Lambança na Licitação da Saúde?

Então... parece estar circulando nos bastidores e na opinião pública certa impressão de lambança na Licitação que escolheu a ApGP, Associação Paulista de Gestão Pública como co-gestora da Saúde. Ora, conforme a ATA da reunião do dia 03/07/2020, a Comissão Permanente de Licitações decidiu inabilitar também a vencedora do certame, a ApGP, por não apresentar a documentação correta exigida. Com isso, todas as concorrentes foram desclassificadas e novo prazo, de 8 dias úteis, foi aberto para apresentação de nova documentação. Portanto, todas as licitantes poderão participar da nova disputa pela co-gestão do Hospital e UPA. Vide abaixo a ATA, na integra. Pelo sim pelo não, segundo uns e outros, a "mancha" do "imbróglio" de supostos "interesses" na co-gestão da Saúde aparentemente está encardida e resistente às ações profiláticas sanitárias... Oremos!