Edson Peru e Ingex (Vitale), a "suposta" corrupção e os vereadores de Várzea Paulista

Pois é... comentários nos bastidores dão conta que na sessão pública de hoje na câmara municipal aqui de Várzea Paulista, "alguma coisa" vai acontecer em meio aos escândalos que colocam a cidade no top do cenário supostamente corrupto do governo municipal, prefeitura e câmara municipal, segundo uns e outros. São 2 os "eventos", os casos Peru e Ingex (Vitale), que colocam a população, principalmente os eleitores, com atenção redobrada para as eleições 2020. A expectativa é que nenhum dos vereadores sejam reeleitos, assim como o candidato a ser indicado pelo governo. Para tornar vida dos vereadores ainda mais "dificil" sobre que atitude tomar em ambos os "casos", coisa que ainda não fizeram e parecem não querer tomar, mesmo porque o governo parece não querer abrir mão do Contrato com a Ingex (Vitale), talvez porque supostamente tenha interesses em manter o "esse" Contrato Emergencial. E há uma denuncia de que o administrador da Ingex (Vitale), co-gestora da UPA e Hospital municipal está com o "escritório" da empresa em Santa Branca, na rua Ribeiro Porto, 411 sl.1, conforme a foto acima enviada ao Blog. Outra coisa, há uma investigação sobre se o CREMESP da empresa está ou não regular, uma vez que a "filial" da Ingex (Vitale) foi aberta em 17/12/2018 (há 6 meses), e se é permitido operar no Estado de S.Paulo com o CREMESP do Estado do Piauí. E também tem áudios explicando como a prefeitura está "cumprindo" o Contrato Emergencial com a Ingex (Vitale), ou seja: que a prefeitura paga antecipadamente 30 dias pela prestação dos serviços, portanto a empresa tem que ficar 30 dias na co-gestão. O áudio informa que dia 26/07 vence os 30 dias e a prefeitura tem que depositar os próximos 30 dias em até 2 dias antes, o que significa que a Ingex/Vitale não trabalha com o dinheiro deles e sim com o dinheiro da prefeitura. Tem quem entende que é caso de mais uma denúncia no Ministério Público. Bom, essas informações e áudios sobre a Ingex (Vitale) foram enviados à diretoria geral da câmara municipal... E mais, "interrogar" o gestor da Gestão Pública, responsável" pelas Licitações e Contratos, vai "resolver" ou "mudar" alguma coisa? Pelo sim pelo não, vai ter pizza na sessão de hoje da câmara, de novo, ou não? Oremos? Sim, muito...