Estão tentando reviver a “dupla do bem” para as eleições 2020 de Várzea Paulista?

Então, enquanto a mais nova sensação no noticiário nacional é o ex-PGR Rodrigo Janot, que disse que ia matar Gilmar Mendes dentro do STF e depois se suicidar, a cleptocracia, criminalidade e impunidade geral está ganhando status de aparente direito constitucional com a Lei de Abuso de Autoridade, incluindo as decisões do STF em favor dos acusados, segundo uns e outros (veja mais no vídeo do O Antagonista aqui). 

Aqui em Várzea Paulista os bastidores e opinião pública perguntam se é verdade que estão tentando "ressuscitar" a "dupla do Bem" da campanha eleitoral de 2016? É o que parece, segundo comentários e imagens circulando nos grupos whatsapp, onde a "dupla" seria: para prefeito Rodolfo e para vice R. Germano, nas próximas eleições municipais. Bom, como o atual prefeito não pode ser candidato, e o atual vice-prefeito pode estar pretendendo ser candidato a prefeito, isso talvez signifique que o uso do "slogan" seja para tentar se escorar no "curriculum" do atual prefeito Juvenal. Mas acontece que o atual prefeito está com vários inquéritos, condenação judicial e bens indisponibilizados pela justiça, bem como as Contas Municipais 2015 e 2016 rejeitadas pelo TCE, e isso não parece, de jeito nenhum, favorecer candidato a prefeito com apoio do atual governo. Ora, como a suposta "nova dupla do bem" vai disputar para prefeito e vice em 2020 se, um tem condenação judicial e escândalo dos 21 milhões superfaturados na Educação, e o outro com o escândalo do Cemitério em segredo de justiça? E mais, estão comentando que a suposta "nova dupla do bem", está mais para "dupla dos bens", e mais encrencada que qualquer outra porque, segundo línguas afiadas, o "Bem" foi perdido na campanha eleitoral passada, a de 2016, onde o atual governo embolsou a confiança que os eleitores depositaram neles, para que a "suposta" corrupção no governo municipal se transformasse em BENS, inclusive em apartamento de luxo como comentam uns e outros nos bastidores e opinião pública. Pode ser que seja só uma brincadeira para tumultuar o pré-processo eleitoral um ano antes. Ora, neste contexto, o Blog recebeu e-mail informando: "Boa tarde, um amigo de outra unidade gestora me disse que o assunto da sucessão do prefeito anda forte, ou seja, Prof. Rodolfo prefeito e Germano vice. Há quem diga que já foi batido o martelo. Pessoalmente acho cedo. Ainda tem muito chão pela frente até o início da campanha eleitoral do próximo ano." Pelo sim pelo não, segundo uns e outros, parece que já tem gente se movimentando para marcar território pré-eleitoral... Oremos?