A política, Aristóteles e porque a política é importante

Aristóteles, filósofo grego, deu uma grande contribuição para o entendimento e estudo da política. Ele estudou na Academia de Platão em Atenas e se tornou um dos filósofos mais conhecidos e estudados do mundo. Anos mais tarde Aristóteles fundou sua própria escola de filosofia, o Liceu.

s contribuições de Aristóteles para o estudo da política são muitas, já que essa foi uma das suas principais áreas de estudo. Muitas das ideias de Aristóteles sobre política podem ser encontradas no livro "A política".

As formas de governo, as questões sobre justiça, sobre a formação e o funcionamento do Estado foram estudadas por ele.

Para Aristóteles a função da política é atingir os objetivos que sejam bons para os interesses dos cidadãos e do Estado. Para ele o centro do estudo sobre política é a coletividade e o interesse de todos.

Também foi Aristóteles que criou a classificação das formas de governo em: República, Monarquia e Aristocracia. A República seria o governo para todos os cidadãos, a Aristocracia para poucos (que deviam ser escolhidos pelo seu mérito) e a Monarquia era o governo único, de um rei.

Outras contribuições do pensamento político de Aristóteles:

  • o homem é um animal político porque tem a capacidade de aprender, pensar, falar e de se relacionar e conviver em sociedade,

  • o Estado é mais importante do que as pessoas, no sentido de que o todo (sociedade) deve ser mais importante do que as partes que o formam,

  • o objetivo da política e do Estado é a formação da consciência ética e moral das pessoas como partes de uma sociedade,

  • o bem de todos deve ser mais importante que o bem de cada pessoa.

Por que a política é importante?

Uma das funções principais da política é chegar a acordos que garantam benefícios para todos os cidadãos. Assim, pode-se dizer que a política é um instrumento para chegar a uma organização social satisfatória, para que a sociedade funcione de maneira organizada e justa.

A política também pode ser definida como o relacionamento entre o governo e os cidadãos. Dessa forma, a política também existe para que os interesses da população sejam levados até os governantes, que são responsáveis por tomar as decisões que vão influenciar na vida das pessoas e na organização da sociedade.

A prática da política pelos governantes pode acontecer de várias formas. Veja alguns exemplos:

  • quando um governante toma uma decisão sobre como será aplicado o dinheiro dos impostos pagos pela população,

  • quando são decididas quais políticas públicas serão criadas,

  • quando são criadas e votadas novas leis.

A política também é feita pelos cidadãos?

A política também acontece por parte das pessoas que formam a sociedade e que não ocupam cargos políticos.

Por exemplo: é obrigação dos cidadãos obedecer às leis que existem e cumprir as regras que são determinadas nessas leis. Essas obrigações também são uma forma de fazer política.

Os cidadãos também podem participar da política quando fazem uma reivindicação ou quando manifestam a sua vontade para os governantes. Quando os eleitores querem pedir por um direito ou quando discordam de alguma decisão do governo, podem manifestar sua opinião contrária ou sua discordância. Essa também é uma função da política.