Escândalo do Bolsa Família de Várzea Paulista na mira do Ministério da Cidadania e Polícia Federal

* Revisado e atualizado às 10h25m *

Então... o Blog recebeu mais um email que deve ser referente ao escândalo do Bolsa Família aqui de Várzea Paulista, e que parece ter sido desengavetado depois que o Ministério do Desenvolvimento Social se interessou após denuncia enviada a vários órgãos estaduais/federais e meios de comunicação. Abaixo a transcrição do email, com edição parcial do texto:

"Boa tarde,

Segue anexo link da imprensa oficial publicada no site da Prefeitura, com alguns resultados da sindicância contra a turma suspeita de corrupção no Bolsa Família.

Até que enfim. Polícia Federal na coisa."

A imagem acima é da página 8 do Diário Oficial de Várzea Paulista, 27 janeiro 2020, edição nº 389. A suposta "turma" deve estar implicada no processo judicial de improbidade administrativa nº 0007107-27.2010.8.26.0655, no qual consta mais de 60 funcionários públicos envolvidos. As 3 servidoras no caso do Bolsa Família, que estão com os nomes abreviados no Despacho do prefeito, supostamente são as diretamente implicadas. Uns e outros comentam que tem vereador e ex-vereadora envolvidos, mas não existem provas exceto se houver delação premiada com apresentação de documentos. Pelo sim pelo não, depois do desmonte do esquema de corrupção na gestão da Saúde a atenção da justiça agora parece ser no Bolsa Família que, claro, o prefeito e a câmara municipal "não sabiam de nada". Oremos? Não carece, de jeito nenhum...