prefeito de lá ajude na indicação do vice do secretário de obras de Jundiaí, que deve disputar para prefeito aqui em Várzea Paulista, onde o indicado no caso seria o vereador que era do PT e se filiou no PSD para disputar para prefeito aqui na cidade.

    Bom, outros “boatos” novos surgem o tempo todo circulando em todo canto, mas os acima, embora pareçam relevantes, não se sabe se são verdades ou não, ou se são apenas "veneninhos" para tirar o sossego e desestabilizar filiados e uns e outros nos partidos, como acontece em todo ano eleitoral... Mas, oras, "ninguém" coloca as mãos no fogo, nem para confirmar e nem para desmentir. Pelo sim pelo não, comentam que tem presidente de partido com a insônia disputando preferência com o cansaço fisico com tudo o que se passa no entorno de cada um deles, principalmente nos bastidores... Oremos ?

 

  • 11/04 - Bom, enquanto pesquisadores de intenção de voto sugerem ao entrevistado que o atual prefeito é o que está melhor colocado na pesquisa que está fazendo, antes mesmo de registrar a intenção do entrevistado, e que lhe pareceu ser uma pesquisa induzida segundo o próprio consultado que comentou muito injuriado a uns e outros, temos a questão das placas afixadas nas casas que foram retiradas por determinação judicial a partir de denuncias feitas ao Cartório Eleitoral aqui de  Várzea Paulista. Claro, isso gerou multas de, até o momento, de R$ 220.000,00 ao pré-candidato e empresário presidente do PTB. Quanto a isso, consultamos o empresário, que informou que recorreu das multas na justiça, que continua normalmente como pré-candidato e vai disputar as eleições para prefeito já que isso não cassa ou impugna sua candidatura de forma alguma, nem agora e nem até o dia das eleições. Como os comentários são muitos, o pré-candidato enviou ao Blog uma Nota de Esclarecimento, que publicamos abaixo. No mesmo tempo, parece que o governo municipal está da mesma forma, ou igual, ao governo federal, ou seja: se em Brasília há uma força tarefa do governo lutando para impedir o impeachment a “qualquer custo”, aqui em Várzea Paulista aparentemente não é diferente para o atual prefeito tentar se reeleger na base também do “a qualquer custo”. Ora, pelo sim pelo não, continua faltando medicamentos nas farmácias das UBS... mas, e daí não é mesmo? 

  • Nota de Esclarecimento do pré-candidato (referente às Placas)

 

  • 09/04 – Enquanto os bastidores aqui de Várzea Paulista aguardam “ansiosos” pelas “novidades” que o prefeito deve ter trazido de Brasília, especula-se nos bastidores que há 2 vereadores em situação de filiação “incerta”, segundo uns e outros: um deles, dizem, que está “desesperado” para sair do partido em que está para se filiar em outro. Bom, tem partidos precisando de gente boa de voto, mas parece que ele está querendo entrar em partido que não quer sua filiação. Mas porque ? Outro vereador, que já devia estar aparecendo filiado a outro partido, foi publicado nesta semana, em um jornal aqui da cidade, como sendo ainda filiado ao PTB, mas não está mais. O PTB informou que já foi desfiliado do partido a pedido do mesmo, e uma consulta no Superior Tribunal Eleitoral mostra que ele não está filiado a partido nenhum, conforme Certidão abaixo. Sabe-se que ele está filiado em outro partido, mas só irá aparecer após a listagem dos filiados de cada partido estarem cadastradas até às 19h do dia 15/04. Depois disso nada mais há o que fazer. Pelo sim pelo não, a “guerra” das filiações partidárias parece que ainda está com a força toda, e hoje a maior bancada de vereadores é a do PV...  

 

  • 08/04 – Até onde se sabe nos bastidores, os partidos PTN, PDT e PTC são os que formam o bloco principal de apoio à reeleição do atual prefeito e, claro, da mais “absoluta confiança” do coordenador de campanha, mas... conforme línguas livres, leves e soltas, os comentários são de que AINDA não terminou o pega-pega para filiar bons de votos, e no atual estágio de “fim de jogo” só falta ouvir gente cantando a marchinha “tai, eu fiz tudo pra você gostar de mim...”.  Tem também “boatos” de gente e de partido com cores definidas que está para trocar de cor, mas isso “ninguém” sabe como e qual. É o tal negócio: quando se acredita que TUDO está “firmemente acertado e fechado”, tipo 100% “garantido” com testemunhas, fotos e tudo o mais, AINDA pode acontecer de aparecer uma “surpresa” após o encerramento oficial das filiações no TSE, que pode emplacar a decepção de uns e a comemoração da esperteza de outros. Ora, isso é política dizem uns e outros, é assim mesmo, etc. e tal, mas o prejuízo é irreversível com quem é diletante, ou seja: alguém que muda constantemente de gostos, de ideias e/ou de partido e que se ocupa de qualquer assunto por prazer, e não por obrigação. Essa é a política conhecida e movida somente por interesse de ordem pessoal dos que pensam só em si, que não pensam nunca no grupo, e se está no grupo é só para atender seus interesses pessoais. Ora, dizem que os atuais vereadores são assim, e também muitos outros na administração pública. Mas, contrariando essa banda “complicada” pendurada no governo, tem os quem estão comprometidos em fazer o certo, que trabalham mas ninguém vê porque os do contra, os que alimentam e vivem da corrupção, não deixa que sejam visíveis... Bom, esses “últimos guerreiros de verdade” são poucos mas existem... e mais, no grupo dos honestos no governo e na camâra municipal não está incluído todos os secretários, vereadores, assessores, aspones, bajuladores, pastores, oportunistas e aproveitadores. Ora,  seja verdade ou não, comentam nos bastidores que, há algum tempo atrás, entregaram uma lista ENORME ao prefeito de quem estaria cometendo malfeitos no governo. Então, e pelo sim pelo não, a pergunta travada na opinião pública é: se é mesmo verdade que o prefeito recebeu essa lista, o que está fazendo a respeito com os apontados como corruptos? Bom, Deus está no comando disso, ou não? Oremos!!!

 

  • 07/04 – Então... o governo aqui de Várzea Paulista parece que vai fazer um “bem bolado” nas secretarias, ou já está fazendo, e com isso o adjunto do gabinete do prefeito está substituindo o secretario de Gestão Pública, que está sendo remanejado para a secretaria de Desenvolvimento Econômico. Bom, isso coloca um fim nas especulações de que o assessor “externo” do vereador ex-PRTB (único vereador com 2 assessores), que se filiou no PV, iria assumir a secretaria de Desenvolvimento Econômico. Nem poderia, dizem uns e outros, pois não pode mais ser servidor público em função das 2 condenações judiciais por improbidade administrativa, mas... segundo línguas “falantes”, ele é filiado e faz parte da executiva do PTB de Jundiaí e deve ir para uma secretaria em Cubatão após as eleições, por ser “soldado” do deputado presidente do PTB estadual. Entretanto, esse assessor “externo” do vereador, que deixou a coordenação da campanha eleitoral do PTB daqui da cidade por motivos “desconhecidos”, vai continuar ajudando o atual prefeito a se reeleger até o final das eleições. Pelo sim pelo não, parece que não vai ter só essa mudança no governo...

 

  • 06/04  - Ora, enquanto o prefeito viaja para Brasília em busca de verbas para terminar obras antes das eleições, hoje, 06/04, tem a  chapa única para eleição da nova diretoria do FUSSBE aqui de Várzea Paulista, e parece que já sendo questionado se o governo municipal tem ou não interesse nisso. A esse respeito, o filiado do PSDB, que dizem estar apoiando a reeleição do prefeito por conta própria e vai financiar pré-candidatos a vereador, comentou na última reunião do partido que ele estava participando da organização da chapa para a eleição, juntamente com o funcionário que deve ser o chefe dos porteiros da prefeitura e o atual tesoureiro do FUSSBE. Até aí tudo bem e dentro da legalidade, mas... perguntas de uns e outros, desconfiadíssimos, colocam em dúvida algumas questões quanto a essa chapa e qual o real interesse dos que estão montando, se há ou não interesse do governo nesta eleição em particular quanto às pendências da prefeitura e se a chapa fechou ou não “acordo” com o governo. Não se sabe ao certo, e pode ser só especulações fantasiosas, mas as suspeitas nos caldeirões dos bastidores estão “fervendo”. O presidente do FUSSBE informou desconhecer essa “movimentação” e comentou que a administração pública provavelmente pode esclarecer alguma coisa. Pelo sim pelo não, tem servidores municipais querendo saber...  

 

  • 05/04 - Informação recebida pelo Blog hoje de manhã: “Oi bom dia, me diz aí se isso pode: o prefeito Juvenal fez uma reunião com os comissionados ontem, com os pequenos cargos claro, e distribuiu uma cartilha com os feitos no governo dele e mandou os coitados sairem hoje distribuindo de casa em casa pela cidade, agora na parte da manhã até o meio dia, esse tipo de panfletagem pode ser feito? E mais, pode usar os funcionários comissionados pra isso? Usando funcionários do governo para se promover é o fim da picada não é mesmo? É abuso de poder, e estão usando amigas que são comissionadas que me passaram a informação.”  Bom, é proibido pela legislação eleitoral fazer propaganda para candidato com “distribuição gratuita de bens ou serviços custeados pelo poder público”, e uma denuncia desse tipo no Ministério Público e/ou Cartório Eleitoral vai complicar muito a vida do prefeito. Claro, ele vai poder alegar que “não sabia” o que seu pessoal do governo está fazendo a esse respeito se for acionado na Justiça. Pelo sim pelo não, o “curioso” é que essa distribuição seja feita SÓ NA PARTE DA MANHÃ, no bairro Cruz Alta e outros bairros, mas de forma concentrada na Vila Real aqui de Várzea Paulista. Ora, os concorrentes do prefeito nas eleições estão "surpresos" com essa ação e, claro, não devem ficar só olhando... Oremos!

 

  • 04/04 – “Vazou” nos bastidores e opinião pública que o governo vai começar a distribuir 40 mil exemplares de uma revista enaltecendo as “conquistas” do atual governo. Enquanto isso, especulações nos bastidores do governo dão conta que as secretarias de Educação, Ação Social, Ouvidoria e Desenvolvimento Econômico aqui de Várzea Paulista deverão ter novos nomes a partir de hoje, 04/04. Bom, os bastidores daqui é como os de Brasília, ou seja: MUITOS “interessados” querem os cargos, e o “pega” para assumir está disputadíssimo, e com direito a ofensas impublicáveis à alguns da equipe executiva. Mas, claro, o prefeito está “cuidadosamente” escolhendo os novos nomes, ou já escolheu, e deve anunciar e publicar no Diário Oficial Municipal o quanto antes, certamente de acordo com os interesses do governo, segundo línguas envenenadas no limite do tolerável. Agora, dizem uns e outros, uma vez que já se encerrou no sábado p.p., 02/04, as inscrições no TSE para filiação partidária de quem quer disputar as eleições 2016, o que vem pela frente é a “guerra” das alianças partidárias, fase essa em o aliciamento dos partidos para coligações vai ser na base do “custe-o-que-custar”. Portanto, quem se filiou no partido “do seu coração” vai ter que aceitar as próximas decisões da executiva do partido, queira ou não. Quanto a isso, tem quem diz que alguns filiados  pré-candidato a vereador logo vai sentir uma espécie de “1ª morte” quando acontecer as alianças, e uma “2ª morte” no dia seguinte às eleições se não conseguir ser eleito... Pelo sim pelo não, o prefeito consegue ser reeleito, ou não? Oremos!

 

  • 02/04 - Pronto! Passou o 1º de abril com a política “fervendo” no caldeirão de filiações nos bastidores aqui de Varzea Paulista. Ora, se o enunciado de Hermes Trismegisto afirma que “assim como é em cima, é embaixo”, então pode-se especular que o que acontece em Brasília nas negociações de cargos do governo para se garantir contra o impeachment, é o mesmo o que acontece aqui em Várzea Paulista com o governo municipal fazendo todo tipo de acordo, inclusive oferecendo cargos e dinheiro a candidatos para tentar se reeleger, segundo comentam línguas afiadíssimas nos bastidores. Quanto a isso, comentários dão conta que o governo até “remanejou” gente da base para outro partido também da base, mas também "tomando" outros dos concorrentes: a vereadora Valdilene foi para o PDT junto com vereador Juarez e o vice-prefeito Rodolfo, vereadora Sueli foi para o PV e o vereador Silas foi para o PSC. O vereador Ivan fica no PSB, Demércio continua firme no PT e o vereador Claudemir parece que “ainda” está decidindo. A priori, pode ser deduzido que as negociações continuam, mas terminam hoje, 02/04, à meia-noite para quem quer disputar as eleições. Entre os comentários preocupantes, tem um que anda estressando os bastidores: é sobre QUEM deve assumir a secretaria de Desenvolvimento Econômico com a saída do ex-secretário Marcos, que deixou o cargo dia 31/03. Nesse caso em particular, o governo está provocando muito mal estar na base do governo, pois o nome cogitado deixa contraria da a base aliada, segundo se ouve nos bastidores. Trata-se do “assessor externo” de um dos vereadores, o que era secretario da mesma pasta no governo anterior do PT, que já foi condenado criminalmente duas vezes na Justiça e aparentemente não deveria assumir cargo público. Bom, pelo sim pelo não, o prefeito certamente deve saber o que está fazendo...

 

  • 31/03 - Finda-se o mes de março e o palco político de Brasilia ferve nos bastidores do poder, onde todos querem se salvar de um jeito ou de outro porque do mesmo jeito de sempre parece ser impossivel na atual conjuntura de corrupção sistemica desvelada, e que atinge praticamente quase todo o corpo politico nacional. Bom, aqui em Várzea Paulista não é muito diferente, embora os ingredientes sejam outros, com excessão dos novos, a velha política "luta" para prevalecer e se impor a todo custo e de qualquer jeito, segundo testemunhas injuriadas com o que acontece na maioria das reuniões "secretas". Bom, contanto hoje, os derradeiros pré-candidatos tem 3 dias para se filiar em partido, entrando ou mudando de outro, e entrar oficialmente na disputa eleitoral 2016. O laço partidário está lançado no ar para "capturar" os que ainda "sobram" sem partido ou, aqui é que é a questão derradeira, tomar do outro partido um bom de voto na base de "promessas" e/ou vantagens "irrecusáveis", que inclui até cargos e/ou R$. Ora, a guerra pelos pré-candidatos a vereador mal terminou e quem sabe até algumas "surpresas secretas" dos bastidores vai ficar visivel a partir de 04/04, segunda-feira. Pelo sim pelo não, a faca está "entre os dentes" de uns e outros de todos os lados... só aguardar o bicho acabar de pegar...

 

  • 30/03 – Ora ora, o secretario da infraestrutura entrou também no anedotário de Várzea Paulista com sua “ação solidária” junto aos lixeiros, isso sim um fato deveras inédito aqui na cidade... nada contra na opinião de uns e outros, mas seria isso um vislumbre do sinal de “desespero” do governo para parecer simpático e “útil” aos olhos dos eleitores? “Pelo amor de Deus, mas o que é isso?”, pergunta-se na opinião pública sobre as   fotos publicadas no Facebook do secretário  , onde aparece o secretário coletando lixo. Línguas envenenadas garantem que é só uma das cartadas restantes do governo para tentar reverter a péssima imagem que tem no eleitorado, que hoje é a maior rejeição já existente na cidade segundo se ouve em todos os bastidores, inclusive do próprio governo. Bom, se está faltando criatividade na equipe coordenadora da reeleição do prefeito, tem quem sugere que uma medida URGENTE SERIA a de parar de seguir as “sugestões” de uns e outros dentro e fora da equipe, gente que já perdeu eleições por falta de visão e competência eleitoral, míopes políticos que NÃO sabem o que fazem com o “conhecimento” que acham que tem, que se acham mas não se encontram na avaliação de quem está vendo essas e outras coisas acontecer na pré-campanha. Com isso o prefeito é o único que está perdendo mais e mais, inclusive até o que não tem... Ora, dizem que a reeleição aparentemente está afundando irreversívelmente na areia movediça nas mãos desses “gurus” que “coordenam” a reeleição, e Oremos talvez não sirva para esse pessoal. Pelo sim pelo não, vamos ver, sabendo-se que MUITOS já estão vendo, e todos são eleitores... 

 

  • 29/03 – É, estamos em outono, estação quando as folhas caem... e é neste cenário que uns e outros veem o que se passa a nível federal e municipal aqui em Várzea Paulista. Aqui? Sim, aqui também... Segundo línguas inconformadas comentando nos bastidores, temos que 3 integrantes do PSDB, sendo dois na executiva do partido como “vogais” e um outro apenas como filiado e “delegado” do partido, estão sendo motivo de chacota nas redes sociais por entenderem que estão ao lado do governo, e que estariam cooptando filiados do PSDB para apoiarem o prefeito para reeleição. Ora, sabe-se que não é essa a orientação do partido, que até o momento não definiu qualquer tipo de apoio, e que isso então passa ser de iniciativa somente desses 3 à revelia do partido. Bom, 2 deles são oriundos do PSB e hoje fazem parte da executiva do PSBD. Um é assessor do prefeito e o outro parece que passou a apoiar recentemente a reeleição do prefeito, ou seja, estão dizendo que saíram do PSB para intervir e/ou tentar controlar o PSDB, independente da vontade do partido. O outro, que ainda é apenas filiado, já foi vereador no passado. Bom, a expectativa agora é sobre que ação a direção do PSDB irá tomar quanto a essa movimentação dos 3. Pelo sim pelo não, na avaliação dos bastidores é uma tentativa de dividir o PSDB, parece que o tiro foi no próprio pé dos 3 e ainda coloca as intenções do grupo que coordena a reeleição do prefeito sob forte suspeita de estar patrocinando toda essa "movimentação"... 

 

  • 28/03 – Ora, enquanto o Abaixo Assinado contra os loteamentos do Mursa já esta com mais de 1500 assinaturas para a Ação Popular, o PT reuniu seu diretório municipal no sábado para avaliar e referendar a indicação do ex-prefeito Eduardo para disputar as eleições para prefeito. Hoje, 28/03, a executiva se reuniu novamente e decidiu que não haverá as prévias no partido e que o pré-candidato do PT é Eduardo T. Pereira por consenso. Isso já era esperado pelos bastidores com a saída do vereador do PT que quer ser prefeito pelo PSD. Bom, com isso o ex-prefeito já pode se apresentar oficialmente como concorrente ao cargo de executivo pelo PT aqui de Várzea Paulista nestas eleições, e que já pode iniciar sua pré-campanha. A expectativa no PT é que ele faça sua pré-campanha da mesma forma como fez nas campanhas de 2004 e 2008, ou seja: ir para o corpo-a-corpo com os eleitores. Pelo sim pelo não, o PT acredita que ele tem chances de se reeleger... vamos ver... 

 

  • 26/03 - Ora, segundo alguns "boatos" neste sabado glorioso para malhar o "judas" de acordo com a tradição, se é que são boatos mesmo, comentam nos bastidores e opinião pública que o presidente do PSB é para estar arrependido de deixar a base aliada do governo municipal aqui de Várzea Paulista, e que está conversando com o prefeito e assessoria para, quem sabe, "voltar" a fazer parte do governo e apoiar a reeleição do atual prefeito. Bom, tomara que isso não seja verdade pois se for, bom, vai fazer juz ao que se já ouviu falar a respeito... mas não deve ser verdade, seria muita insensatez segundo uns e outros, e o presidente do PSB não vai descer a esse nível. Independente disso, a semana que vem será a de onde cada provável pré-candidato a vereador vai se definir de uma vez por todas em que partido fica mas, claro, pode ter alguns lances ainda enrustidos de gente que pode ou não surpreender se sair do partido onde está e ir para outro. Se em Brasilia a crise política está em compasso de espera para ver como serão os próximos lances dados como certos, aqui o clima também é de ver como tudo fica na "certeza" que todos acham que tem... Pelo sim pelo não, comentam por exemplo que o governo e a base ainda aliada dão com certo que o prefeito vai se reeleger... Será ? Ora, sonham ou não? Oremos!

 

  • 23/03 - Como previsto, o único evento no aniversário da cidade, que não teve a participação da prefeitura na organização e realização, mas com iniciativa de Gil Santos e grupo JGN, que contou com o apoio de empresários de Várzea Paulista, foi a apresentação do Futebol Solidário com a Seleção Master contra a seleção da cidade no World Ball com os grandes craques da história do futebol brasileiro, entre eles Ademir da Guia, Muller, Biro Biro, Gilmar, Tonhão, Pavão e outros. Com um público presente estimado em cerca de 600 pessoas, o evento teve inicio por volta das 15h do dia 21/03, e o jogo foi com 6 jogadores de cada lado em 2 tempos de 15 minutos cada, e ainda teve direito a locutor do jogo em estilo profissional. Pelo sim pelo não, embora a resposta não seja difícil de saber, a pergunta é: Porque o governo municipal não promoveu ao menos um evento de comemoração do aniversário da cidade? 

  •  

  • 22/03 - Bom, assistindo o noticiário sobre o fogo queimando o circo político de Brasilia, podemos concluir que aqui em Várzea Paulista não é tão diferente, segundo uns e outros que estão ligadissimos nos bastidores e na opinião pública. Se for considerado o universo político Federal como sendo um Macrocosmo, então a cidade aqui poderá ser vista como um Microcosmo, com todos os ingredientes de uma política folclórica na avaliação de linguas irônicas. Bom, isso fica muito evidente com a publicação no Facebook, em tom de denúncia, feita ontem, 21/03, na página do presidente do PSD local, e que copiamos na imagem abaixo. Oras, porque não foi publicado no tal jornal as fotos das casas, e porque não houve inauguração oficial ?  Pelo sim pelo não, seria bom o prefeito se explicar se ainda pensa em reeleição, já que não deve faltar com a verdade como homem de Deus que diz que é... não é ???

 

  • 21/03 – Várzea Paulista comemora 51 anos de emancipação! A data de hoje era para estar sendo comemorada com a 12ª Orquivárzea, que foi cancelada pelo governo municipal, mas a cidade não fica sem evento para comemoração! Às 14h começa o futebol solidário no World Ball com o Jogo das Estrelas! A entrada é 1 kg de alimento não perecível, e todos terão a oportunidade de conhecer de perto grandes craques que fizeram história no futebol brasileiro. Enquanto isso, os bastidores políticos estão fazendo o jogo político mais complicado desde o inicio da fundação da cidade, com um tal de “quero porque quero” e um “vale tudo” inusitado, onde pagar até 300 mil reais para se ter certos pré-candidatos no partido corre solto nas conversas  reservadas e na opinião pública, sejam verdade ou não. E não é para menos, enquanto 2 pré-candidatos empresários e 1 ambientalista fazem sua lição de casa política, 2 estão jogando TODAS suas fichas no PSDB, que “ainda” não se decidiu com qual faz aliança: se com o secretário de obras de Jundiaí, ou se com o prefeito aqui de Várzea Paulista. Claro, tem um vereador que era do PRTB, e que comentam ter se filiado ao PV com a “intervenção” do seu assessor “externo” para tentar conseguir se reeleger, mas que também dizem ter rejeição em praticamente todos os partidos, e que pode ser a dificuldade do atual prefeito em compor sua base de apoio para as eleições segundo uns e outros. Pelo sim pelo não, o que a cidade precisa é de ao menos um momento de diversão e alegria... O Jogo das Estrelas deve proporcionar isso, portanto vamos que vamos porque é o que temos para hoje...

 

  • 19/03 - Enquanto tem vereador, junto com assessor, criticando abertamente o prefeito em restaurante aqui em Várzea Paulista, sem papas na língua ou qualquer pudor, e que “oficialmente” na câmara e no governo diz que “apoia” o prefeito, tem comentários “controversos” nos bastidores e opinião pública que já é para estar acertado com outro partido a indicação do vice do secretario de obras de Jundiaí na futura chapa para prefeito aqui na cidade. Ora, se o secretário de obras já se filiou mesmo no PSB ontem, 18/03, que foi tecnicamente o último dia para mudar de partido sem perder a suplência de deputado, agora todos querem saber o que todos pensam que já sabem, sou seja: qual é o partido que vai indicar o vice?  Claro, “ninguém” sabe que partido é esse, mas sabe-se que a indicação está sendo “estudada” para ser decidido "mais para frente". Bom, sabendo que os demais pré-candidatos não comentam sobre a questão de quem será vice-prefeito, línguas mordazes dizem que o vice mais cobiçado é para ser o do ex-prefeito Eduardo no PT. Porque ? Porque, maldade à parte, comenta-se que o vice assume se ele for impugnado, que no caso pode ser o Luiz Raniero, ou Lulinha, e um novo vice deverá indicado, provavelmente a empresária Marly Caldas. Fora isso, se ouve nos bastidores que tudo está indo “bem” e “normal” na política da cidade, mas a opinião pública continua alerta com os políticos de sempre na cidade. Pelo sim pelo não, e segundo uns e outros, parece que estamos, na verdade, na condição do “só Deus sabe”... portanto, Oremos!

 

  • 19/03 – Enquanto os sintomas da crise política que está vivendo o Brasil hoje parece se agravar, e os prognósticos dos experts em política nacional da “velha guarda”, e os políticos antigos, que viveram o inicio de 1964 estão apontando para a possibilidade de intervenção militar como a de 31/03/1964, que mudou radicalmente o país acabando com os partidos políticos, sindicatos, corrupção e impunidade em todos os níveis, temos aqui em Várzea Paulista que o secretário de obras de Jundiaí será anunciado hoje como filiado no PSB, segundo informações do presidente do partido em reunião ontem a noite no diretório aqui da cidade, e sem ser novidade já que os bastidores e opinião pública já sabiam. Do lado dos novos filiados do PSD, comenta-se que o vereador do PT que quer ser prefeito já se filiou para: ou disputar para prefeito pelo PSD, ou ser vice do secretário de obras de Jundiaí em possível aliança para disputar na chapa do PSB para prefeito, caso o PSDB não seja aliado para indicar o vice, segundo conversas nos bastidores. Entretanto, línguas injuriadas estão comentando nos bastidores e opinião pública que o PSB, nas mãos do atual presidente, tem participado do governo municipal nos vários mandatos dos prefeitos anteriores e atual, e que sempre escolhe o candidato que deve vencer a próxima eleição, deixando o governo nos últimos meses antes das eleições para conseguir participar do próximo, inclusive que essa estratégia está sendo repetida nestas eleições para tentar estar no comando do próximo governo. Bom, pelo sim pelo não, dizem sempre que poder é o que todos querem... Mas, e para os eleitores ? Oremos irmãos, oremos! 

 

  • 17/03 - Bom gente, com a terrível turbulência política abalando todo o cenário nacional, onde as avaliações e os sentimentos contraditórios estão praticamente desequilibrando o controle emocional dos brasileiros, vê-se que a política municipal aqui de Várzea Paulista tem também seus estresses, mas em nível MUITO MENOS turbulentos. Bom ontem o Blog conversou com o presidente do PSB da cidade, que comentou que o partido provavelmente vai deixar o governo do atual prefeito entre hoje e amanhã. Isso deve-se ao que todos esperam acontecer, ou não, até amanhã, 18/03, sexta-feira, ou seja: que o atual secretário de obras de Jundiaí se filie no PSB e saia candidato a prefeito pelo partido, conforme aguardam ansiosos os bastidores do governo e opinião pública, se é que isso já não foi MESMO sacramentado na terça-feira p.p., 15/03. Embora o presidente do PSB não tenha confirmado, transmitiu a sensação que o anúncio da filiação será amanhã. Logo após a conversa com o Blog, o presidente do PSB, por volta das 16h, foi se reunir com o atual prefeito para discutir a questão da saída do PSB do governo e os procedimentos se isso for decidido. Consultado depois, o presidente do PSB informou que a conversa foi tranquila e sem reservas de ambas as partes, e que o governo fica aguardando a decisão do PSB deixar ou não a base do governo. Saindo da base do governo, o PSB abre uma lacuna a ser preenchida pelo prefeito para tentar a reeleição. Na reta dos finalmente, está previsto para hoje o PSB se reunir com Jr. Aprillanti para tratar do assunto. Pelo sim pelo não, o presidente do PSB se comprometeu informar ao Blog o desenrolar disso tudo... Oremos? Ou não precisa?

 

  • 16/03 - Bom... parece que ALGUNS comentários e criticas nos bastidores e opinião pública se dividem com os resultados da 1ª Enquete 2016 do Blog, 6 meses ANTES das eleições, principalmente porque pode estar contrariando as expectativas de alguns poucos descontentes que, provavelmente, não se conformam em ver seu pré-candidato não muito bem cotado. Explicamos: a Enquete foi feita em conformidade com a legislação vigente do TSE, e entrevistando pessoas nos pontos de ônibus e nas ruas, sem obedecer qualquer critério técnico e/ou científico como é feito nas pesquisas oficiais, com o objetivo de se obter respostas simples e espontâneas dos consultados, sem perguntar ou anotar qualquer dado pessoal. A Enquete foi iniciada dia 25/02 na Pça do Rosário, ou Pça do Quartel, onde foram consultadas 429 pessoas nas filas dos pontos de ônibus intermunicipais com destino aos bairros de Várzea Paulista, entre os quais V.Popular, Jds. Americas, Promeca, Jd. Paulista,  Jd Felicidade, Buriti, Cidade Nova, Jd Bertioga, Jd Mirante e demais destinos da cidade entre 16h e 18:30h. Deveria ser mais consultas, mas as chuvas atrapalharam. Consultou-se também 106 pessoas na av. Fernão Dias, entre a região do ponto de ônibus do Russi do centro da Várzea até a região do ponto do Russi da V. Cristo, passando pela região Chácras Mall. A Enquete foi encerrada na av. Pacaembu dia 11/03, onde foram consultadas 280 pessoas. Em nenhum momento foi sugerido qualquer resposta ou nome ao consultado, que teve a plena liberdade de responder por si mesmo, e sem qualquer indução na resposta. Isso feito, o Blog apenas compilou todas as respostas e publicou para que se saiba o que pensa parte da população no cenário pré-eleitoral, sem quaisquer compromisso com quem quer que seja. Os INDECISOS (os que AINDA não se decidiram) prevalecem em todas as questões consultadas, da mesma forma na Enquete feita pelo Blog em 2012... Portanto, os resultados desta 1ª Enquete 2016 é apenas uma prévia do que pensa a população hoje, mas certamente isso irá mudando à medida que a campanha eleitoral em Julho se aproximar. Só aguardar. Pelo sim pelo não, serve também como indicador aos pré-candidatos de como seu nome está sendo cotado no eleitorado... Oremos! 

 

  • 15/03 - Muito bem! As casas "virtuais" de apostas políticas do cenário eleitoral aqui de Várzea Paulista parece dar como certo que, HOJE, a disputa para prefeito nestas eleições aparentemente deve ficar em torno de 4 candidatos: ex-prefeito Eduardo, Jr. Aprillanti, Padok e o atual prefeito Juvenal, pelo menos é o que comenta-se na opinião pública. Estão correndo para se juntarem aos 4 na preferência do eleitorado: Osmar Donizete, Luciano e Andressa Correa, que não estão descartados da disputa final. Bom, dito isso, o último dia para vereador e deputado mudar de partido é a próxima sexta-feira, 18/03, portanto eles tem hoje ainda e mais 3 dias pra isso. Entretanto, as filiações ainda estão abertas até dia 02/04 para quem não tem mandato, portanto os quem vai se filiar tem também apenas hoje e mais 18 dias pela frente. Nesta semana, que anda "tensa" nos bastidores políticos, deve acabar as expectativas do que muitos estão dando como certo, e depois do dia 04/04 fica definido quem se filiou onde. A seguir vem a penúltima fase, a que antecede as Convenções Partidárias Municipais, e até lá aparentemente as alianças já começam a se definir a partir da próxima semana. Bom, segundo comentários e especulações nos bastidores e opinião pública, aparentemente o único pré-candidato que está perdendo com tudo isso é o prefeito que tenta a reeleição, pois dizem que está sendo "abandonado" por quem participou de sua campanha eleitoral 2012 e ainda está na base do governo, entrando nessa conta outros que o apoiam, mas sem incluir na conta a grande rejeição que tem no eleitorado segundo uns e outros. Claro, o atual prefeito certamente deve ter uma estratégia para tentar reverter tudo contra ele na sua tentativa de reeleição, afinal dispõe da "maquina" do governo, mas não se deve esquecer que o ex-prefeito anterior também tinha e não elegeu seu candidato em 2012. O que pesa hoje contra o atual governo continua sendo a falta de medicamentos, que o atual prefeito prometeu acabar durante a campanha 2012, o Poupatempo Saúde, a permanência de alguns integrantes da equipe executiva e alguns comissionados contratados por acordo político que não mostram competência no cargo, a retirada do Projeto de Lei da câmara municipal que estava na pauta para mudar a área dos loteamentos em andamento na região do Mursa, entre outras mazelas comentadas nos bastidores e na opinião pública, entre as quais o cancelamento da 12ª Orquivárzea, que comentam que o governo usou a chuva de 5ª feira p.p., 10/03, como pretexto para cancelar o principal evento tradicional da cidade, ou seja um tiro no próprio pé do governo. Pelo sim pelo não, é como as nuvens... nem tudo é como parece ser... Enquanto isso, Oremos ?!?! 
  •  
  • 14/03 – Então, enquanto as manifestações de ontem, 13/03, surpreendiam em todo o Brasil pelo volume de pessoas participando, correu solto um “boato” nos bastidores e opinião pública que o vereador do PT, o que vinha se apresentando como pré-candidato a prefeito, está de saída do partido. “Por enquanto” comenta-se que ele está só se desfiliando do PT, mas não se sabe para qual partido deverá ir, embora as especulações dão como certo que deverá ir mesmo para o PSB. Com essa “notícia”, o ex-prefeito Eduardo não deverá encontrar nenhuma “oposição” que o impeça de ser o indicado para pré-candidato oficial a prefeito pelo partido nas prévias a serem realizadas pelo PT em breve. Ora, como ele está bem colocado na opinião dos consultados na Enquete 1, publicada hoje no Eleições 2016 do Blog, e embora digam que está impugnado, o ex-prefeito Eduardo deve concorrer e dar trabalho na disputa dos votos do eleitorado aqui em Várzea Paulista, principalmente porque o ex-prefeito Clemente não concorre e o atual prefeito anda muito rejeitado na preferência do eleitorado. Por enquanto, não se sabe como estarão cotados os que vão disputar para prefeito na cotação da opinião pública no mês de maio, mas já se vislumbra uma eleição a ser muito disputada. Pelo sim pelo não, esta semana será uma semana “nervosa” onde serão conhecidas algumas decisões, e quem deve estar com muita expectativa quanto aos concorrentes é o atual prefeito, segundo uns e outros... vamos ver!

 

  • 12/03 – Então... enquanto o governo tenta resolver os estragos da última chuva forte aqui em Várzea Paulista, parece que o “bicho” está mesmo pegando fogo e desestabilizando o governo municipal quanto à reeleição do atual prefeito. Segundo línguas aparentemente muito bem informadas nos bastidores da prefeitura, a situação é de “desespero” na “coordenação” política do governo, que está batendo cabeça entre eles e cometendo toda sorte de “trapalhadas de ego” nas negociações, incluindo tentativa de negociar apoio por “cima” dos lideres dos partidos locais. Não está dando certo, e mais: deixou escapar apoios que poderiam ser importantes para o prefeito tentar a reeleição, apesar da imensa rejeição no eleitorado. Segundo uns de outros, um deles é o PSB que parece já certo de se aliar com Jr. Aprillanti, inclusive filiando-o como pré-candidato a prefeito pelo partido, que dizem será anunciado na próxima semana, lembrando que o PSB ajudou o atual prefeito se eleger em 2012 e que ainda está no governo. O outro é o PSDB, que parece ter perdido o interesse nas negociações com o grupo do prefeito e ainda estar considerando outra(s) proposta(s) que possa(m) contribuir com o crescimento do partido que, pouco tempo antes, coisa que de uns 3 meses atrás, o PSDB tinha iniciado negociações para se acertar com o grupo político do prefeito. Ora, sabe-se que o prefeito disse para acalmar seus apoiadores que até terça-feira, 15/03, o PSDB vai confirmar que apoia sua reeleição. Será? E se isso não acontecer, “quem” vai explicar ? Pelo sim pelo não, o prefeito perdendo apoio do PSB e do PSDB, comentam que vários apoiadores vão abandonar o “barco” e correr para outras “direções”... Oremos, ou não ???

 

  • 11/03 – Enquanto os alagamentos continuam os mesmos aqui em Várzea Paulista, e o “sofrimento” de uns e outros políticos estão para entrar na fase de aceleração cardíaca a partir da próxima semana, o Blog está finalizando hoje uma Enquete sobre o cenário político aqui de Várzea Paulista, feita de acordo com a Legislação Eleitoral. A abordagem da opinião pública nesta 1ª Enquete do Blog, é para conhecer o que os munícipes e eleitores estão pensando atualmente para as eleições 2016 ANTES da campanha eleitoral. Quanto a isso, colocamos as questões abaixo na Enquete:

    1) O atual prefeito está fazendo um bom governo?

    2) Voce votaria no atual prefeito?

    3) Quem você gostaria que fosse o próximo prefeito?

    4) Voce votaria em um dos atuais vereadores?

    5) Quem você gostaria fosse eleito vereador?

    Neste próximo fim de semana estaremos compilando os dados coletados com as respostas espontâneas e/ou induzidas para sim ou não, inclusive de nomes mencionados pelos entrevistados. A divulgação está prevista para o dia 14/03, segunda-feira próxima. Pelo sim pelo não, esclarecemos que essa iniciativa é do Blog e não foi promovida ou financiada por nenhum pré-candidato e/ou político, portanto isenta de interesses políticos particulares... Obs.: A imagem acima é de uma das planilhas usadas pelos colaboradores na Enquete... 

     

  • 10/03 – Bom, o Blog conversou ontem, 09/10, com Jr. Aprillante, secretário de Obras em Jundiaí, para ver como estão as expectativas na sua pré-candidatura para prefeito aqui em Várzea Paulista. Foi uma conversa tranquila, onde foram abordados assuntos relativos à sua filiação no PCdoB e possível mudança de partido. Quanto a isso, ele reuniu seu grupo suprapartidário de apoiadores, cerca de 40 pessoas que o acompanham a algum tempo, para avaliar se deveria permanecer no PCdoB ou ir para outro partido. O grupo entendeu que ele deveria ir para outro partido que contemplasse as propostas políticas do pré-candidato e do grupo, ficando decidido que ele deveria deixar o PCdoB pela porta da frente e sem deixar de contar com o apoio do partido. Isso definido, Jr. Aprillanti deve entregar sua desfiliação ainda esta semana, estudando as propostas de filiação oferecidas por outros partidos. Das propostas, que chegaram do PSB, PSDB, PV, PSD, DEM e outros, 2 parecem mais  “tentadoras” que as demais por estarem mais próximas do que ele entende como alinhamento com sua proposta de governo. A decisão em onde deve se filiar será divulgada na próxima semana até dia 18/03, conforme vídeo abaixo. Também comentou que está em negociações avançadas para o vice ser do PSDB. Pelo sim pelo não, a decisão por qual partido irá disputar para prefeito em outubro, está deixando o governo municipal com o “coração na mão”, segundo uns e outros... 

 

  • 09/03 –Enquanto o ex-presidente Lula diz que “A partir de agora, se me prenderem viro herói. Se me matarem viro mártir. E, se me deixarem solto, viro presidente de novo”, conforme publicado hoje no site do Jornal O Estado de S.Paulo, temos que aqui em Várzea Paulista “todos” estão aguardando que o secretário de obras de Jundiaí declare oficialmente que está deixando, ou já deixou, o PCdoB. Na  avaliação de uns e outros, isso tecnicamente não deve fazer muita diferença no eleitorado da cidade e não importa em qual partido deve se filiar para disputar para prefeito, se esta for mesmo sua intenção, e deve ser. O QUE IMPORTA PARA O ELEITORADO É O CANDIDATO, E NÃO O PARTIDO, na avaliação de quem entende de eleitorado aqui e em muitas cidades pelo Brasil afora. Ora, nesse caso temos que o partido é apenas uma exigência da Lei Eleitoral para que o candidato seja filiado a uma legenda para disputar as eleições. Bom, então o que estamos vendo nos bastidores e nas redes sociais são partidos disputando a preferência para estar junto no poder, contando com os filiados que querem cargo como militância para pedir votos aos eleitores, incluindo os que querem disputar para vereador de olho em um bom cargo caso não seja eleito. Portanto, se o secretário vai ou não se filiar no PSB ou no PSDB, onde se concentra a maior disputa de ambos os partidos, isso não é relevante para os eleitores, é relevante para o partido onde ele se filiar. Isso vale também, da mesma forma, para o vice que será escolhido para estar na chapa. Pelo sim pelo não, os bastidores estão cada vez mais “ferozes” pelo poder. Comenta-se também que o prefeito está “inquieto” pelo “desfecho”, pois especulam que sua reeleição já não é mais viável...  E quanto aos eleitores ? Bom, Oremos! 

 

  • 08/03 – Bom, ainda com os corações ao Alto, acendendo vela e tudo o mais, temos que o ítem 2 da publicação de ontem onde “O secretário de obras de Jundiaí já fechou com PSB”, e os comentários são de que ele deve assinar a ficha de filiação entre hoje e amanhã, e também que o presidente do PSB está “estudando” colocar o vice do Jr. Aprillanti para prefeito pelo PSB através do PSDB, ganhou força hoje nos bastidores, segundo línguas “orantes”. Ora, é perfeitamente plausível que o presidente do PSB queira o melhor para o PSB, e ele já fez isso antes no fim do mandato do ex-prefeito Clemente do PSDB, do ex-prefeito Eduardo do PT e agora que está fazendo com o atual prefeito do PV, mas tentar colocar um vice através do PSDB é um pouco demais segundo os comentários agitados dos bastidores, e que o presidente do PSB está maquiavelicamente procurando garantir seu grupo no poder, seja quem for o próximo prefeito. Sabe-se que o atual prefeito foi avisado quando a isso, mas a auto-suficiência do atual governo parece ter apostado que isso não iria acontecer. Mas, segundo especulam linguas soltas isso está prestes a acontecer e que é só uma questão de horas... Ora, juntando tudo e isso acabar acontecendo, que chances terá o atual prefeito de se reeleger, principalmente se liberar os loteamentos no Mursa? Por outro lado, autoridades tranquilas do PSDB afirmam que não estão fechados com ninguém e que em breve o meio político terá novidades... Pelo sim pelo não, os pré-candidatos Osmar Donizete, Padok e Andressa Correa, que não participam desse circulo de fogo político, estão mantendo-se à distância enquanto se preparam para a Convenção Partidária Municipal e a campanha eleitoral propriamente dita... Oremos, ou não?

  •  

  • 07/03 - (REVISADO às 20h10m) O "radar itinerante" da política aqui de Várzea Paulista sintonizou algumas especulações nos bastidores, no mínimo provocadoras, que dá bem uma ideia de como a anda a política hoje na cidade nas conversas da opinião pública, sejam verdades ou não:
  • 1- O presidente do PSB teria pedido uma "contra-partida" ao governo para apoiar a reeleição do prefeito, mas que o mesmo afirmou não ser verdade. 
  • 2- O secretário de obras de Jundiaí já fechou com PSB, e presidente da legenda está “estudando” uma maneira de lançar o atual vice-prefeito municipal como vice do PSB com Jr. Aprillanti para prefeito. Até aí seria “normal”, mas ele quer que seja  pelo PSDB.
  • 3- O presidente do PSDB ainda está aguardando uma “posição” do prefeito para alinhar a possibilidade de coligação para as eleições, com vice do PSDB claro, após “negociação” preliminar já feita.
  • 4- O prefeito pode sair candidato pelo PSDB, a partir de sondagens de autoridades do "andar de cima”, mas que está impondo uma “contrapartida” para realizar obras na cidade
  • 5- O secretário de obras de Jundiaí quer que o vice seja do PSDB.
  • 6- O pré-candidato do PTB já está estressando a pré-candidatura do prefeito, provocando reuniões emergenciais e tudo o mais, certamente com o aparente crescimento do mesmo junto ao eleitorado.
  • 7- O PMB, em fase final de instalação do diretório municipal, vai ser oposição ao governo municipal e vai iniciar a pré-campanha com a defesa ecológica do meio ambiente da cidade.
  • 8- A “caça” aos bons de votos para disputar para vereador está na base do “quem pode mais chora menos”.
  • Bom, pelo sim pelo não, comentam os “experts” que nem bem começou as dores da campanha eleitoral e tem gente de sobra tomando calmante, medicamentos para insônia e sofrendo de sintomas diversos... 

 

  • 04/03 – Ora, enquanto as especulações aqui em Várzea Paulista “garantem” que "já está" acertado Jr. Aprillanti sair do PCdoB para se filiar no PSB para disputar para prefeito nas próximas eleições, e ele tem até dia 18/03 para fazer isso, temos que o PSDB ainda está buscando um nome para apresentar como pré-candidato a prefeito, mas também que continua avaliando a possibilidade de apoiar um pré-candidato a prefeito de outro partido. As especulações apontam nas direções de  apoio ao atual prefeito ou ao secretário de Obras de Jundiaí. Em todo caso, não são só com esses 2 pré-candidatos que as conversações continuam na pauta do partido e, claro, sem descartar nenhuma direção a seguir. Embora tem quem pense que o PSDB está apreensivo, não é o que parece nos contatos do Blog com o presidente da legenda, que tem se mantido aparentemente tranquilo com o que se passa dentro e fora dos bastidores que, segundo ele, o não há “pressão” e o tempo transcorre sem sobressaltos até se chegar a uma definição para as próximas eleições. Pelo sim pelo não, corações ao alto, estão previstos alguns mini-terremotos políticos até dia 02/04, dia que termina o prazo para filiações partidárias...

 

  • 03/03 – Os moradores do bairro Gauchinha, e região, fizeram reclamação por escrito à Empresa de transporte público municipal, para relatar questões quanto ao péssimo serviço prestado pelas linhas de ônibus à população no bairro e região, e protocolaram na empresa. Ora, a empresa recebeu o documento mas não colocou o carimbo na via dos moradores porque o funcionário, em tom irônico, disse que “a empresa não tem carimbo”. Protocolaram Oficio também na prefeitura diretamente com a secretária do prefeito, Wagma, e Ofício na câmara com o presidente da Casa de Leis, vereador Mauro. Bom, a seguir os moradores iniciaram um abaixo assinado que hoje já conta mais ou menos 110 assinaturas, mas que está sendo boicotado com ameaças feitas pelos motoristas dos ônibus, dizendo que se assinarem a empresa retira a linha do bairro e região, segundo informaram moradores. Isso revoltou o pessoal do bairro e região. A empresa também reduziu e mudou horários da linha municipal sem aviso prévio, o que deixou os moradores ainda mais revoltados. Quanto a essa questão, o presidente da Câmara Municipal tomou a providência de protocolar Oficio na Empresa de onibus dia 01/03. Hoje, 03/03, os moradores apresentaram denuncia diretamente na Artesp. Os moradores lembram aos vereadores que pensam em ir pedir votos no bairro e região será perda de tempo, pois nunca foram visitar o bairro e ver suas necessidades durante o mandato, mas que “aparecem” em ano eleitoral, seja pessoalmente ou com propaganda eleitoral. Ah, alguns foram na inauguração da água encanada para sair na foto com o prefeito, e só. O bairro e região tem cerca de 3.000 moradores, o que daria para eleger um vereador tranquilamente, mas... Pelo sim pelo não, nem mesmo o supervisor da infraestrutura que mora no bairro fez algo pelo pessoal, e ainda quer ser eleito vereador... Oremos!

    - Carta dos moradores à Empresa

     

  •  

  • 01/03 – Muito bem, hoje, 01/03 - 19h, será feito a leitura da PL 01/2016 no plenário da sessão pública da câmara municipal. A PL trata da alteração da PLC 167/2006, Plano Diretor, que reduz a área de loteamento na Região do Mursa conforme o parecer técnico anexo da secretaria de obras aqui de Várzea Paulista, que publicamos dia 21/02 em Opinião! conforme o link a seguir: V.PTA.: A QUESTÃO DOS LOTEAMENTOS DO MURSA – Parte 1. Claro, havia uma dúvida nos bastidores se o governo iria ou não retirar a PL da câmara municipal, inclusive até uma reunião foi feita no gabinete do prefeito ontem a noite, 29/02, para avaliar se mantinham a PL para leitura e votação na sessão pública de hoje. O resultado foi que decidiram manter a PL no legislativo. Segundo uns e outros, com essa decisão o prefeito “escapou por enquanto” de ser considerado o prefeito que permitiu os loteamentos, e com isso perder as eleições deste ano. Uma questão, que tem sido muito comentada nos bastidores é que conforme a Lei Complementar 167/2006, nem o governo anterior e nem o atual fizeram o Conselho de Acompanhamento da Elaboração do Plano Diretor (CAE), o que provavelmente tornaria os loteamentos irregulares na região do Mursa. Tem também a questão da validade das Autorizações Prévias da secretaria de obras para loteamentos, que é para ser de 2 anos. Ora, se as Autorizações Prévias tem validade por 2 anos, e as primeiras foram em 2012, então foram revalidadas por este atual governo em 2013 e 2015. Quanto a isso, línguas contrariadissimas querem explicações do governo que em 2012 dizia ser contra os loteamentos durante a campanha eleitoral. Venceram, e agora renovam por 2 vezes o que condenavam para vencer as eleições? Ora, pelo sim pelo não, sabe-se que os vereadores são os maiores interessados que os loteamentos sejam aprovados, pelo menos 3 deles segundo uns e outros comentam nos bastidores, enquanto especulam que não são só os vereadores os interessados na aprovação... Oremos, Oremos mesmo!  

 

  • 29/02 - Enquanto os interessados aguardam a sessão do legislativo de amanhã, 01/03, onde o presidente da câmara municipal, vereador Mauro, anunciou ao plenário na sessão anterior que será feita a leitura da PL 01/2016, que trata da alteração da PLC 167/2006, Plano Diretor, que reduz a área de loteamento na Região do Mursa, temos que neste mês de março há a previsão de lances “dramáticos” dentro e fora dos bastidores. Um deles certamente será a mudança de partido de alguns vereadores, se é que vão mesmo sair do partido onde estão, para entrar em outro com a intenção de tentar garantir a reeleição. Mas, será mesmo bom para o partido onde pretendem ir? Vai mesmo fazer a “alegria” dos filiados pré-candidatos no partido onde pretendem ir? Segundo uns e outros, tem vereador que pode até “rachar” o partido se migrar para ele, tal a rejeição que sentem os filiados. Bom, os presidentes desses partidos devem saber o que estão fazendo quanto a isso, mas vale lembrar que tem vereador que só pensa nele, e não no partido. Pelo sim pelo não, só por Deus mesmo, dizem os quem estão MUITO contrariados com essa história, com prazo final no dia 18/03... até lá, Oremos!

 

  • 27/02 - Muito bem... Enquanto o PSC e o PTB parecem ser os partidos que mais crescem aqui em Várzea Paulista, os atuais vereadores estão muito apreensivos quanto à reeleição, e a expectativa quanto a isso, como se sabe, é sempre angustiante para eles. Honestamente, o que os eleitores pensam dos atuais vereadores, e o que eles fizeram para serem reconhecidos a ponto de serem reeleitos? Essa a principal questão que certamente está afligindo todos eles e, inclusive, tirando o sono. Então, o que cada um deles fizeram para honrar o cargo público de vereador? O que eles fizeram como representantes dos eleitores que confiaram neles? O que eles tem para mostrar em seu mandato? Requerimentos ao governo, Indicações para tapar buracos e limpar vielas, moção de repudio e de aplauso, comprar remédios para alguns municípes, etc., inclusive propor Projetos de Lei ao prefeito sem nenhum valor prático para a cidade, como por exemplo: "Semana da Proclamação do Evangelho", se isso é regra e é feito todos os dias nas igrejas da cidade. Exemplos não faltam... Mas todos os vereadores sabem que as eleições sempre favorece o candidato da mudança em vez o da continuidade. Claro, pode acontecer de um e outro vereador conseguir se reeleger, mas não parece que é isso que vai acontecer nas próximas eleições segundo se ouve na opinião pública. O eleitor parece mesmo disposto a não reeleger os que estão em mandato, principalmente os que apareceram nas noticias negativas. Ora, independente disso, o eleitor, entretanto, mantém aceso o desejo da mudança. Quer o novo, pois o novo parece ser a solução quando os que estão no mandato não fizeram o que deveriam ter feito.  As eleições, de uma maneira geral, parece muito mais como uma mobilização de esperanças, como uma oportunidade para novas conquistas e vantagens, incluindo a possibilidade de decidir um futuro onde se realize aquilo que ainda não foi feito, e que tem chance de fazer isso é o novo porque os que estão como vereador não fizeram e, segundo uns e outros, se fizeram foi só para eles e para os “amigos”... Pelo sim pelo não, comentam que a aflição pela reeleição parece mesmo muito grande, ou não teria vereador aparecendo em Outdoor junto com esposa aqui na cidade...

 

  • 26/02 – Ora ora, o PSDB fez sua reunião mensal ontem no Diretório Municipal, e aproveitou para colocar alguns “pingos” nos “i” nas conversas com os filiados que estavam apreensivos com o que rola nos bastidores do partido. Pelo que se sabe foi uma reunião que “esvaziou” muitos diz-que-diz que estavam estressando a maioria do pessoal. O presidente do partido iniciou a reunião solicitando que os filiados presentes apresentassem suas duvidas ou questionamentos, para se colocar tudo em “pratos limpos”. O primeiro a comentar foi o dr. Chico Sena, que apresentou suas questões quanto ao que acontecia nos bastidores, particularmente nas conversas particulares quanto às reuniões com pré-candidatos para coligação, reafirmando sua disposição para ser indicado à prefeito pelo partido. O presidente respondeu aos questionamentos, destacando que foi feito reunião recentemente com o prefeito para tratar disso, e que não foi acertado nada, da mesma forma que não foi acertado nada com o secretário de obras de Jundiaí, e que ainda não tem nada definido quanto a uma possível coligação com qualquer pré-candidato. Comentou ainda da dificuldade para encontrar um nome que possa disputar para vencer as eleições para prefeito, mas que ainda estão vendo isso. Houve vários comentários dos demais, e até mesmo explicitado a contrariedade de alguns quanto a possibilidade da participação no grupo do vereador do PPS, ao que foi esclarecido que isso está em fase de entendimento. O ex-vereador recém filiado no partido e o ex-prefeito Clemente fizeram uma série de comentários quanto às possibilidades das negociações em andamento para fortalecer o partido, aparentemente acalmando todos os ânimos com os esclarecimentos. Resumindo: o PSDB não fechou nenhum acordo com nenhum pré-candidato, mas que existem conversações e não está descartado um candidato próprio. Pelo sim pelo não, parece que por enquanto está tudo nos conformes com os filiados...

 

  • 25/02 - Ora, se o importante não é o fato, mas sim a versão, então o político não mente talvez porque inventa a verdade. Então isso é o que normalmente interessa ser divulgado pelo político. Segundo línguas de lá e de cá, seja situação, “parceiros do governo” e/ou oposição, que não entram em sintonia de jeito nenhum, verdades e versões políticas correm soltas na opinião pública quanto ao que se passa aqui em Várzea Paulista. Por exemplo: de um lado, se as obras da Praça de Esportes e Cultura no Jd. Do lar, PEC, Ubs Cruz Alta, Pró-Infância Jd Itália, Obras Córrego Bertioga, Shopping, etc, foram projetos do governo anterior, com verba e tudo, comentam que o governo atual divulga como se fosse dele. Um outro comentário dá conta que o governo municipal realmente está fazendo obra a partir do zero, no caso o viaduto da Ponte Seca que é sim conquista deste governo se realmente concluir, e ainda tem o mérito de emplacar Lei complementar para o transporte municipal que permite maior controle e fiscalização do funcionamento das linhas municipais. Por outro lado, o governo municipal poderia muito bem já ter resolvido a maior contrariedade nos serviços públicos de saúde, a falta de medicamentos que parece mesmo que não vai ter jeito e nem disposição política para resolver. Ora, isso certamente é o que vai ser o calcanhar de Aquiles do prefeito municipal, que prometeu o tempo todo na campanha eleitoral em 2012 que ia acabar com a falta de medicamentos porque era um absurdo acontecer isso com a população. Então sr. prefeito, consegue ser reeleito se não acabar com a falta de medicamentos? Ora, qual a verdade, e não a versão, sobre a falta de medicamentos ? Já se passaram 3 anos e 1 mês de mandato e não resolve isso, lembrando que o governo anterior não fez a Maternidade e perdeu as eleições... Pelo sim pelo não, saúde não é o que interessa ?

 

  • 24/02 - Enquanto a câmara municipal aprova o Projeto de Lei 03/2016, que muda o Orquivárzea de agosto para março, sabe-se que, como era previsto, os bastidores políticos de uns e outros anda turbulento, instável, complicado e até mesmo com lances de “insônia”, segundo uns e outros, e em alguns casos até mesmo “desesperante”. Também pudera, abriu a “janela” até o dia 18/03 para que os vereadores aqui de Várzea Paulista possam mudar de partido sem perder o mandato, e para quem não tem mandato o prazo acaba dia 02/04. Enquanto as escolhas ainda estão instáveis e indefinidas para os que estão jogando as fichas com ou sem valor nos seus interesses, o bolo está sendo preparado nas confeitarias partidárias até o dia das Convenções Municipais, Claro, alguns continuam, com ou sem acordo, praticando a fina arte de “fingir” fidelidade, coisa extinta na política há MUITO tempo. Mas, línguas que devem saber o que dizem, comentam que aqueles que fizeram acordo estão sob “pressão” e “vigilância” para manter a palavra “empenhada”. Ora, não precisa ser psicólogo, pai-de-santo, guru ou vidente para vislumbrar que tipo de fidelidade existe nos “acordos políticos”, já que a questão é resume-se no DEPENDE. Na direção contrária, temos os eleitores que sentem-se decepcionados, injuriados e que já estão se dando conta que os políticos na verdade nada tem a ver com os interesses dos eleitores e da população. O que querem mesmo é garantir continuarem no poder apoiando quem tem a melhor chance de ser o próximo prefeito aqui na cidade. A opinião pública pergunta se os eleitores vão votar e reeleger em quem ficou 4 anos “fazendo-de -conta” no mandato, enganados pelas promessas que nunca são cumpridas? Os eleitores vão se deixar enganar de novo? E mais, tem gente dizendo que dos atuais 11 vereadores no mandato, apenas 2 tem chances de se reeleger. Se for verdade o que se comenta nos bastidores, os outros 9 vereadores podem tentar se “salvar” mudando de partido... mas, para qual partido? É o que estão “estudando”... Pelo sim pelo não, os comentários na opinião pública são esses. E então ??? Ora... Oremos !  

 

  • 23/02 – Então, como os comentários dos bastidores sobre o processo movido pelo Ministério Público por propaganda eleitoral antecipada, já na fronteira das suposições e “interpretações” movidas certamente por falta de bom conhecimento da legislação eleitoral por uns e outros, que acaba confundindo e até “induzindo” intencionalmente a opinião pública, o Blog entrou em contato com o escritório político do empresário e pré-candidato do PTB, Padok, para esclarecer a questão dos cartazes espalhados na cidade divulgando sua pré-candidatura a prefeito aqui em Várzea Paulista. Bom, sua assessoria marcou entrevista com o advogado e coordenador jurídico do pré-candidato, dr. Marco Antonio Donário, que prontamente se colocou à disposição. Como não foi permitido fotos ou cópia da sentença emitida pela Justiça, fizemos a leitura do Ato Judicial, processo nº 1-47.2016.6.26.0242, e constatamos o que apontamos a seguir: a Juíza descreveu todo um contexto da jurisprudência eleitoral referente à denuncia quanto à propaganda eleitoral antecipada, e as consequências da violação das regras eleitorais da Legislação em vigor neste ano de 2016, conforme previsto nos artigos 36 e 36A da Propaganda Eleitoral em Geral da Lei 5.504/97, conforme redação da Lei 12.034/09. Resumindo: o pré-candidato foi sentenciado a remover o Outdoor e ao pagamento de multa no valor de R$ 15.000,00. Bom, no entendimento do advogado coube um recurso, que foi protocolado ontem no Fórum, 22/02, conforme os mesmos artigos 36 e 36A da Lei 5.504/97, e explicou que o pré-candidato não será impugnado, que não é uma estratégia para desistir da campanha posteriormente se não estiver bem colocado nas próximas pesquisas e que a questão toda está resumida somente no Outdoor, como pode ser visto na sentença judicial. Ora, isso contraria tudo o que está sendo especulado nos bastidores e na opinião pública, e deixa transparecer que o pré-candidato está tirando o sono de concorrentes, inclusive do governo que quer se reeleger. Pelo sim pelo não, pode ser o principal indicio da “guerra suja” eleitoral no horizonte, que mal começou e já estão tentando “puxar o tapete” de oponente que pode dar trabalho na campanha... Oremos!

 

  • 22/02 - Bom, este Sinal de Fumaça tem procurado mostrar com coerência e imparcialidade, nestes mais de 3 anos de atividades e, mesmo com os "desavisados", desatentos", "enciumados", incluindo um ou outro descontente, temos praticado a boa política de critica ao governo municipal de forma consciente e respeitosa, abordando com irreverência o que acontece nos bastidores políticos da cidade e nos comentários e reações da opinião pública ante as ações/manobras do governo e do legislativo. Afinal os que se acham políticos e funcionários públicos, eleitos ou não, para trabalhar para a população pagos com dinheiro do povo, admitirndo ou não, não são autoridades acima da lei ou colocadas no pedestal para serem reverenciadas, de forma alguma. A opinião pública sabe que foram eleitos por uma única razão: TRABALHAR PARA A POPULAÇÃO. Para tanto, os atuais vereadores saíram candidatos em 2012 e pediram votos para se elegerem. Foram eleitos, mas AINDA não atuam como representantes dos eleitores. Durante a campanha são "maravilhosos", condenam o que está errado na administração pública e prometem que vão consertar tudo, inclusive em nome de Deus (?), e falam "em nome da população", como se fossem defensores dos interesses do povo. Sim, foram eleitos, era tudo o que queriam, e só o que queriam... Ora, depois de eleitos todos estão vendo nestes 3 anos e 1 mes de mandato o preço que o eleitor paga para ter suas esperanças praticamente perdidas. Ora, linguas contrariadas garantem que agora em 2016 eles vão voltar para criticar o governo (estando no governo) e prometer as MESMAS promessas para o eleitor acreditar DE NOVO... E não são só os vereadores, tem gente na equipe executiva que estão no cargo se achando o “máximo”, se autocolocando no topo do pedestal da competência, etc., enquanto os que trabalham estão tão envolvidos com suas responsabilidades que não tem tempo sequer para sair nas fotos junto com o prefeito... Ora, a campanha eleitoral prenuncia começar com o mesmo filme de sempre com promessas, só promessas, quando quem faz as promessas, prefeito e vereadores, não pagam as promessas, mesmo em 4 anos de mandato... Pelo sim pelo não, o que eleitores estão precisando é de bons Pagadores de Promessas para o próximo mandato, já que não tem nenhum neste atual governo municipal... Oremos...

 

  • 21/02 - Com 3 anos de mandato, e certamente ter adquirido ao menos um pouco de experiência de como governar uma cidade como Várzea Paulista, como será que o prefeito explicaria para o seu próprio eleitor como consegue governar com a equipe executiva que tem, inclusive com 3 ou 4 praticamente dizendo a ele o que pode e/ou não pode fazer, e ainda o que eles acham o que deve ser feito. Ora, o prefeito é o único que responde, inclusive judicialmente, por TUDO o que acontece no governo. Bom, ele é o prefeito e deve saber o que acontece e quais são as consequências sociais e políticas das decisões, como também da falta de decisões e, claro, vai para a reeleição com o que tem de rejeição junto aos eleitores, rejeição essa em torno de 60% das intenções de votos em pesquisas recentes comentadas nos bastidores. Ora, isso não significa que ele, o prefeito, seja má pessoa, pelo contrário... sabe-se que ele tem muitas boas intenções, que deseja fazer com que tudo dê certo para realizar um bom governo, etc., mas não parece ser isso que os eleitores estão vendo acontecer, pois continua faltando medicamentos, muitas queixas do Hospital Municipal, nada do Poupatempo Sáude, muito menos da Maternidade e uma UPA “quase” pronta mas ainda não terminada. Bom, só isso pode fazer com que perca a eleição para tentar se reeleger, e os adversários certamente estão preparados para conquistar os votos que ele tinha em 2012. Entretanto, saúde é o que interessa... ou não? Pelo sim pelo não, vereadores, secretários, assessores, etc., tem planos de saúde e não precisam do Hospital, exceto para manter as “aparências” do governo em ano eleitoral, segundo uns e outros... 

 

  • 19/02 - Agora é oficial! O Congresso abre uma “janela” para que deputados e vereadores possam trocar de partido sem perder o mandato, que até então não era permitido por uma resolução do TSE, Tribunal Superior Eleitoral, mas era permitido para Senadores, presidente da República, governadores e prefeitos, que podem trocar de partido quando desejarem. Portanto, a “janela” vale somente entre 18/02 e 18/03/16 para que possam trocar de partido. Claro, até aí tudo bem e foi um alívio, e certamente motivo de alegria, para os vereadores em mandato aqui de Várzea Paulista, incluindo os deputados da região, como provavelmente possa ser o caso do secretário e obras de Jundiaí, que ainda está sendo disputado pelo PSDB e PSB aqui na cidade para ser o candidato a prefeito. De um lado, o PSB tem intensificado as conversações com o secretário, tendo inclusive, dizem os bastidores, participado recentemente de reunião com o vice-governador Marcio França e o prefeito de Itupeva, mas que ainda não teria assinado a ficha de filiação e que pediu tempo para pensar. Do outro, o secretário tem conversado com frequência com o ex-prefeito Clemente, mas comentam que ele não deve se filiar ao PSDB. Em 2012, o secretário de obras de Jundiaí, disputando à prefeito pelo PCdoB, onde ele está filiado, foi considerado o “Jóia de Várzea” pois todos os concorrentes o queriam como vice, mas recusou e disputou para prefeito. Desta vez dois partidos, PSB e PSDB, o querem como candidato a prefeito e tentam convencê-lo a sair do PCdoB e entrar no deles. O mais provável, segundo avaliadores políticos, é ele ir para o PSB pelas mãos do prefeito de Itupeva se não disputar pelo PCdoB. Considerando essa possibilidade, as conversações do PSDB estão abertas e em andamento para provavelmente se aliar ao atual prefeito se não apresentar candidato próprio. Pelo sim pelo não, por enquanto tudo ainda é especulação, e o que realmente é certo é que nada ainda está acertado, basicamente em nenhum dos lados.

  •  

  • 18/02 - É verdade? É... É complicado? Muito complicado... Mas é explicável? Parece que não... No último video feito pelo Blog, o ex-prefeito do PT afirma que deixou no Hospital Municipal aqui de Várzea Paulista material comprado e pronto para instalação da Maternidade e, claro, o Blog se informou e confirmou que realmente isso foi feito. O porquê da Maternidade não ter sido instalada neste governo atual deve-se, aparentemente, por motivo financeiro, por dividas herdadas e por falta de dinheiro nos cofres da prefeitura assim que assumiu. Até aí é perfeitamente compreensível e aceitável... mas, porque não fizeram a Maternidade e o que foi feito dos materiais comprados, que o governo atual nunca mencionou e/ou explicou à opinião pública? Esse material ainda está disponível? Ou usaram para outros fins como por exemplo na UPA, Unidade de Pronto Atendimento, ou simplesmente Pronto Socorro, que preferiram construir em vez da Maternidade? Ora, a Maternidade foi uma das principais promessas de campanha 2012, junto com a do Poupatempo Saúde e a de acabar com a falta de medicamentos nas UBS, promessas nas quais os eleitores acreditaram para eleger o atual governo, com a sincera esperança de mudança que iria atender aos anseios da população por uma saúde pública mais digna e eficiente aqui na cidade. Entretanto, em 3 anos e 2 meses de mandato isso continua sendo um sonho, e deve continuar sendo só um sonho, até que o prefeito cumpra o que prometeu para ser eleito. Até isso acontecer, que parece que NÃO vai acontecer, o sonho vai deixando de ser sonho e passa a ser decepção com o governo, o que explica o tanto de rejeição que hoje o governo municipal tem no eleitorado. Segundo uns e outros nos bastidores, a fala do ex-prefeito anterior teve o poder  de "despertar" o atual governo que, comentam "secretamente", imediamente reuniu a equipe executiva para darem "um jeito" de terminarem a UPA, sabendo-se que não tem dinheiro e sem vislumbrar verba do estado ou do governo federal. Bom, o que se sabe hoje é que o sonho do governo aparentemente é TENTAR convencer o eleitor a reeleger o prefeito e vereadores para o sonho deles não terminarem neste mandato... Mas, e o povo ? Ora, o povo... agora não pode mais levar suas gestantes para Jundiaí, mas ficou acertado que poderão ir para Campo Limpo Paulista, enquanto Várzea Paulista vai continuar sonhando com uma Maternidade na cidade... Certo sr. prefeito? Pelo sim pelo não, afinal, o que é que tem isso demais já que o povo parece não se importar, e se o importante mesmo é o povo continuar sonhando, não é?
  •  
  • 17/02 - Bom, enquanto 1 dos 2 pré-candidatos a prefeito aqui em Várzea Paulista, que fizeram divulgação dos seus nomes junto à população, está às voltas com o Ministério Público para se explicar e pagar multa sob a acusação de propagando eleitoral antecipada, o vereador do PT, também pré-candidato a prefeito, "inovou" com uma estratégia muito conhecida no universo político: a "defesa" de temas de interesse de classes e da população. Como exemplo, temos que ele está "cobrando" atitude do governo municipal para que seja atualizado os salários do Conselho Tutelar, inclusive publicando nas redes sociais. Ora, até aí tudo bem, mas... depois de 7 anos de mandato é que ele "resolveu" defender os interesses do Conselho Tutelar, e em pleno período pré-eleitoral, sabendo que o governo não pode conceder aumento salarial em ano eleitoral ? Essa e outras artimanhas políticas a opinião pública já conhece de A a Z... Aliás, essa mesma "estratégia" foi usada na campanha 2012 por um vereador que distribuiu panfletos no bairro Gauchinha dizendo que fez indicação de asfalto para as ruas do bairro, sabendo que isso não iria acontecer, como não aconteceu... Outra coisa que chamou a atenção de uns e outros, foi as cores que foram usadas na divulgação, ou seja: abobora e azul, aparentemente em alusão de que deverá deixar o PT, cujas cores são Vermelho e Branco. Ele já fez isso antes quando, segundo linguas vermelhas, foi contrariado em seus interesses dentro do partido (depois voltou), e estão comentando que deve fazer de novo. Pelo sim pelo não, nem bem começou a largada para as eleições 2016 e já tem pré-candidato aflito com seus interesses e futuro político...
  •  
  • 15/02 – Mas então, embora continuem os comentários de que o ex-prefeito Eduardo, do PT, não é ou não pode ser candidato a prefeito, o encontramos no Chácara Mall e o Blog aproveitou e o questionou novamente quanto a isso. Demonstrando tranquilidade, o ex-prefeito confirmou que é pré-candidato sim a prefeito aqui em Várzea Paulista. Bom, isso contraria o que uns e outros da executiva do PT, alguns vereadores e outros políticos, pensam e comentam que ele não pode se candidatar por estar com processo em andamento. Segundo ele, isso não o torna inelegível e não o impede de disputar e vencer as eleições para prefeito, e ele explica explica isso no video anexo (clique aqui ou na imagem ao lado para assistir). Claro, o outro pré-candidato do PT, o vereador do PT, provavelmente não deve se incomodar com isso já que o partido é para ter prévias eleitorais para indicar quem vai disputar para prefeito pelo partido, principalmente se estiver seguro em contar com a maioria dos votos dos filiados. Entretanto, comentam dentro e fora dos bastidores que o vereador já tem “acerto” para deixar o PT e se filiar no PCdoB ou no PSB, e ser o vice na chapa do secretário de obras de Jundiaí, e ele tem até o dia 02/04 para fazer isso. Pelo sim pelo não, uma questão parece “indefinida” segundo se especula: os filiados que o apoiam vão seguir o vereador caso ele mude de partido ? Ou não ? 

  •  

    13/02 - Bom, acabou o carnaval, os eleitores retornam à suas atividades normais do dia-a-dia, e este é o último fim de semana de “descanso” para os políticos e pré-candidatos antes das eleições no dia 02 outubro 2016, conforme Lei nº 9.504/1997, art. 1º, caput. Claro, aquele pré-candidato a vereador que “descansar” neste final de semana, ou nos próximos, vai entrar na lista dos figurantes nas eleições, muito mais como militante do que como um pré-candidato propriamente dito, segundo quem entende de eleições, de candidatos e de militância. Muitos sabem que não serão eleitos, mas que estão de olho mesmo é em cargo no governo caso seu candidato à prefeito vença nas eleições. Até aí tudo bem, pois atualmente os interesses não é só ser eleito vereador, ou seja: é fazer parte do governo, e sua quantidade de votos contados na eleição pode lhe garantir um cargo como compromisso de campanha. Aquela época em que se fazia política e militância por idealismo se perdeu na linha do tempo da política, e os interesses pessoais preencheram todos os espaços existentes na corrida pelas eleições. Bom, caro eleitor, segunda-feira, 15/02, começa o “vale-tudo” na política e, certamente, o que se viu até agora são apenas prenuncio do que vem pela frente incluindo: mudanças de lado, traições, mentiras “cabeludas”, contra-informações e tudo o mais... Pelo sim pelo não, é bom que o eleitor avalie muito bem quem é quem daqui em diante, a começar pelos atuais vereadores que devem ser avaliados pelo fizeram pela cidade, se é que fizeram segundo a opinião pública, e que ficam posando em fotos nas redes sociais neste ano eleitoral “representando” seus eleitores...

 

1

  • 12/02 – Revisamos a publicação de 06/01/2015, sobre o Shopping Estação: Ora ora, não é que o governo municipal fez uma ”nova conquista” aqui para Várzea Paulista, permitindo a retomada da construção do 1º shopping da cidade ? É sim, pelo menos é o que foi divulgado nas redes sociais com foto do prefeito e o empreiteiro na assinatura do projeto e, como dizem fontes governistas, precisa se ter “novidades” para os eleitores. Mas, detalhe, isso era projeto do governo anterior do PT. Quando o prefeito atual estava em campanha eleitoral, junto com seus aliados, não economizou criticas sobre a construção do Shopping em área pública, como se fosse um grande absurdo para a cidade ceder a uma empresa particular uma área que daria para construir uma Escola Técnica, etc.. Até representação foi feita no Ministério Público em 2012 contra a construção do shopping. Mas, depois de 2 anos de mandato o prefeito divulga que a obra será recomeçada em breve, como sendo uma conquista para a cidade. Seria de fato uma conquista se a obra estivesse em andamento ou pronta em 4 anos do mandato do prefeito atual. Ora, da mesma forma a construção do PEC, Praça de Esportes e Cultura no Jd. do Lar, Pró-infância no Jd. Itália, a UBS do Jd Cruz Alta, etc., todas com convenios do governo anterior. Até o momento, o que o governo atual tem até agora como mérito indiscutível é o inicio da construção do viaduto da Ponte Seca, que aparentemente não vai ficar pronto neste mandato, continuando a  dever Poupatempo Saúde, a Maternidade, o alargamento do trecho do gargalo da Av. Duque de Caxias, entre outras. Entretanto tem gente da executiva municipal dizendo que vai ser “dificil” cumprir essas promessas de campanha até o fim do mandato. Especulações controversas também dão conta que, nesse mesmo contexto, logo serão liberados os loteamentos no Mursa como mais uma “conquista” do governo para a cidade e, claro, sob aplausos entusiasmados dos vereadores agradecidos, loteamentos duramente criticado na campanha 2012 do atual governo municipal... E mais, temos hoje a pergunta solta na opinião pública: mudou alguma coisa? Ou já é hora de, no dia das eleições, TROCAR TODOS PARA QUE UMA MUDANÇA REALMENTE ACONTEÇA? Pelo sim pelo não, parece mesmo que o sonho de se ter um Shopping aqui em Várzea Paulista vai ficar mesmo no sonho, só no sonho, segundo se comenta na opinião pública...
     

 

  • 11/02 – Revisamos e reproduzimos a seguir o que publicamos dia 23/03/15, para avaliar a política daqui hoje: Bonito heim ? Essa é a reação de quem diz que o supervisor da infraestrutura está usando da maquina pública para fazer decolar sua intenção de ser eleito vereador. Como é isso? Para os “amigos tudo”, e para os problemas da cidade  “o que der para ser feito” ? Quantos votos tem o povo, uns 500 votos? Não, tem mais de 80 mil eleitores que votam reclamando com o que acontece na cidade, pessoas que confiaram na mudança prometida e vê o que se passa hoje no governo e na cidade, em mais de 3 anos e 1 mês de mandato. A maior parte desses 80 mil elegeu o atual prefeito e vereadores, e o prefeito deu emprego para os secretários fazerem o que fazem, e também para cumprir acordos políticos de campanha para alguns trabalharem, e outros fazerem o que fazem mas que, segundo dizem, uns mal comparecem ao expediente público. Bom, se o prefeito sabe ou não, os comentários são que tem os que “blindam” para ele só ficar sabendo de coisas boas, e entre esses estão “assessores”, aspones, oportunistas, etc.. A questão é que quando o prefeito vai visitar redutos eleitorais nos bairros fica surpreso com a baixa popularidade que tem, e o quanto NÃO SABE O QUE SE PASSA no governo que administra. Pode ser homem cristão, e é, mas parece estar sendo indevidamente mal informado por quem está ao seu lado, preocupados que estão para  garantirem mais 4 anos de mordomias e oportunismo. O que se ouve na opinião pública ? Prefeito, acorda !!! Livre-se dessa gente em sua volta, estão “detonando” com seu governo, pois só boas intenções não são do interesse deles...” O tempo está diminuindo para as eleições e os que gostam de posar nas fotos nem sempre estão ajudando, apenas fazem de conta, sem contar os que estão com um pé em cada canoa para se garantirem, e os que “negociam secretamente” caso as chances de reeleição forem insuficientes... Pelo sim pelo não, pode ser que ainda dê tempo de fazer algo a respeito... ou não? 

 

  • 10/02 - Bom, pelo que se sabe, os carnês do IPTU 2016 ainda estão na gráfica e o vencimento será dia 10 de março, e vai chegar ao contribuinte com cerca de 10% de aumento no valor do imposto. Então, passado os 4 dias das alegrias do carnaval, é o que temos por enquanto de "diferente" da parte do governo municipal, com a Secretaria de Finanças fazendo toda sorte de "mágica" para manter as contas administráveis nos prazos com mais de 60 dias de atraso no vencimento, e que é o caso dos aluguéis. Por outro lado, comenta-se que os fornecedores estão sendo "privilegiados" com a redução do atraso para "apenas" pouco mais de 30 dias, o que é menos mal. Isso seria efeito do Inquérito Civil movido pelo Ministério Público para investigar pagamentos com prioridade para fornecedores "amigos"? Se é verdade ou não, tem quem diz que é... o governo certamente nega. Pelo sim pelo não, o IPTU deverá conceder 10% desconto para pagamento a vista...

 

  • 05/02 - Enquanto “ninguém” sabe que alguns vereadores aqui de Várzea Paulista estão se preparando para sair dos partidos onde estão até fim de março, e se filiar no PMDB para pleitear ser vice na chapa do pré-candidato do PTB, temos que aparentemente línguas controversas estão usando do expediente de “veneninho político” contra o presidente do PSB daqui, que também é secretário municipal. Verdade ou não, é o seguinte: segundo comentam, em praticamente todos os bastidores, ele anda de saia muito justa depois que o prefeito de Itupeva se filiou ao partido. Bom, essas conversas de bastidores dão conta que as especulações em alta são as de que o prefeito de Itupeva é quem “dá as cartas” no PSB aqui na cidade, e que trata tudo diretamente com o vice-governador de São Paulo sem consultá-lo. Mas oras, será mesmo? Nesse mesmo tempo, outras especulações correndo junto garantem que o vereador do PT, e suposto pré-candidato a prefeito, vai mesmo se filiar ao PSB e que está “tudo acertado” para sair candidato a vice na chapa do PCdoB com o secretário de obras de Jundiaí. Por outro lado, sendo verdade essas especulações, já deixa a base aliada do governo comprometida, pois o vice-prefeito, o secretário e alguns assessores do PSB estão no governo. Claro, temos ainda pouco menos de 60 dias para tudo ficar definido e, aparentemente, pode existir uma possível chance do governo contar com o apoio do PSDB daqui da cidade, que ainda está esperançoso de ter um candidato próprio a prefeito. Será? Uma pergunta nada sutil nos bastidores é como o governo municipal, onde “ninguém” sabe tudo, está vendo, avaliando e lidando com isso ? Bom, o carnaval começa hoje a noite e vai ser só alegria... ou não ?

 

  • 04/02 – Vamos reproduzir o que publicamos em outubro 2015, ou seja: algumas perguntas complicadas, que revisamos, e certamente o governo que não gosta que sejam feitas:

    a)  E a Ciclovia no Mursa ? Continua até terminar ou fica para o próximo governo ?

    b) Até quando vai continuar a falta de medicamentos nas UBS? Até o inicio da campanha eleitoral, ou logo depois que inaugurar a UPA que talvez venha a ser chamada de Poupatempo Saúde ?

    c) Vai mudar a empresa que administra o Hospital e a empresa de coleta de lixo?

    d) O asfaltamento da estrada da boiada, foi ou não foi uma obra 100% feita pelo governo municipal de Jundiaí ?

    e)  A Infraestrutura está usando o Facebook para postar fotos de serviços de manuenção na cidade com vistas às eleições de outubro  ?

    f)  Os fornecedores estão ou não recebendo com mais de 60 dias de atraso ?

    g) O governo quer ou não quer que os loteamentos do Mursa sejam cancelados, sabendo que o Gaema, Grupo de Atuação Especial de Defesa do Meio Ambiente de Campinas está investigando e pode cancelar tudo, e ainda punir o governo e câmara municipal ?

    h) E a Maternidade para os varzinos voltarem a nascer na cidade? Fica só como promessa para ganhar as eleições 2012? Vai prometer de novo para tentar ser reeleito?

  • E outras que nem é bom tocar no assunto...  Pelo sim pelo não, parece ser mesmo falta de dinheiro, de repasses estaduais e federais, queda da arrecadação, etc... mas o governo parece que está fazendo algumas obras com verbas de “última hora” para ver se decola a reeleição, segundo línguas mordidas de raiva  quando comentam o que acontece como descaso com a saúde pública aqui na cidade...

 

  • 03/02 – Bom, não iria ser a pauta de hoje no Sinal de Fumaça, mas a noticia é deveras inesperada, está agitando os bastidores políticos e, portanto, vamos abordar pois o vereador Silas Zafani é noticia nos jornais e redes sociais por ser condenado por crime eleitoral pelo TSE/SP ontem, 02/02, conforme o artigo da 299 da Lei nº 4737/1965. Claro, rapidamente a noticia se espalhou como um vírus incontrolável nas redes sociais e deve causar graves prejuízos políticos ao vereador que é líder do governo municipal aqui de Várzea Paulista, principalmente quanto à sua imagem de ser esperto, experiente e cuidadoso no que faz, como na condução e aprovação do Projeto de Lei 221/2011 que permitiu os loteamentos do Mursa, que é para ser seu maior “pecado” político como vereador além de ser pego e condenado pelo TSE/SP por compra de votos. A votação da Corte Eleitoral no julgamento do crime eleitoral foi unânime, e condenou Silas Zafani a 1 ano, 4 meses e 10 dias de reclusão e inclui pagamento de 7 dias-multa em regime prisional aberto, que foi substituída por duas penas em prestação de serviços à comunidade pelo mesmo prazo da carcerária e ao pagamento de dez salários mínimos. Quanto a isso, seu suplente na câmara certamente ficou animado para assumir a vaga se o vereador for cassado pelo crime eleitoral, e já deve estar se preparando para cuidar de seus direitos como sucessor caso perca o mandato. Bom, sem dúvida o vereador deve recorrer da decisão. Como desgraça pouca é bobagem, tem mais vereadores aqui da cidade na lista da Justiça para serem julgados em breve, e os ânimos devem estar sendo controlados por calmantes segundo uns e outros. Pelo sim pelo não, a pergunta correndo ansiosa na opinião pública desde quando a noticia de espalhou é: o vereador vai continuar sendo o líder do governo municipal? 

 

  • 02/02 - Enquanto no Hospital Municipal aqui de Várzea Paulista já foi visto e fotografado dentro das dependências alguns “exemplares” do mosquito aedes aegypti, que provoca doenças como dengue, febre amarela, chikungunya e zika vírus, os eleitores perguntam o que será que falta para o governo municipal terminar e inaugurar a UPA, Unidade de Pronto Atendimento, ou seja o Pronto Socorro aqui de Varzea Paulista? Primeiro o governo alardeou uma “apresentação” da construção da UPA, com convidados, imprensa presente, discursos, fotos e buffet no dia, depois de um tempo anunciou que estavam licitando e comprando equipamentos para terminar a obra, depois colocaram placa em frente ao Hospital com seta indicando onde está a UPA, mas... não termina nunca? Nem estamos perguntando sobre o prometido Poupatempo Saúde, ou o que deve ser a UPA é que vai ser o Poupatempo Saúde? Pelo sim pelo não, neste ano eleitoral tudo pode acontecer, segundo línguas da oposição armadas até os dentes para a campanha eleitoral...

 

  • 30/01 – O Blog foi informado que havia nova pesquisa de intenções de votos aqui em Várzea Paulista, e fomos até o pré-candidato pelo PTB, Padok, para conferir. Bom, viu-se que não se trata de pesquisa, trata-se de Enquete ou simples sondagem da opinião dos pesquisados em conformidade com a Legislação Eleitoral, sem segmentação dos entrevistados, metodologia, valor e origem dos recursos despendidos no trabalho, entre outros (Lei n. 9.504/1997, art. 33, I a VII, e § 1°). Essa Enquete mostra a significativa evolução do pré-candidato na avaliação expontanea das pessoas consultadas. Comparando os resultados desta Enquete, feita nos dias 23 e 23/01/2016, com a de 27 e 28/12/2014, o pré-candidato já esperava pelo crescimento, como pode ser visto nos gráficos abaixo (clique para aumentar):

    Nas perguntas prévias aos consultados, estimuladas, também se observa um notável crescimento, saindo de 0,97% para 14,32 no pior cenário. Não foi permitido fazer as fotos dos cenários, mas certamente podem ser verificados com o pré-candidato. Padok comenta ao Blog que “até então, questionava-se números de “pesquisas", mas quem são realmente os pré-candidatos? O que podem ser realmente confirmados são Padok, Osmar Donizete e o ex-prefeito Eduardo, que assumem publicamente serem pré-candidatos... os demais se ouve dizer que são, mas ainda não assumiram publicamente até hoje.” Bom, o empresário e pré-candidato informou que nova Enquete Informal será feita em abril próximo, e uma pesquisa devidamente registrada no Cartório Eleitora será feita em Julho. Comenta-se nos bastidores que o governo Jundiaí estará fazendo Pesquisa logo depois do carnaval... Pelo sim pelo não, a opinião pública vai estar na gangorra eleitoral até logo depois das Convenções Partidárias Eleitorais, quando todo o cenário político pode mudar... 

 

  • 29/01 – Bom, enquanto dizem que a infraestrutura faz suas lambanças na interminável Ciclovia do Mursa e na manutenção das ruas de terra do bairro Gauchinha, temos agora uma operação tapa-buraco com aplicação duvidosa de asfalto, que parece ser descartável e com uma vida útil aproximada de 7 dias, segundo denuncia de eleitores do Jd Bertioga. Onde é isso ? Bom, é em frente à escola Lavinia, onde parece que o governo municipal está cometendo o mesmo pecado dos governos anteriores que tanto criticou e demonizou. Quem critica tem por obrigação mostrar que sabe fazer e faz melhor, e a prova disso está na imagem ao lado publicada ontem no Facebook. De quem é a responsabilidade? Do prefeito não deve ser, mas é ele quem responde por TUDO o que acontece nos serviços públicos do governo municipal. A secretaria da infraestrutura sabe disso ? Pode também não saber, então quem é o responsável por essa aplicação de asfalto? Vai ver que é o eleitor, dizem as línguas injuriadas da região que elegeu os vereadores e o prefeito, que por sua vez nomeou sua equipe executiva. Aparentemente deve ter gente que parece não se importar com a qualidade do que faz para a população. Então sr. prefeito, seria bom dar atenção para os detalhes dos serviços públicos, pois a cada dia está sendo observado ralos novos por onde escoam votos que poderiam ser favoráveis para tentar reeleição. Foi só lá que isso aconteceu ? Pelo sim pelo não, o secretário da infraestrutura respondeu na postagem que "existem dois tipos de massa asfáltica, A quente e A Frio, nesse caso foi a frio, porém a frio demora mais para curar, e logo após aplicação caiu aquela chuva. Será refeito!!" Vamos ver como vai ficar...

  •  
  • 28/01 – Apesar dos esforços estratégicos para tentar sair da fase de rejeição junto ao eleitorado, o governo municipal continua colecionando situações que levam à perda de votos. Vejamos algumas muito recentes:

    1- Se é verdade ou não, dizem na opinião pública que o governo prometeu não ter mais alagamentos no córrego Bertioga, mas ontem alagou de novo, e muito,  em apenas 30m de chuva. A questão que não dá negar ou esconder, e os eleitores estão vendo, é que o governo já deveria ter aumentado a passagem das águas sob a av. Fernão Dias, mas parece que priorizou fazer a pista lateral ao lado do MacDonald que liga a av. Fernão Dias à rua Atroaris em favor do novo Supermercado que vai se instalar nesta nova pista. Quantos votos pode estar escapando para o prefeito tentar a reeleição?

    2- O serviço de manutenção da rua Itatiba, de terra, no bairro Gauchinha para melhorar as condições de tráfego, e o ônibus municipal poder ir até o ponto final no bar do Zequinha, se mostrou ineficaz com a chuva de ontem que deixou ainda pior do que já estava. Os moradores estão irados porque o governo não dá a devida atenção para as necessidades dos moradores, e não é por falta de cobrar, chamar a TVTem, denunciar aos jornais e na rádio difusora. Quantos votos pode estar escapando para o prefeito tentar a reeleição?

    3- A decisão da secretaria de infraestrutura em mudar as regras para os funcionários tomar café da manhã até antes das 07h, que na opinião de uns e outros é válida para que todos estejam prontos para o trabalho no horário, surtiu um efeito contrário no sentimento dos funcionários, já que era “regra” chegarem as 07h, irem tomar café e só depois estarem prontos por volta das 07h20m para o trabalho. Os funcionários não gostaram nadinha. O interessante é que a informação não veio de dentro do governo, veio de fora. Podiam fazer isso após as eleições. Quantos votos pode estar escapando para o prefeito tentar a reeleição?

    4- A falta de medicamentos nas UBS, que o prefeito prometeu nas eleições 2012 que ia acabar assim que assumisse o governo, mas que continua faltando ainda mais que no governo anterior ao deixar faltar também no Hospital. O que o governo não parece entender, segundo uns e outros, é que prometeu na campanha 2012 e NÃO ESTÁ CUMPRINDO. Quantos votos pode estar escapando para o prefeito tentar a reeleição?

  • Soma-se a esses votos, que certamente estão escapando das mãos do governo que quer se reeleger, os votos dos moradores e comerciantes das ruas com buracos para ser tapados, e que são motivos de piadas nas redes sociais, as 11.000 cartas de cobrança de IPTU atrasados e outros que faria a lista ser muito extensa. A pergunta continua sendo: o que se passa com o governo? Quer mesmo se reeleger ? Para a opinião pública uma MUDANÇA política nesta eleição parece estar na pauta dos eleitores, que estão vendo tudo acontecer com insatisfação e o governo sabe muito bem disso... Pelo sim pelo não, claro, os votos dos bajuladores e os votos "fiéis" devem não entrar na conta...

 

 

  • 27/01 - Parece que vai voltar à tona o problema dos sem moradia, e a pergunta que está na reta é: e as casas populares que o governo municipal prometeu entregar em 2014, depois que desalojou as famílias das invasões na av. Pacaembu, Marginal e outros locais? Passou 2014 e 2015 e nada? Desistiu ou foi só argumento e encenação para acalmar ânimos dos reivindicantes de moradia até eles esquecerem? Foram várias invasões em locais distintos, todas elas deixando o governo de saia justa, com passeatas, reportagens dos meios de comunicações, reuniões com o prefeito e secretários, promessa do prefeito de cadastrar famílias de baixa renda e construir casas em poucos meses (isso em 2014), ações do governo municipal para retirada dos reivindicantes de moradia das terras invadidas, mas... até agora tudo o que se vê é que ficou no diz-que-diz do governo municipal, e os moradores só com a promessa. Ah, promessas... coisa de político dizem uns e outros mas, e os votos dessa gente que se sente enganada ? Vai prometer que se for reeleito vai construir ? Pelo sim pelo não, vamos ver como vai se sair nas eleições com esses eleitores de baixa renda, perguntam línguas afiadas dos sem moradia...

 

  • 26/01 - Enquanto o Jornal de Jundiaí e rádio Difusora abordam hoje sobre a precariedade do Hospital daqui de Várzea Paulista, com o cumulo de se ter que comprar Dipirona na farmácia porque o Hiospital não tem para ministrar ao paciente, o governo se mostra incompetente nesta gestão pública do hospital municipal uma vez que isso nunca aconteceu na administração anterior desde que foi inaugurado. Por mais argumentos que tenha, o governo nunca conseguiu explicar a falta de medicamentos nas UBs, que agora acontece de faltar também no Hospital, mas contratou gente de vereador no Hospital para garantir militância na reeleição. Tem especulações de que vai ter mudança no Hospital, mas agora que parece ter chegado ao fundo do poço na péssima administração da saúde pública, o que pode ser feito para reverter isso e chegar bem avaliado nas eleições? Essa pergunta não é feita só para o prefeito, é também para os todos os vereadores que apoiam o governo a qualquer custo, mesmo que a população seja prejudicada, segundo muitos uns e outros na opinião pública. Pelo sim pelo não, comentam a que ponto chegamos... Oremos ?

 

  • 23/01 – Bom, o “suspense” continua no caso do secretário de obras de Jundiaí disputar para prefeito aqui em Várzea Paulista, conforme noticiado no Jornal de Jundiaí dias 21 e 22/01, conforme os links a seguir: http://www.jj.com.br/noticias-25817-em-apoio-a-sigla-secretarios-se-mantem-no-pcdob e http://www.jj.com.br/noticias.asp?codigo=25818Essa aparente “indefinição” parece ser mais estratégia para se lançar candidato do que qualquer outra coisa, segundo avaliação de uns e outros dentro e fora dos bastidores, principalmente com a especulação de continuar no PCdoB ou não. Uns dizem que essa “indefinição” não é uma boa estratégia e que pode dilapidar a provável aceitação do eleitorado à sua candidatura, outros dizem que essa estratégia é interessante porque pode deixar em “suspenso” os adversários na disputa a prefeito, primeiro até 02/04 com o fim das filiações e depois com as Convenções Partidárias Municipais que irá indicar quais serão os candidatos. Tanto em uma como na outra avalia-se também na opinião pública que, quando se cumprirem as indicações das Convenções, qualquer estratégia deixa de ter valor aparente e o que vai contar como prioridade serão as alianças partidárias para se ter um bloco consistente militante na campanha eleitoral, e isso pode realmente ajudar fazer toda a diferença até o dia da eleição na opinião de quem diz que entende de pol[ítica eleitoral. Claro, estamos ainda na fase “complexa” das “negociações”, entendendo que tudo DEPENDE até o término da etapa das Convenções, e depois no desenrolar da campanha eleitoral propriamente dita até o dia da eleição... Pelo sim pelo não, e seja como for, já parece ser evidente que existe uma certa “ansiedade” nos bastidores quanto a isso... ou não? 

  •  

  • 22/01 – Oras, parece que mais um varzino, Ronaldo Molina, quer se lançar pré-candidato a prefeito aqui em Várzea Paulista nas próximas eleições de outubro, mas não se sabe em qual partido. Pelo menos surgiu conversa ontem de que criou coragem para enfrentar quem tem cacife para tentar se eleger prefeito. Se ele está preparado para tal responsabilidade não sabemos, mas não é só ele que gostaria de ser prefeito aqui, MUITOS querem ser prefeito para consertar tudo que está errado no governo, promover o bem estar social da população, respeitar os eleitores cumprindo as promessas feitas em campanha, reduzir comissionados, fazer um hospital decente, não deixar faltar remédios de jeito nenhum nas farmácias públicas, instalar a Maternidade de uma vez por todas, tapar todos os buracos das vias públicas e asfaltar as ruas de terra, canalizar TODOS os esgotos a céu aberto, contratar comissionados que tenham capacidade e competência profissional para o cargo público, acabar com todos os serviços desnecessários e demitir cargos só para cumprir acordos políticos, fazer a zoonoses funcionar de verdade, não fazer obras só para fins eleitorais, acabar com as horas extras desnecessárias, não ficar posando em fotos nas mídias para mostrar que está fazendo alguma coisa como prefeito, acabar com todos os cargos dado aos vereadores para garantir aprovação de projetos na câmara, comprar só o que precisa e manter todos os pagamentos em dianão permitir de jeito nenhum que fornecedores "amigos" sejam favorecidos e/ou “escolhidos” antes das Licitações, construir casas populares, etc., etc., etc.. Bom, se nem mesmo quem já prometeu e foi prefeito, ou ainda é, e não consegue resolver pelo menos as poucas questões acima, quem dera algum outro que venha a ser prefeito conseguirá, segundo uns e outros... A opinião pública sabe que também secretários, vereadores, empresários e outros envolvidos ou não na política alimentam esse sonho, ou mesmo ser vice-prefeito, mas... resolveriam mesmo? Pelo sim pelo não, ao menos querem que os eleitores acreditem nas promessas...

 

  • 21/01 – Mal o prefeito de Jundiaí declarou que deixou o PCdoB, sem dizer em qual partido vai se filiar, as batidas cardíacas dispararam nos bastidores aqui de Várzea Paulista como se a política varzina dependesse da política de Jundiaí, mas, contrariando ou não, depende sim na opinião de muitos uns e outros. Jundiaí é a “sede” do Aglomerado Urbano do qual Várzea Paulista e demais cidades vizinhas são parte integrante, e é do interesse de todas as partes essa integração. Óbvio que Jundiaí é a maior cidade do Aglomerado, e a que possui o maior parque industrial e contexto comercial da região, e negar isso é estar na contramão dos interesses de todos. Sem entrar nos detalhes, comentam que tem muito ainda a ser feito, principalmente quanto à mobilidade urbana/interurbana, nos transportes, na economia e na política. Tem obstáculos a serem removidos? Certamente sim, mas tem quem está trabalhando para superar cada um deles e propiciar ao cidadão mais qualidade de vida em toda a região. Portanto, se o prefeito de Jundiaí vai se filiar ao PSD, PDT, PSB ou algum outro partido, isso ele já deve ter decidido e, aparentemente, deve estar aguardando como está sendo avaliada sua saída do PCdoB antes de anunciar a legenda pela qual vai tentar a reeleição. Nos bastidores comentam que em uma pesquisa recente ele venceria as eleições no segundo turno contra o PSDB e que, de certa forma, muitos políticos da região podem estar entendendo que o PSDB está complicado em Jundiaí, e com isso deve mudar a estratégia para as eleições em outubro. Bom, o que isso tem a ver com Várzea Paulista ? Ah, tem muitas "histórias" e por enquanto só Deus sabe, mas que está escaldando os bastidores da cidade, dizem que está sim... Pelo sim pelo não, os pré-candidatos aqui da cidade devem estar com o radar ligado. Ou não ?

 

  • 20/01 – Ora ora, enquanto a política de Jundiaí estará mudando e afetando muito em breve a política aqui de Várzea Paulista, que certamente vai consternar uns e "alegrar" outros, não é que a “denúncia” publicada no Facebook em um vídeo amador, também publicado duas vezes aqui no Blog, feito por quem já morou lá e não se conforma com o que viu, fez com que o governo finalmente se “tocasse” para dar atenção à rua Ilha Bela na Vila Real com seu fétido esgoto a céu aberto? Pois então, o governo municipal já está trabalhando no local para limpar aquele “horror” de sujeiras do esgoto no córrego, segundo moradores, e assim dar um pouco de dignidade à rua e moradores, se bem que só depois de 3 anos de mandato. O interessante e “surpreendente”, dizem línguas criticas do governo nos bastidores, e que não deixa de ser inédito nos últimos 11 anos de administração municipal, é essa “repentina” ação do governo municipal para promover a limpeza e procurar mudar a péssima e deprimente paisagem do local. Bom, dizem também que essa ação, muito bem vinda, deve esvaziar parte dos pretextos e argumentos eleitorais dos adversários e que talvez, dizem,  nem precise promover a revitalização do bairro se manter o povo ocupado em ver o governo fazendo sempre alguma coisa por lá até às eleições. Recuperando e asfaltando a rua, se é que vão fazer isso, não será suficiente pois a questão que precisa ser resolvida mesmo é o ESGOTO A CÉU ABERTO correndo ao lado da rua, que só se será resolvido com a canalização do córrego. No entender de muitos uns e outros que entendem de política, eleitorado e carências da população do bairro, “maquiar” a rua Ilha Bela e deixar o esgoto no mesmo lugar, apenas fazendo a limpeza da sujeira crônica e histórica, não será suficiente para garantir votos para a reeleição do atual prefeito. Entretanto, é elogiável que o governo esteja fazendo alguma coisa por aquela gente, que só é lembrada em ano eleitoral com as mesmas promessas de sempre. Pelo menos uma limpeza por lá é melhor que nada e, pelo sim pelo não, as perguntas são: a) o que impede o governo municipal comprar os tubos e canalizar aquele esgoto? Só de dinheiro? Muito dinheiro? e b) Que vereador vai aparecer por lá e dizer que "foi ele que conseguiu" que o governo arrumasse a rua e esgoto ?
  • Obs.: A foto acima é da pagina da prefeitura no Facebook

 

  • 19/01 - Então... Além do vereador do PT temos agora mais um outro vereador aparentemente lançando-se pré-candidato a prefeito aqui em Várzea Paulista! Isso mesmo! É o vereador lider do governo, conforme ele mesmo publicou em sua página no Facebook dia 17/01. Até aí tudo bem, é perfeitamente normal, legal e de direito, mas em qual partido ele deve se lançar pré-candidato já que o partido no qual ainda está filiado é o PTB, e o PTB tem como presidente e pré-candidato o empresário Padok? Seria pelo PR, segundo informações que se ouviu na câmara municipal e que publicamos aqui dia 14/01, ou por qual outro partido? Bom, com isso, a lista dos declarados pré-candidatos prefeitáveis agora tem, por enquanto: Juvenal Rossi e ex-prefeito Eduardo (que devem tentar a reeleição), Jr. Aprillanti, Osmar Donizete, Padok, vereadores Luciano e Silas Zafani. Tem ainda os que colocaram seus nomes para apreciação nos seus partidos, como Marly Caldas no PT e Chico Sena no PSDB. Além desses, acredita-se que outros provavelmente também podem disputar para prefeito como por exemplo Andressa Correa pelo novo PSPP, Partido dos Servidores Públicos e Privados, e provavelmente mais alguns outros interessados. Bom, até dia 02 abril ficará definido quem fica onde e, na sequência, entre 20 de julho e 5 de agosto nas Convenções Partidárias Municipais, saberemos quem serão os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores, e quais partidos estarão aliados/coligados em torno do prefeitável. Pelo sim pelo não, enquanto isso, estamos ainda na "complicada" fase das "negociações"...
  •  
  • 18/01 – Continuam embaladas as especulações nos bastidores para saber se o secretário de obras de Jundiaí vai sair candidato a prefeito aqui em Várzea Paulista, ou não. Ora, contrariando expectativas de adversários na disputa eleitoral para prefeito, comentam que ele já confirmou que vai ser candidato sim, e que já está tratando de formar grupos de apoio e militância para a campanha eleitoral, como também se movimentando para formar alianças com outros partidos. A especulação mais consistente na opinião pública concentra-se em que partido ele deve sair candidato, e os comentários são de que deve ser pelo PSB ou pelo PSDB, mas que também pode sair pelo PCdoB onde ele está. Bom, que ele vai ser candidato, vai sim e tem quem garante. Outra questão sendo especulada quanto a isso, são as conversas entre o secretario e o vereador do PT que também está na luta para ser indicado na disputa para prefeito e que, existindo aceitação do grupo do PCdoB, estaria disposto a ser o vice na chapa do secretário de obras de Jundiaí. Uns e outros lembram que o ex-prefeito do PT vai disputar as prévias do partido, a não ser que surja algum impedimento legal posteriomente, portanto, o vereador ser vice do secretário de obras pode ser a opção viável nas conversações. Bom, tem muita água para passar sob a ponte até dia 02/04, que será o último dia para se filiar a um partido para disputar as eleições municipais, e hoje os bastidores estão fervilhando nas negociações e acordos... Pelo sim pelo não, línguas muito afiadas garantem que MUITOS, principalmente vereadores, querem ser o vice do secretário de obras de Jundiaí nas eleições 2016 aqui em Várzea Paulista...

 

  • 15/01 – É, o bairro Gauchinha continua "esquecido" na manutenção das estradas de terra pelo governo municipal. Em um dos seus comentários de 2015, o ex-prefeito Clemente fez penitencia do que ele considera um descuido das vezes em que foi prefeito, e do qual diz se arrepender, ou seja: não asfaltar as estradas do bairro. Entretanto teve o cuidado de manter as ruas de terra em condições transitáveis, depois dele isso foi feito várias vezes pelo governo anterior do PT, mas nesse governo mal foi feito e quando feito não proporcionou condições necessárias para que o ônibus municipal chegasse até o bar do Zequinha em dias de chuva.  É o que comenta moradores injuriados. Quanto a isso, o ônibus deixa os passageiros só até a entrada do bairro por ordem da empresa, até que o prefeito arrume a estrada de terra. Portanto, para irem para suas casas, dizem que tem que pisar no barro até por 3 km bairro adentro. Em uma reunião na prefeitura tempos atrás, moradores do bairro pediram atenção e providências, ao que o prefeito teria respondido: “Quem mandou vocês morarem lá ?” Exagero à parte, não deve ser verdade, pois o prefeito, homem muito religioso, não teria feito um comentário desse. Bom, os moradores reclamam que nem mesmo vereadores aparecem por lá para saber das dificuldades, exceto durante a campanha eleitoral. Mas, estaria o bairro na situação atual se vereador ou o secretário da infraestrutura morasse lá ? Estaria ? Pelo sim pelo não, tem o supervisor da infraestrutura que mora logo no começo do bairro e quer ser eleito vereador... então ? 

 

  • 14/01 – Bom, ano novo tem “mudanças” na política? Parece que sim! Pelo menos corre meio que abafado nos bastidores que o vereador líder do governo vai assumir a presidência do PR, Partido Republicano, sob os auspícios do chefe geral da igreja Assembleia de Deus aqui de Várzea Paulista, certamente para desgosto do vereador que esperava assumir por ter apoiado a eleição do deputado Paulo Freire. Bom, talvez tenha caído no desamor do pastor chefe da igreja e, claro, esse vereador “preterido” para a presidência do PR aparentemente não conta mais com o apoio do pastor da igreja para se reeleger e vai ter que achar um partido que lhe garanta votos para reeleição sem depender da igreja, tarefa essa que deve ser uma missão quase impossível considerando o que fez com o PSDB desde 2012, ou seja: fez aliança e conseguiu ser reeleito, não retribuiu o apoio, ignorou o partido e ainda tentou tomar a presidência com auxilio do seu atual “assessor externo” na câmara, segundo se comenta nos bastidores. Ora, o que essa “mudança” na direção do PR pode proporcionar? Provavelmente nada segundo uns e outros. Entretanto, o vereador "preterido" que poderia usar o PR para tentar se reeleger vai ter que se “virar” muito para achar um partido com força eleitoral que o aceite ou, em ultimo caso, talvez possa se filiar e tentar pelo PV, Partido Verde, do atual prefeito. Neste último caso, quem entende de eleição avalia que as chances de se reeleger deixa de existir, mesmo com gabinete móvel correndo pelos bairros com pipoca, diversão para a criançada e as mesmas promessas de sempre, segundo se comenta na opinião pública... de qualquer forma a criançada se diverte. Pelo sim pelo não, e agora, como fica o PR nas prováveis mãos do hoje líder do governo?

 

  •   13/01 - O que proporciona mais votos ? A obra do Córrego Bertioga ou uma obra no Córrego com esgoto a céu aberto da rua Ilha Bela na Vila Real? Ora, enquanto o governo municipal aqui de Várzea Paulista concentra seus esforços na obra do Córrego Bertioga, vamos ver se o atual prefeito vai mesmo fazer alguma coisa na Vila Real, particularmente na Rua Ilha Bela com seu esgoto a céu aberto, conforme prometido na campanha eleitoral 2012. Bom, quando o Córrego Bertioga transborda o estrago que provoca é só para o trânsito, mas deverá ficar pronta uma nova pista lateral ao lado do MacDonald em direção ao bairro provavelmente ainda neste mandato do atual prefeito. No caso do esgoto a céu aberto na Ilha Bela, quando alaga o estrago é MUITO maior porque tem a questão de higiene e saúde dos moradores com os dejetos sendo espalhados por toda a rua e casas, produzindo um mal cheiro horrível segundo os moradores. Esses moradores também afirmam que só o ex-prefeito Clemente, com todos os defeitos que dizem que ele tem, foi o único que fez limpeza no córrego da rua Ilha Bela, e depois dele nenhum outro fez. TODOS os políticos só lembram da Vila Real, com suas mesmas promessas, na campanha eleitoral. Nas eleições 2012, o atual governo demonizou o governo anterior sobre a situação da Rua Ilha Bela, mas em 3 anos de mandato está fazendo a mesma coisa, ou seja: NADA. Na página da prefeitura no Facebook em dezembro 2015, depois de 3 anos de mandato, o governo publicou que examinou um projeto de revitalização da Vila Real e que, ASSIM QUE O PROJETO FOR ENTREGUE, vai providenciar a Licitação das obras. Mas, perguntam línguas desconfiadas Na engenharia civil da opinião pública: o que o governo vai fazer na rua Ilha Bela neste ano eleitoral, principalmente dizendo que não tem dinheiro nos cofres, e não deve ter mesmo, para poder mostrar a revitalização aos moradores e eleitores? Vai ter tempo suficiente em 5 meses para fazer? Ou o prefeito vai entrar na campanha eleitoral 2016 dizendo que “no próximo mandato” vai fazer se for reeleito? Pelo sim pelo não, vai ser igual a Maternidade e o Poupatempo Saúde prometidos? Os eleitores querem saber... Pergunta-se nos bastidores e na opinião pública: se o governo anterior não tivesse deixado o convênio do PAC, a obra no Córrego Bertioga estaria sendo feita hoje? Pelo sim pelo não sr. prefeito, já tem Convênio firmado para revitalização da Vila Real, principalmente na Rua Ilha Bela e o Córrego com esgoto a céu aberto ? Se tiver, já era para ter iniciado as obras... A propósito, tem foco do mosquito da Dengue, Zica, etc, naquele esgoto?

 

  •   12/01 - Ora ora, o governo municipal publicou no Facebook tempo atrás uma abordagem dos serviços de saúde aqui de Várzea Paulista, como sendo referência na região. Bom, a explicação que se viu, além de contrariar o que se vê na prática dos serviços de saúde publica aqui na cidade, é que está longe da realidade mostrada na publicação. A falta de medicamentos nos UBS está agravada neste 3 anos de governo, não se fala na prometida Maternidade, o Poupatempo Saúde permanece na promessa, etc. coisa e tals. Como exemplo da administração da saúde pública, da falta de comprometimento com a manutenção mínima para conservação de algumas unidades de saúde, temos o CAPS Adulto, Centro de Atenção Psicossocial, no Jardim Primavera, visivelmente ao descaso e falta de atenção do governo. Nas fotos enviadas ao Blog, pode-se observar que o refeitório e a sala onde os pacientes comem, e ficam durante o dia, mostram um lugar totalmente insalubre, sem nenhuma condição digna para os mesmos. Tem quem já está pensando em denúncia ao Ministério Público quanto a isso, pois entendem que é um descaso total com os pacientes mentais, e comentam que há uma higiene zero, atividades zero, acolhimento zero, local de permanência zero, e completam dizendo que é enfim um horror, mato quase entrando dentro do prédio e uma administração zero também. Pelo sim pelo não, o que acontece sr. prefeito? Não tem como fazer manutenção no CAPS? Quem deveria estar cuidando disso? Oremos!

  •    

 

  • 11/01 – Parece boato ou especulação? O ex-prefeito Eduardo é para ir mesmo “à luta” para ser o indicado do PT para disputar a eleição para prefeito aqui em Várzea Paulista, e já está tratando disso como pré-candidato. Pelo menos isso foi definido em reunião do grupo de apoio ao ex-prefeito realizada na quinta-feira da semana passada, e seu pessoal já começou a ficar ativo nos bastidores. Seu concorrente mais direto no partido, o vereador Luciano que também pretende ser o indicado nas prévias partidárias já pode ficar de orelhas em pé, porque “peitar” o ex-prefeito e vencê-lo nas prévias do PT é praticamente uma missão complicadissima. Vejamos: 1) de um lado tem o vereador com 2 mandatos e supostamente contando com a maioria dos votos dos filiados nas prévias do partido, e com isso vencer a disputa interna, 2) já o ex-prefeito tem 8 anos de experiência como prefeito a seu favor, é o presidente da Associação Brasileira de Municípios, tem um invejável transito no governo federal, conta com apoio de autoridades federais e lideranças estaduais e é para ter muita “bala-na-agulha” e determinação reconhecida, principalmente pelos adversários que tem tentado de tudo para tirá-lo da disputa. Pelo sim pelo não, neste começo pré-eleitoral 2016, as articulações nos bastidores no PT já estão tomando um rumo mais forte e contundente, em todos os níveis e possibilidades, a partir da confirmação da pré-candidatura do ex-prefeito, que certamente “vem-que-vem”... ou não ? Vamos ver!

 

  • 08/01 - Mas é? Podem não acreditar, mas é verdade! No Ranking de Transparência e Combate à Corrupção do Ministério Público Federal, Várzea Paulista aparece na posição 66 do ranking estadual em 645 cidades paulistas. Bom, mas isso significa que a cidade oferece qualidade de vida aos munícipes ? Não, mas pode significar que não esconde o que acontece no governo municipal, mesmo que não sejam dadas explicações convincentes e/ou nem tudo o que dizem sejam verdades, o que já é para ser um bom começo, mas... só está faltando governar, segundo comentam línguas irritadas com o que governo faz e deixa de fazer, Principalmente o que diz que fez e ninguém vê, ou ainda que fez o que não fez como no caso da estrada da boiada na Vila Popular. Tem muito a ser feito como governo municipal, e assumiu a prefeitura escolhendo secretários e assessores que não demonstram preparo para o cargo, se bem que depois de 3 anos somente uns 3 ou 4 sabem o que deve ser feito e fazem o pode ser feito. A questão e dificuldade do prefeito é ser “orientado” por 2 ou 3 da equipe executiva que querem governar o município por ele, segundo se comenta nos bastidores. Ele não sabe disso? Bom, não parece ser tão inocente para não estar ciente de tudo, e nesse caso é muito mais responsável pelos resultados e consequências dos próprios atos, muito mais ainda por aceitação de decisões que são sugeridas pela equipe e aplicadas “em confiança”. Prova disso é o tanto de processos em que está citado nos Inquéritos Civil movidos pelo Ministério Público. Esta não é o primeiro comentário sobre isso, e talvez não seja o último porque não conseguem tapar o sol com a peneira. Contudo, apesar do governo não corresponder ao que os eleitores queriam em 2012 elegendo o prefeito e vereadores, ou seja MUDANÇA, que não aconteceu e não acontece, pelo menos pode comemorar a posição no ranking estadual. Pelo sim pelo não, pode ser um indício de ser ao menos um item positivo identificado neste governo que diz ser de reconstrução... Veja Várzea Paulista no Ranking do Estado de São Paulo, diretamente na página do Ministério Público Federal: Transparência 

     

 

  • 07/01 – Tem coisas que só por Deus mesmo... Tem-se dito nos bastidores, e na opinião pública, que a equipe executiva do governo tem se mostrado desordenada e afeita a produzir decisões e resultados nefastos para o prefeito que pensa em se reeleger, cuja possibilidade de reeleição parece ter entrado, ainda em 2015, na fase de “morro abaixo”, graças a uns e outros no poder que fazem “de tudo” para o barco do prefeito não afundar de uma vez, mas que parece ser o destino inevitável dos que estão aflitos em garantir o poder. Metem os pés pelas mãos ? Tem quem garante que sim... Vejamos um exemplo encontrado no Diário Oficial do dia 30/11/2015: o marido da vereadora do PV, que responde junto com ela e o prefeito um processo de nepotismo, em Inquérito Civil movido pelo Ministério Público, foi exonerado pelo prefeito. Até aí tudo bem, normal e esperado, mas... exonerado 2 vezes no mesmo Diário Oficial nº 124 – Ano VI – do dia 30/11/2015? Bom, tem gente desconfiadíssima que isso é “armação” porque a Portaria nº 20.087 do dia 23/11/2015, na página 41, registra que ele foi exonerado do cargo de secretário adjunto da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, e na Portaria nº 20.099 do dia 26/11/2015, página 43 do mesmo Diário oficial, foi exonerado de novo... Para quem entende de Portarias Municipais, pode ser um meio do governo demitir o funcionário na primeira portaria, e com a segunda portaria deixar “em aberto” um meio para colocá-lo em outro cargo apenas dando nova redação na segunda portaria em posterior Diário Oficial, garantindo salário retroativo a partir do dia seguinte da demissão da primeira portaria. Ora, se isso vai ou não acontecer é o prefeito quem decide, pois é ele quem assina TODAS as Portarias. Pelo sim pelo não, e segundo uns e outros inconformados nos bastidores e na opinião pública, suspeita-se que se trata de uma “estratégia” para “preservar” no governo o marido da vereadora do PV, e ainda tentar esvaziar o Inquérito Civil de Nepotismo movido pelo Ministério contra os 3... É? Ou não? 

 

  • 06/01 – Recebemos mais uma reclamação de eleitores injuriados e desgostosos com o governo municipal aqui de Várzea Paulista, e é o seguinte: na Vila Real, onde o governo publicou no Facebook que o prefeito está em vias de colocar em andamento um projeto de revitalização, particularmente da Rua Ilha Bela, os moradores da rua Botucatu estão possessos com a falta de coleta de lixo desde o natal, portanto a mais de 10 dias, chegando ao ponto de não conseguirem mais suportar o mau cheiro do lixo acumulado de tão intenso que está. E nas outras ruas e bairros? Bom, será que o governo está com o pagamento atrasado para com a empresa de coleta de lixo, e com isso a empresa está reduzindo a coleta? Se continuar sem solução, os moradores já cogitam pegar um caminhão e levar todo o lixo na portaria da prefeitura, tal qual como foi no fim do governo passado. Ah, e mais: corre nos bastidores que o governo está se preparando para trocar de empresa de coleta de lixo desde o fim do ano passado. Mas porque? Não está prestando um bom serviço, ou tem mais coisa por baixos dos panos, segundo desconfiam línguas estressadas que sabem o que pode estar rolando? Pelo sim pelo não, se for só por atraso de pagamento menos mal porque aparentemente a empresa parece estar prestando um bom serviço, portanto é só se acertar com a empresa... se não for por atraso no pagamento, bom, aí o governo terá que se explicar muito bem... 

 

  • 05/01 - Realmente, é verdade! A prefeitura colocou funcionários de férias mas não pagou as férias, e nesse caso pode ser aplicada a lei que prevê que as férias sejam pagas em dobro, conforme o artigo 137 da CLT, se não forem pagas até 2 dias antes do funcionário entrar de férias. Quanto a isso, o governo municipal é reincidente, pois já é a segunda vez que isso acontece neste mandato. O que é pior nisso é o governo não se preocupar em dar explicações, deixando os funcionários sem saber o que acontece, se fingindo de morto segundo uns e outros injuriados já de férias e sem ter recebido. Bom, segundo “ninguém” sabe o que acontece com mais esse atraso de pagamento, especula-se que existem várias alternativas para “explicar” o não pagamento das férias:

    a)  Deu erro no sistema de RH e estão resolvendo,

    b) As reuniões estressantes para análise do quadro de pessoal comissionado, para redução de cargos e economia urgente em tempo de crise e/ou imposição do Ministério Público, desviou a atenção por muito tempo e não foi possível fechar as contas das férias a tempo,

    c)  A “correria” de fim de ano atrasou e dificultou o cálculo do fechamento das férias, mas estão trabalhando nisso após concluírem a revisão geral das contas a pagar,

    d) Falta R$ em Finanças e não se sabe quando vai ter, mas estão aguardando,

    e)  Só Deus sabe...

    Pelo sim pelo não, “ninguém” do governo deixou escapar que a esperança de entrar $$$ o quanto antes está na pauta, e que há a expectativa de que consigam pagar as férias até dia 10/01...

 

  • 04/01 – Muito bem! Foram-se as festas de fim de ano e este 2016 promete uma disputa intensa entre os que estão no poder e os que querem entrar, e entre uns e outros estão os eleitores. Esses sim, os eleitores, é que são importantíssimos neste ano eleitoral para quem está no poder e para quem quer o poder. Claro, pelo que se viu em 2015, quando começou as movimentações para as eleições municipais deste ano, e a partir de hoje começam as “definições provisórias”. Provisórias ? Sim, porque em política DEPENDE de como vai ser as negociações até dia 02 abril, data em que termina o prazo de filiação para quem quer disputar as eleições. Enquanto isso o governo está com os problemas herdados de 2015, em uma gestão “democrática” do município que inexplicavelmente, ou não, que pagou parcialmente os atrasados do FUSSBE dia 30/12 (cerca de R$ 3 milhões de reais) e não pagou as férias dos funcionários até a data de hoje, 04/01. Está faltando dinheiro para o governo ? Está sim, dizem as línguas contritas, e isso é muito mais complicado do se imagina... Ora, o prefeito entra em seu último ano de mandato praticamente na mesma situação do governo anterior em fim de mandato: no vermelho... No vermelho porque? Comentam que o governo anterior bancou salários de comissionados que poderiam ajudar a ganhar as eleições de 2012, mas não ganhou. O governo atual está indo pelo mesmo caminho do anterior? Dizem que sim... Pelo sim pelo não, certamente o governo já está providenciando a lista de quem vai para a "guilhotina" para redução de comissionados, e com isso tentar sair do atoleiro... ou...