O início e o esperado fim do imbróglio Vitale/Ingex

Como é triste ver tanto sofrimento do nosso povo por falta de um governo responsável. Em se tratando da Saúde, sabemos que o problema é geral, mas poucos sabem que muitas vezes é por causa da roubalheiras de políticos nefastos... Políticos com mandato ou cargo comissionado não é voluntário, ao contrário, são muito bem remunerados com o dinheiro do povo, por isso o povo não pode aceitar desvios de condutas.

O que aconteceu aqui em nossa Cidade, em especial na Saúde com a organização criminosa Vitale, em conluio com os gestores da Saúde e da comunicação, Mônica e David, não merecem perdão pois prejudicaram os mais humildes e necessitados da Saúde Pública. Por enquanto estão citados esses dois, que já foram comprovados e denunciados pelo Ministério Público, porém, estamos atentos com os demais gestores, e se descobrirmos qualquer indícios de malversação de verbas públicas seremos implacáveis novamente.

Estamos passando nossa cidade à limpo.

Lamentamos os nobres vereadores terem deixado chegar nesse ponto, fazendo vistas grossas para os desmandos do executivo. Certamente não escaparão do julgamento público, pois a justiça tarda mas não falta. Hoje podemos contar, além do MP, também com o Gaeco.

Desde que entramos para o COMUS - Conselho Municipal de Saúde -, com o propósito de contribuir para melhorias nas condições de atendimento e fiscalizar a gestão da Saúde, não titubeamos em cumprir nosso papel. Fiscalizamos, cobramos e denunciamos. Demos publicidade às nossas ações através deste Blog, que se tonou ao longo dos tempos o veículo de comunicação mais confiável da região. Veja todas as matérias publicadas até aqui. Você verá como os Xerifes da Saúde tem atuado em prol da população varzina.

Não tem sido fácil desmontar a quadrilha dentro do governo, que desviava os poucos recursos públicos do nosso município.

Começamos pela saúde, mais já passamos pela Educação, onde tanto o secretário, comprador e prefeito estão condenados pela justiça e com seus bens penhorados. Na infraestrutura, no caso tenebroso do cemitério, que corre em segredos de justiça, logo teremos o desfecho também.

Nada ficará impune e por isso, contamos com o apoio de todos.