O que querem os "políticos" com o Covid-19?

Então... parece que o Covid-19, segundo avaliações de bastidores e opinião pública, virou oportunidade de ouro para prefeitos e governadores alastrarem a corrupção por todo o país, a partir do Projeto de Lei, que pode obrigar o governo federal a pagar a conta da quebra dos estados e municípios na quarentena decretada por eles mesmos. Claro, é quanto a isso que Bolsonaro é contra e tem feito suas criticas. Governadores e prefeitos já perdem arrecadação e não querem assumir os estragos que estão fazendo na economia e empregos, principalmente tentando institucionalizar a irresponsabilidade fiscal fazendo despesas e compras sem licitação. Especula-se que é tudo com a participação do Congresso Nacional, e suposto apoio do STF, em "provável" clima de "conspiração". Roberto Jefferson, presidente do nacional do PTB, denunciou reunião na casa de Maia neste domingo, 19/04, com a participação de Alcolumbre, ministros do STF e líderes do Congresso, onde teria sido costurado um pacto para derrubar todas as medidas provisórias do governo federal, liberar dinheiro sem controle aos estados e municípios, abrir processo de impeachment de Bolsonaro através de pedido da OAB, impedir que Mourão assuma a presidência para Rodrigo Maia tomar o poder para a alegria e felicidade da "turma". Uns e outros perguntam se os "políticos" estão defendendo só dinheiro, poder e... a corrupção. Será? Com isso, pode-se especular se o maior medo, que já está batendo na porta das finanças dos estados e municípios, está no Contas a Pagar, principalmente na folha de pagamentos dos funcionários públicos e compra de insumos básicos. Com isso, a Saúde pública pode ficar ainda mais complicada, como já acontece com a falta de EPI e materiais de higiene e limpeza nas unidades de Saúde para o pessoal trabalhar e atender os pacientes. Pelo sim pelo não, toda essa situação tende a desembocar em algo que a população deseja nas manifestações, ou não? Oremos!