Então, “deus no comando” nas imediações do governo municipal?

Ora, se o importante não é o fato, mas sim a versãoentão o político é um inventor de "verdades", deles é claro. Então, a versão é o que geralmente interessa ser divulgado pelo político. Segundo especulações de lá e de cá, tanto da situação, "parceiros do governo" e/ou "oposição", o que corre solto nos bastidores e opinião pública são as "verdades e versões" políticas quanto ao que se passa aqui em Várzea Paulista. Por exemplo: a questão da Saúde e a co-gestora O.S. Vitale, denunciada por corrupção na Operação Ouro Verde, cujos ex-diretores delataram agentes públicos aqui de Várzea Paulista de receberem propina. Claro, tudo desmentido pelos agentes públicos, no caso os gestores de comunicação e da Saúde, que não foram afastados dos cargos por decisão do prefeito. Até aí tudo bem, é parte do "jogo" político. Mas... uma publicação no Facebook no sábado, 23/02, jogou um tambor de fogo destruidor de reputação nesta questão (clique na imagem, ou aqui, para ver a postagem), onde mostra parte do dialogo entre agentes públicos, imediatamente classificado de "fake" por uns e outros prováveis amigos dos denunciados. Segundo comentários, em vários grupos whatsapp na cidade, tem mais imagens (prints). Por motivos desconhecidos, a "suposta fonte" da denúncia publicou na sua página do Facebook que é tudo inverdade, e quem publicou a "montagem" será processado por "calunia e difamação". Bom, corre em vários grupos que as imagens foram encaminhadas para o MP e Gaeco de Campinas, o que pode complicar seriamente os agentes denunciados. Ora, qual a verdade, e não a versão, sobre a postagem no Facebook? Pelo sim pelo não, parece que o "deus no comando" já está nas imediações do governo municipal... Oremos?