Ex-prefeitos de Itupeva tiveram Contas Rejeitadas pela câmara municipal

Então, enquanto a decisão do STF para a aguardada liberdade do ex-presidente Lula ainda depende da 2ª Turma julgar habeas corpus, para a desejada reabilitação da condenação do triplex, a câmara municipal de Itupeva/SP, em Sessão Extraordinária de ontem, 07/11, votou e REJEITOU as Contas de 2010, 2011 e 2012 dos ex-prefeito Ocimar Polli, e as Contas de 2013 e 2015 de Ricardo Bocalon, tornando-os inelegiveis por 8 anos. Aqui em Várzea Paulista o atual prefeito teve suas Contas de 2013 rejeitadas pelo TCE, mas aprovadas pela câmara municipal. Ainda tem as Contas de 2015, 2016 e 2017, todas REJEITADAS pelo TCE, para serem julgadas pela câmara municipal que, com o atual bloco de 7 vereadores apoiando o prefeito, certamente serão tranquilamente "aprovadas", garantindo a impunidade do prefeito que detém o recorde de processos judiciais como prefeito, condenações e com vários escândalos que mancham a reputação da cidade, principalmente na "suposta" corrupção na Saúde, segundo muitos uns e outros, com o conhecimento da população. Ainda assim, comentam que o atual prefeito articula para eleger seu sucessor para, especulam, tentar garantir a impunidade nos processos em andamento, e evitar novos processos se conseguir eleger o sucessor. Pelo sim pelo não, impunidade é o que mais se vê em todo lugar... Oremos!