Prefeito de Várzea Paulista é questionado por vídeo acusando o governo anterior de desvios na Saúde

20/10/2020

Uma postagem no Facebook questiona o prefeito de Várzea Paulista, Juvenal Rossi, que menciona em vídeo no Facebook (parece que foi apagado) desvio de verba da saúde no governo anterior do PT. Com base na postagem, abordamos a seguir o contexto do questionamento:

Neste atual governo medicamentos sempre estão em falta nas farmácias das UBS, não há médicos especialistas, etc, e como ele, Juvenal, pode falar de desvios de verbas se é dele a única gestão que transformou a Saúde em caso de polícia e é investigada pelo Ministério Público e Gaeco? Bom, na gestão anterior do PT, do ex-prefeito Eduardo T. Pereira, Várzea Paulista era conhecida como a Cidade das Orquídeas, e nesta gestão Juvenal Rossi passou a ser conhecida pelas páginas policiais, com documentos, pendrives, computadores e celulares de seus gestores apreendidos, e até confissão em delação premiada do ex-diretor da OS Vitale citando os nomes de ex-gestores por suposto recebimento de propina.

E porque só agora, depois de quase 8 anos de mandato, o atual prefeito Juvenal Rossi resolveu "denunciar" suposto desvio de verba da Saúde do governo anterior do PT? É para tentar "ajudar" o candidato do governo voltar a ficar na frente das pesquisas e vencer a eleição para prefeito se, principalmente, comentam em toda a cidade que a Saúde nunca foi tão precária desde 01/01/2013 neste (des)governo?

E pior, mesmo Várzea Paulista sendo notícia em rede nacional, o prefeito Juvenal se fez de desentendido, nada fez, não se pronunciou e muito menos teve a dignidade exonerar os gestores envolvidos no caso, "precisando" os mesmos "pedirem" exoneração, causando mais vergonha ao município. O prefeito Juvenal, que se diz conhecedor da palavra de Deus, deveria seguir o conselho de Jesus: antes de falar do erro do seu próximo, que tirasse as traves de seus próprios olhos.

E mais... foi o ex-prefeito Eduardo, PT, quem construiu o Ambulatório de Especialidades Médicas, que ficava na avenida Bertioga e foi transferido para onde era o Hospital da Cidade com o nome de Poupa Tempo da Saúde. O "hospital" ficou "transferido" para a parte "interna", que o atual prefeito Juvenal insiste em chamar de hospital, mas que não tendo centro cirúrgico, maternidade e mal tem equipamentos para atendimento de emergência, inclusive com aparelhos sem manutenção.

Como o candidato do governo, Rodolfo Braga, caiu do 1º para o 2º lugar na recente pesquisa publicada no Jornal de Jundiaí, os bastidores e a opinião publica entende que, quando não consegue se defender usa-se a estratégia de atacar. Será essa a política do governo municipal de Várzea Paulista, o Modus Operandi do prefeito Juvenal Rossi, para tentar derrubar os adversários em plena campanha eleitoral e, assim, "ajudar" seu candidato a vencer as eleições? Não se viu em momento algum o Gaeco e a Policia Federal chegar na prefeitura durante o governo anterior do PT e levar documentos para investigar irregularidades, nem as muitas denúncias ao Ministério Público, condenação judicial por improbidade administrativa e muito menos escândalos como os do Bolsa Família, Cemitério e a delação de pagamento de propina na Saúde neste atual governo municipal, escândalos esses que nunca foram explicados pelo atual prefeito e/ou por alguém da equipe executiva.

Tudo parece contribuir para que o candidato adversário, Jr Aprillanti, vença as eleições...