Os 5 principais destaques na política para esta semana (11 a 15/03)

Principais destaques para esta semana política em Brasília, em cinco pontos, conforme o site O Antagonista:

1) Na quarta-feira, o plenário do STF julgará uma das questões fundamentais para a Lava Jato.

Os ministros decidirão sobre a amplitude da competência do crime eleitoral, ou seja, se transferem investigações de corrupção para a Justiça Eleitoral.

2) Também na quarta, está prevista a instalação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara - o presidente do colegiado será Felipe Francischini e a vaga de vice ficou com Bia Kicis, ambos do PSL. Resta saber se a proposta de reforma da Previdência, encaminhada ao Congresso no último dia 20, começará a tramitar antes da chegada do texto que trata da aposentadoria dos militares. É mais provável que não.

3)Passado o carnaval, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, e líderes partidários se reunirão nesta semana para tratar da pauta de votações prioritárias de 2019. A tendência é que os deputados evitem tratar de assuntos considerados polêmicos antes da votação da reforma da Previdência no plenário.

A PEC do fim do foro privilegiado, por exemplo, está pronta para ser analisada pelo plenário. Maia já chegou a dizer que tentaria colocá-la em votação "o mais breve possível", mas ainda não deu qualquer sinalização de que o fará.

4) Na sexta-feira, está marcado o leilão de 12 aeroportos, com arrecadação mínima de 219 milhões de reais. Será às 10h, na Bolsa de Valores de São Paulo.

O primeiro bloco da concessão, segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), envolvem os terminais de Recife, Maceió, Aracaju, Juazeiro do Norte, João Pessoa e Campina Grande.

Também devem ser leiloados os aeroportos de Cuiabá, Rondonópolis, Sinop e Alta Floresta, em Mato Grosso; de Macaé, no Rio de Janeiro; e de Vitória, no Espírito Santo.

5) PSDB e PT reunirão suas bancadas para discutir, em Brasília, a proposta de reforma da Previdência apresentada pela equipe econômica de Jair Bolsonaro.

De resto, deputados estaduais de São Paulo vão eleger o novo presidente da Assembleia Legislativa na sexta-feira.