Como foi a 103a sessão da câmara municipal de Várzea Paulista

E a última sessão pública da Câmara, em 24/06, se resumiu em:

O vereador Huk fez uso da tribuna para "pedir desculpas" pois cometeu um grande" erro" em seu pronunciamento na sessão passada sobre os áudios lançados em redes sociais envolvendo seu nome. O pedido de desculpas foi devido ele ter dito que não se sujaria por migalhas, míseros 150 mil reais, dividido entre outros citados... justificou dizendo que não se sujaria nem por pouco nem por muito, afinal tem 20 anos de vida pública em Várzea Paulista...

Fernando Pasqualino, questionou o porque da demora do governo liberar as verbas das emendas impositivas, aprovadas em 2017, para as castração de animais, uma vez que as mesmas emendas impositivas que outros vereadores dispuseram para a infraestrutura foram liberadas num prazo recorde. Vereador Nil questionou em tom de crítica o presidente da casa Guilherme Zafani sobre a "pauta do dia", que deve estar pronta 48hs de antecedência, mas que na secretaria ninguém soube informar qual seria a pauta desta última sessão. Citou que o projeto que seria votado "sumiu", se dizendo decepcionado com o andamento da casa... Guilherme Zafani se pronunciou questionando se o vereador Nil queria saber sobre a pauta ou sobre o projeto dos 3 milhões, pois a pauta estava sim pronta e à disposição de todos os vereadores...

Giba também falou sobre ter que ficar dando entrevistas sobre estar citado nas gravações que circularam pela cidade que, além do B.O., abriu queixa crime contra o responsável pelos áudios junto com os demais vereadores.

Osmar cobrou a prefeitura sobre a limpeza dos terrenos públicos, onde os próprios terrenos que pertencem a prefeitura estão abandonados, cheios de mato, lixo e criadouros do mosquito da dengue e de outros insetos..

Guilherme, Juares e Pasqualino disseram que receberam denuncias de que a empresa contratada de forma emergencial pelo prefeito, a Ingex, é um braço da empresa Vitale, onde dos 9 diretores da Ingex 7 são ex-diretores da Vitale... trocaram a razão social mas não trocaram os administradores. Guilherme disse que já estar apurando os fatos, que vai recolher documentos e se comprovar as denuncias vai ao MP.

Foram questionados por alguns vereadores o fato de seus pedidos de dois anos atrás ainda não terem sido executados pela prefeitura, sem a menor explicação... Derrubaram o veto do prefeito sobre o projeto dos pombos do vereador Osmar que visa a saúde da população, visto que as fezes dos pombos transmitem diversas doenças sem cura e as vezes levam a óbito (isso é fato, acho que só o prefeito não sabia)...

Os projetos do vereador Robertinho referente a serra do Mursa e criação de uma comissão do meio ambiente foram rejeitados não por serem ruins, mas porque se fossem aprovados entrariam em vigor somente em 2021. Os projetos voltaram ao jurídico da Câmara para serem analisados e serem cotados para entrarem em vigor de imediato...

O ponto alto da sessão, como não poderia deixar de ser, foram as palavras do vereador Silso das Neves, sem se justificar ou explicar o porquê de ter tomado posse do projeto dos 3 milhões e levado para sua casa. Usou a tribuna não para se defender, mas para detonar o ex-conselheiro de Saúde José Maria dos Anjos, dizendo que o ex-conselheiro postou em suas redes sociais prints impressos com calúnias sobre sua pessoa, memes dele e de outros gestores já exonerados, o prefeito, vice prefeito, causando danos a sua pessoa... que já ingressou com B.O., inclusive na DIG em Jundiaí... disse que vai entrar com ação contra o ex-conselheiro da Saúde e contra o grupo de pessoas, do qual ele faz parte, que denigrem sua moral... contudo, o que o povo presente na câmara queria saber, e o vereador sequer fez menção, foi sobre o sumiço do projeto dos 3 milhões. Algumas pessoas chegaram a dizer que o vereador Silso usou a tribuna para fazer uma pregação, dando a ele o título de pastor dos memes...

O que parecia ser uma mais sessão tranquila, terminou com um show de fracassado, uma vez que ao invés de denunciar o ex-conselheiro de saúde, sobre os memes postados, na verdade compartilhados, devia buscar os criadores dos memes e o divulgador dos áudios...

Assim terminou mais uma sessão da Câmara municipal de Várzea Paulista...


Obs.: A matéria acima é de inteira responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Blog Várzea Paulista