"Supostas" tentativas de agressão e abuso sexual contra mulheres em Várzea Paulista

*Atualizado às 16:05h: 

Então... desde ontem à tarde as redes sociais estão apreensivas e recomendam cuidados em transitar na av. Bertioga, que voltou a ser a preocupante por volta das 15h, com "supostas" tentativas de agressão e abuso sexual contra mulheres. Comentam que também houve tentativa similar no escadão próximo à Lojas Cem. Claro, as autoridades estão tratando da questão, que não é a primeira vez. 

Obs.: Na parte da tarde de hoje, 11/03, começou a circular nas redes sociais que a informação acima é FAKE. Bom tem mulher postando que foi atacada... 


Independente disso, o mesmo de sempre acontece na avenida e permanece sem solução desde 2013 neste atual governo municipal, ou seja: toda vez que chove, o córrego Bertioga continua com suas enchentes sem solução, e com isso não se sabe exatamente para que serve o setor de Obras e o setor de Infraestrutura neste 6 anos e 2 meses deste atual governo, que tanto criticou e demonizou o governo anterior do ex-prefeito do PT. Nas entrevistas, o governo diz que "tudo" está encaminhado e "logo" será resolvido, assim que a "verba complementar for liberada", conforme repete o gestor de Obras e Urbanismo. Só não comentam, de jeito nenhum, o quanto já foi gasto e onde o dinheiro público foi aplicado na "obra", já considerada o "maior vexame" deste atual governo, só perdendo para o escândalo da delação O.S. Vitale, segundo muitos uns e outros. 

Pelo sim pelo não, a opinião pública pergunta: até quando Várzea Paulista vai "administrar" a falta de segurança, as enchentes no córrego Bertioga e os "problemas" na Saúde? Oremos!