O que acontece se o prefeito de Várzea Paulista apoiar um sucessor nas próximas eleições?

Então... tem um áudio circulando nos bastidores e opinião pública, dizendo que o atual prefeito aqui de Várzea Paulista vai apoiar para prefeito em 2020 um candidato da eleição passada, o que chegou em 2º lugar nas eleições 2016, com a condição de que um dos vereadores da base aliada seja o vice, o que disse em vídeo que a prefeitura tem 13 milhões em caixa. E mais,  que o prefeito quer em troca a "defesa" do atual governo municipal, principalmente nos processos judiciais, e que o empréstimo de R$ 3 milhões a ser votado na câmara municipal é para eleger o candidato apoiado pelo prefeito. Bom, segundo uns e outros, do jeito que está a imagem do prefeito na cidade, as chances do candidato do prefeito são mínimas e talvez não entusiasme o eleitorado a ponto do candidato vencer as eleições 2020. Ora, a expectativa é que o apoio do prefeito a qualquer candidato pode resultar na abertura de uma outra candidatura que verdadeiramente seja a de mudança na política municipal, sem processos judiciais e "suspeitas" de corrupção, ainda mais com gestores e agentes públicos envolvidos em escândalos em Licitações, maracutaias e em delação por recebimento de propina, além da indisponibilidade de bens do prefeito no caso do superfaturamento dos DVDs. Para complicar, comenta-se que o prefeito tem dito em reuniões que não é para acreditar no que falam do governo municipal nas redes sociais, que é tudo "fake", como se a população não soubesse o que é verdade e o que é mentira. Pelo sim pelo não, se é ou não verdade o que diz o áudio, o que acontece com o candidato que tiver o apoio do prefeito de Várzea Paulista nas eleições 2020? Oremos!