O país do assistencialismo

O Brasil é um país onde se busca o apoio pelo assistencialismo. As pessoas esperam cada vez mais esse meio como forma de se beneficiar, mesmo sabendo que o custo disso é pago com recursos que poderiam ser aplicados em educação de qualidade, segurança publica que ofereça realmente segurança... e o que dizer do que ocorre com a saúde?
Tudo isso por que muitos brasileiros esperam ajuda do governo como forma de se manter financeiramente e o que deveria ser um benefício passageiro para ajudar a todos, porém, cada qual em seu momento, se torna uma forma de conquistar apoio politico e de cativar os eleitores para continuarem a receber essa ajuda.
Como bons brasileiros, aquilo que nós vivemos hoje e que foi criado em governos passados como uma forma de fazer com que a grande parte dos iletrados fossem tratados como gado confinado em um curral, se acostuma com o que o governo oferece sem analisar a governança que está sendo feita, e só será diferente quando a educação do país voltar a ter realmente conteúdo para que os brasileiros passem a formar sua opinião de maneira a buscar a melhoria da sua vida e sua família primeiro e não mais aceitando o que lhe for imposto.
Os últimos governos, de uma forma ou de outra, levou o povo a esse tipo de ajuda e com isso gerou uma espécie de fidelidade política, exemplo disso é a popularidade do nosso atual Presidente no Nordeste onde hoje seus índices de aprovação subiram muito e deixaram para traz o velho governo.
Pena que a conta será paga pelas nossas crianças, com menos cultura e menos educação, por culpa do nosso governo que progressivamente é responsável pelas falhas na formação da geração de pais, tendo em vista que antigamente os pais mandavam e os filhos obedeciam sem pestanejar e hoje, na maioria, esse jogo virou. Não se vê perspectivas de crescimento de vida, tornando nossa sociedade um futuro incerto, pois país que não tem base de crescimento, também não terá no futuro.