Mês do “cachorro louco” terminando...

Então... e está terminando o mês do "cachorro louco", "cachorradas" e loucos  normais e loucos de todo jeito, principalmente considerando os escândalos municipais da "suposta" corrupção no Cemitério, no Bolsa Família, na Saúde, aúdios do Peru, morte do vereador, Gaeco, MP, faz-de-conta da câmara municipal, etc, etc, etc, e que deve "florescer" na primavera da Justiça aqui em Várzea Paulista. 

No cenário nacional, avalia-se se todo o esforço do "The Intercept" nos vazamentos das mensagens "Vaza Jato", com participação da Folha de S.Paulo, midias de esquerda, etc, para influenciar a opinião pública e judiciário, falhou na missão "Lula Livre". Ora, o ministro do STF, Edson Fachin, negou habeas corpus de Lula, no qual a defesa de Lula alegou que mensagens divulgadas pelo site The Intecept Brasil, e por outros órgãos de comunicação, supostamente sugere que os procuradores atuaram ilegalmente para acusar Lula. Ora, com o habeas corpus negado nada muda: Lula continua preso, Sérgio Moro permanece ministro da Justiça, a Lava Jato continua a todo vapor e o The Intercept começa a perder importância. Além do pedido de habeas corpus, a defesa também pediu que o ministro Alexandre de Moraes fosse consultado para liberação do acesso de mensagens apreendidas pela Polícia Federal. A solicitação também foi negada. Enquanto isso, o presidente Bolsonaro cumpre promessa reduzindo fiscalização ambiental e atacando a "indústria da multa". Pelo sim pelo não, como será o mês da Primavera aqui em Várzea Paulista? Oremos?