O que o governo municipal de Várzea Paulista tem a ver com o PT?

Está acontecendo com o governo aqui de Várzea Paulista o mesmo que acontece com o PT? Se na "foto" de um aparece o desastre do outro, então o do lado do PT vale para o lado do governo municipal aqui de Várzea Paulista, incluída a equipe executiva, envolvidos em escândalos provocados por eles mesmos, e que a cidade toda sabe quais são. Ora, se tem agente público com medo de ser preso a qualquer momento é porque se trata do resultado do que fizeram do "alto do poder" que insistem em manter e ostentar, e mais: fazendo de conta que são "inocentes" e continuando a fazer o que fazem, tal qual, segundo uns e outros, um vício típico de José Dirceu. São "inocentes"?

Em todo caso, o atual governo municipal não tem como jogar a culpa no PT pelos imbróglios do Cemitério, do Bolsa Família, da falta de medicamentos, da lista de espera de mais de 2 anos para realização de exames, dos 21 milhões superfaturados na Educação, do descaso nos serviços públicos da Saúde à população, do imperdoável escândalo da O.S. Vitale, a insensatez de renovar Contrato Emergencial com uma empresa corrupta na co-gestão da Saúde, no bloqueio de bens do prefeito no caso dos DVDs, prefeito e gestor da comunicação com vários processos judiciais por Improbidade Administrativa, etc.

A opinião pública questiona porque a câmara municipal, que deveria estar atuando a favor da população, fica só no "faz-de-conta"... Não vão descer do pedestal onde se colocaram? Tem mesmo 6 vereadores "defendendo" o prefeito? E porque estariam "defendendo" em meio a todos os escândalos conhecidos, processos judiciais e bloqueio de bens do prefeito? Bom, a câmara municipal está aguardando o mandado de segurança com o pedido de cassação do prefeito, feito pelo ex-conselheiro da Saúde, José Maria dos Anjos, para só então tomar uma atitude? Sabe-se que o mandado está prestes a ser expedido pelo Fórum... mas, a câmara vai tomar atitude desta vez? Na vez passada, dezembro 2018, arquivaram o pedido...

No outro lado da "foto", os revezes que o PT está enfrentando mostra a fragilidade atual que assola o partido que, na falta de uma política e curriculum consistente que mobilize as massas, parte para a ofensiva e ofensas na tentativa de desviar suas fraquezas durante todo o tempo que estiveram como governo, período em que tinha o poder na mão para mudar o que deveria ser mudado, da mesma forma que o prefeito aqui de Várzea Paulista prometeu mudanças nas 2 eleições anteriores. Mas era só para ganhar eleição, segundo especulações. Nada fizeram, exceto mostrar sinais de corrupção publicamente.

Ora, o que se viu na audiência pública com o ministro Paulo Guedes, foi uma esquerda perdida em si mesma, e pior: não tem como esconder o histórico e curriculum no exercício do poder. A ostensiva ofensa "tchutchuca" do Zeca Dirceu contra Paulo Guedes, inclusive lamentado pela Banda do Tigrão, deixou transparecer claramente o Modus Operandi do PT de hoje, que se distancia cada vez mais da preferência e apoio do eleitorado. Quando era oposição no governo de FHC, o PT era radicalmente contra o Plano Real, e se hoje está contra a Reforma da Previdência deve ser porque Reforma é tão boa ou até melhor que o Plano Real, segundo analistas políticos.

Pode-se dizer que o PT não está conseguindo desvirar o bote que afundou nas eleições 2018, contrariando a esperança de tentar levar o partido de volta ao poder... pelo contrário, parece que perderam o "timing" e não sabem mais como fazer isso com essa geração mal-educada, e que quer resolver a própria inconsistência no grito tentando provocar turbulência e constrangimento ao governo, inclusive aos próprios filiados e "aliados".

Se o PT & aliados tivessem feito as coisas certas enquanto estavam no poder, não teríamos o "mensalão", a "Operação Lava Jato", o "impeachment de Dilma" e nem "Lula e amigos presos". Pelo viés ideológico (palavra da moda), o PT deixou muito a desejar, principalmente emprestando dinheiro do BNDES às ditaduras de Cuba, Venezuela, Moçambique, etc., que hoje estão dando o calote no Brasil, dinheiro esse que poderia ter sido usado na Saúde, na Educação, nas redes ferroviárias e rodoviárias, etc.

A opinião pública pergunta:

O Brasil tem jeito? Tem sim... só parar com essa "oposição" desvairada e com as tentativas de "negociação", e fazer uma oposição construtiva. Só depende do governo federal e do Congresso Nacional!

Várzea Paulista tem jeito? Bom, tem... aparentemente depende só da câmara municipal, ou talvez da Justiça...