Ministro da Educação diz que consegue mostrar coisas mais sujas no Congresso que no Twitter

Em audiência pública no Senado, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que consegue mostrar coisas mais feias e sujas em plenário do Congresso do que seus tuítes. O ministro classificou de hipocrisia as críticas pelas postagens que o cobram a chamada liturgia do cargo. Weintraub disse que usa o twitter como instrumento de defesa e que quebrar a liturgia do cargo é roubar. "Se estou em casa com os dois pés para cima e me chamam de palhaço, respondo à altura".

Segundo ele, ser educado não é ir ao MC Donalds e pedir vinho, comer "dogão" de garfo e faca, mas se comportar de acordo com o ambiente no qual se encontra. "Educação é o que ensino para os meus filhos. Não sou covarde. Ser honesto, não roubar, respeitar e honrar o aperto de mão. Não adianta chegar na fila da barca e falar inglês. Isso é pedante. Eu falo inglês e espanhol fluentemente", declarou.

Weintraub afirmou que costuma responder sempre no mesmo tom em que é tratado. "Se eu repetiria as ofensas ? Poxa vida, consigo mostrar aqui no plenário coisas mais feias e sujas que meus tuítes. Vejo muita hipocrisia na crítica", disse.


Fonte: https://www.oantagonista.com/brasil/consigo-mostrar-coisas-mais-sujas-no-congresso-que-meus-tuites-diz-weintraub/